História Kisses - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Haikyuu!!
Personagens Akaashi Keiji, Asahi Azumane, Chikara Ennoshita, Daichi Sawamura, Hajime Iwaizumi, Kei Tsukishima, Koushi Sugawara, Ryuunosuke Tanaka, Shouyou Hinata, Tadashi Yamaguchi, Tetsurou Kuroo, Tobio Kageyama, Tooru Oikawa, Yuu Nishinoya
Visualizações 17
Palavras 1.612
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Colegial, Drabble, Festa, Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


OLHEM QUEM NÃO MORREU!!!!!

Capítulo 2 - Asahi Azumane


Fanfic / Fanfiction Kisses - Capítulo 2 - Asahi Azumane

“Aquele é um dos pais?” Uma pequena gerente do DateKou pergunta para um jogador de sua escola.

“Não,idiota!Aquele é o Ás do Karasuno!” Ele respondeu,antes de novamente dizer, “Ele só parece ainda mais velho naquele terno.”

“Ainda mais velho?!” Asahi Azumane murmurou para o grupo de rapazes à sua volta,olhando para o terno que ele estava vestindo para a festa.”Eu achei que estava legal.”

Rindo em silêncio,Suga disse,”Você está legal...mas um legal sofisticado...como um homem mais velho.”

“O que?!” Asahi exclamou ,enquanto olhava feio para Suga e lhe dava um soco no braço.

                Daichi rapidamente disse, “Nós já falamos disso.Não se da para tentar ser legal.Você simplesmente é ou não é.Olha pro Noya.Ele provavelmente nem pensou tanto na roupa,mas mesmo assim ele está legal e chamativo.”

                Asahi tinha que admitir que era verdade,mas nem todo mundo podia ser igual ao Nishinoya.Talvez se ele relaxasse um pouco ele não iria parecer tão intimidador para os outros.

                Um pouco depois,um grupo de Tóquio que estava dançando perto,discutia se aquele cara tinha repetido 5 anos,e Asahi tinha certeza que ele parecia tão humilhado igualmente como se sentia.

                “Quer que eu dê uma lição neles,Asahi-san?” Perguntou Tanaka,fazendo sua mais intimidadora face.

                “Não!Não faça isso!” O Às implorou,parecendo terrivelmente desconfortável com a ideia de que Tanaka não o escutasse.

                “Não precisa Tanaka.Asahi tem tudo sobre controle,não é mesmo?Não se preocupe com isso,Às!” Seu melhor amigo o encorajava,dando tapas em suas costas.

                Noya tinha a melhor das intenções,mas é claro,aquilo era mais fácil falado do que feito.Ele sentia que todos estavam o julgando negativamente agora.Ele achou que já tinha esquecido disso,mas agora ele estava ouvindo todas as familiares vozes em sua cabeça de tudo que ele havia escutado nesses últimos anos,lembrando-lhe de como ele era um peixe fora d’água nesse lugar.Garotas de sua idade comentando  como ele parecia durão mas na verdade era um fracote,pessoas achando que ele era um traficante...Tudo por causa de sua aparência.

                Ele deu uma leve grunhida e bagunçou seus longos cabelos castanhos  com a mão.

                “Daqui a pouco eu volto,eu acho que deixei meu celular no casaco...” Ele disse,saindo rapidamente do local.

                Os outros garotos sabiam que ele nem mesmo havia vestido um casaco,mas se ele queria um tempo sozinho eles não iriam incomoda-lo.

                ‘Apenas um minuto’ ,Ele pensou para ele mesmo ‘Apenas um minuto para me colocar de volta no lugar.’

                Você esteve olhando para ele durante a noite toda.Como podia alguém tão majestoso ser tão consciente de si mesmo e adorável ao mesmo tempo?Ele certamente não parecia o mesmo desde que você o viu pela primeira vez contra o time de seu irmão,Shiratorizawa.Ele tinha sido certamente o Às do time naquele dia e você meio que desenvolveu uma pequena queda.

Aquele dia,Azumane tinha sido nada mais do que músculos e coxas longas e grossas e uma bunda firme e poderoso e suado e...e...você deu um grande gole da bebida em sua mão e tentou fingir que estava prestando atenção no que suas amigas estavam dizendo.

Nenhuma dela parecia ter notado que você estava secando o Às do Karasuno,felizmente.Mesmo assim,você queria ser discreta.

Os rumores sendo espalhados pelo ar sobre o rapaz eram ridículos.Era como se eles nunca haviam visto um garoto com pelos faciais.Se eles tivessem olhando pelo menos meio segundo para a expressão do rapaz daria para perceber que ele era dócil com um camundongo em um ambiente social.Você estava começando a ficar com dó dele,quando ele pareceu tão frustrado e deixou a pista de dança.

Não!Você esteve esperando por essa festa para formalmente se apresentar para esse cara,e agora parecia que ele estava indo embora antes mesmo de você poder disser olá.

Dando uma desculpa para sair,você seguiu a direção para qual Asahi se dirigiu e o achou parado na frente do armário de casaco,apenas olhando para o nada.

Enquanto se aproximava,percebeu que você gostava da expressão envergonhada em seu rosto.

“Oi” ,Você disse com um sorriso brilhante. “Procurando por casacos?”

“Eu não trabalho aqui!” Foi a primeira resposta desajeitada que ele deu.

“Eu não pensei que você trabalhasse aqui,” Você comentou normalmente. ”Foi apenas uma pergunta.”

Você se encostou na parede perto dele e olhou intensamente em seu rosto confuso.

“Vo...Você precisa de alguma coisa?” Ele perguntou de maneira nervosa.

“Você poderia me ajudar a pegar meu casaco.” Você disse.

“Oh.Claro.” Ele murmurou antes de abrir a porta do grande armário de casacos,acendendo a luz e entrando em tal armário.

Você o entrou em seguida e fechou a porta atrás de ambos,encontando na porta.

Os olhos dele arregalaram-se e seu rosto ficou de uma atrativa coloração rosa. “O-O que você está fazendo?”

Você explicou como você tinha visto ele jogar,sua atração à personalidade do Às na quadra e sua queda por ele de maneira bem direta,fazendo com que o mesmo ficasse ainda mais corado.

“Vo-Você não tem medo de mim?” Ele gaguejou.

Você soltou um risinho, “Você não conseguiu nem me fazer essa pergunta sem tremer!”

“Você está com medo de mim,Asahi-san?” Você sussurrou sedutivamente,ficando com uma estatura mais alta por estar na ponta de seus pés,nem mesmo chegando perto do rosto do rapaz.

Com suas mãos apoiadas em seu definido peitoral,você sentiu ele estremecer e gaguejar, “A-A-Aterrorizado!”

Colocando suas mão em seu blazer até chegar ao colarinho de sua camisa social,você o puxou para mais perto de sua face.Ele não resistiu mas não avançou também.

“Me desculpe” Ele começou,parecendo completamente mortificado. “Esse sou eu,assustado.Eu não sou tão confidente como na quadra.”

“Sim,eu consigo ver isso.” Você comentou com um sorriso gentil,antes de se aproximar mais.

“M-Mas...Você não está desapontada de que eu sou tão envergonhado e fraco fora da quadra?” Ele perguntou silenciosamente,respirando levemente na sua bochecha enquanto ele olhava para o chão.

“Fraco?Me desculpe,mas eu não acho que gentileza é a mesma coisa que ser fraco.Você parece ser bem doce e tímido e toda essa hesitação só me fez querer com que você me beijasse mais.”

Agora ele estava mesmo num desajeito.Ele não sabia aonde olhar,você já tinha o colocado perto demais.Ele parecia nervoso que você tinha concluído que ele não estava interessado.Depois de se mergulhar no cheiro da colônia dele com uma pesada última respirada,você suspirou com desapontamento.

“Desculpa de eu te ofendi,Eu só queria confessar antes de perder a chance.Só...esqueça que eu disse algo.” Você murmurou,virando-se para a saída do armário.Você conseguiu apenas abrir uma fração da porta,antes que uma grande mão a fechasse novamente.Vocês dois deram um pulo pela força.

“D-Desculpe me,” Ele começou,inclinando-se tanto para frente que sua respiração quente fizessem cócegas em sua nuca. “E d-disse que e-estava n-n-nerv—“ Asahi estava dizendo enquanto usava sua mão livre pra vira-la para encara-lo.Seus olhos estavam surpresos pelo desejo determinado nos olhos do garoto.Ainda com uma mão na porta a outra foi para colocar algumas mechas de cabelo atrás de sua orelha,antes de deixar sua mão em sua bochecha.

Antes de suspirar,a voz e a mão dele pareciam ter perdido quaisquer sinais de ansiedade. “ Eu disse que estava assustado...não que não ia beija-la.”

E então a distância entre os dois se tornou inexistente com os gentis lábios de Azumane.Apenas com o leve toque de seus lábios com os dele era o suficiente para enviar uma uma sensação trêmula até a ponta de seus pés.Os lábios dele eram macios e cheios e ele tinha o leve cheiro de creme de barbear,a mão que estava sua bochecha lentamente viajou para sua cintura antes dele se separar,parecendo satisfeito e muito mais confidente do que alguns momentos atrás.

Respirando de forma pesada e contente,você suspirou, “Então,esse é o Às do Karasuno?”

“Não.Esse foi apenas o Asahi,Tímido e nervoso,” Ele respondeu,mas não da mesma maneira da qual ele fizera durante toda essa noite.Sua voz estava cheia de confidência e isso fez com que você estremecesse com antecipação. ”Esse é o Às do Karasuno.” Veio sua resposta terrivelmente sexy,assim que ele colocava as suas mãos em cima de sua cabeça,na porta.

Dessa vez o beijo era intenso e excitante e assim que você começou a plantar beijos em todo o rosto e o pescoço do rapaz,Asahi facilmente a levantou e você envolvia suas pernas ao redor da cintura de previamente mencionada rapaz.Ele deu uma empurrada em seu lábio inferior e você partiu sua boca para deixar que a língua dele entrasse.Você nunca havia sido beijada desse jeito e você estava começando a ficar tonta por conta do desejo,a porta do armário abriu bruscamente e Azumane quase caiu no chão junto com você.

Ele a colocou no chão cuidadosamente e olhou para trás pra ver dois rostos bem chocados pertencentes ao capitão e ao vice-capitão do Karasuno.Imediatamente você corou profundamente e tentou futilmente limpar as marcas de seu batom do rosto de Asahi.Você riu suavemente,assim como ele e foi rapidamente arrumar sua maquiagem no banheiro feminino.

Você escutou Sugawara dizer, “Nós estávamos preocupados,então viemos dar uma checada.”

Sawamura parecia mais envergonhado e disse, “Parece que você estava melhor que o resto de nós.” Antes de dar um tapinha no ombro do amigo.

Você se virou para ver o olhar dele novamente.

O Vice-Capitão passou a mão no queixo de Asahi e mostrou o vermelho no dedo. “Eu espero que você pegue o número dessa garota.” Disse o Garoto de cabelos acinzentados antes de sorrir.

Asahi estava mortificado ao descobrir que estava coberto de seu batom,mas tudo que ele pode fazer foi esconder sua expressão satisfeita com a mão e assentir com a cabeça.

Olhando pra você,ele disse, “Oh,vocês não vão conseguir me tirar daqui antes de eu ter esse número.”

Sorrindo,você anotou em sua cabeça para escrever seu número o mais rápido possível assim que terminasse de arrumar sua maquiagem.Conquistar um Às era até que um sentimento muito bom.


Notas Finais


AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH EU TENHO UMA SEDE INEXPLICÁVEL PELO ASAHI KLBKLNCLEOIHFLSJF TRADUZIR ESSA HISTÓRIA TAVA ATÉ ME DANDO UNS NEGÓCIO

Próximo:Akaashi ou Ushijima


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...