História Kommandeur Des Regens. - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias Hora de Aventura, The 100
Personagens Anya, Bellamy Blake, Clarke Griffin, Costia, Finn, Fionna, Hudson Abadder, Indra, Jasper Jordan, John Murphy, Lexa, Lincoln, Marceline, Marshall Lee, Octavia Blake, Personagens Originais, Princesa Jujuba, Principe Chiclete, Raven Reyes, Roan
Tags Clexa
Visualizações 38
Palavras 2.490
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Luta, Mistério, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Jesuis quase me deu um troço pra fazer esse capítulo.hehe

Capítulo 22 - Clexa Parte 2


Fanfic / Fanfiction Kommandeur Des Regens. - Capítulo 22 - Clexa Parte 2



A música tocava suave e em bom tom.



Sinal Dos Tempos


Apenas pare de chorar

É um sinal dos tempos

Bem-vindo ao show final

Espero que você esteja vestindo suas melhores roupas

Você não pode subornar a porta em seu caminho para o céu

Você parece estar muito bem aqui embaixo

Mas você não está realmente bem




Lexa e Clarke se encaram intensamente,ambas sabem o que querem.

-- quer dançar comigo? _ Lexa pergunta engolindo seco.

-- eu adoraria._ Clarke respondeu da mesma forma.


Elas se aproximam devagar,Lexa segura a mão esquerda de Clarke e repousa sua outra mão suavemente sobre a cintura da loira. Clarke repousa sua mão direita no ombro de Lexa e solta um suspiro.





Nós nunca aprendemos, estivemos aqui antes

Por que estamos sempre presos e fugindo

Das balas?

Das balas

Nós nunca aprendemos, estivemos aqui antes

Por que estamos sempre presos e fugindo

Das balas?

Das bala

Apenas are de chorar

É um sinal dos tempos

Temos que sair daqui

Temos que sair daqui

Apenas pare de chorar

Vai ficar tudo bem

Eles me disseram que o fim está próximo

Temos que sair daqui


As duas se movem pelo quarto,aos poucos seus corpos estão colados.




Pare de chorar

Aproveite muito sua vida

Atravessando pela atmosfera

E as coisas estão bem legais daqui

Lembre-se que tudo ficará bem

Podemos nos encontrar de novo em algum lugar

Em algum lugar longe daqui


Elas se encaram buscando alguma forma de expressar todos os sentimentos intensos que sentem uma pela outra.


Nós nunca aprendemos, estivemos aqui antes

Por que estamos sempre presos e fugindo

Das balas?

Das balas

Nós nunca aprendemos, estivemos aqui antes

Por que estamos sempre presos e fugindo

Das balas?

Das balas

Apenas pare de chorar

É um sinal dos tempos

Temos que sair daqui

Temos que sair daqui

Pare de chorar, amor

Vai ficar tudo bem

Eles me disseram que o fim está próximo

Temos que sair daqui

Nós nunca aprendemos, estivemos aqui antes

Por que estamos sempre presos e fugindo

Das balas?

Das balas

Nós nunca aprendemos, estivemos aqui antes

Por que estamos sempre presos e fugindo

Das balas?

Das balas


Lexa se afasta devagar de Clarke ,se ajoelhou aos pés da loira ,Clarke não sabia o que fazer então repousou suas mãos sobre os ombros da morena.

-- Lexa ? _ chamou Clarke querendo entender o que estava havendo.

-- confia em mim ? _ pergunta Lexa com um olhar que a loira não sabia decifrar.

-- sim _ sussurrou a loira .


Lexa grudou suas mãos na cintura da loira , empurrando a loira até a beira da cama,a morena encostou o corpo de Clarke na cama e colocou a perna esquerda da loira sobre o seu ombro.

Clarke ofegou sabendo o que Lexa faria,a morena levantou o vestido vermelho da loira até sua barriga e pediu que Clarke segurasse ali,a loira obedeceu segurando o vestido com uma mão enquanto a outra estava entre os cabelos sedosos da morena,Lexa levou a mão até a calcinha de Clarke a puxando para o lado suavemente deixando assim a intimidade da loira exposta, Clarke se arrepiou da cabeça aos pés ,Lexa passou a ponta do nariz sobre o clitóris da loira raspando seus lábios com os dentes Lexa beijou e chupou os lábios do sexo da loira logo invadindo os lábios da loira com sua língua quente e áspera.

Clarke geme alto rebolando na boca habilidosa da morena,Lexa não poupa esforços para saciar a loira ,Clarke sente o quadril de Lexa bombeando no ar enquanto a morena beija de língua seu sexo,Clarke força o rosto de Lexa com a mão querendo mais ,a morena coloca sua língua dentro da fenda quente da loira,Clarke estremece com o contato,a morena faz um movimento de vai e vem com sua língua na entrada da loira enquanto esfrega seu nariz no clitóris pulsante da mesma não demorando a levar a loira a seu primeiro orgasmo.



Nós não conversamos o suficiente

Devíamos nos abrir

Antes que tudo seja demais

Será que alguma vez vamos aprender?

Já estivemos aqui antes

É apenas o que sabemos

Pare de chorar, amor

É um sinal dos tempos

Temos que ir embora

Temos que ir embora

Temos que ir embora

Temos que ir embora

Temos que ir embora

Nós temos que, temos que

Nós temos que, temos que

Nós temos que, temos que


Lexa levanta para beijar a loira ofegante,a loira abraça a  cintura da morena com suas pernas  sentindo o quanto Lexa está dura por ela.O beijo fisgou forte a loira, agora com as bocas delas coladas e as línguas trocando saliva. Lexa abraçou forte a Loira a tirando da beira da a qual ela estava escorada, Clarke ainda abraça os quadris da morena com as pernas a apertando forte contra seu corpo sem quebrar o beijo em um sequer segundo,deixaram suas bocas e línguas explicarem uma a outra o que ambas queriam.Nem se deram conta de quanto tempo ficaram se procurando, até que Lexa havia sentado na cama com a loira grudada em si. Ambas estavam excitadas,e tudo em ambas as deixavam loucas uma pela outra, seja a pele, o  cheiro e cabelo, seus braços apertavam seus corpos um ao outro , deixando claro o tesão a flor da pele que sentiam uma pela outra nítido .Ambas Perceberam  que sempre foram uma da outra, que eram o amor da vida uma da outra e vice e versa. Clarke Decidiu naquele instante que  estava mais do que pronta.O beijo ficava cada vez mais quente,Com certeza, ficariam assim muito tempo, mas Clarke tomou a iniciativa agora,a loira escorregou as mãos descendo até a calça da morena ,onde apertou com vontade seu membro. Lexa se assusta por um momento, Clarke continuou com suas mãos no local sensível da morena a massageando ali.

Clarke soltou suas pernas da cintura  da morena e deslizou seu corpo até os pés de Lexa levando consigo a calça da morena,a loira ficou olhando a box da morena toda estufada. Lexa olhou assustada nos olhos da loira. e perguntou:

-- É isso mesmo que você quer? _ disse Lexa a olhando com desejo.


-- quero ,quero que seja com você._ disse a loira voltando ao colo da morena.

--  eu também te quero Clarke ._ Admite Lexa.

Lexa afasta seus corpos as levantando em seguida,já de pé com uma loira a olhando com desejo a morena se põem a despir a loira,rodando o corpo da loira Lexa se põe por trás de Clarke beijando sua nuca enquanto retira o vestido vermelho do corpo sexy de sua namorada,Clarke ajuda a morena a tirar seu vestido junto de sua calcinha, Lexa beija os ombros de Clarke mantendo suas mãos ocupadas em retirar o sutiã preto com detalhes vermelhos da loira, logo a deixando nua, Clarke se vira de frente para Lexa, tratando de desabotoar a camisa de seda vinho que a morena trajava, Lexa retira sua box preta o mais rápido que consegue.

-- se deite meine Liebe._ pede Lexa mordendo ambas as bochechas da loira.


A loira obedeceu curiosa e excitada,Lexa alisou seu membro enquanto admirava o corpo magnífico da loira,a morena foi até sua bolsa em cima do criado mudo de onde tirou  um óleo e um creme hidratante que ela mesmo usava. Pediu que Clarke ficasse de bruços e que procurasse relaxar. A música bem suave tocava ao fundo ,Lexa  esparramou o óleo pelo corpo da loira e começou massageando os pés dela. Foi subindo e fazendo realmente uma bela massagem por toda a extensão de suas pernas, tirando proveito daquela visão maravilhosa que era sua avolumada bunda. Quando chegou à altura da bunda, ela deliberadamente apertou morde beijou e lambeu aquela carne firme e macia tendo um verdadeiro deslumbre de sua bela anatomia. Lexa tratou de espalhar bastante óleo e mais um pouco de hidratante naquela area gostosa da loira. Alisou bastante cada nádega dela, com firmeza e com sensibilidade. Lexa se sentia mais do que dura enquanto massageava aquela beldade, tomada cada vez mais pelo desejo Lexa escorregou os dedos para o lado interno das nádegas em um toque bem ousado, a loira estremeu gemendo pelo contato quente,gostando muito da reação da loira Lexa foi mais adiante, levando as mãos para o lado interno de suas coxas  a tocando com firmeza,Clarke pode sentir os dedos de Lexa rasparem por seus lábios e virilha,Lexa notou que ela arqueou o corpo um pouco e arrepiou-se com seus movimentos mais ousados. As mãos de Lexa voltaram a deslizarem pelas nádegas da loira subindo e concentrando os toques nas costa e ombros da loira.Lexa montou o quadril de Clarke,que se moveu ao sentir o membro quente de Lexa em sua carne, a morena massageou as costa de Clarke a sentindo cada vez mais entregue, Lexa escorrega seu corpo até os pés da loira e volta a subir beijando cada pedaço da pele de Clarke,deposita mordidas e chupadas por onde sua boca abre caminho,morde as nádegas de Clarke e deposita beijos até voltar a montar o quadril da loira que já está febril de desejo,Lexa se curva sobre o corpo da loira mordendo beijando e chupando cada pedaço de suas costa ,ombros, orelhas e por fim para na nuca, Lexa inclina sua cabeça levando os lábios a pele exposta do pescoço da loira a beijando ali , Clarke suspira movimentando seu quadril causando certa atrito entre suas nádegas e o membro de Lexa que geme grudada no pescoço da loira raspando os dentes naquela região, Lexa move suas mãos que massageavam a cintura da loira,levando uma ao seio da loira e a outra na intimidade de Clarke que treme ao sentir os longos dedos de Lexa circulando seu clitóris,a morena deitou seu corpo sutilmente em cima da loira fazendo suaves movimentos de vai e vem com seu corpo enquanto seus dedos massageavam a intimidade e os seios de Clarke ,a loira gemia sentindo o estímulo de Lexa em sua intimidade e seios enquanto o membro da morena roçando em suas nádegas ,Lexa maltratava o pescoço e ombros da loira quando a sentiu chegar ao orgasmo novamente,meio relutante a morena se afastou de Clarke.


-- vire –se  _  Lexa pede com a voz rouca .

Clarke virou de barriga para cima enquanto ainda ofegante se recuperava da intensa massagem da morena, Lexa se sentou aos seus pés e começou a massagear ali,a morena espalhou mais óleo pelo corpo da loira que estremecia a cada toque , Lexa foi massageando dos pés até as coxas grossas da loira onde sutilmente afastou as pernas da loira tendo assim espaço para se acomodar, Clarke sentiu as coxas de Lexa encostando na parte de trás de suas coxas e o membro de Lexa roço na intimidade de Clarke ,a loira deu um pequeno pulo ao sentir o contato ,a morena movimentou seu quadril esfregando suas  intimidades,Lexa subiu as mãos em direção aos seios fartos da loira se concentrando em massagear ali,Lexa aos poucos deitou seu corpo sobre o de Clarke até que seus lábios alcançassem os seios fartos e já duros da loira que imploravam por carinho,Clarke arqueou as costas agarrando os cabelos da morena ao sentir Lexa abocanhar seu seio direito,Lexa revezou entre um e outro até sentir as pernas de Clarke lhe agarrar a cintura fazendo assim suas intimidades roçarem com mais pressão,a morena fechou os olhos respirando fundo,Lexa moveu seu corpo para baixo beijando todo o caminho enquanto guiava sua boca para o centro da loira que aos poucos soltou as pernas que prendiam a cintura de Lexa.

Lexa desceu beijando a barriga de Clarke até sua intimidade molhada ,a morena lambeu a entrada da loira até seu clitóris onde o sugou para dentro da boca , Clarke se contorcia sentindo a língua da morena em toda sua intimidade a degustando majestosamente, Lexa levou dois dedos a entrada da loira colocando somente as pontas dos dedos na entrada, Clarke enfiou as mãos nos cabelos castanhos dourados de Lexa pressionando o rosto da morena ali,não aguentando o próprio desejo Lexa subiu pelo corpo da loira se encaixando entre suas pernas enquanto a beijava ardentemente,a morena escorregou sua mão para baixo se posicionando melhor, segurou seu membro e delicadamente foi pincelando pela vulva da loira, já separando os lábios com a sua glande. Lexa se esfregou em Clarke enquanto estica seu braço até o travesseiro,onde a cabeça de Clarke repousava tirando de lá uma camisinha,Ela pediu para que a loira colocasse a camisinha nela. Meio que desajeitada Clarke foi colocando. Lexa ajeitou seu membro de forma que a sua glande estivesse na posição certa para ser encaixada na intimidade da loira,se olharam nos olhos e num golpe rápido, forte e certeiro, a morena entrou com força dentro de Clarke, arrebentando seu hímen. A loira cravou suas unhas nas carnes das costas de Lexa, morena se manteve imóvel após o golpe duro esperando a dor da loira passar.

Aquilo foi a realização total de todos os desejos que ambas viviam até aquele momento...ambas estavam se possuindo por inteiras, ambas perdendo a virgindade com quem amavam de verdade. Em sua “primeira vez”  estavam sendo satisfeitas pela pessoa que  amavam.Clarke se moveu sentindo prazer em ter Lexa dentro de si,a morena buscou os lábios de Clarke os tomando entre os dentes enquanto ambas se moviam em um vai e vem lento e firme,Clarke desceu suas mãos pelas costas de Lexa até alcançar as nádegas da morena onde a loira apertou pressionando Lexa mais para dentro de si.

-- mais rápido _ sussurrou Clarke envolvendo o quadril da morena com suas pernas e apertando o máximo que podia.


Lexa beijou Clarke com todo o amor e desejo de seu corpo enquanto estocava com força e com vontade, tirando e colocando bem depressa, martelando com vontade. Clarke sentiu um calor delicioso subindo, e sabia que aquilo era seu terceiro  orgasmo se aproximando . Lexa sentiu Clarke gemer diferente enquanto seu corpo pulava em espasmos ,a loira estava gozando e as reações de seu corpo fez com que a morena entrasse mais forte em Clarke três vezes se esfregando o máximo que podia na loira enquanto mantinha seu rosto escondido na curva do pescoço de Clarke com seus dedos acariciando os lábios da loira que se arrepiava com os gemidos roucos de Lexa contra sua pele,as duas gemeram alto ao chegarem ao prazer quase que ao mesmo tempo,Lexa relaxou seu corpo quente sobre o corpo trêmulo da loira a apertando em um abraço de puro prazer.

Após alguns minutos Lexa se retirou de dentro da loira,se levantou enquanto Clarke a observava  logo a morena descartou a camisinha e se limpou voltando a cama se encaixou entre as pernas da loira ,que estava esparramada na cama,a morena levou seu membro ainda duro ao clitóris de Clarke onde se esfregou segurando os braços da loira acima de sua cabeça,Clarke tentava se afastar mais Lexa forçava seu corpo contra o da loira causando tanta pressão que fez Clarke jorrar gritando por seu nome.

Após Limpar o corpo da loira a morena se deitou ao lado de Clarke que tremia ofegante e a puxou de lado ,abraçou o corpo quente de Clarke por trás ficando de conchinha com a loira.

-- você está bem ? _ perguntou Lexa fazendo um cafuné na loira.

-- estou nas nuvens. _ respondeu Clarke se aconchegando mais ao corpo da morena.


Ficaram em silêncio pois seus corpos  já haviam dito tudo o que era necessário,Após alguns minutos de carinhos e beijos, as duas dormiram esgotadas mas completamente satisfeitas com a experiência intensa que tiveram.












Notas Finais


Espero as críticas...rs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...