História Kurry Coffee - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Originais, Shounen Ai, Yaoi
Visualizações 45
Palavras 356
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shonen-Ai, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oi negada -_- tô moreno di sono -3- ... Continua de onde parou ↓

Capítulo 9 - Pode contar comigo!


_ O que está dizendo? Acha que estamos saindo?!

_ Meu nome é Paola. _ Ela me ignorou por completo. 

_ Não finja que não me ouviu! 

_ É que ele fala de um jeito diferente de você pra mim. Então pensei que fosse alguém especial para ele.

Eu fiquei parecendo um tomate. Que família é essa?!

_ Mas não fique com medo. _ Ela continuou. _ Estou aqui para ajudá-lo.  Nath tem estado muito depressivo ultimamente, e acho que um namoro faria bem para a saúde dele.

Eu não acredito. No que diabos eu fui me meter? Ela realmente quer que nós fiquemos juntos!  Conheço ele à uns quatro dias, e ela quer que eu saia com o garoto! E cinco anos mais novo que eu!

_ Você realmente acha que temos algum tipo de relacionamento? Mal conheço a família do menino! 

_ Que tal tentar? Faça com que ele tire aquela blusa ou levante as mangas, e você entenderá o motivo de eu estar preocupada com a saúde de meu irmão. 

Ela não aparenta estar, mas realmente está desesperada com essa coisa. Mas eu devo ser muito lerdo, não entendi o motivo. Nathan parece um adolescente normal e inocente, um pouco tímido. Eu realmente quero saber o motivo dessa preocupação toda com o irmão.

_ Agora me deixou curioso. Mas não posso te prometer nada sobre essa coisa. 

Paola pulou do sofá e segurou minhas mãos. 

_ Muito obrigada! _ Ela apertou minha mão até começar a doer. _ Por favor. Não quero ver meu irmão se machucar, e ele não me deixa ajudá-lo e também evita falar sobre seus sentimentos e pensamentos com a família, isso me preocupa muito. E não quero perder meu irmão mais velho. Ele já sofreu muito com o pai cabeça dura...

Nathan parece mesmo ter sofrido muito em casa e pelo que entendi, ele foi rejeitado pelo próprio pai pela sexualidade. Realmente quero ajudá-lo a se recuperar e passar por cima disso.

_ Ok. _ Tentava fazê-la soltar minhas mãos. _ Vou tentar fazer algo a respeito disso.

Ela deu um sorriso largo apertou minha mão, me cumprimentando.

 

 


Notas Finais


Do jeito que conheço o tipo de vcs, devem estar com fogo no gu agora. Apaga o fogo! -q


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...