História Love Princess - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Jikook, Namjin, Taeyoonseok, V-hope
Visualizações 16
Palavras 1.295
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishounen, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


CHEGAYYYYY MEUS AMORES.

Desculpa o atraso, eu estava com um mega bloqueio e não conseguia escrever nada, eu também estava nervosa com as provas da escola.

Enfim.

Espero que gostem do capitulo, mesmo não sendo um dos melhores, fazer o que né?

Infelizmente a fic tá chegando na reta final, e eu to muuuiiitooo triste, MAS vai ter 2ª temporada, só vai demorar pra ser postada.

Capítulo 19 - Capítulo 19


Fanfic / Fanfiction Love Princess - Capítulo 19 - Capítulo 19

P.O.V. SeokJin


       Meus pensamentos estavam a mil em minha cabeça, minhas mãos suavam, meu coração batia rapidamente em meu peito. Eu estava com medo. Kidoh estava na minha frente sendo segurado por Jimin e Jungkook, Namjoon estava ao meu lado falando algo que eu não conseguia ouvir direito, já que minha cabeça estava em outro lugar.

       Alguns policiais estavam vindo em nossa direção, mas como eu imaginei, Kidoh se soltou dos braços de Jimin e Jungkook, logo tirando uma arma de dentro do casaco e a apontando na direção de Namjoon. Nesse momento meu mundo parou, eu não estava só com medo, eu tinha tantos sentimentos misturados dentro de mim que eu não sabia se tentava ajudar ou chorava.

       - Eu disse que ele iria morrer, não disse, Jinnie? - a voz de Kidoh ecoou pela minha cabeça, me dando calafrios. Eu tinha que fazer algo, mas eu mal conseguia me mover.

       O tempo tinha parado pra mim.

       Kidoh ainda apontava a arma na direção de Namjoon, Jimin e Jungkook já estavam mais longe, os policias estavam tentando acalmar a situação, mas nada nunca impedia Kidoh. Disso eu tinha certeza.


        Mas eu não poderia deixar que nada acontecesse dessa vez.

       - Kidoh, pelo amor de Deus abaixa essa arma. - falei já com lágrimas nos olhos me lembrando de alguns anos atrás,  quando a arma estava apontada na minha direção.

       - Não. Eu vou por um fim nisso, e depois disso você será meu novamente. - aquele tom de voz me lembrava do passado, e de um futuro que eu não desejo.

       Fui andando devagar ate ficar a alguns passos de Kidoh, a arma do mesmo ainda estava apontada na direção de Namjoon, o que me causou um arrepio de medo. Eu podia sentir meu rosto molhado pelas lágrimas, eu estava suando e meu coração estava mais acelerado ainda por estar tão perto do homem que mais me dava medo.

       Tentar ser forte agora não era mais uma opção, e sim a coisa certa.

       Sequei meu rosto com as minhas mãos, controlei minha respiração tentando me manter calmo para não chorar novamente, olhei Jimin e Jungkook e vi que os mesmos me olhavam admirados, já que agora eu estava de cabeça erguida e olhando firme nos olhos de Kidoh, de forma muito diferente de quando eu o olhava anos atrás.

       - Abaixa essa arma! - falei em um tom autoritário tentando parecer firme, mas, como sempre, Kidoh riu de mim, nesse momento eu me senti ridicularizado.

       - Você acha mesmo que pode mandar em mim? Do que eu saiba, sempre fui em quem mandava em você. - mais lembranças tomaram conta de mim, eu queria chorar novamente, mas eu sabia que isso não faria Kidoh parar.

       Ouvi passos vindo em minha direção, e vi Namjoon ele estava novamente ao meu lado, segurando minha mão e entrelassando seus dedos nos meus, me passando confiança. E isso de certa forma me acalmou.

       - Jin, não tente fazer tudo sozinho, eu estou aqui para te ajudar, não importa o que. - aquelas poucas palavras me deixaram melhor, me fizeram melhor.

       Kidoh ficou observando a cena com raiva nos olhos, eu podia sentir o clima pesar ao nosso redor.

       Os policiais foram lentamente se aproximando. Minha mente entrou em curto. Podia ver o sorrisinho no canto dos lábios de Namjoon. E então, aconteceu. Minha visão ficou turva, minhas pernas não sustentavam meu próprio peso, eu cai nos braços de Namjoon desacordado, desmaiado.



P.O.V. Namjoon


     


       Eu estava na cama de SeokJin, chorando e me culpando mentalmente pelo que aconteceu.

       Kidoh o levou. Tirou ele de mim. E me deixou chorando rios.

       Eu estava me sentindo um inútil, eu estava me culpando a horas pelo o que aconteceu, afinal, eu disse que ia protege-lo, mas eu não consegui, eu não tive forças, Kidoh era mais forte do que eu.

       Os poucos ferimentos que tinham no meu corpo já não doíam mais, a única dor que se fazia presente no meu corpo esta uma dor indescritível no meu peito, no meu coração, eu sentia que faltava algo. Faltava alguém. Faltava SeokJin. Só ele poderia fazer meu coração bater novamente. Só ele poderia me deixar sorrindo feito um bobo novamente. Só ele poderia fazer com que meu ser se animasse o suficiente para viver ate o fim dos tempos ao seu lado.

       Ouço minha porta ser aberta e Taehyung, Hoseok e Yoongi entrarem pela mesma indo em minha direção.

       - Levanta, Namjoon, ficar ai deitado que nem o Yoongi não vai ajudar em nada. - falou Hoseok tentando me levantar sem sucesso.

       - Eu não fico deitado o dia inteiro. - se defendeu Yoongi se deitando ao meu lado na cama e recebendo um olhar mortal de Hoseok - Eu estou cansado.

       - Sei. Cansado. Huhumm. - falou Taehyung com ironia na voz.

       - Nem parece que estava dormindo ate agora. - Hoseok falou como se estivesse julgando Yoongi.

       - Eu tive aulas a mais hoje, queridos, e eu não aguento aquele bruxa velha falando. - um sorriso brotou nos meus lábios ao ouvir o argumento de Yoongi sobre a professora, mas só uma pessoa poderia me fazer sorrir de verdade.

       - Ain que sorrisinho bonitinho, nem parece um rapper. - Taehyung falou se aproximando da cama que já estava cheia de tanta gente - Da um espaço que eu tô chegando. - falou Taehyung se jogando no meio de Yoongi e Hoseok.

       - Como eu invejo vocês. - falei vendo os três deitados/espremidos ao meu lado com sorrisinhos apaixonados nos lábios.

       - Sincerente, eu invejava você e o Jin. Vocês pareciam aqueles casais de doramas, perfeitos, inseparáveis, e apaixonados. - a voz de Yoongi ressoou pelo quarto - Agora eu tenho o mesmo que você em dose dupla.

       - Não tente me fazer melhorar com palavras. - falei encarando o teto.

       - Então o que é que vai fazer você melhorar? - perguntou Hoseok um pouco animado por saber que lego me faria melhor.

       - Kim SeokJin. - ao falar vejo imagens dele em minha mente, e acabo por sorrir ao me lembrar de seu rosto delicado, de seu sorriso, da sua risada contagiante, dos ombros largos, de seu corpo por completo.

       - Que sorrisinho é esse? - acordo de meu pensamento ao ouvir a voz de Yoongi.

       - É o sorriso de alguém que esta apaixonado. - falei pegando a caixinha de veludo preto que estava no criado mudo ao lado da cama - Eu ia levar ele para jantar em um restaurante, depois nos íamos para o parque de diversões que abriu, eu ia pedir ele em namoro quando nos estivéssemos no topo da roda gigante vendo a cidade, e quando ele dissesse 'sim' um amigo meu ia soltar balões em forma de coração. É uma cena bem clichê, mas foi o que eu consegui com o dinheiro que eu tinha. - falei imaginando como seria estar agora com Jin, provavelmente a essa hora nos ha teríamos saído do parque, andando pelas ruas de Seul. Isso poderia estar acontecendo agora, se Kidoh não tivesse tirado Jin de mim.

       - Pode ate parecer clichê, mas eu só posso dizer uma coisa: Min Yoongi, por que você não se declarou assim também? - Hoseok olhava atentamente para o namorado.

       - Eu não tinha dinheiro, mas eu posso levar vocês no parque.

       Enquanto os três ficavam falando sobre o relacionamento deles, eu ficava vendo as duas alianças na caixinha. Meus olhos começaram a marejar e uma única lágrima saiu de meu olho, mas isso não quer dizer que eu não chorei. Eu estava novamente chorando e me culpando.

       "Jin, eu estou indo te procurar, não importa quando obstáculos eu tenha que superar, mas eu sinto que eu e você vamos ficar juntos. "


Notas Finais


Desculpa qualquer erro, eu tenho que revisar ou eu vou esquecer e vai ficar tudo errado até o final da fic.

Até o próximo capítulo.

Bjs 💜💛💜💛💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...