História Love Racing - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ashley Benson, Caitlin Beadles, Chaz Somers, Justin Bieber, Lucy Hale, Megan Fox, Ryan Butler, Zayn Malik
Personagens Justin Bieber, Megan Fox
Tags Ação, Mistério, Romance, Violencia
Visualizações 32
Palavras 1.176
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Mistério, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


➡ Plágio é crime

➡ Os personagens não me pertencem, mas suas personalidades sim.

➡ Qualquer ação vista aqui devo dizer que não sou a favor até porque isso é uma estória, uma fanfic.

➡ Está totalmente diferente de como eu havia postado o prólogo, exclui por não está satisfeita e fiz outro diferente. Espero que gostem.

➡ Farei de tudo para que os capítulos sejam longos, apesar que este está curto por conta de ser apenas o prólogo.

➡ Qualquer tipo de erro ortográfico será corrigido após a fic ser concluída. Peço desculpas desde já.

Capítulo 1 - Lucy's friend - Prólogo


Fanfic / Fanfiction Love Racing - Capítulo 1 - Lucy's friend - Prólogo

"Você colocou suas mãos por todo o meu corpo e me disse. Você me disse que estava pronto para o maior, o grande salto. Eu seria o seu último eterno amor, você e eu" 

( Send My love - Adele) 



Elizabeth Dobrev Point Of View


Puxo a manga da blusa xadrez que eu usava para baixo, o frio de Paris fazia - me ter os lábios tremendo.

- Elizabeth deixe de ser fresca, Caralho, hoje é nosso dia e temos que comemorar - Lucy diz após dar um gole em seu café morno enquanto me encarava sem hesitar nenhum momento.

Umas semanas atrás eu e minha melhor, Lucy, nos mudamos para Paris para ter melhores condições econômicas e profissionais - mas fiquei sabendo que só poderia trabalhar após terminar a faculdade-

Morávamos no Brasil antes de tudo, contudo Lucy sempre deve contatos importantes que nunca havia me dito como conseguia, mas nunca sequer questionei oficialmente para ela, e como eu estava necessitada havia aceito me jogar de cara em outro país e cidade. Dois dias depois de chegarmos aqui nos matriculamos em um faculdade, fazíamos o mesmo curso porém, eu não havia ido até agora.

- Lucy eu já disse que não! Não quero ir pra essa festa que vão dá

- Vai ser para os novos alunos, tipo a gente Beth, e eu quero ir

- Então vá - dei de ombros me levantando e pondo o dinheiro na mesa para o garçom depois ir buscar. Peguei minha bolsa e sai do Starbucks com Lucy vindo atrás com uma carranca na cara

- Por favor - fez bico. Filho da puta.

- Tá bom - revirei os olhos - mas qualquer coisa eu dou o fora e jogo na sua cara por duas semanas

- sabia que ia funcionar - riu - tudo bem…

°°°


Olho - me pela milésima vez no espelho para ver se estava tudo ok, sorrio com o resultado de horas se arrumando e caralho, eu sou muito gostosa, não me julguem por ter um ego grande convivi muito com Lucy e deu nisso.

- DESÇA LOGO ANTES QUE EU VÁ AÍ E TE TRAGA PELOS CABELOS VAGABUNDA!

E falando no Diabo.

Pego meu celular, a bolsa com algumas coisas dentro e desço dando de cara com Lucy com um semblante nada bom sendo acompanhada por um homem.

- Não jogue a culpa em mim, você demorou quase uma hora no banheiro - digo dando de ombros e encarando o homem - Quem é você?

- Ryan - disse sorrindo de lado. Se não fosse da minha melhor amiga, juro que jogava ele nesse chão mesmo e fodia loucamente com o mesmo.

Foco Elizabeth! - uma voz no meu subi-consciente alerta

- Tanto faz! Vamos logo! - abriu a porta e saiu sendo seguida por mim e Ryan atrás.


O som alto podia ser ouvido à quadras de distância da boate, sem muito demora já estavamos na frente da mesma com Ryan estacionando o carro. Adentramos na boate e com dificuldade de andar pelo local por se encontrar lotado, acabamos por conseguir chegar na área vip - Já que Ryan conhecia o Dono -. Pegamos um Drink para ambos e sentamos juntos no sofá, dois garotos entraram seguidos de risadas altas vindo dos mesmos.

- Lol estou vendo um anjo? - um deles que haviam entrado, o alto e bonito por sinal, diz me olhando.

- Que gatas da porra! - o outro fala.

- Deixem de ser mané - Ryan diz se levantando e indo até eles onde faz um toque de mão estranho - Essas são Elizabeth e Lucy - apontou pra nós duas

Sorri sem humor. Eles me pareciam legal, mas algo me incomodava por dentro.

- Satisfação - falei - Porque prazer só na cama

- Gostei dela. Meu nome é Chaz - inclinado para frente depositou um beijo molhado na costa da minha mão

- Eu sou Christian - piscou e virou - se para Ryan - Onde está Justin?

- Quem é Justin? - sussurrei para Lucy que deu de ombros

- o dono - Fala como se fosse algo mega normal. Ela estava me escondendo algo, sabia, mas não quis prolongar mais a conversa com esse tema.

Depois de conversas foras olhei para o lado e vi Ryan e Lucy quase se comendo, Chaz conversando com Chris e ambos com garotas no colo. Resolvi por fim sair de lá, Desci para a área normal, peguei um Drink de cima da bandeja de um garçom que passou por perto e comecei a dançar. Dançar como se hoje fosse o meu último dia respirando, tendo assim a atenção sobre mim que logo foi cortada quando alguém pôs as mãos ao redor da minha cintura incentivando a não parar.

A vontade de dançar era tanta que eu apenas deixei pra lá e rebolei de frente pro homem, Desci até o chão e quando voltei o mesmo colou nossos corpos fazendo eu senti sua ereção bastante visível. Minha intimidade começou a formigar e um calor dominou meu corpo, o homem me virou bruscamente fazendo bater minhas mãos em seu peito e minha respiração acelerar por conta do momento. Antes de tudo pude ver seus olhos, brilhantes como a noite e de um tom castanho bastante penetrante. Como se tivesse visto a minha alma o ser na minha frente acabou por acabar a distância entre nossos lábios, dando passagem com a língua logo estávamos numa briga na qual exploravamos cada canto.

Passei os braços em volta do seu pescoço querendo ficar ainda mais perto do homem - cujo o nome mal pude perguntar -, suas mãos desceram até a minha bunda onde apertou fazendo eu dar um pulinho pra frente encostando nossas intimidades, dando- me o prazer de ouvir um gemido rouco sair de seus lábios.

- Justin? Justin! - Uma voz na qual eu conhecia muito bem nos atrapalhou cortando todo o clima que pairava sobre nós, afastamos um do outro e viramos em direção da onde a voz estava vindo. Ryan seu empata foda do caralho, mas pelo menos fui salva de cometer algo "absurdo" em público.

- filho da puta - o homem no qual quase transei disse resmungando e indo até Ryan, seguida por mim logo atrás.

- Tava te procurando Justin - Ryan comprimentou ele - e ai Dude.

Então esse era o Justin, Dono da boate na qual quase serviu de quarto para nós dois?

Só podia ser piada.

- Pelo visto já conheceu Elizabeth - Sorriu - A amiga da Lucy.

Justin virou pra mim com um sorriso Safado nos lábios.

- É conheci.

Revirei os olhos e sai dali voltando para a área vip não acreditando nisso, fiquei com um cara na qual fui saber logo depois que quase transei com ele que o mesmo era o Dono da Boate onde estava sendo comemorado a festa da faculdade, fui deixada de lado pela minha melhor amiga e vou acordar com uma puta ressaca.

Mas devo admitir, Justin beijava bem pra caralho. 


Notas Finais


Até o próximo Baby's 💜🐊


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...