História Lua De Sangue - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Drama, Simulator, Tortura, Yandere
Visualizações 12
Palavras 1.030
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Ficção, Romance e Novela, Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Como voces devem ter percebido,essa historia foi inspirada em um jogo. Yandere Simulator.Eu queria só dizer obrigada se voce está lendo minha fanfic..ela provavelmente não vai ter muitos leitores. Mesmo assim, eu vou continuar a escrever,mesmo se ninguém ler.

Capítulo 1 - Estou fazendo o que é certo?


Fanfic / Fanfiction Lua De Sangue - Capítulo 1 - Estou fazendo o que é certo?

Mais um dia nessa droga. Todas as vezes funcionam da mesma maneira idiota. Chega a ser irritante. Todos entram na escola e os clubes começam a funcionar.

        Algumas pessoas preferem ir ficar junto de seus amigos, e outras simplesmente preferem ser acompanhados de seus livros enquanto o horário da aula não chega.

        Meu senpai nunca fala com ninguém. 

        É até melhor ele ficar sozinho. 

        Como ele não tem amigos, quando namorarmos ninguém vai nos atrapalhar com bobagens.

        Sim,muito melhor.

        Hm? Já deu a hora de ir pra sala?

        Senpai está saindo também! Talvez se eu andar bem de vagar eu posso olhar um pouco pra ele enquanto caminha....ele é tão bonito...eu realmente queria estudar na mesma classe que ele. Ficaria olhando horas e horas..

        Eu estava distraída olhando para ele, que não escutei uma menina me chamar:

-Eii! Garota!

-Ham?

A menina tinha derrubado sua caneta, e ela foi parar perto de mim. Eu peguei e percebi algo estranho. Estava escrito Yato Tanaka numa folha de papel dentro dela.Por que aquela garota estaria com a caneta dele?

-Você não me escutou chamando? Pelo amor! Eu gritei tanto que estou ficando sem voz! – disse ela num tom tanto arrogante

-Deveria entregar essa caneta para seu dono não é mesmo?

-Não se intrometa nos problemas dos outros! E eu não roubei! Ele me emprestou! Veja o que vc fala antes! Eu nunca roubaria nada!

Por que ele emprestaria sua caneta pra ela?

Eles tem algum relacionamento intimo pra isso?

Não....isso é ridículo.

-E quem é você? – perguntei

-Eu sou Nanami Yoshida -  seus cabelos castanhas estavam sobre seu rosto,até que ela os colocou atraz de sua orelha - Por quê?

-Você gosta do Yato? – fui bem clara e direta

Ela ficou vermelha

-C-como? Claro que não! Eu o odeio!

Ela gosta dele.

-Ele é só um amigo irritante e idiota pra mim!

Amigo? Ele tem amigos?

-Entendo. Desculpe se causei um má impressão. Meu nome é Yui Shimizu. Prazer em te conhecer Nanami. Espero que sejamos grandes amigas!

Isso não vai acontecer.

-Ah sim...desculpe se fui má com você também. Eu tenho que ir para a aula. Ate logo!

Entao senpai tem uma amiga hein? Compreendo....

Pena que ele não terá por muito mais tempo.

Nenhuma pessoa pode me atrapalhar com ele.

Eu fiquei a aula inteira pensando em um modo de fazer eles não se encontrarem mais.....nao consegui pensar em nada. Até que recebo uma mensagem no celular:

´ Venha me ver após a aula. Eu tenho uma coisa que você pode se interessar. Eu tenho certeza que você não vai se arrepender. `

        Quem mandou isso? Será que foi a Nanami? Não poderia ser, ela está em aula também.....

        Eu esperei até o fim da aula na minha classe .

        -Você esperou mesmo... – disse uma voz feminina atraz de mim.

        -Quem é você ?

        -Isso importa? O que você deveria perguntar não seria ´´ o que você quer`` ?

        -Só me responda. –perguntei rudemente

        - Eu sou a Mumuzo! –disse ela- e irei te fornecer informações.

        -Quem disse que eu preciso de informações?

        -Ninguém disse nada. Até porque eu vi sua expressão quando pegou aquela caneta.

        -Como você sabe disso?

        -Eu sei de tudo sobre você e todos.

        Aqueles cabelos vermelhos brilhavam na luz da janela.   Eles pareciam chamas vermelhas que iriam me queimar.

        -E por que você esta falando isso para mim?

        -Porque eu vou te ajudar à eliminar aquela garota de hoje cedo.

        -Como?

        -Calma, muita calma. Você não pensou mesmo que eu iria fazer isso de graça não é mesmo?

        -O que você quer que eu faça?

        -Serviços.

        -Que tipo de serviços?

        -De todos os tipos. Desde stalkear alguém até mata-la. Acho que na parte do stalkear você não terá problemas. Já que vc stakeia o Yato praticamente o dia todo.

        -Matar?

        -Sim. Quer que eu repita?

        -Não é necessário. Mas não sei se eu conseguiria fazer isso. Eu sou bem ciumenta mas não ao ponto de matar alguém!

        -Então trabalhe isso. Eu não vou te ajudar a eliminar as garotas que gostam dele de graça.

        -As garotas?

        -Existem mais garotas na escola que gostam dele também.

        -Como?

        -Isso mesmo. E se vc me ajudar, eu te ajudo a eliminar todas elas. O que me diz? Você aceita fazer esse trato?

        -Eu não sei... – tem seus prós e contras mas...- não tenho certeza.

        -Me responda agora.

        -Acho que sim.

        O que eu estou fazendo?

        -Ótima escolha; Yui. Apartir de agora você tem meu numero em seu celular. Em qualquer hora você pode me chamar e pedir informações sobre qualquer estudante da escola. Mas elas também vão custar seus serviços. Entendeu?

        -Sim..

        -Essa vai ser a primeira e única vez que você me vê fisicamente. Eu só vou manter contato com você online agora. Fique de boca fechada e não diga pra ninguém o que aconteceu aqui. Se você vazar informações sobre mim.....acho melhor você nem saber.

        Eu engoli seco.

        -Até mais Yui!

        Eu fiz um trato e vou ter que fazer serviços...onde eu fui parar!?

        Mas pensando por um lado...vou ter meu senpai inteiramente pra mim.

        Isso é melhor que qualquer coisa...

        Eu cheguei em casa e fui jantar. Fiz as tarefas e fui dormir.

        No outro dia quando estava indo para a escola eu ouvi a voz de Nanami:

        -Mas de novo? Qual é seu problema?

        -Me desculpe.

        Aquele é o...... senpai??????

        -Se você se atrasar mais uma vez eu te largo e venho pra escola sem você!

        Ela é louca? Por que ela está gritando com ele? Quem ela pensa que é?

        -Eu sinto muito...

        -Sentir muito não adianta! Ai, que coisa chata! Vamos entrar logo na escola!

        -Sim....tudo bem.

        -Nos vemos mais tarde...

        -Sim..e obrigado por me esperar

        -Ah..... – Ela ficou vermelha- foi a ultima vez que faço isso!

        Yato deu uma risada baixa e colocou a mão no cabelo de Osana.

        -Sua chata.

        Ela ficou mais vermelha que um pimentão.

        Que sentimento é esse? Um sentimento de querer machucar ela... eu nunca lidei com algo assim...... eu estou virando um monstro?

        Eu quero machucar ela........eu quero matar ela.....assim o senpai não vai mais ter olhos para ela...

        O que estou me tornando?

        Aish.....

       

 

 


Notas Finais


Ayano: Yui Shimizu
Senpai: Yato Tanaka
Osana Najimi: Nanami Yoshida
Info-chan: Mumuzo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...