História Lunch and Love (Imagine Jimin,Jungkook - BTS) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook
Tags Bangtan Boys, Bts, Imagine Bts, Imagine Jimin, Imagine Jungkook, Jungkook And Jimin
Visualizações 193
Palavras 2.254
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Cap Único


Fanfic / Fanfiction Lunch and Love (Imagine Jimin,Jungkook - BTS) - Capítulo 1 - Cap Único

-Porra!- reclamei baixinho quando sai da escola, estava muito frio. - Devia ter pegado um casaco mais quente.

Já faziam três anos desde que eu havia me mudado para Busan, mas ainda nao tinha me acostumado com o inverno do capeta que tinha aqui. 

-Aigoo S/N! Eu nem falei nada- Kookie passa o braço em meus ombros - Ainda está com frio? 

-Vão se foder, você e esse sorrisinho malicioso. - digo rindo 

-Alguém falou foder?- Jimin aparece do meu lado do nada, fazendo eu quase ter um ataque do coração 

-Parem de me assustar assim porra! Querem que eu morra?- olhei para Jimin indignada - Vai se foder. 

-Ela ta estressada por causa do frio ou porque tá na TPM?- Jimin pergunta para Kookie. 

-Deixa eu ver -ele pega o celular- Por causa do frio. 

-Você sabe a data da minha menstruação?- olho para Jeon 

-Claro que sei, sou seu melhor amigo, preciso me prevenir.

 -Ei! - Jimin reclama - Eu sou o que? -Vocês dois são meus melhores amigos, seus retardados. 

-Vou ligar pra sua mãe- Jimin diz pegando meu celular mochila

-Quero almoçar lá. 

-Hyung! - Jeon chama o mais velho- Pede se eu posso também!

Começo a rir e Jimin desbloqueia o celular. Todos nós tínhamos a mesma senha de celular, caso algum de nós ficasse bêbado de mais, assim poderiamos ligar do celular um do outro. 

-Alô filha- se escutava do outro lado da linha 

-Oi mãe- Jimin fez uma voz fininha e nós começamos a rir 

-Oi Jimin- ela disse rindo também- Vocês podem vir aqui sim, você e Jeon. Nem precisa pedir. 

-Obrigada tia. - ele riu 

-Vou almoçar fora, mas confio em vocês. Não deixe ela passar fome!- ela falou

-Beijo querido. 

-Beijo tia.

Jimin desligou o celular e me deu.

 -Vamos? - Kook e Jimin disseram juntos,estendendo os braços estilo cavalheiro, deixando eles me guiarem. Estavamos na frente da grande casa bege em que eu morava e vimos minha mãe sair da garagem com o carro. 

-Tchau mãe!- gritei e ela mandou um beijo

-Tchau filha!- ela abanou- Não a deixem passar fome meninos! 

-Não vamos deixar Tia!- Kook dá um sorriso

Eu e os meninos entramos em casa e fomos para o meu quarto, deixamos as mochilas e descemos para o primeiro andar. 

-Não to com fome agora- eu disse -Mas eu to- Kook responde

-Vai cozinhar pra gente

Vocês vem junto - ele disse puxando a gente para a cozinha

Jimin começa a mexer na geladeira e começa a cozinhar um strogonoff (N/A: finge que tem strogonoff na Coréia) e eu sento no balcão, Kookie fica de costas no meio das minhas pernas. 

-Faz massagem em mim?- ele pede manhoso

Eu solto uma risada anazalada e começo a fazer uma massagem em seu ombro, ele geme baixinho. 

-Isso é tão bom...- ele diz de olhos fechados 

-Pare de falar como se ela estivesse te masturbando Kookie- Jimin diz rindo 

-Você fala isso porque não sabe como a massagem dela é boa - ele diz ainda de olhos fechados

Começo a rir deles dois e abraçei Kookie pelo pescoço, descansando a minha cabeça em seu ombro. 

-To com fome!- eu falei manhosa- Demora muito Jiminie? 

-Não- Jimin disse levantando a tampa da panela e jogando um tempero lá dentro-Vão escolher um filme pra gente, quando terminar aqui eu chamo.

Kookie pega minhas pernas e me segura estilo cavalinho, me leva até o Jimin e eu deixo um beijinho da bochecha dele e fomos pra sala. 

-Vamos um de terror! - Jeon diz 

-Cala a sua boca, eu não vou ver terror nenhum. Esqueceu que eu tenho pânico?- disse dando um tapa na sua cabeça 

-Aish S/N - ele reclama - Vamos ver o primeiro que aparecer ok? 

-Ok.- ele liga a tv

Era um filme de comédia 

-AEEE!! - eu grito

 -Aish - Kookie reclama.

Corro até a cozinha para ver se estava tudo bem com Jimin 

-Jiminie, já ta pronto? - falo o olhando -Sim, eu ia chamar vocês agora. 

-Vamos pra sala? 

-Claro.

Pego o meu prato e me sinvo, indo para a sala novamente. 

-Kookie, vai se servir- olho para a tv e tem uma imagem gigante da menina do Exorcista 

- AI CARALHO! JUNGKOOK TIRA ISSO!

Tento tapar meus olhos mas eu tava com o prato na mão e um copo na outra, me viro rápido, mas tem um espelho gigante na minha parede. 

Fecho os olhos com força e começo a lacrimejar, eu tenho uma espécie de pânico com imagens assim. Abro meus olhos devagar e vejo que ele ainda não tirou a imagem da enorme tv. 

-JEON, TIRA POR FAVOR!- grito quase chorando 

-Travou S/N!- ele fala mexendo nos botões da tv

Minha mão falha, meu copo acaba caindo e quebrando por ser de vidro.

-Eu estraguei tudo né?- Jeon fala baixinho 

- Não, ta tudo bem, vocês são meus melhores amigos, eu sempre vou desculpar vocês, só não desculpo se vocês me deixarem 

-Vem - ele se coloca de costas pra mim

- O Hyung e eu resolvemos tudo.

Subo nas costas dele e nós vamos para a sala.

 -Vamos assistir um filme de drama ok?- Jimin perguntou 

-Pode ser...- respondi com um sorriso - Antes temos que limpar aquilo ali... Aponto para os cacos de vidro no chão e Kookie se pronuncia: 

-Você pega as coisas e eu faço o trabalho. -disse Jeon olhando para Jiminie 

-Mas e eu?- falo sentada no sofá

-Você está descalça, então fica quietinha aí. - Jimin diz

Eles fazem o serviço e vem sentar no sofá comigo. Jimin deitou uma perna no meu colo e outra atrás de mim, me fazendo deitar em seu peito. 

Kookie deitou com a cabeça em minha barriga e com o corpo no meio das minhas pernas. Era como nós sempre deitamos quando vamos olhar filmes. Me mexi um pouco, para me aconchegar melhor nos braços de Jimin, mas ele acabou gemendo, tinha alguma coisa incomodando minhas costas. 

-Aish Jimin! Tem alguma coisa me incomodando - digo 

-Preciso ir no banheiro- ele me empurra um pouco e corre pro banheiro -Ué?- fiquei confusa 

-Quer saber? Eu vou fazer pipoca. 

-Eu vou com você. - ele disse pausando o filme que já estava na metade

Fomos para a cozinha e eu percebo que a pipoca estava em cima do armário.

-Aigoo!- reclamo enquanto tento pegar o pote com os grãos de milho

-É muito alto!

Sinto algo nas minhas costas e percebo que é Jungkook, me senti um pouco envergonhada, isso nunca acontecia. Talvez fosse pelo fato de que eu estava com um short de academia (curto pra caralho) e minha bunda estava praticamente em cima de seu membro.

A amizade minha, de Kookie e Jimin era engraçada.

 Eu havia me aproximado de Jimin para me aproximar de Kookie, porque gostei dele por um tempo, mas acabou que eu fiquei muito amiga de Jimin, e consequentemente, de Jungkook também. Minha paixonite por Jeon passou, e deu lugar a uma amizade forte com os dois.

Lembro da época que eu daria de tudo pra isso estar acontecendo, mas agora não sei. Jeon pega o pote de pipoca e coloca ele do lado da bancada e eu desco da ponta dos pés. Kookie não se mexe. 

-Aigoo Kookie! - me mexo

Ele me vira bruscamente e toca o meu rosto 

-Tem vezes que eu quase não consigo me aguentar- ele diz calmo

-Essa não é uma das vezes.

Ele aproxima sua boca da minha e me beija calmo, mas logo sinto sua boca se abrindo, pedindo passagem para aprofundar o beijo, eu cedo.

 Começo a tomar o controle, o empurrando contra a parede mais próxima. Sua mão que antes estava na minha cintura desce para a minha bunda. Nos separamos pela falta de ar e voltamos novamente. Sinto algo estranho em meu ombro, logo percebo que são beijos, que iam desde meu ombro até minha nuca.

Me separo de Kookie e olho para trás, vendo Jimin com a cabeça perto da minha nuca. 

-Mas o que?- pergunto com calma. 

-Acho que não iria conseguir escolher entre nós dois- ele dá um sorriso de lado

-então porque não ter os dois de uma vez? 

-Vocês concordam com isso? - eu pergunto sentindo as mãos de Jimin em minha cintura 

-Melhor ter metade de você do que nada - Kookie sorri beijando minha maçã do rosto 

-Por mim.. - digo- Melhor dois do que um só, não é?

Dou um sorriso e sinto minhas costas serem puxadas com força para Jimin. Senti algo de novo em minhas costas. Não acredito, Jimin estava excitado quando eu deitei sobre ele? 

-Parece que temos alguém animadinho...- disse mexendo o quadril.

Jimin geme e Kookie avança na minha boca, me puxando, e consequentemente Jimin, me fazendo ficar entre os dois.

Gemo baixinho ao sentir ao sentir os membros dos dois contra o meu corpo.  Jimin volta a atacar meu pescoço enquanto eu beijava Kookie. O telefone começa a tocar, mas não ligo muito até ouvir o recado..

-Oi filha! - minha mãe diz- Só queria avisar que chegarei tarde, seu pai resolveu me fazer uma surpresa, espero que esteja tudo bem com vocês aí. Beijo!

-Vamos voltar para o que interessa- disse

- O quarto é mais espaçoso sabia?


Jimin tira o corpo do meu e eu pego na mão dos dois, os guiando para o quarto. Chegando lá, Jimin me pega e me joga na cama, ficando por cima e me beijando, Kookie senta na poltrona e fica nos olhando. 

-Você não vem? - pergunto 

-Deixa o Jimin ficar um pouco com você - pisca para Jimin

- Por eu ter tido mais tempo com você na cozinha.

Jimin começa a me beijar e passar as mãos pelo meu corpo. Jimin é um pouco mais bruto, ele agarra forte a minha cintura, o que irá deixar marcas. Nunca pensei que o Jimin seria bruto, sempre o imaginei como o cara carinhoso na hora do sexo, mas era ao contrário.

E eu estava adorando.

Suas mão vagam pelo meu corpo e chegam na barra da minha regata branca, retirando-a.

- Opa - Kookie diz

- Dessa parte eu quero participar.

Ele chega perto da cama e tira sua própria camisa, deixando a mostra seu abs definido. Jimin aproveita pra tirar a sua, deixando todos nós sem a camiseta, mas eu ainda estava com o sutiã cobrindo meus seios. Ele geme e ouço Jimin gemer também, olho para trás e o vejo se masturbando, olhando para minha parte íntima.

Me viro para Kookie novamente e começo a masturba-lo com as mãos, logo usando a boca, a única coisa que se ouvia era os gemidos de Jeon e os meus engasgos quando ele empurrava a minha cabeça contra seu grande membro.

Enquanto eu pagava um boquete para Jeon, senti algo quente e molhado se mover por meu ânus e vagina, era a língua majestosa de Jimin, que entrava e saia de minha intimidade, as vezes chupando meu botãozinho.

Enquanto Jeon fodia minha boca, Jimin fodia minha intimidade com a língua. 

Engasguei mais vezes por conta dos gemidos que eu soltava pela língua de Jimin.

Jeon tira seu membro de minha boca e Jimin para. -É a vez de Jimin provar essa boquinha deliciosa. - Jeon diz me dando um selinho

Me viro para Jimin e ele deita na cama.
Coloco meus seios ao redor do membro do Park a minha frente e dou uma cuspida para lubrificar.

O membro de Jimin também é grande, o que me permitiu lamber sua glande enquanto movia meus seios pelas extensão do membro. -Vocês passam a média coreana...- digo.

Jimin gemeu mais alto em resposta e Jungkook se colocou ao lado de nós dois, começando a se masturbar. Jimin tinha a boca entre-aberta e os fios negros colados na testa devido ao calor que o lugar estava, mesmo sendo inverno.

Jimin começa a gemer mais alto e percebo que o mesmo está quase e seu ápice, então paro e engatinho para cima de Jimin, beijando-o intensamente, vejo de canto de olho que Jungkook vem para traz de mim, deixando suas mãos correrem livremente por minhas costas, me fazendo arrepiar.

Sinto o membro de Jimin e Jungkook tocarem minhas entradas e se afundarem calmamente em mim me fazendo sentir muita dor, então os mesmo esperaram eu me acostumar com os dois grandes membros dentro de mim, então começaram a se movimentar.

A única coisa que se ouvia naquele quarto era a batida de nossos corpos combinada com os altos gemidos e ofegos. Sentia os dois membros se movimentarem rapidamente nas minhas intimidades, nunca havia imaginado o quanto isso seria prazeroso.

Deixo os garotos me guiarem nessa foda, afinal, meu corpo estava totalmente a mercê dos dois.

As mãos de Jeon apertavam minha cintura a medida que o mesmo investia contra mim, já uma das mãos de Jimin trabalhavam fortemente com meu botãozinho, e a outra dava tapas estalados na minha bunda, deixando tudo aquilo mais interessante.

Sorrio em meio as mordidas de lábio e gemidos, aquilo era muito bom; sentir os dois garotos investindo em mim e gemendo pelo meu corpo era incrível.

Eles começam a ir contra mim mais rápido, de modo que eu perceba que estão perto de seus ápices. Minha intimidade pulsava de prazer, me dando expectativa para o meu primeiro orgasmo.

Após mais investidas me desfaço naquela onda de prazer, deixando meu corpo cair no de Jeon e assim sentindo os membros afundarem mais em mim, fazendo-me gritar e contrair, causando um orgasmo prolongado; então Jimin e Jeon se disfazem dentro de mim.

Era tão bom sentir todo o amor deles derramar quente em meu ser. Caímos cansados na cama e ficamos ofegantes, então olho para cada um e sorrio. "Eu os amo muito." E com esse pensamento caí no sono. Deixando apreciar aqueles corpos que me abraçavam e serviam de cobertor.



Notas Finais


~espero que tenham gostado!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...