História Médicus Love - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Super Junior
Personagens Cho Kyuhyun, Choi Siwon, Lee Donghae, Lee Hyukjae "Eunhyuk", Lee Sungmin, Personagens Originais
Tags Drama, Eunhae, Kyumin, Romance
Visualizações 24
Palavras 1.036
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Lemon, Romance e Novela, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Cross-dresser, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Ola meus amores,
Vim aqui com mais um capitulo da fic
Espero que curtam
Boa Leitura!!!

Capítulo 11 - Capitulo 10- Surpresas parte1.


Capitulo 10 – Surpresas parte1.

Hospital Frances, parte da manha.

Spencer tinha voltado de sua folga na manha seguinte, o doutor iria aproveitar para começar o tratamento com o loirinho, ele queria que o mais novo se lembrasse das coisas, por isso ele tentaria fazer de tudo para que ele recuperasse a memória.

Aiden estava na fisioterapia junto com o doutor Park, o mesmo sorria para o mais novo, as covinhas a mostra, o loirinho perguntou para o mais velho.

- Douto vai demorar muito para me liberar?

- Não Den, o seu pulso esta quase cem por cento, mais algumas seções e você esta novinho em folha.

O mais novo sorriu amplamente e agradeceu ao mais velho, que disse.

- Não precisa me agradecer, estou aqui porque gosto do que faço e gosto de ti.

O mais novo sentiu as bochechas corando.

- Sério doutor?

-Sim pequeno, sinto vontade de te proteger, provavelmente o mesmo sentimento que o doutor Lee nutre por ti.

O mais novo abriu um sorriso enorme, mesmo com o rostinho totalmente vermelho.

-Obrigado doutor Park não sei como agradecer a vocês.

- Não perdendo o sorriso que você tem no rosto.

Os dois continuaram a seção por mais um tempo, a enfermeira bateu na porta.

- Doutor Park, o doutor Lee espera pelo paciente.

- Tudo bem ele esta liberado.

O loirinho agradeceu ao doutor, se despediu do mesmo e foi em direção à saída da sala, ao sair da mesma se encontrou com a enfermeira chefe.

- Ola pequeno Aiden.

-Senhora Shan que saudades.

- Também estava com saudades suas pequeno, vem o doutor te espera.

Ambos se despediram do doutor Park, Dennis acenou para o pequeno, em seguida eles foram para a sala do doutor Lee, ao chegarem à mesma a enfermeira bateu na porta.

- Doutor Lee, Aiden esta aqui.

- Pode deixa-lo entrar enfermeira Shan.

A senhorinha se despediu do mais novo, em seguida ele entrou na sala do mais velho, o doutoro recebeu com um sorriso enorme no rosto.

- Ola pequeno.

- Doutor até você.

O mais novo estava totalmente envergonhado.

- Me desculpe mais não resisti, pode sentar no sofá, hoje começamos a sua seção.

O loirinho sentou no sofá e em seguida o mais velho sentou ao lado do mais novo, eles começaram a conversar, Spencer tentava fazer com o que o mais novo lembrar-se de alguma coisa, mas pelo visto a memória do outro estava de fato bloqueada.

Quando o mais novo começou a chorar, Spencer abraçou o outro, tentando tranquiliza-lo.

- Não precisa se forçar a nada meu pequeno, tudo ao seu tempo.

O loirinho olhou para o mais velho e disse.

- E se eu não lembrar de nada nunca mais doutor?

- Então faremos novas lembranças.

O mais novo acabou ficando muito vermelho, ele escondeu o rostinho no ombro do mais velho, ele estava totalmente sem jeito, na realidade Aiden sentia alguma coisa forte pelo doutor, ele só não sabia o que era ainda.

O mesmo passava pela mente do mais velho, ele sentia essa vontade de proteger o mais novo de tudo e todos, ele sentia algo que o impelia a ficar cada vez mais perto do loirinho.

Quando ambos deram por si, os dois trocavam um beijo apaixonado, era um beijo meio desajeitado pelo mais novo, já que era a primeira vez que beijava alguém, para o mais velho parecia que ele estava no paraíso, os lábios se encaixava de tal forma, parecia feitos um para o outro.

Os dois afastaram os lábios, já que o ar era necessário, o loirinho olhava para o doutor totalmente sem jeito, o mais velho estava do mesmo modo, Spencer olhou para o mais novo e disse.

-Eu não me arrependo disso, mas o problema é que somos médico e paciente.

O loirinho olhou para o mais velho e sorriu.

- Eu não me importo com isso doutor, quero construir boas lembranças com você.

Aiden chegou até o mais velho novamente, ele encostou os lábios com os do mais velho e os dois trocaram um beijo apaixonado, o mais novo tinha conseguido aprender um pouco, então eles estavam se beijando no ritmo deles.

Lim tinha entrado na sala do médico sem bater na porta, tomou um susto com a cena que viu, ela ficou com raiva, como aquele menino beijava os lábios do doutor que ela amava e tanto queria que a notasse.

Ela saiu calmamente da sala do doutor e foi em direção da sala do diretor, o doutor Park precisava saber que o médico estava ficando com o paciente, se ela fizesse isso talvez ela teria finalmente uma oportunidade de ficar com o doutor.

Dennis e Jordan estavam do lado de fora trocando um beijo carinhoso, o mais velho estava feliz por ter seu amor ali junto consigo, eles estavam tão concentrados que nem perceberam a moça se aproximar.

A mesma pensou consigo mesma.

“- Mas nesse Hospital todos são gays? Não é possível”.

A moça pigarreou e isso despertou o casal, que se separou assustado, foi Dennis que falou.

- Aconteceu alguma coisa enfermeira?

- Sim, o doutor Lee estava aos beijos com um paciente.

Os dois rapazes olharam a moça, Dennis logo se lembrou do amigo, ele provavelmente deve ter finalmente chegado perto do pequeno, ele estava feliz pelo amigo, mas como responsável pelo Hospital ele falou.

- Vou averiguar senhorita, se isso for verdade vou puni-lo.

A enfermeira saiu do lugar satisfeita consigo mesma, Jordan olhou para o namorado e disse.

- Vai mesmo acreditar nessa moça amor?

- Na realidade vou só conversar com o Spencer, saber disso me deixou surpreso, não acredito que ele seguiu meu conselho.

O outro ficou sem entender nada, mas quando ele deu por si seu anjo caminhava para fora do escritório, o deixando ali sozinho, o outro acabou correndo atrás do namorado, afinal de contas ele queria saber o que tinha acontecido.

Ambos os rapazes foram andando calmamente pelo Hospital, ao chegarem ao consultório do doutor Lee, achando que eles iriam pegar algum flagrante dos dois, ao ver a cena, eles abriram um sorriso enorme, médico e paciente estavam dormindo juntos abraçados no sofá da sala do Lee mais velho.


Notas Finais


Espero que tenham curtido o capitulo
Até a próxima^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...