História Meu amado vizinho (JIKOOK) - Capítulo 25


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook Taegi
Visualizações 95
Palavras 3.244
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Annyeonghaseyo! Esse capítulo ficou maior que o esperado então, paciência, por mais que seja taegi ele é importante.

Eu me desconcentrei um pouco na postagem de capítulos novos não é? Me desculpem, é que vem rolando algumas interrupções em minha vida, mas não vai ser por isso que a fic vai parar, nem sonho em parar porque eu amo escrevê-lá e amo ler o incentivo de vocês nos comentários. É por isso que sempre agradeço no início, cada comentário sinto que tem alguém aguardando por um próximo capítulo. Então MUITO OBRIGADA!

Capítulo 25 - My favorite candy


Fanfic / Fanfiction Meu amado vizinho (JIKOOK) - Capítulo 25 - My favorite candy

Point of view Min Yoongi

Descemos do ônibus e eu logo guiei o Tae até a casa que estávamos hoje tarde, abri a porta e adentrei a casa junto ao Tae.

- Vem cá - o puxei até a cozinha - sabe fazer pipoca?

- Sei

- Então me ajuda a fazer. - vejo ele sorrir quadrado aquele tão amado sorriso.

Fizemos a pipoca, pegamos algumas coisas e fomos até o tal lugar.

- Quero que hoje seja algo especial e que a gente curta muito! - falei sorrindo mostrando minha gengiva fofa.

Andamos até o fundo da casa, abri a portinha do chão e passei por ela, logo acendi a luz iluminando o local.

É um quarto com paredes amadeiradas, um sofá cama e uma TV instalada na parede ,um ventilador se encontrava ali no canto, ainda não tive tempo de instalar ar-condicionado. Um tapete felpudo e fofinho azul ficava entre o sofá cama e a TV instalada na parede, almofadas bonitas em cima do sofá e uma escrivaninha com algumas músicas que escrevi. Abaixo da escada em que estamos, tem um piano de cor clara e logo acima uma pequena lâmpada que acendia ao puxar uma cordinha.

- Uau - ouvi ele dizer - que incrível!

- Entra - pedi e ele entrou analisando bem o local - Bem vindo ao meu quarto das fugidas! Eu sempre vinha para aqui depois da aula, ou sempre que eu brigava com alguém. Eu sei que é um porão e etc mas, ele é tão importante para mim do que eu mesmo.

- É incrivelmente maravilhoso Yoon! - falou maravilhado.

- Vamos assistir um filme? - perguntei e ele assentiu com a cabeça. Deitamos no sofá cama com a pipoca e refrigerante, escolhemo um filme. Logo estávamos assistindo um filme qualquer abraçadinhos enquanto comíamos pipoca.

- Yoon - TaeTae me chama - Eu quero te beijar. - ri anazalado por sua confissão tão repentina.

- Então beija. - falei fazendo biquinho.

- Não é só sua boca que eu quero beijar. - diz pondo sua mão em minha bochecha. - Mas eu não quero transformar o seu lugar favorito em- o interrompi com um beijo, minha língua pediu passagem e ele demorou um pouco a ceder ainda espantado com minha iniciativa repentina, mas logo cede e deixa que minha língua explore cada cantinho de sua boca. Suas mãos procuram minha cintura e quando a segura firme me puxa para seu colo fazendo nossos corpos se chocarem. - Uow

- Não me importo de fazer isso aqui, na verdade, vai ser bom fazer aqui, é um local especial,fazendo algo especial, com alguém especial. - Terminei de falar e deixei um beijo em sua bochecha,logo descendo para seu pescoço onde deixei um chupão. - Espera um pouco que eu já volto.

Me levanto de seu colo e subo as escadas, entro no banheiro e abro a porta do armário embaixo da pia. Lá tiro o que eu estava procurando, volto correndo para o quarto e tranco a porta. Ponho os objetos ao lado do sofá cama e volto a sentar no colo de Taehyung.

- Você foi rápido - falou segurando em minha cintura.

- Não quis te deixar esperando. - juntei nossos lábios começando a rebolar em seu colo. Ele faz um carinho em minhas costas enquanto me beija, logo o ambiente começa ficar quente, e sua ereção parecia estar cada vez mais dura igual a minha.

Suas mãos vão parar na barra de minha camisa e começa a subir, paramos o beijo para que ele retirasse a minha peça que foi jogada um pouco longe de nós. Volto a beijá-lo agora mais quente e rebolei bem mais rápido sobre seu colo, minha cintura foi agarrada mais uma vez, mas desta vez ele impulsionou meu corpo para cima e depois puxou para baixo me indicando que eu deveria quicar. E foi isso que fiz, comecei a quicar igual um louco em seu colo fazendo o mesmo gemer e arfar durante nossos beijos.

- Está muito lento - ele disse sensual. Meu corpo foi jogado para o lado, acabei esparramado na cama com um Taehyung em cima de mim. - Ainda tem roupas de mais Yoon...

- Você também - falei e o empurrei, o mesmo caiu sentado, aproveitei e arranquei sua blusa. Aquele garoto não é normal,que corpo é aquele?! Não resisti e passei minha mão por seu corpo sentindo a sua pele quente, meus dedos foram para em seu mamilos onde apertei de leve o fazendo arfar. - anh, então é aqui?

Abocanhei um de seus mamilos fazendo movimentos circulares com minha língua. Taehyung gemeu alto quando chupei com força o seu mamilo esquerdo,senti uma pontada em meu baixo ventre.

- Q-Que boca é essa Yoon - levei meu indicador para sua boca, ele chupou meu dedo de forma erótica. Tirei meu dedo de sua boca e levei ao seu mamilo direito, o qual eu ainda não tinha tocado. Massageei com a ponta molhada de meu indicador fazendo ele arquear as costas e gemer agudo. - Isso é bom... ãh!

Continuei os movimentos no mamilo direito também, logo ele empurrou a minha cabeça e segurou em meus fios.

- Minha vez de brincar Yoon... - puxou meu cabelo de leve tombando minha cabeça para o lado. - tão branquinho...

Seus lábios molhados agora chupavam a minha pele pálida e exposta. A sua mão vaga desceu até meu bumbum, onde apertou a região massageando em seguida. Levou as mãos até o meio de minhas nádegas até encontrar a minha entrada que ainda estava coberta, massageou com dedo do meio aquele local, a ação me fez quicar no colo dele. - Parece que alguém gosta de meus toques. - Taehyung forçou seu dedo sobre minha entrada ainda coberta, o que me fez arfar. - É aqui que você gosta Yoon.

- S-Sim oppa. - respondi sem ar. De repente tudo ficou estranho, eu estava com muito calor, principalmente em minhas partes baixas. Eu só queria tocar Taehyung. - T-Tae!

- O que ouve meu Yoon?- perguntou sexy.

- Quente... muito quente... aah!

- Vou fazer passar meu doce. - lambeu meu pescoço com vontade e levou suas mãos até o zíper de minha calça. Logo a minha calça preferida estava fazendo compania as nossas blusas e minha cueca no chão.

Meu corpo foi deitado na cama cuidadosamente, um beijo foi estalado na minha testa, depois nariz, boca,queixo, clavícula até chegar em meu abdômen.

- Seu corpo e lindo Yoon. - Tae encosta o nariz em meu abdômen e cheira. - É tão bom... Oh! Temos um probleminha aqui em baixo.

Suas mãos descem até o meu membro o agarrando, logo começa uma massagem lenta que me fez arfar.

- Ma-Mais rápido TaeTae... ah! - pedi entre arfares e gemidos.

- Tudo para meu pequeno príncipe. - o seu movimento ficou mais preciso e rápido, sua mão fazia um movimento de vai e vem gostoso. - Você me deixa tão excitado Yoon...

- M-Me deixe te ajudar-ah - me levantei com sua mão ainda segurando meu membro rígido. Abri o zíper de sua calça enquanto ele continuava a me masturbar. Abaixei um pouco sua calça e cueca com sua ajuda e logo o seu membro rígido pulou para fora. - T-Tae-eh acho que isso... ah! Não vai caber em mim...Ah! Ah! - Eu tenho pena de quem esteja escutando nossos gemidos, e olha que nem começamos a diversão.

- A Yoon, seu TaeTae está necessitado...- faz biquinho e eu não resisto. Mordo seu biquinho e inicio um beijo quente, levo minha mão ao seu membro e começo a masturba-lo na mesma velocidade que ele me masturbava. - Quero tentar uma coisa.

Ele junta nossos membros e começa a masturbá-los juntos. Nossos membros roçavam um no outro com vontade e nós dois gemiamos feito loucos vez ou outra abafando os gemidos com beijos selvagens.

- Aaaah TaeTae eu... eu acho que-

- Yoon! - gozamos juntos,Taehyung permaneceu com os movimentos e vai e vem prolongando nosso prazer, revirei os olhos até cair em cima dele. Ficamos deitados ali tentando recuperar o fôlego e quando finalmente conseguimos, começamos um beijo doce. - Pronto para a verdadeira foda?

- Mais do que nunca! - falei apertando seu membro.

- uhg! - gemeu - Então, de quatro!

Fiquei de quatro no meio da cama, se aquilo era vergonhoso? Um pouco. Mas quando olhei por cima dos ombros e vi Taehyung encarando a minha entrada mordendo os lábios, não resisti e rebolei um pouco soltando uma risada logo depois. Voltei a olhar para frente e lembrei das coisas que tinha pego mais cedo.

- TaeT-aaaahhh - gemi alto quando senti sua língua rodeando a minha entrada - ah! TaeTae! Isso é muito muito b-bom! - logo ele começou a me estocar com a língua, revirei os olhos de prazer ao sentir seu músculo molhado me penetrando com vontade. - I-isso!

Taehyung com certeza sabe satisfazer alguém!

Point of view Kim Taehyung

Continuei a penetrá-lo com minha língua, era tão bom escutar seus gemidos, sentir suas reboladas em busca de mais contato. Parei com os movimentos e recebi um gemido de frustação.

- Vamos brincar Yoon...- disse levando dois dedos a sua boca. Ele lambeu uma vez e apontou para fora da cama.

- Tem um presente para você ali. - disse apontando para fora da cama. Engatinhei até a ponta do sofá cama e olhei para baixo,tinha um frasco de lubrificante algumas camisinhas.

- Você parece preparado para esses tipos de coisas. - falei voltando a ficar atrás do meu baby. - vire, quero te foder de frente meu baby.

Ele virou de fente e abriu bem as pernas. Aquela era a visão dos céus! Min Yoongi totalmente exposto para mim! Não perdi tempo em derramar um pouco de lubrificante em meus dedos. Rodeei sua entrada com um dedo e logo inseri, seu corpo se remexeu em desconforto. Comecei com alguns movimentos lentos e logo ele se remexia pedindo mais contato,inseri outro dígito e o mesmo gemeu em dor. Movimentei lentamente meus dedos e fiz movimentos de tesoura.

- Tae... anda logo! - pediu.

- Eu não quero te machucar...

- Vai logo caralho!

Retirei meus dedos de sua entrada e lubrifiquei meu membro e sua entrada. Sem ao menos o avisar o penetrei com tudo e o mesmo gemeu de dor.

- Desculpa! Desculpa! - falei desesperado.

- Isso foi muito bom. - Yoon começou a rebolar indicando que eu deveria estocar. Comecei devagar para que ele e acostumasse, logo os primeiros gemidos manhosos já podiam ser ouvidos. - Mais rápido TaeTa-aah! aah!

Não esperei ele terminar e já estava estocando mais rápido, seus olhos reviravam de prazer, suas unhas curtinhas arranhavam a pele de minhas costas. Continuei dando estocadas rápidas e fundas e a cada pedido de mais que Yoongi dava eu não me controlava e ia mais forte.

- Hey Yoonie - gemi manhoso - O bebê quer fazer exercícios?

Ele responde um sim com um aceno de cabeça, sorrio então me aproximo de seu ouvido.

- Então senta pro seu oppa. - disse e logo agarrei seus lábios iniciando um beijo quente, aquele garoto me leva ao céu! Quando ele chupou a minha língua e mordeu meu lábio inferior, eu estremeci de prazer.

Sessei o beijo e sai de dentro dele, me encostei no encosto do sofá e o chame com o dedo indicador. Era a cena mais erótica que eu já vira em minha vida! Yoon com as bochechas roseas e lábios maltratados,cabelos bagunçado, corpo exposto, olhos esbanjando pura luxúria, e todo esse pedaço de mal caminho, estava de quatro engatinhando até mim.

- Yooniee -gemi quando ele parou bem em minha frente com um traço de saliva escorrendo de sua boca que encontrava-se no meio de minhas pernas. - O Oppa está necessitado... ajuda o oppa por favor.

- O que o oppa quer? - falou com uma voz inocente se aproximando ainda mais de meu membro.

- Quero que o bebê me chupe. - agarrei seus cabelos e desci um pouco sua cabeça até chegar bem mais próximo ao meu membro. - Chupe aqui.

- Yoonie ajuda o oppa. - aquela maldita voz manhosa de novo!

Yoongi começou a dar beijinhos e chupões na parte interna de minha coxa, lambeu a minha virilha e logo agarrou meu membro. Colocou oque cabia em sua boca e o restante masturbava com a mão.

- A sua... b-boca é tão boa nisso Yoonie - falo entre gemidos.

Yoongi chupou,lambeu e até beijou o meu membro que pulsava dentro de sua boca, rodeava minha glade com a língua me levando aos céus! E quando senti o meu ápice chegar tratei de avisá -lo.

- Yoon eu vou...eu vou goz-aah! - gemi alto quando ele começou a massagear minhas bolas. - Yoon-haaaaaan.

Gemi alto e arrastado de desmanchando em sua boca.

- Yoonie gosta de leite oppa, Yoonie ama o leite do oppa. - ele se levantou e subiu em cima de minhas pernas encaixando meu membro em sua entrada. - Mas o Yoonie quer fazer exercícios. - E sem mais delongas ele sentou com tudo fazendo nossos gemidos altos virarem um só e demorado.

Logo ele estava cavalgando em cima de mim, eu o ajudava a quicar com as mãos em sua cintura e algumas vezes impulsionava meu corpo contra o seu acertando o tão vangloriando ponto doce.

- Então é aqui? - acertei de novo e o mesmo arqueou as costas e gemeu arrastado. Quando o mesmo se tornou cansado, o pus de quatro na cama e comecei a estocalo forte acertando sua próstata várias vezes. Algumas estocadas depois ele arqueou as costas e apertou os seus dedos do pés, a sua cabeça foi jogada para trás. Logo ele gozou ali soltando um gemido arrastado e rouco. Algumas estocadas depois, ejaculei dentro dele e soltei um gemido alto. Quando terminei de liberar o meu esperma dentro do meu bebê, retirei meu membro de dentro dele vendo meu esperta escorrer de sua entrada. Não me segurei e comecei a lamber o gozo que tinha ali, ele empinou ainda mais a sua bunda encostando o seu peito na cama para que eu lambesse todo o meu esperma. Quando estava limpa eu tive a bela visão de sua entrada rósea e minha perna melada.

- Você me fez gozar de novo. -disse cansado jogando o seu corpo em cima de mim.

- Eu sou foda.

- É sim. - seus olhinhos se fechavam querendo dormir e descansar.

- Nós precisamos de um banho. - Falei afagando seus cabelos.

- Jura? O banheiro fica lá em cima Tae, e eu mal consigo me levantar. - abriu os olhos e fez um bico fofo no rosto. Deixei um selar em seu biquinho e sorri quadrado.

- Eu te levo - o peguei estilo noiva - Eu te dou banho - andei até a escada - Eu te visto - abri a porta com MUITA dificuldades - Eu durmo com você.

- Sorte que o meu amigo está de plantão hoje. - balbuciou - ele não iria gostar de ver dois homens pelados vagando por sua casa. Principalmente quando esses dois homens são um desconhecido e seu filho de criação.

- Então essa casa é de um amigo? - perguntei.

- Ele é meu irmão mais velho na verdade, mas foi expulso de casa quando fez dezoito. Até hoje eu não entendi o porque, mas ele sempre cuidou de mim, mesmo depois que foi expulso de casa ele continuava a cuidar de mim, me levando para a escola ou indo me buscar,me consolava e estava sempre me ajudando.

- Que incrível Yoon - abri a porta do banheiro e entrei no mesmo colocando Yoongi sentado no vaso- o vaso estava com a tampa abaixada - me viro para fechar a porta. - Conta mais.

- Ele fez faculdade de medicina e agora é médico. Meus pais passaram a brigar comigo de uns anos para cá por causa de minhas notas, o Hyung veio me ajudando nas matérias que eu mais tenho dificuldades. Ele é inteligente e super incrível! Eu quero muito ser como ele um dia! - seus olhos brilhavam como duas pedras preciosas, Yoongi é um sonhador, um sonhador que realizará seus sonhos.

- E você será Yoon, talvez seja até o supere, mas continue e inspirando nele. - falei o abraçando.

- Claro que sim. Vamos tomar banho logo. - o segurei em meu colo e o levei ao chuveiro. Dei um banho em meu príncipe e voltamos para o quarto, nos vestimos e arrumei a cama o colocando lá.

- Eu preciso ir embora. - falei, o pequeno segurou meu braço.

- Agora não, por favor. - pediu e me abraçou forte. - Eu não vou deixar você ir.

- Tá bom seu manhoso. - ri anazalado puxando seu corpo para cima do meu o fazendo deitar sobre meu peito. - Vamos assistir a um filme então.

Começamos a assistir a um filme qualquer, me lembrei do que a mãe dele me falou.

- Yoon - chamei e o mesmo balbuciou um simpes "hum?" - Sua omma disse que está com saudades.

- Ela sempre diz isso, e de fato ela sente mas tudo isso é para que eu não fique perto de meu hyung. - falou simplista suspirando no final.

- Entendi, então só volte quando se sentir a vontade certo? - beijei o topo de sua cabeça.

- Suga - uma voz desconhecida ecoa do outro lado da porta. - Está aí?

- Sim Hyung. - fala rouco por está cansado.

- Estou entrando então. - abriu a porta e um homem alto e cabelos castanhos surgiu na porta. - oh! Uma compania! Finalmente Min Yoongi trouxe alguém para uma visita!

Sorri abraçando ainda mais o corpo de Yoongi.

- Bem vindo Hyung, esse é o Tae. - Falou meu pequeno, acenei para ele e o mesmo acenou de volta.

- Eu sou SeokJin, seja bem vindo. - sorriu. - Suga, a omma ligou e falou que se você estiver comigo ela vai ligar para a polícia se você não voltar amanhã.

- E em que a polícia vai ajudar? - perguntou o pequeno. - Eu não quero voltar hyung!

- Eu sei pequeno, mas ela pode prejudicar você. - respondeu.

- Eu posso dizer que ele está em minha casa. - me intrometi na conversa alheia. - Ela sabe que o Yoon é meu amigo, então acho que ela vai parar de pegar no pé de vocês.

- Valeu a ajuda Tae, mas Yoongi tem assuntos a tratar com eles. - suspirou pesado.

- Vocês querem conversar sozinhos? Eu posso ir embora. - perguntei tentando dar um jeito na situação.

- Que isso Tae, não precisa. - SeokJin falou.

- Não, é sério, eu sinto que vocês precisam conversar e eu também preciso ir embora.- falei sorrindo.

- Tudo bem então. - O hyung que estava na porta falou e sorriu quando me viu beijar a testa de meu Yoon.

- Te vejo amanhã está bem? - falei.

- Está bem. - beijou minha bochecha.

- Tchau Seokjin! - acenei quando passei por ele.

- Tcahu Tae, e obrigado.

- Obrigado? - franzi o cenho.

- Por ter cuidado do meu irmão, ele estava meio para baixo quando chegou hoje aqui, mas agora o seu rosto tem uma expressão mais feliz. - se curvou - obrigado por isso.

- Eu faria qualquer coisa por ele, então não me agradeça, mas me permita o fazer feliz. - pedi.

- Você me parece ser confiável, apareça mais vezes. - assenti e acenei mais uma vez.

Então o herói de Yoongi a chama SeokJin e é o seu irmão mais velho. Que incrível! 


Notas Finais


Como eu disse lá em cima,venho tendo problemas sociais e escolares, os escolares é apenas uma falta de concentração que eu sempre tive e também um desgaste por causa de estudos. Os sociais é mais por causa de meus amigos, não ando me sentindo muito bem perto deles pois sinto que eles também sentem o mesmo, mas eu não tenho quem desabafar. Então eu quero agradecer a todos aqueles que ainda assim acompanham a fanfic, como eu disse, eu tenho muitos planos para ela e não é os meus problemas que vão mudar o rumo da história.
Desculpem as notas muito grande, mas obrigada à quem leu.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...