História Meu fantasma - Namjin - jikook - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook, Namjin
Visualizações 47
Palavras 1.114
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Lemon, Romance e Novela, Sobrenatural, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Tá curtinho mas foi feito com carinho. Espero que gostem <3

Capítulo 2 - I'm your ghost


Fanfic / Fanfiction Meu fantasma - Namjin - jikook - Capítulo 2 - I'm your ghost

Eram seis horas de uma manhã de segunda-feira. O dia estava em uma temperatura média,por assim dizer. Quero dizer, não estava nem muito quente mas também não chegava perto de estar frio. O céu azul com algumas poucas nuvens brancas,sem sinal de chuva. A leve brisa fresca batia contra os cabelos das pessoas que caminhavam em direção à escola...

Menos o Namjoon. Este ainda estava dormindo mesmo.

Acordou com o som estridente do despertador. Momento reflexão: despertador, desperta - dor. Okay, vamos voltar ao assunto...

Jogou o despertador contra a parede, o mesmo acabou quebrando. Isso já está virando prejuízo. Já é o décimo desse mês. 

Ainda com os olhos fechados, se sentou na cama com os pés já apoiados no chão. Tentava criar coragem para abrir os olhos,já que mesmo fechados a luz já os irritava, provavelmente os deixando vermelhos.

Coçou os olhos com as costas das mãos .Quase caiu para trás na cama para poder se jogar de novo em sua preciosa e reatar o seu sonho tão gostoso. Mas,infelizmente presisava ir para a escola, denominada por ele,como inferno.

Abriu os olhos lentamente e quando finalmente tomou noção da realidade,caiu para trás na cama de tanto susto. Urrou também, por puro susto. 

Quem não se assustaria ao acordar e ver um garoto totalmente desconhecido sentado em um puff ao lado da sua cama te olhando? 

—QUEM É VOCÊ E COMO VOCÊ ENTROU NO MEU QUARTO??SEU MANÍACO!

Gritou. Se estivesse alguém em casa, todos já teriam escutado. Mas por sorte - ou azar - seus pais saiam bem cedo para trabalhar e seu irmão dormiu na cama do Namorado...

Namorado... Essa palavra se referindo a dois homens,ainda era bem estranha e nojenta aos ouvidos de Namjoon... 

—Meu nome é Seokjin, mas pode me chamar só de Jin...

Deu um leve sorriso sem mostrar os dentes. Namjoon parou por alguns segundos para o encarar e reparar melhor na aparência do garoto.

Tinha que admitir ele era bem bonito,com os lábios cheios e rosados, as bochechas parcialmente gordinhas e os olhos castanhos. Um de seus olhos era mais "aberto" que o outro, mas isso não o deixava menos bonito. Algumas mechas de seus cabelos castanhos caiam em seu rosto, mas nada que atrapalhasse. Inclusive, isso só o deixava mais charmoso.

—Oque diabos você está fazendo no meu quarto?

—Bom... Digamos que eu venho te observando...

—Tu tá louco, é? É um maníaco? Meu Deus,sai desse quarto agora!

Pegou seu travesseiro e tacou em Jin. Namjoon pulou pra trás na cama. Em menos de cinco minutos já havia levado dois sustos.

Como assim o travesseiro atravesou ele?

—Okay, eu tô  ficando doido.

Falou mais para si do que para o suposto garoto, que agora tem certeza,quase que absoluta ser um fruto de sua mente perturbada. 

Começou a dar pequenos tapinhas em seu próprio rosto para tentar acordar de um possível sonho ou paranoia mental. 

Ainda se batendo, foi andando para o banheiro de seu quarto e trancou a porta. Foi a pia e lavou seu rosto com água gelada. Tentou acalmar sua respiração, ficando assim por alguns minutos. Decidiu ir tomar banho, era o melhor que podia ser feito. Na noite anterior,sua empregada sempre deixa no banheiro sua toalha e seu uniforme escolar, então não precisaria sair da sua atual zona de conforto para correr o risco de encontrar com o "garoto fantasma".

Ligou o chuveiro na água morna, e esperou a água esquentar um pouco - já que demorava - e se despiu. Tirou primeiro a camisa, a jogando em um canto do chão. Deixou amostra seu abdômen definido e seus músculos no braço. Não era aquela pessoa maromba, toda musculosa. Era na medida ideal, nem tão forte porém nada fraco. Tirou a calça e fez o mesmo com a cueca. Deixou no chão do banheiro para depois as empregadas levarem para lavar. Entrou no box e começou a se lavar, tentando se acalmar dos pensamentos de ter um menino fantasma no seu quarto. Tempo passa e ele acaba. Se seca, coloca a roupa e sai secando o cabelo. Suspirou aliviado por não encontrar ninguém  naquele cômodo. Pegou sua mochila em cima da poltrona e abriu a porta.

Levou um susto maior que os outros. Seu grito foi alto e ele ape deu uns passos para trás se encolhendo minimamente. Colocou a mão no coração que batia MUITO rápido. 

Isso só pode ser um infarto, não é possível.

—Meu Deus, eu quase morri. Puta merda mente. Eu só posso ter problemas cardíacos, puta que pariu...

Se sentou, encostado na porta, tentando controlar novamente sua respiração. Não acreditava que estava ali, então falava som sigo mesmo como se o garoto fosse  fruto de sua mente.

Talvez fosse um sonho. 

Talvez seu subconsciente. 

Ou talvez estivesse só ficando louco.

—Ué, vai ficar aí sentado sem fazer nada? Vamos garoto, levanta. Sua aula começa em vinte minutos e daqui a sua escola apé demora quinze.

Namjoon apenas ignorou oque agora ele está chamando mentalmente de "sub consciente". Pegou sua mochila novamente e, intrigado, foi caminhando em direção a escola, já que seu motorista tinha pegado dengue e precisava urgentemente de cuidados. 

—Qual é consciente, vai ficar me perseguindo? 

—Consciente? Olha, não sei de onde tirou isso. Aliás, não disse ainda o que sou, certo? 

—Não , mas com certeza é obra do meu cérebro. Nem para ele me ajudar nas provas, só fica ai, me mandando problemas... 

—Mas... Você é bom na escola.

—E como você sabe? 

—Já disse, Namjoon. Eu meio que estou te seguindo... 

—Ash, seu maníaco. Me deixa em paz. 

As pessoas na rua olhavam para Namjoon como se ele fosse um doido que acabou de fugir do hospício. Para quem assistia por fora, ele estava falando com ninguém. Em outras palavras, falando sozinho,feito um louco. Algumas pessoas procuravam algum fio que ligava a algum aparelho, para tentar explicar com quem ele estava falando, mas nada. 

Era um doido. 

—Será que dá pra parar de fazer todo esse escândalo? Você parece um louco ...

—EU NÃO SOU UM MANÍACO!TU QUE É!

Agora quem se assustou foram as pessoas que passavam pela rua. 

—Olha só... Que tal conversarmos melhor? Você já perdeu a primeira aula mesmo...

—Ash...

Jin pegou na mão de Namjoon e o levou para uma praça ali perto, se sentando em um banco dali.

Como seu sub consciente conseguia o tocar? 

—Vem aqui, eu vou te explicar um pouco...

—Sou todo ouvidos, assombração.

—É o seguinte... Eu sou um fantasma que vem te observando bastante. E é como se cada pessoa tivesse um copo, cada maldade que essa pessoa fizer nesse copo era acrescentado uma gota de água. E com o que você fez ontem com o seu irmão, seu copo transbordou.

—Ata, e você acha que eu acredito nisso?

—Acreditando ou não, agora eu vou ficar com você e te mostrar o valor da vida...


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...