História Meu melhor recordo - Capítulo 38


Escrita por: ~

Postado
Categorias Depois das Onze
Personagens Gabie Fernandes, Thalita Meneghim
Tags Depois Das Onze, Gabie Fernandes, Thalita Meneghim
Visualizações 39
Palavras 1.232
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


E aí gente tudo bacana?!
Tudo bom contigo , Yasmim? Fica sumindo sempre
Sorry gente , eu tô meio complicada esses dias.
Enfim
Boa leitura bacanas 💙

Capítulo 38 - Surpresas e Plano


Fanfic / Fanfiction Meu melhor recordo - Capítulo 38 - Surpresas e Plano

Pov's Gabie 

Estávamos chegando no aeroporto . Eu juro ter visto o Emmanuel na entrada do aeroporto , mas deve ser coisa da minha cabeça…

- Dá para os dois me dizerem , o que a gente veio fazer aqui?! - Pergunto , cansada desse mistério todo.

- Calma , Gabriela! - Rafael diz estacionando o carro - Vou ali e já volto. - Ele saí do carro e entra no aeroporto

- Thali….- Digo a chamando com uma carinha fofa

- Nem vem , não vou te falar nada - Ela diz rindo

- Aff . Então vai cagar - Digo bufando , e apoiando minha cabeça no vidro , olhando para onde o Rafa tinha ido .

Vejo o Rafola saindo do aeroporto arrastando uma mala , atrás dele vinha …..O Emmanuel?!

Um sorriso surgiu no meu rosto , olhei para a Thali e com um gesto ela falou para eu ir até ele. Então abri a porta do carro e saí correndo até meu irmão , que sorriu ao me ver

- Mano - Falei o abraçando . Ele soltou sua mala no chão e retribuiu o abraço , me girando no ar.

- Minha ruivinha! - Ele me soltou e acariciou meu rosto , seus olhos estavam lacrimejando igual aos meus - Senti saudades !

- Eu também! Tu não sabes o quão difícil foi para mim esses dias sem ti aqui. - Falo chorando

- Me desculpa, eu não devia ter ido e te deixado…- Emmanuel suspira , tomando coragem para perguntar algo - Como tá a mamãe?

Naquele momento eu acordei para a realidade , minha mãe ainda estava no hospital!

- RAFAEL! - grito , correndo até o carro e deixando meu irmão para trás

- Tcharam! Gostou da surpresa? - Thali pergunta sorrindo

-Sim! Obrigada Thalivers - Falo sorrindo de volta - Agora! Rafa , como tá minha mãe? - Pergunto e Rafa não me responde .

Emmanuel entra no carro e Rafa também

- Não vai entrar? - Rafa pergunta com a cabeça para fora da janela , me olhando

- Não até tu me responder - Falo cruzando os braços , fazendo birra

- Entra que a gente te conta…- Thali diz abrindo a porta do carro para mim. Nego com a cabeça , sabendo que eles não me contariam - Vem miguxa! - ela faz uma carinha fofa . Bufo

- Ok… - Digo entrando naquele carro.

(….)

Depois de um tempo chegamos no hospital. Agora eu estava entendendo tudo , Rafa e Thali tinham marcado de fazer várias surpresas para mim …

Os dois levaram meu irmão e eu até uma sala , e quando entramos nossa mãe estava lá , sorrindo.

Foi um momento muito fofo , minha mãe ficou emocionada de ver seus filhos juntos de novo e nós ficamos emocionados de ver nossa mãe bem.

Ela ( tia Juci) não voltaria para casa ainda , pois ela está em recuperação.Enfim. Nós conversamos mais , rimos , colocamos os assuntos em dia , mas depois eu e o Emmanuel tivemos que ir. Já que o médico meio que nos expulsou.

Fomos para o hotel e tinha uma caixinha com vários furos em cima da minha cama. Eu abri e vi um gatinho dormindo dentro da caixa , parecia tanto a Cacau .... Eu fiquei tão feliz! Quase matei a Thali de tanto que a abracei.

Colocamos o nome no gato de chocolate , para me lembrar da Cacau , já que chocolate é feito de cacau.

- Obrigada Thali , por tudo isso ! Sério foi o melhor dia da minha vida...- Falei sorrindo , e brincando com o animalzinho.

- Para de agradecer - Ela dizia rindo e passando rímel. - Fiz isso porque não aguentava mais te ver mal

-Awn , que fofa ela. - falo e damos risada - Tu vai sair? - pergunto ao ver que ela estava muito arrumada

- Sim - Ela diz sem olhar para mim , passando a maquiagem

- Com o Tony , né? Sua zafada - Falo brincando

- É…Mas não vai ser um encontro- Ela diz sentando na sua cama e olhando para mim

- Aham - Falo irônica

- Ah cala boca vai , Gabie - Ela fala brava e rio

Alguém bate na porta e Thali da um pulo

- É ele ? - Pergunto sussurando e ela assente - Deixa eu ir no banheiro - pego o gato no colo e me levanto correndo

- Porque? - Ela sussura , dando uma risadinha . Batem na porta de novo - Já vou - Thali grita

- Porque tô toda cagada , não quero que ele me veja assim- Falo rindo e entrando no banheiro- Boa sorte miga , só não vai extravasar

- Tá , Gabriela - Ela diz rindo e revirando os olhos

- Tchau! - Fecho a porta do banheiro e ouço a Thali rir

Pov's Thali

Depois da Gabie , dar uma de Gabie .Abro a porta do quarto e vejo Tony com um buquê , sorrindo

- Oi! - Ele diz e olha para dentro do quarto , provavelmente conferindo se tinha alguém ali- Vamos?

-Sim! - Pego minha bolsa e saio do quarto , fechando a porta

- Antes que pergunte , trouxe essas flores para dar uma disfarçada e acharem que íamos a um encontro

- Ahhh , entendi - Digo meio desanimada , achei que ele tinha trazido para mim porque...Ah esquece!

- Tu entendeu tudo do plano? Tem certeza de que quer fazer isso? - Ele pergunta

- Sim , entendi! - falo entrando no elevador - Tô animada - Falo e ele ri , entrando no elevador também

- Mas por favor , toma cuidado , eu não sei o que faria se te visse machucada , por minha culpa - Ele diz e por mais que eu não quisesse , corei .

- Tomarei. - falo e ele aperta o botão para descer. Ficamos em silêncio , com o famigerado climão no ar. Acho que nunca odiei tanto um elevador na minha vida.

Quando ele parou no último andar , fomos andando até o carro dele.

- Ok. Põe isso dentro da sua blusa , é uma mini câmera - Tony diz me dando um negócio minúsculo , que parecia uma formiga ao entrarmos no carro - Tem um casaco preto no banco de trás , antes de sair do carro vista-o.

- Ok…

- Preparada ? - Ele diz ligando o carro e olhando para mim com um sorriso

- Preparada! - Falo olhando para ele dá mesma forma. Tony acelera o carro e partimos em direção ao meu destino.

Coloco a câmera em minha blusa preta ( de modo que ela ficaria camuflada , já que as duas coisas são pretas ) e visto o casaco por cima. Eu estou me sentindo muito uma espiã.

- Ok , consegue ligar para mim isso? - Ele aponta para uma mini tv , que ficava no lugar do rádio. - O que você filmar vai passar aqui.

- A tecnologia é top - Falo e ele ri

Ligo uns cabos na mini TV e as imagens da mini câmera passavam na telinha.

- Que loco - Falo surpresa

- Doido né? - Tony fala estacionando e assinto - Chegarmos! Boa sorte - Ele diz sorrindo

- Obrigada - Falo colocando o capuz e saindo do carro.

Tony da partida e saí de lá , como o combinado.

Entro no armazém , indo na direção da sala de Maurício. Eu estou com medo , mas ao mesmo tempo muito animada

E me desculpem , mas não posso contar o plano ainda…


Notas Finais


Espero que tenham gostado ❤️
Comentem ❤️
Favoritem 💙
Compartilhem 💛


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...