História Meu Primeiro Amor - (BoruSara) (MitsuChou) (InoHima) - Capítulo 42


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Boruto Uzumaki, Chouchou Akimichi, Chouji Akimichi, Himawari Uzumaki, Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Inojin Yamanaka, Karui, Konohamaru, Metal Lee, Mitsuki, Naruto Uzumaki, Orochimaru, Sai, Sakura Haruno, Sarada Uchiha, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shino Aburame, Temari
Tags Amor, Borusara, Boruto, Boruto Uzumaki, Boruto X Sarada, Chouchou, Chouchou Akimichi, Colegial, Drama, Himawari, Himawari Uzumaki, Hinata, Hinata Hyuuga, Inohima, Inojin, Inojin Yamanaka, Konoha Highschool, Konohagakue, Metal Lee, Mitsuchou, Mitsuki, Mitsuki X Chouchou, Naruto, Naruto Next Generations, Naruto Uzumaki, Novela, Orochimaru, Rock Lee, Romance, Sakura, Sakura Harumno, Sarada, Sarada Uchiha, Sasuke, Sasuke Uchiha, Shikadai, Shikadai Nara, Shikamaru Nara
Visualizações 334
Palavras 1.252
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oiiiii
Bem, decidi postar mais um cap rsrsrs
Até porque o de amanhã será o que?
Isso mesmo
u.u Hentai ;)
Então, fiquem espertos ai hihi

Capítulo 42 - Se arriscando parte-2


“Aqui?”-Sarada perguntou recebendo rastros de beijos no pescoço.

Suspirou no último.

Boruto a olhou sério-“Não né?”-Ele sorriu e lhe deu um beijo no rosto-“Eu queria te levar a um lugar hoje”

Sarada congelou.

Sentiu seu corpo petrificar ali.

O loiro percebeu e acariciou seu rosto.

“Fica tranquila, deixa que eu cuido da coisas”-Murmurou.

“Boruto!”-Himawari gritou no quintal de casa.

Ele se afastou da garota e foi até a saída da casa.

“O que foi?”-Gritou fazendo a irmã tomar um susto.

Himawari colocou a mão no peito-“O que você está fazendo ai!”

“Vim mostrar como está as coisas a Sarada”-Ele disse.

Sarada arregalou os olhos e correu para fora.

“Oi Sarada”-Himawari cumprimentou acenando.

A morena acenou corando muito fazendo a outra sorrir-“Eu só queria avisar que hoje eu faço a janta”-Himawari disse ao irmão.

Boruto assentiu.-“Pode fazer um lanche ou comprar comida, nós vamos sair”-O loiro disse fazendo Sarada o olhar automaticamente.

“Sair?”-Sarada sorriu nervosa.

‘É’-Boruto respondeu a olhando.

Ela entendeu e sabia onde iriam.

Mas estava verdadeiramente com medo daquilo tudo.

****

 

O garoto puxou a lapela do kimono subindo as pernas e as cruzando atrás do outro.

Puxou um dos braços fazendo força e puxando impulso com o outro e rapidamente passando uma das pernas sobra a cabeça do garoto.

Este se desequilibrou com o impacto e por mais que tentasse reverter a situação, teve de bater duas vezes para se livra daquela finalização.

Se sentou ofegante olhando para o outro que mal se cansara.

“Você tem muita flexibilidade”-Ele disse o observando-“Já fez jiu jitsu antes?”

Mitsuki queria se jogar no chão e dormir depois de duas horas de treino.

Mas sorriu e assentiu olhando para o lado onde os iniciantes como a Chouchou estavam.

“Ela é bruta sempre assim?”-O garoto comentou perguntando.

Mitsuki assentiu.-“As vezes”

Sorriu para a garota quando ela o olhou.

“Você vai querer começas a treinar?’-O garoto perguntou amarrando a faixa marrom na cintura

Mitsuki pensou na escola, nas aulas de musica e no estagio.

Qual deles ele desistiria?

Estágio!

“Sim’-Disse pensativo-

****

 

“Por favor pai”-Sarada implorava com as mãos juntas.

“Não’-Sasuke respondeu friamente.

“Você nunca deixa eu sair a noite”-Ela resmungou

“Porque é perigoso”-Ele disse.

“Mas eu vou estar com o Boruto”-Sarada murmurou já desistido de convencer o pai.

“Por isso mesmo”-Sasuke disse a olhando-“Posso o conhecer, mas ele é um garoto... E garotos nessa idade só pensam em uma coisa”

“Pai”-Sarada se irritou-“Você não vai conseguir impedir isso!”

Sasuke largou o jornal e o olhou furioso

“Digo”-Ela se endireitou gaguejando-“Eu estou crescendo e  um dia vou virar adulta e ter minha vida pessoal... Ai quer saber, esquece! Vocês não confiam em mim então tudo bem! Vou para meu quarto e ficar trancada em plena sexta feira.”-Ela disse irritada e nervosa ao mesmo tempo pela reação do pai, e foi aceleradamente até a escada.

‘Sarada!”-Sasuke o chamou com o tom rígido.

Ela parou se encolhendo.

O olhou insegura.

“Onde vocês iriam?’-Ele perguntou.

Sarada suspirou- “Passear, jantar ou lanchar... Essas coisas que namorados fazem”

O pai parecia estar em conflito consigo mesmo.

Assentiu voltando os olhos ao jornal-“Ok’.

Sarada olhou no relógio.

Estava atrasada.

Mas com toda a certeza o namorado entenderia.

****

 

“Vocês vão voltar tarde?”-Naruto perguntou na cozinha ao filho.

O garoto não respondeu

Terminava de amarrar o cadarço do tênis.

E foi até a porta.

“Boruto!”-Hinata o chamou sem o olhar enquanto arrumava a mesa.

O garoto bufou e olhou para os pais.

“Você não aprendeu nada com o castigo?”-Ela perguntou o olhando furiosa.

O garoto se encolheu.

“Desculpa”-Murmurou bem baixo.

“Responde o seu pai”-Ela disse séria.

Boruto olhou para o pai que o encarava.

“Vocês nunca fizeram isso antes”-O garoto resmungou.

“Porque seu comportamento mudou muito”-O pai resmungou-“Infelizmente vamos mudar as regras aqui de casa se piorar”

O loiro olhou os dois indignados.

Era visível que os pais concordavam entre si sobre o assunto.

Boruto respirou fundo.

Se queria sair, teria que se comportar pelo menos naquele dia.

“Eu vou sair com a Sarada, mas não tenho hora certa... Depende do horário que ela vai querer ficar na rua, ou até que horas vai poder ficar”

Hinata olhou para o marido que estava pensativo.

“Qual é”-O loiro olhou para o relógio-“Não é todo dia que o tio Sasuke deixa ela sair”

O pai suspirou-“Ta bom”-Disse voltando a cozinha-“Mas juízo! Não quero perder um filho”

Boruto riu entendeu o que o pai queria dizer.

Sabia o que Sasuke faria com ele caso alguma coisa acontecesse com Sarada por culpa do garoto.

Ou qualquer outra coisa acontecesse com ela...

****

 

“Você vai começar a vir?”-Chouchou perguntou surpresa.

Mitsuki assentiu se alongando.

“Eu não volto”-Ela riu.-“Vou ficar na dança mesmo”

“Imaginei”-O garoto murmurou.

A morena lhe deu um soco leve na barriga.

Depois riu quando ele a puxou para caminharem abraçados.

“O que seu pai vai fazer? Quando souber que você trocou trabalho por lazer?”

Mitsuki ficou pensativo.-“Não sei...”

Os dois caminharam até a casa da garota.

Ele parou diante dela há uns metros da porta.

Passou a mão em seu rosto.

“Você é linda”-Ele disse se aproximando e lhe beijando no rosto.

Seus lábios deslizaram devagar até os lábios da garota.

Se selaram com uma certa pressão.

Suas línguas deslizavam de forma fluída.

As luzes da casa se acenderam.

Os dois se afastaram.

O pai saiu pela porta com algo na mão.

“Ah, oi Mitsuki”-Choji disse colocando o saco de lixo que segurava, na cesta de fora da casa.

“Boa noite”-Mitsuki o cumprimentou.

O pai olhou para Chouchou que como olhar o pedia para entrar.

Ele entendeu o fazendo.

“Eu tenho que ir, espero chegar antes do meu pai”-Mitsuki disse rindo.

“Não se arrisca muito”-Chouchou se pôs nas pontas dos pés para conseguir alcançar seus lábios em um selinho-“Quero você inteiro”

****

 

“Tem certeza que não vão nos ver?”-Sarada perguntou encolhida no braços de Boruto que guiava o caminho.

“Fica tranquila, sei que está nervosa, mas não vão nos ver... Eu sei exatamente onde os amigos do trabalho do seu pai fazem ronda hoje”-Boruto disse tranquilo.

Ela invejava aquela tranquilidade.

Caminharam um pouco até entrarem numa rua mais deserta.

“Eu pegaria o carro do meu pai, mas levantaria suspeitas de eu estar te levando para mais longe”O loiro explicou.

Chegaram num local que parecia um edifício.

Era bem grande.

Na verdade era um hotel, onde muitos turistas ficavam para passar os dias.

Ela o conhecia de nome, pois Chouchou já havia comentado que amigos de sua mãe já haviam ficado ali.

Ele se colocou mais a frente e foi ate´a recepção.

“Não mostra que está nervosa”-Ele murmurou em seu ouvido.

“Boa noite”-A mulher na recepção disse os olhando.

Sarada se fez séria e evirou olhá-la.

Boruto pediu uma suíte sem garagem e recebeu a chave.

Ao ver a chave, Sarada tremeu.

A mulher a olhou curiosa.

Abriu a boca para dizer algo, mas desistiu, dizendo apenas o número do quarto que já estava na chave.

Ele segurou a mão da garota e a puxou carinhosamente para andar já que ela paralisou.

Subiram um andar de escadas e logo estavam naquele corredor comprido e aterrorizante.

Sarada respirou fundo.

Estava ali porque queria.

Então tinha que manter a coragem.

O loiro colocou a chave na porta e a abriu.

Deu passagem para a garota.

“Ela sorriu timidamente e entrou.

“Porque pediu para eu não mostrar estar nervosa?”-Ela perguntou curiosa quando a porta foi fechada.

Boruto passou a chave a trancando.

“Porque ela desconfiaria e pediria identidade.”-Ele disse suspirando-“Veria que somos menores de idade e ai... teríamos problemas

 

 


Notas Finais


Até o próximo :*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...