História Meu querido irmãozinho yoongi - Capítulo 82


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Kai, Lay, Personagens Originais, Rap Monster, Sehun, Suga, Suho, V, Xiumin
Tags Army, Baekhyun, Bangtan Boys, Chanyeol, Chen, Exo, Exo-l, Hoseok, Imagine, Jungkook, Kai, Kim Seokjin, Lay, Namjoon, Sehun, Suga, Suho, Xiumin
Visualizações 87
Palavras 1.889
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


AAA o final tá próximo, mas será que é um final mesmo hehehe mistério.
Relevem os erros, boa leitura♡

Capítulo 82 - Menino? (O final?)


Fanfic / Fanfiction Meu querido irmãozinho yoongi - Capítulo 82 - Menino? (O final?)

[05:00]

O despertador toca.

- Aff... Droga.- desligo ele e vou tomar banho.

Coloco minha roupa.

E pego um táxi pro estúdio de gravação.

Teria que gravar bastante coisa hoje.

(...)

Depois de umas gravações sai do estúdio e fui comer um café da manhã.

Assim que terminei peguei minha bolsa e sai.

Fui para a faculdade de artes cênicas às 11:00.

~ Quebra de Tempo ~

Assim que sai da faculdade às 16  almocei (sim, meu almoço é às 16:00) e fui para a de letras e terminei meu dia às 21.

Era uma rotina.

Fui pra casa super cansada, comi o jantar com meu pais.

Mas no meio do jantar minha mãe começou a ter dores novamente.

Appa- Calma s/n... Respira.

Omma- Não Yoongi... Tá descendo água.- ela olhou pro vestido.- Me ajuda... Ah...- ela se levantou com ajuda do meu pai.

Ela foi até o banheiro e então fui ver se estava tudo bem.

Omma- Ah... Vamos pro médico!! Agora! AAH!

Meu Deus. Peguei a chave do carro e dei pra meu pai.

Liguei pro hospital perguntei se o médico estaria eles falaram que daqui a uma hora ele estaria lá, liguei pra outro hospital e então tinha atendimento.

- Vamos pra o hospital *********.

Ele colocou minha mãe no banco de trás e então eu me sentei com ela.

- Calma mãe.- dei a mão pra ela.

Ela começa a gritar e apertar minha mão.

Omma- VAMOS YOONGI! VAI LOGO! AAAHH!

Appa- Esse trânsito... Ah!!! Vamos embora!- ele buzina.

Ele liga o alerta e buzina.

O carro estava em alta velocidade, com uma mulher grávida gritando e um marido desesperado.

Nada que não aconteça na minha vida.

Chegamos no hospital e meu pai parou o carro na calçada do hospital.

Fomos correndo até o atendimento.

Enfermeira- É a s/f que ligou?

- Sou eu. Minha irmã tá nascendo moça.

Ela pega a cadeira de rodas e então vamos correndo até o local onde seria o parto.

Enfermeira- O parto vai ter que ser normal. Vocês devem ficar aqui fora.

(...)

Depois de ouvir muitos gritos finalmente o médico saiu da sala.

Médico- Ocorreu tudo bem e seu filho nasceu. Parabéns, é um menino lindo.

Yoongi- Menino?

Médico- Sim, é um menino.

- Pera... Não era menina?

Yoongi- Era...

Médico- Nós vamos limpar o bebê e depois vocês podem ver ele.

- Ok...- o médico sai- Eu quero chorar.- eu estava realmente emocionada.

Yoongi- Pode chorar...- ele ri.

Acabei chorando de alegria.

Liguei pra minha avó.

~ Ligação On ~

Vó- Alô.

- Vó, minha mãe já teve neném.

Vó- O quê?! 

- A bolsa estourou e viemos pro hospital correndo, minha mãe teve o bebê em parto normal.

Vó- É menina?

- Não... É menino.

Vó- Mas... A gente já comprou brinquedo de menina e roupas de menina.

- Lamento muito, eu também esperava uma menina.

Vó- Qual o hospital?

- Hospital ********.

Vó- Eu e seu avô estamos indo aí.

- Vou esperar.

Vó- Tchau.

- Tchau.

~ Chamada Off ~

Depois de um tempo nós podemos ver o bebê.

Fomos até o quarto e vimos mamãe com o meu irmão no colo.

Meu pai dá um beijo em minha mãe e então faz carinho na cabeça do meu irmãozinho.

- Qual vai ser o nome dele.

Omma- Quero que ele se chame... Min Iori. 

- É um nome lindo.

Omma- O que acha Yoongi?

Appa- É um nome lindo.

- Posso segurar o Iori?

Omma- Pode, mas tenha cuidado.

Eu me sentei na cama e peguei o bebê.

- Você é tão bonitinho... Ele vai ser lindo quando crescer assim como a irmã.

~ 7 anos depois ~

- Hey pequeno, venha aqui!- chamei pro Iori que veio até mim pulando em meu colo.- Ah... Que menino pesado...

Iori- Eu não sou pesada...

- Pesado. Você é menino.

Iori- Eu sou uma menina linda.

- Você é menino Iori. 

Iori- Tanto faz unnie.

- Noona!

Iori- Eu não quero te chamar de noona.

- Ya, menino!

Ele faz cara de bravo.

Iori- Eu quero ver o Chanyeol oppa.

- Hyung!

Iori- Oppa!

Appa- Que discussão é essa?

- Pai... Esse menino aqui quer chamar o Chanyeol de oppa.

Appa- Vem aqui.- ele pega o pequeno no colo.- Meninos chamam meninos mais velhos de hyung e meninas chamam meninos mais velhos de oppa. 

Iori- Mas eu não sou menino appa.

Appa- Você não tem um pinto? Você não gosta do super homem?

Iori- Sim.

Appa- Então você tem que chamar o Chanyeol de hyung, combinado?- ele estende a mão para Iori.

Iori- Sim.- ele diz e bate na mão do Appa.

- Eu preciso ir embora.

Appa- Espere mais um pouco filha, o bolo vai ficar pronto daqui a pouco.

- Tá velho...

Appa- Olha o respeito...

- Hahahaha ahjussi!

Appa- Acho bom.

Descemos as escadas e vimos omma por o bolo na mesa.

Iori vai correndo pra pegar um pedaço.

Omma- Ya! Nana nina não. Você vai lavar as mãos e vai esperar todos começarem a comer.

Iori- Tá...- vou até o banheiro e lavo minha mão e jogo um pouco de água no rosto de Iori.- Irmã boba.

Secamos nossas mãos e fomos nos sentar.

Comemos o bolo e então me despedi de todos dali.

Peguei a chave do carro na bolsa e dei partida.

Fui pra casa e não Chanyeol.

- Chanyeol! Cheguei!

Ouvi um barulho vindo da cozinha.

Vi Chany escondendo algo atrás de si.

- O que está escondendo?

Chanyeol- Tenho uma surpresa pra você. 

- Hum... É o que?- vou até ele e dou um beijo no mesmo.

Ele me mostra um vinho.

Chanyeol- Em comemoração a seis anos de namoro. 

- E o meu presente.- faço biquinho.

Chanyeol- Tá escondido...

- Pode me contar onde está?

Chanyeol- Está em algum lugar da casa tem dicas espalhadas.

- Hum... Por onde eu começo?

Chanyeol- Pela garrafa de vinho.

- Ok...- pego a garrafa e vejo um papel grudado nela.

"O lugar onde demos nosso primeiro beijo."

- Num banheiro hahaha...- fui até o banheiro e vi no espelho escrito de caneta "O primeiro pretende que dei a você".

- O urso? 

Chanyeol- Hum... Não sei.

- Essa sujeira no espelho é você quem vai limpar, tá?

Chanyeol- Vou nada.

Ri e então fui até o quarto.

O urso estava num canto do quarto.

Ele segurava um papel escrito "Qual foi o lugar onde tivemos nossa primeira transa? hehe"

- Na cama ué...- fui até a cama e vi debaixo do travesseiro uma folha.

"Algo oco por dentro, guarda coisas e é preto."

- Hum... Uma caixa?- vi uma caixa em cima da mesa.

Fui até ela e abri a mesma.

- Não é isso que eu tô pensando, é?- abri a caixa e vi um papel "sqn kkkkk. O meu lugar favorito da casa."

- Aff, como você é  escroto... É a área da piscina.

Vou até lá e quando saio vejo uma faixa grande do outro lado da piscina escrito: "Quer casar comigo?"

Chanyeol- Quer se casar comigo?- ele pega uma caixinha e se ajoelha.

- Claro!

Ele põe o anel no meu dedo e me dá um beijo.

- Que presente... Meu presente é uma viagem...- pego no meu bolso duas passagens.

Chanyeol- Esse presente é demais também. Viagem pra onde?

- Miami.

Chanyeol- Pra quando?

- Final do ano.

Chanyeol- O casamento é no final do ano.

- Que coincidência... Ah... Mano não importa eu tô muito feliz. Todo dia você me faz sorrir. Eu te amo muito.

Chanyeol- Eu te amo mais.

Nos beijamos.

Chanyeol- Tenho mais presentes.

- Caramba... Que noivo hein...

Chanyeol- Vem.

Nós vamos até o quarto e eu me sento na cama. Ele pega algo no armário e então me dá.

- O quê são esses papéis?

Li o que tinha nos pequenos papéis.

" Vale uma noite de amor ", " Vale uma massagem ", " Vale um selinho ", "Vale beijo"...

- Hum... Vou utilizar esse aqui. "Vale selinho".

Chanyeol- Te dou com todo prazer.- ele me dá um selinho.

(...)

Depois de usar a maioria dos vales sobrou apenas um "Vale uma noite de amor".

- Acho que vou usar esse mais tarde.

Chanyeol- Você tem o  prazo de até amanhã.

- Relaxa, vou usar esse hoje.

Chanyeol- Não pode ser agora?- ele pega em minha cintura.

- Não... Tá escrito noite.

Chanyeol- Já são...Sete horas.

- Mais tarde...

Chanyeol- Ok...

- Vamos ver o meu dorama.

Chanyeol- Ah não... Tenho ciúme...

- É o meu trabalho...

Chanyeol- Vamos assistir a premiação do Exo vai passar na tv.

- Hum... Tá.

Nós vimos a premiação de uns grupos então finalmente chega a vez do exo.

Chanyeol- Eu tô lindo, né?

- Haha... Tá...

Chanyeol- Quem você mais gosta no EXO?

- Hum... O Luhan... O Baek... O Xiumin...

Chanyeol- E eu?

- Ah... Você não...- ele faz cara triste- Brincadeirinha... Você é o mais lindo.

(...)

Assim que deu nove horas Chanyeol e eu nos deitamos na cama para dormir.

Ele veio até o meu ouvido então disse.

Chanyeol- Esqueceu seu vale?

- Uh? Não ache que eu esqueci.

Eu me levanto tiro meu roupão e então mostro minha surpreso há pra ele, estava usando a lingerie que ele amava.

Eu tenho algo aqui, tiro do elástico da calcinha uma camisinha.

Ele vem até mim e me deita na cama.

Chanyeol- Você está tão gostosa...

- Estou é? Vou ficar mais ainda quando estiver molhadinha.

Ele faz uma trilha de beijos até minha boca.

Pego em seu cabelo o beijando.

Ele encaixa entre minhas pernas e se movimenta.

- Oppa. Vamos fazer logo isso.

Ele tira a roupa ficando apenas de cueca box.

Eu o puxo jogando ele na cama, dou um tapa em sua coxa e me movimento sobre seu membro.

- Você tá tão gostoso. Eu tô cheia de... Tesão...

Ele tira meu sutiã e começa a chupar meus seios e passar a mão por cima da minha calcinha.

Ele coloca a mão dentro da calcinha.

Chanyeol- Nem começamos e você já tá assim?

- Eu fico louca quando você começa a fazer essas coisas...

Chanyeol- Ah é.- ele diz massageando meu clitóris.- Sua perereca é a mais gostosa.

- Me prova isso fazendo o que você sabe fazer de melhor.

Ele passa a mão pela minha entrada.

- Me faz gemer...

Ele enfia o dedo.

- Ah...

Nós passamos um tempo assim ele fez o que eu pedi eu fiz o ele pediu e em pouco tempo estávamos completamente nus.

Ele pôs a camisinha e então colocou o membro dentro de mim.

Nós tivemos uma noite de amor ótima e dormimos lado a lado nus.

~ Final do ano ~

Estava lindo.

Olhei pra minha mãe, pra minha avó e para Iori.

- Tá bonito?

Omma- Tá lindo... Você tá muito linda.

Iori- Quando eu crescer vou me vestir assim no meu casamento.

Nós rimos.

Iori- Você tá linda irmã.- ele me abraçou.

Vó- Eu estou orgulhosa de você minha neta linda.- ela me dá um beijo e me abraça.

Moça- Vamos, você tem que se maquiar.

(...)

Eu estava pronta. Vestido, salto, jóias, maquiagem e cabelo estavam prontos.

Sai dali com Iori, minha mãe e minha avó de carro.

Fomos até a porta da igreja esperei minha mãe e minha avó entrarem.

Appa- Você está linda.

- Obrigada pai.

Assim que eu Appa estávamos prontos pra entrar e Iori estava pronto com o saco de rosas abriram a porta da igreja e então a música começou a tocar.

Eu estava emocionada. Vi ali todos os meus amigos até mesmo Jinho estava ali.

Estava muito feliz com a presença de todos.

Os meus tios mandaram beijos e corações pra mim e tiraram milhares de fotos minhas.

Eu olhei para Chanyeol que estava na frente do altar.

Ele sorriu e eu sorri.

Meu pai me deixou no altar e eu abracei Chany.

Chanyeol- ~Você tá linda~.

- ~ Você também~.

Nós subimos a escada e então o padre diz algumas palavras.

Padre- Você Min S/f aceita Park Chanyeol como seu legítimo esposo?

- Aceito.

Padre- Você Park Chanyeol aceita Min s/f como sua legítima esposa?

Chanyeol- Aceito.

Padre- Pode beijar a noiva.

Ele me beija, assinamos o papel e então saímos da igreja levando chuva de arroz.

Eu e Chanyeol fomos até o carro que estava na porta e vamos até ao salão de festas onde seria a festa.

Colocamos nossas digitais no topo da árvore e entramos no salão.

Estava lindo.

Esperamos as pessoas chegarem e então bebemos um copo de champanhe.

- Um brinde ao nosso casamento.

Chanyeol- Um brinde ao nosso casamento.

Brindamos e damos um beijo.

Chanyeol- Eu te amo.

- Eu te amo mais.

Chanyeol- Eu te amo muito mais.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...