História Meus olhos em você - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Hinata Hyuuga, Naruto Uzumaki
Tags Diadosnamoradosfnh, Naruto
Visualizações 133
Palavras 2.111
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


É estranho vir aqui e postar um capítulo novo. Acabei de terminar esse.
Obrigada aos que ainda estão aqui , aos novos que leram e favoritaram a fic quando estava parada.
Faço por carinho a vocês.
Espero que gostem e que apóiem essa minha volta.
Beijos!

Capítulo 3 - Capítulo - 03


- Vocês achavam que estava brincando quando disse que iria ter prova bombástica? - Perguntou o Professor Dekai, na classe onde Naruto estava. Ele segurava um punhado de avaliações nas mãos e era possível, mesmo da cadeira onde o loiro estava sentado, ver o vermelho da caneta nas correções das provas. - Aqui está 30% na composição da nota de vocês desse semestre. Entretanto Jovens, eu diria que poucos vão conseguir somar alguma coisa a essa nota. - Dizia ele com veneno. Era o Professor mais odiado do curso de Engenharia Química por ser carrasco. Todo mês tinha um bolão no Departamento de Cálculo Aplicado sobre a quantidades de requerimentos de reavaliação de provas seriam pedidos.

- Todo mundo se ferrou nessa prova. - Comentou Uchiha Sasuke, grande amigo de Naruto. - Ninguém deve ter tirado mais que 5. - Ele esfregou os olhos enquanto Naruto tirava os próprios óculos para esfregar os seus. Aquela avaliação estava no nível do mestrado e foi surpresa.

- Não sei como esse cara ainda dá aula aqui. - Comentou Sizui, colega de classe dos rapazes. - A chefe de Departamento deveria alocar ele no doutorado, sei lá. - Resmungou o homem de cabelos castanhos claros, sendo ouvido por quase toda a galera do fundo da sala, também conhecido como o melhor lugar para dormir durante as aulas.

- Uzumaki Namikaze Naruto. - Chamou o Professor, que fazia questão de entregar as avaliações nas mãos dos estudantes. O loiro levantou-se e foi arrastando os pés até o gabinete onde estava o docente, que lhe sorria com ironia. - Parabéns pelo seu 4.5. Provavelmente nos veremos na AF.

    Naruto pegou a prova da mão do professor e saiu da sala, olhando para Sasuke por cima de seu ombro, querendo que ele entendesse que o esperaria lá fora. Todo mundo na sala sabia que Naruto era marcado pelo professor por causa que uma vez Dekai tinha desafiado algum dos estudantes para responder uma questão “impossível” criada por ele, mas Naruto conseguiu fazer, carimbando seu passaporte para a lista negra do Professor.

Nunca tinha ouvido falar de um professor que ficasse com raiva de um bom estudante por ele ser bom. Provavelmente esperava humilhar Naruto, mas não foi o que aconteceu.

Saiu da sala e encostou-se na parede, ainda ouvido a voz de Dekai achar outros estudantes. Olhou sua prova e viu que ele não considerou nadinha, até mesmo pontos que o loiro tinha colocado setas indicando as resoluções. Se fosse um docente mais junto, teria dado um 6.0 ao rapaz. - Idiota. - Murmurou o rapaz baixo.

- Vamos? - Perguntou Sasuke, colocando sua bolsa sobre o ombro. Os meninos foram andando pelo corredor, enquanto o moreno olhava sua prova. - Que cretino. Era pra ser um 3.5. Ele me odeia por ser seu amigo.  - Deu um sorriso de canto de boca pra Naruto. - Espero que você não fuja como fez o mês todo pra estudar sozinho. Agora eu realmente preciso de ajuda. - Ambos jogaram suas provas em uma lixeira que ficava na frente do Departamento onde estavam.

Naruto olhou para Sasuke. - Desculpe pelas fugas. Eu tive uma boa causa. - Agora que conseguiu falar com Hinata, diria ao moreno, seria constrangedor falar dela caso não conseguisse ao menos falar com ela, já que diferente dele, Sasuke era incrível com mulheres. - Foi por causa de uma garota. - Eles estavam se encaminhando para a lanchonete do prédio, que ficava no térreo.

- Eu devia ter desconfiado que tinha um rabo de saia no meio da história.  - Sasuke coçou o queixo. Era um garanhão e incentivava Naruto a ser também, mas não tinha muito êxito, já que o amigo era “muito certinho”, como dizia o próprio Uchiha. - Muito bem, que é a felizarda?

- Isso seria óbvio se fosse você, não eu. - Naruto e Sasuke tinham se conhecido no dia da matrícula no curso de engenharia química. Como estudaram em escolas diferentes, nunca tinham se falado, mesmo morando na mesma cidade. Logo ficaram amigos e ainda mais rápido tornaram-se inseparáveis. - É Hinata, ela cursa música.

- É gostosa? - Sasuke era extremamente difícil de se apegar à alguém. A parte física era o que decidia se os lances dele iam pra frente ou não. Um verdadeiro lobo solitário.

Naruto revirou os olhos enquanto pegava seu celular para checar as horas. - Ela é bonita, sim. Não é como se eu tivesse preocupado com o tamanho dos peitos dela.

Sasuke roubou o celular da mão de Naruto. - Dá aqui! Eu preciso mandar uma mensagem! Aff, seu cuzão. - Reclamou Naruto, indo atrás de Sasuke, que passava o dedo pela tela do celular do loiro em seu aplicativo de mensagens, até encontrar a tal Hinata. O moreno assobiou baixo. - Você com certeza não vai se preocupar com os peitos. Uau. AI MERDA!

Naruto deu um tapa na cabeça de Sasuke com força. Às vezes ele merecia e naquele momento, precisava de um tapa forte.

- Lava essa sua boca antes de falar dela. E deixa de secar a minha mina, Sasuke! - Naruto pegou o celular da mão do amigo, que afagava a própria cabeça, enquanto sentava. - Não é pro teu bico. - O loiro sempre falava pra o amigo parar de objetificar garotas, Sasuke era um sacana com mulheres, mas elas também eram com ele.

- OK., Romeu. - O moreno percebeu que o amigo falava sério sobre a menina. Parou imediatamente. - Como vocês se conhecerem? Eu nunca vi ela por aqui. Vamos comer e você me conta. Tô com fome.

- Também estou. - Uma das coisas que uniam Sasuke e Naruto era a paixão por comida. Ambos tinham estômagos mais do que anormais. 10 pizzas grandes em uma noitada de vídeo game foi uma comprovação disso.

- Você derrubou ela no chão da livraria onde ela trabalha? - Perguntou Sasuke para confirmar o que tinha acabado de ouvir. - Céus, isso não é jeito de chegar numa garota. - Disse ele rindo ao mesmo tempo que passava maionese em seu salgado. Naruto e ele tinham comprado mistos quentes e suco de laranja. - Eu devia te dar uns toques.

O mês que passei sumido foi por causa dela. - Disse o loiro, tomando um gole de suco. - Eu não conseguia uma boa oportunidade de fazer contato. Sei lá, mesmo só ficando lá olhando pra ela. - Sasuke ergueu uma sobrancelha, mastigando.  - Uma coisa de maníaco, eu sei. Só que eu não joguei ela no chão porque quis. - Explicou. - Aliás, se tivesse pensando nisso teria sido quase cruel. - Ele riu um pouco. - Ela é bem pequena. Eu caí por sobre o ombro. Tá meio dolorido ainda. - Nisso, moveu seu ombro, sentindo um desconforto.

- Bem romântico. Parece até coisas dessas histórias românticas que rolam na internet.

- E como você sabe, Sasuke? - Provocou Naruto.

- Não sei, foi um palpite. Tá e depois?

Ela ficou tonta por causa que bateu a cabeça e a levei pra comer na frente a livraria. Conversamos e ela me passou o contato. - Naruto deu de ombros, limpando os lábios com um guardanapo.

- Saquei. Ela devia tá de olho em você também. Você a chamou pra sair?

- Sim, pareceu meio desesperado, inclusive. - Disse Naruto, fazendo Sasuke rir. - Sei lá. - Ele desviou o olhar, observando o movimento de outros estudantes pelo campus. - Ela é diferente.

- Que bom que você disse o porque sumiu esse mês. Cheguei a achar que estava fazendo algo ilegal, sei lá. - Disse o moreno, fazendo o amigo rir. - Que bom que era porque está apaixonado. - Naruto remexeu seus óculos, levantando da mesa. Sasuke percebeu que o amigo não negou e sorriu com isso.

- Sim. Vamos estudar que essa semana temos aquela AV1… - Disse suspirando.

- Meu parceiro nerd tá de volta. - Disse Sasuke, passando o braço pelo ombro de Naruto.

- Você é tão nerd quanto eu.- Disse o loiro.

- É bom ser nerd coletivamente. - Respondeu para o amigo.

Os jovens foram para a casa de Naruto, um apartamento onde ele morava só. Seus pais moravam numa cidade à 430km, por terem ido abrir uma nova loja de móveis. Os Namikaze tinham uma pequena rede de loja de móveis rústicos, cerca de 5 ao todo, em cidades diferentes. Por causa da maioridade de Naruto não houve necessidade dos Pais ficarem indo e voltando nas viagens, decidiram instalar-se na nova cidade e voltariam depois que tudo estivesse conforme o planejado para a loja. Eles estavam gostando da experiência e o jovem também, mesmo que sentisse saudades.

Os jovens estudaram durante muitas horas, até o período da tarde. Após isso, Sasuke foi embora porque precisava ir para casa de Itachi,para colocar a comida do cachorro do seu irmão, que estava viajando. Naruto olhando as horas, percebeu que ainda faltava muito tempo para se encontrar com Hinata. O jovem continuou resolvendo exercícios pois teriam uma nova avaliação em outra disciplina na mesma semana, entretanto quando quando deu por si mesmo já tinha dormido em cima dos livros, acordando de supetão sobre a escrivaninha em seu quarto.

- Mais que… MERDA!

Ele olhou em seu celular as horas e percebeu que estava muito mais do que atrasado para o encontro com Hinata. Naruto coçou sua cabeça com raiva por ter dormido muito e levantou-se pegando seu celular, pra enviar uma mensagem para moça. Ele foi ao banheiro do seu quarto lavar o rosto para que não falasse besteira. Não sabia como ela reagiria ao ter ficado esperando ele em frente à livraria como tinham combinado na noite anterior após o expediente dela.

- Isso mesmo. Joga sua chance fora. Babaca. - O rapaz entrou em um aplicativo de mensagens online e viu que a última vez que Hinata estava usando o aplicativo não fazia tanto tempo. - Será que ela ficou com raiva? - Perguntou-se. Mordeu a ponta da unha e não sabia como começar a mensagem. Será que seria melhor ligar? O que iria dizer?

- Se eu ao menos tivesse quebrado o braço ou sido atropelado por um carro, quem sabe ajudando a apagar um incêndio, mas não. Tive que dormir! Mais que porra! E agora?

Online

Saber que a moça estava online parecia pior ainda para Naruto. Era como se ela soubesse que ele também estaria,  ou melhor ela saberia caso eu estivesse lendo a conversa que estiveram no dia anterior. Ele rapidamente bloqueou a tela ficando com raiva de si mesmo por não ter retirado o visto por último de sua conta.

Era melhor ser direto.

Ligou para o celular da mesma, mas ao perceber que ela estava demorando pra atender, pensou se ela estava pensando em ignorar ele ou não,já que o mesmo sabia que ela estava com o celular nas mãos.

- Oi. - A voz de Hinata soou no outro lado da linha.

Naruto pigarreou.

- Oi. Eu ahn… queria pedir desculpas por não ter aparecido. - Disse ele, tentando parecer calmo. - Você... esperou muito?

Pergunta errada.

- Aconteceu alguma coisa? - Perguntou Hinata, parecendo realmente curiosa. A moça tinha pensando em várias coisas que poderiam ter feito ele não poder ir, mesmo parecendo muito contente ao pedir para encontra-la.

O que ele diria?

- A gente pode se encontrar hoje ainda? Eu queria me desculpar com você. Tenho uma coisa pra te dar. - Disse como desculpa para vê-la. Na verdade não tinha planejado nada, mas agora já era.

- Hm… - Era óbvio que ela estava pensando se daria ou não esse crédito a ele. - Foi uma espera bem longa..

- Vamos nos encontrar, eu disse a mim mesmo que te veria hoje. Como ainda são… 21:45 - Ele tirou o celular da orelha para verificar. - Eu ainda estou dentro do prazo. Um prazo esticado,mas ainda dentro do plano. Você pode sair?

- Traga sanduíches do MC até minha casa. Nós temos um jardim bem legal aqui, posso te mostrar. OK?

Naruto já estava pegando sua toalha.

- Certo. - Falou o rapaz, quase sem acreditar.

- Até meia noite. - Lembrou Hinata.

- Só preciso de 30 minutos.

- Vou cronometrar então. - Disse ela, desligando o celular. Foi até seu closet e pegou um jeans e camiseta de mangas longas. Não sabia o que tinha dado em si para convidar um rapaz pra sua casa enquanto o pai estava de plantão na delegacia. Deveria ter dado um fora bem grande no loiro, mas queria tanto vê-lo que não precisava ser orgulhosa naquele momento. 


Notas Finais


Gente, nessa fic e nas outras quero escrever sobre pessoas, sabem?
O Naruto não teve um bom motivo pra não encontrar a Hina, como todo mundo pensava kkK peguei vocês.
Espero comentários de vcs !
Beijão ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...