História Minha Garota - Camren - Capítulo 95


Escrita por: ~

Postado
Categorias Camila Cabello, Fifth Harmony
Personagens Camila Cabello, Lauren Jauregui
Tags Ally Brooke, Austin Marrone, Bruno Mars, Camila Cabello, Camren, Demi Lovato, Dinah Jane, Lucy Vives, Normani Kordei, Norminah, Veronica Iglesias
Visualizações 118
Palavras 1.228
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente, eu quero mesmo afetar somente a Dinah. Mas Paola no passado tive um casinho de nada com Laur, não foi nada significante para ambas, só que as duas hoje se desejam, por toda aparecia e ilusão de otica, a sorte é que sao maduras o suficiente com isso nao vão misturar as coisas, mas querem.
Agora o fato de Mani, estar tão afim não é somente para causar ciumes a outra e sim, pra tentar entender o porque dela ficar justamente na casa de Lauren e ja que é tão independente nao procurar um lugar pra ficar. Normani estar muito magoada com a amiga, e estar de olho ou tentado proteger a própria amiga, ou ate mesmo querendo proteger Lauren. Ela gosta muito dela e nao quer ver nenhuma se magoado. E apesar dela estar magoada com a mentira inventada e falta de coragem de Lauren. ela só que o bem. E uma coisa acaba levando a outra. entendem??????

Então. só que o que nao sabemos, é que mike pode ter participação nisso tudo. E que sim pensei na possibilidade de envolver Selena, com a mais nova integrante, Alias uma grande ideia, fico agradecida pela força #Carla Santos! !!!!
Mas a verdade é que quem vai acabar confundido as coisas é quem menos esperamos. Então, vamos apenas tentar entender o porque ne..
to me divertido.

vamos de leitura. permito me falarem dos erros. porfavorzinho!!!!!!!!!!!

Capítulo 95 - Me empresta a chave do carro.


 

L A U R E N

— Fumando? — perguntei assim que me sentei ao seu lado, Paola estava na varanda com um cigarro no bico. Aquela sensação mexeu um pouco comigo, a nicotina no ar, me arrepiava.

— Você não fuma mais? — perguntou me oferecendo. Não aceitei, ela deu de ombros e voltou a tragar o cigarro o deixando no bico e tirando um outro cigarro de dentro do pacotinho. Era maconha. Nossa, meu sangue borbulhou de vontade. Respirei fundo, a busca de forças e meio que me afastei o suficiente. — Ah esqueci que agora você é mãe e homem da família?

— Porque vim estudar logo aqui? Tantos lugares, instituições de ótima qualidade. Por que logo aqui?

— Não foi por você. – ela jogou longe o cigarro normal. E ascendeu um pequeno fino de maconha. — Vim pra cá porque Haward é a melhor. Procuro qualificação. Você conseguiu isso, tanto que posso te considerar doutora?

— Para de ironia não somos mais as meninas, moleques de antes, olha pra você estar procurando crescer, desenvolver seus conhecimentos, evoluir.

— Lauren pelo amor de Deus, eu só vou ficar aqui, até conseguir um lugar. E Quer saber a verdade, pensei que você estaria aqui curtindo sua vida como sempre foi, encontrou uma pessoa que fodeu com você na sua adolescência inteira, relevou , porque eu teria a matado. No seu lugar. Chris me falou varias coisas loucas de verdade, e ela continua aqui, próxima de você, fodendo tudo ainda, com certeza, mas tu trata isso como sendo nada, é muito. Agora estar com uma garota que nem conhece o significado de vida ainda, é professora agora?

— Por favor, para! você não tem direito de querer se intrometer em minha vida, eu amo essa garota. Eu amo meus filhos. Amo minha vida como estar agora. Não suporto a ideia de perder o que construo todos os dias.

— filha esse que Chris criou para você? Nossa ele nunca me falou essa parte e do nada descobrir que é tua. Poxa, nos tivemos uma historia no meio disso tudo, eu soube que você ...

— Para ! Passado é passado. Se estar aqui por você, seja por você. Não quero estar falando sobre Chris ou muito menos ficar me justificando , te dando satisfações. Eu nem lembro da gente. Você era uma moleca impulsiva.

– me deixa fumar meu baseado em paz. — pediu grosseiramente.

— você parou de ligar ... estar muito bonita.

— Lauren, eu sou linda! Bonita é você . — sorrimos. — lembra?

— sim, bonita!

— Linda! — o cigarro estava quase no fim, e eu o queria do mesmo jeito que ela o queria também, queria como se fosse uma vodka. — Camila, é dobro de bonita. — gargalhamos, ela admitir que Camz é linda tão sendo , algo novo nessa mulher, mesmo sabendo que eu não mais há conheço como antes, a garotinha de 12 anos que sempre se fazia mais velha e aos dez já conseguia entrar em festa para maiores de dezoito.

— Meu pai fez todo um suspense e nem pensei que poderia ser você, vindo pra cá. — contei para ela que deu uma risada breve de chapada. — estar chapada né?

— muito. Continuo com a mesma mania de fumar um cigarro antes do baseado, e continua me chapando.

— Imagino. Parei, não quero mais fumar, não somente por eles, mas por mim também. Me envolvi em coisas loucas pra ter, foi preciso parar.

— Sei ... Tranquilo não quero suas satisfações.

— Babe ... Lo.

— Oi amor. — Camila ficou nos olhando. — o que foi?

— estar fumando ?

— Não Camz. Paola que fuma, mas não se preocupa, eu a acho mais controlada do que fui.

—  Camila estou super agradecida, por me deixar ficar na casinha de vocês, mas se preferir posso ir para a casa da Ariana, ela é da família também, não teria problemas para mim ficar lá.

— Então porque não se ofereceu quando pode? — as duas estavam uma de frente para outra, estava vendo o momento em que a porrada iria começar e eu sem proteção nenhuma. — Olha Só Paola, eu respeito o Mike, e você estar aqui por que ele pediu, mas não sou obrigada a suportar sua arrogância. Problema seu quem seja você, eu não sou obrigada a te agradar, não com você sendo tão idiota.

— Idiota? Eu? — Sinceramente ela estava ultrapassando os limites, eu não a apoiaria.

— Ok, vamos acabar com isso. Mas se quiser ir, ela mora na quarta casa, a verde pra ser mais exata. E eu vou te pedir uma coisa, não desrespeita minha garota, ok?

— Eu vou pro meu quarto. Obrigada Camila, por me deixar ficar.

Paola saiu e ficaria difícil defende-la. Ela não mudou nada continua a mesma pessoa. Arrogante do tipo que não se importa com Nada o bom é que eu não vou precisar ficar defendendo Camila, ela sabe muito bem fazer isso sozinha. É disso que Paolinha precisa.

– Olha , eu vou relatar isso pro seu pai. Ou ela já me odeia ou ainda te quer. Por favor né Laur. Faz alguma coisa logo, mulher.

— Camz, ela já avisou que so vai ficar o suficiente, relaxa. Ela não vai exceder o limite. Vamos ficar de boa. — Abracei seu corpo, me afogando em seu cheiro , beijando e mordendo leve seu pescoço. — Agora me diz, qual é a de Normani, o que ela ainda estar fazendo aqui?

— Paola, quem não quer? Na verdade, ela não atendeu ainda o porque dela ficar aqui com a gente.

— Ai ela vai querer ficar também, é isso ? — foi arremessada contra a parede. — Olha só, Mani é minha amiga, venho antes de você e assim como acredito que você não trocaria Dinah eu não vou troca-la. Então se ela quiser ficar, tem direito meu bem! — saiu rebolando na minha frente e parou entre a porta. — Voce não vem? Nicolas já dormiu.

Quando entramos dentro de casa nos amassos, Mani levantou do sofá , pareceu assustada e a outra estava com a boca vermelha. Como assim, ela não tem nem dois minutos que entrou, já se pegaram? Na verdade ela já conversaram bastante. Ta pra nascer alguém mais rápida que essa. Dinah perde!

— Vamos dormir, vocês vão ficar por aqui?— Camila estava usando toda sua ironia. Essa garota birrenta é do caralho e minha, do meu caralho.

— Lauren você me empresta a chave do seu carro? — perguntou Paola. — quero levar Normani em casa. Quem sabe ficar por lá também.

— Já tão rápido? — pergunto.

— É Lauren, nosso papo agrada. – disse mani, nada amigável. Já vi que as duas vão dar certinho.

— ok. A chave você sabe onde fica, tenham uma boa noite!

Camila me puxou por quarto. Não quis falar sobre elas, apenas transamos no banho abaixo dagua quentinha. Três gozadas foi o suficiente para nos deixar super cansadas, nosso corpo só pedia cama. Nos preparamos e caímos em nossa cama quentinha também .

—Na moral ela é muito arrogante, vei. — comentou CAMZ, hidratando sua pele, eu meu lado eu estava agarrada a sua cintura e mordendo sua cintura.

— Deixa ela pra lá, ah essa hora elas estão se comendo. Coisa que poderia ser com Dinah, mas ela não ajuda.

— Misericordia Dinah vai estar com muita raiva amanha. Meu deus e depois que souber dessa arte. Nem quero estar na pele.  Amor, ela estar mesmo com Vero?

— Eu não sei Camila, espero que não e que ela esteja bem longe. — a larguei, me afogando nos travesseiros. Cansei desse dia chato. 


Notas Finais


Elas vão voltar a se conhecer., coisa mais natural do mundo... até porque são mais de 10 anos sem se encontrarem. Apenas contatos de mensagens e chamadas de video. E que mesmo assim somente Mike, tem mais aproximidade com ela.
Lembrando que ela , só voltou pq realmente é por estudos e nao vai mudar para agradar ninguem.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...