História Monstar - Capítulo 2


Escrita por: ~

Visualizações 8
Palavras 709
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Romance e Novela
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


im back bitchesss
Enfim a fic flopu mas é o q temos pra hoje
Se vc esta lendo vc e top

Capítulo 2 - Conhecer.


Fanfic / Fanfiction Monstar - Capítulo 2 - Conhecer.

A caixa de areia dos gatos estava no quarto de Yongguk, o qual eu constatei que era quase igual ao meu, um pouco mais bagunçado, talvez. Procurei na internet um tutorial de como trocar a caixa de areia dos gatos e saí pra o que tinha que fazer.

Fui até a faculdade, fazer a minha matricula e arrumar toda a papelada do apartamento. Foi então que eu me vi totalmente perdido em Seul, sem nenhuma alma viva para me ajudar a chegar nos locais onde eu precisava, e então amaldiçoei Yongguk por ser tão ocupado e mal educado. Eu nem havia trocado mais que duas frases com ele e já poderia o xingar também. A mamãe ficaria orgulhosa, Shihyun.

E, falando na Mamãe, tive que mentir para ela sobre a qualidade do apartamento e do meu colega de quarto. Espero que ela nunca queira me visitar aqui, embora sinta muitas saudades dela.

- Vou querer um americano. - Eu disse distraído e só me concentrei quando subi os olhos ora o atendente. Era um moço alto e muito bonito, tinha cara de ser modelo. Ele fez meu pedido rápido.

- Shihyun? Você é de Busan? - Ele perguntou quando me entregou o pedido, e já deveria saber a resposta da segunda pergunta devido ao meu sotaque.

- Sim. - Sorri. - Já esteve lá?

- Algumas vezes. É muito bonito. - Ele sorriu também, me fazendo perder o fôlego. Até que Seul não é tão ruim. - O que te traz aqui?

- Estudos. - Suspirei.

- Entendo. Boa sorte nos estudos, e...se precisar, posso te ajudar com a cidade. - Ele sorriu de novo e eu também. O agradeci por ter sido a primeira pessoa gentil comigo na capital e saí do café, indo de volta pra casa.

O tal do Yongguk  havia dito que chegaria tarde, mas, por algum motivo, torci pra ele estar em casa quando eu chegasse, o que de fato não aconteceu. Acho que eu estava carente e solitário demais pra ficar sozinho.
 

 

 

 

Yongguk não chegou antes de eu ter ido dormir, o que fora a uma da manhã. Talvez ele tenha chegado as duas ou três, quando pude ouvir apenas o barulho do chuveiro.

No outro dia, fiquei só em casa. Dessa vez Yongguk tinha pedido de novo pra trocar a caixa de areia dos gatos e também tinha pedido pra colocar as roupas dele que estavam em seu quarto na máquina de lavar. Confesso que xinguei muito mas não deixei de fazer o que ele havia pedido pra não dar uma de colega de apartamento chato, mas com certeza eu iria conversar com ele (isso se conseguisse esperar ele chegar sem dormir antes).

Fiquei a tarde toda encolhido assistindo uns filmes e resolvi sair só pelo fim da tarde (de pijama) pra ir buscar um café - pra ver se eu conseguiria esperar por Yongguk - e ver o moço bonito da cafeteria.



 

- Obrigada.... - Eu disse assim que o moço da cafeteria me entregou meu café, fazendo referência para que ele me dissesse seu nome.

- Hyunbin. Meu nome é Hyunbin. - Sorriu.

- Sabe, Shihyun-ssi, se não for um encômodo para você esperar, hoje eu saio mais cedo do trabalho. Já que você é estrangeiro, poderíamos dar uma volta por aí. Quem sabe eu te mostre o meu restaurante favorito aqui.

- Eu acho ótimo. Seria uma grande ajuda, Hyunbin-ssi. - Eu disse e sorri. E seria uma boa ajuda MESMO, porque eu só sabia onde ficava a minha faculdade, o meu prédio, a cafeteria e o mercadinho da esquina.

Me sentei numa mesa do café para esperar Hyunbin o qual não tardou em aparecer na minha frente sem o avental do trabalho.

- Vamos? - Ele perguntou e eu assenti com a cabeça.

Hyunbin me levou pra um restaurante no centro da cidade, e depois demos umas voltas nos quarteirões ao redor do meu prédio. Ele me mostrou os pontos principais e descobri que estávamos na mesma faculdade, a qual eu iniciaria na próxima semana, porém, ele era do segundo ano, e eu, do primeiro.

Hyunbin me deixou em casa do final de tudo, mas devido ao nosso passeio noturno, não consegui esperar por Yongguk e acabei dormindo.

 


Notas Finais


Pois é hihi
na Fic o Hyunbin vai ser uma gracinha viu gente só esperem
Espero que vcs estejam gostando (e lendo) comentem bastanteeee
Beijinhos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...