História MOON l A Marcada do Uzumaki - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Akamaru, Chouji Akimichi, Deidara, Fugaku Uchiha, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hanabi Hyuuga, Hidan, Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Iruka Umino, Itachi Uchiha, Jiraiya, Kakashi Hatake, Karin, Kiba Inuzuka, Konohamaru, Kurama (Kyuubi), Kurenai Yuuhi, Kushina Uzumaki, Mikoto Uchiha, Minato "Yondaime" Namikaze, Nagato, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Orochimaru, Pain, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shion, Temari, Yondaime Kazekage
Tags Alcateia, Alpha, Contos Eróticos, Erótica, Erótico, Hinata, Kanoha, Lobos, lua cheia, Moon, Naruhina, Naruto, Sakura, Sasuke, Sasusaku, Sexo, Vila Da Folha
Visualizações 1.015
Palavras 3.048
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


YOOOOOOO!
Voltei e nem eu tô crendo na rapidez que estou escrevendo! Hahaha.

Bom aí está o capítulo espero que gostem!

Hantai do COMEÇO AO FIM (aquela carinha né 😏) haha boa leitura desculpe os erros!

Capítulo 7 - O nosso destino


Fanfic / Fanfiction MOON l A Marcada do Uzumaki - Capítulo 7 - O nosso destino



MOON l O nosso destino

 Dias atuais:



A ocasião sempre pedia algo especial, para muitos Ômegas uma festa de lua era desconcertante, até mesmo angustiante, mas para Alphas e Betas era um dia empolgante e muito esperado, o dia em que casais eram formados, onde novos lobos se transformavam, o dia em que a alcateia estava em êxtase! A lua era um símbolo do que eles eram, uma de suas marcas, e para a maioria aquela ocasião nomeada de "festa da lua", regada de comida, bebidas e hormônios lupinos a flor da pele, significa a união dos Lupinos, sua origem, dia da fertilidade Lupina, era um dia de plena felicidade.

Mas para um certa ômega, era um dia de muita aflição.

Hinata é uma simples ômega, e era frágil demais nessa época, uma distração sua custaria sua desonra, e e foi exatamente o que ela fez, se distraiu demais, tanto que quando olhou para o grande relógio ela pôde ver o ponteiro muito perto da meia-noite, a sala já estava vazia, e só tinha duas pessoas ali, ela sentia seu cheiro irresistível, um aroma delicioso, a força que tal cheiro vinha sobre ela era como um soco bem no meios de sua cara, um soco certeiro com o aroma de Naruto Uzumaki, seu Alpha. A Hyūga se perguntava, quem era ela pra desejar o Alpha dominante além de uma simples Ômega? Não tinha o direito de deseja-lo, mas era inevitável, o desejava mais do que tudo!

Naruto encontrou sua observadora, e a Hyūga notou que ele a olhava de volta, os olhos dele estavam fitos na azulada, Hinata retribuiu o olhar, depois disso Naruto olhou para mão da azulada que apertava a própria coxa sem piedade, Naruto mordeu o lábio com força olhando sua presa.

"Não, não, não, não, não... por favor, eu não quero ser usada!" ─ Pensava Hinata.

Mas dentro de Hinata não havia dúvida do que queria e do que iria acontecer, como se ela sentisse uma ligação entre ela e o lobo de Naruto... mas mesmo assim tinha que fugir! Hinata achava que seus pensamentos são ilusões da própria cabeça, e ela tentou fugir, mas não deu tempo de suas pernas se quer dá um movimento, Naruto não a deixaria ir.

Um corpo se chocou com o seu, sentiram o calor um do outro, ali Hinata teve noção de quanto o queria e da verdadeiro intensidade do seu desejo, ela sentia algo por Naruto, sentia algo que a ligava a ele... mas o que seria? O amava a ponto de ser doloroso demais admitir o quanto esse sentimento era grande?

─ Hinata... ─ Disse Naruto sorrindo malicioso.

Ao ouvir a voz de seu Alpha em sua direção a Hyūga se arrepiou por completo, o tom rouco e sensual do mesmo não pronunciou o nome da Hyūga de forma autoritária, ele apenas lhe pronunciou o nome maliciosamente, era a primeira vez que Hinata ouvia a voz dele direcionada a ela dessa forma.

E o Alpha planejava se aproveitar, ele não quer ouvir seu coração, já que tudo o que envolvia sentimento, ligações, laços e amor só o fazia sofrer, não queria mais sofrimento, antes ele só pensava em conhecer uma mulher de sua espécie pensando em ligação verdadeira, mas agora não acreditava mais nisso, só queria alguém que o servisse, alguém que faria algo que realmente o satisfaz, o prazer sexual, e ter uma virgem linda e cheia de fogo como a Hinata em sua cama todos os dias o faria muito feliz. Os olhos de Naruto brilhavam com algo que nem mesmo ele reconhecia, mas Hinata se iludiu achando que ele via algo nele, mas nos olhos de Naruto havia perversão, ele sentiu o cheiro dela... Hinata sabia também que ele sentiria o quão desejosa estava.

─ Nem mesmo todo esse perfume que usou vai disfarçar seu Cio. ─ Disse Naruto sorrindo malicioso.

Hinata senti-se agitada, confusa, abaixou a cabeça em um gesto de humildade e vergonha diante de seu Alpha, tudo que saiu dos lábios dela foi:

─ Se for somente para me usar, por favor, vai embora... ou me deixe ir. ─ A voz de Hinata era uma súplica.

Mas ela sabia, seria impossível de ambos se afastarem, era o efeito que a lua cheia os passava, era impossível, ambos não tinham forças para se afastarem, Naruto não conseguia frear o seu animal interior feroz e desejoso, e Hinata não conseguia se afastar do que a levava a perdição, ainda mais sendo quem era, eles eram como um ima, a atração era inevitável.

Naruto entrou mais na sacada da janela e fechou as grandes e pesadas cortinas cor vinho atrás deles, seus corpos estavam a um centímetro de distância um do outra, sentiam os seus corpos quentes, Hinata sentia a dominância, e ele o cheiro enloquecedor dela, O Uzumaki poderia ordenar qualquer coisa dela, não que ele tivesse direito, mas por ser o Alpha ele pode ordenar, e ela iria obedecer, só que ficou ali parado, olhando para Hinata, Naruto não seria burro o suficiente para fazer algo que com toda a certeza o afastaria de si nas noites seguintes, tinha que vir de mansinho, e assim o fez, por mais que ele quisesse se enterrar nela de uma vez.

O Alpha inclinou a cabeça para baixo pra conseguir olhar nos olhos da bela mulher diante de si, a mulher é alguns centímetros mais baixa que ele.

─ Te farei minha, você quer isso? ─ Sussurrou a pergunta querendo saber realmente a opinião dela.

O coração de Hinata deu um salavanco que a fez perder o ar, a Hyūga estava incrédula.

Co-como? ─ Gaguejou.

─ Você intendeu. ─ Sussurrou ele.

Hinata assenti e enguliu em seco, então perguntou:

─ Porque eu? ─ pergunta com a voz fraca.

─ Não sei, meu lobo quer assim. ─ Disse ele de uma vez, seus olhos fitavam-na de forma apreciativa, estava a avaliando.

─ Seria tolo se eu disser que minha loba também quer assim? Você acreditaria em mim? ─ Sussurrou a Hyūga se entregando cada mais.

Todas me querem ─ Pensou Naruto.

Mas Hinata quis dizer mais que isso, ela perguntou isso por que sabia que ele iria questionar se ela o quer, ou se quer o poder dele, sua dominância, era isso que a maioria das fêmeas queriam, elas não olhavam a Naruto, não tentavam adivinhar quem é esse homem por trás do poder, por isso sussurrou querendo transparecer todos os seus sentimentos.

Sua declaração era como uma clamor em sussurros:

─ Se cair, cairei com meu Alpha... se sorrir, sorrirei com meu Alpha, se chorar, vou chorar com meu Alpha... se deixar de ser um Alpha dominante, e não tiver terras, eu serei suas terras, mas se for um traidor, irei mostrar para todos... serei a melhor companheira que puder... por que... ─ Sussurrou ela com todo seu amor e continuou: ─ Por que eu sei da sua dor, eu vou procurar o máximo não abri-la, mas sim fecha-la... quero ser o melhor para você, porque minha loba também o deseja.

Então Naruto se lembrou da primeira vez que a viu, e como fora tão estranha para ele a necessidade de está perto, necessidade essa que ele não reconheceu facilmente:

"Estava sufocante demais ter Hinata tão perto, ela é tão inocente que é fácil se excitar, ainda mais quando a mesmas estava nua em seus braços, tão frágil por causa de sua primeira transformação. Kiba veio até ao nós por trás e envolveu Hinata com o meu casaco.

─ Veste o casaco, você está nua. - Disse Naruto."


Hinata viu a mascara de seriedade e de outros sentimentos na face do Alpha se dissiparem de seu semblante, ele estava surpreso, era isso que ela enxergava, mas ele estava mais do que ela se quer pensava, naruto estava pensativo, nem ele mesmo se entendia.

─ Porque está dizendo isso? ─ Perguntou ele sincero.

─ Porque quero realmente ser sua. ─ respondeu ela.

Uma longa pausa se fez, ele pensou seriamente em deixar Hinata ir, Naruto sabia o quão boa ela é, Hinata se parecia com ele antes, e não queria corromper a mulher inocente, mas ele fora egoísta, e a atração que a lua trouxe sobre ambos os impedia de se afastarem um centímetro sequer.

─ Eu Não teria tanta certeza disso. ─ Respondeu Naruto a Hyūga.

Hinata engoliu em seco aflita com a dúvida de seu Alpha, mas no momento nada o que ele dissesse a machucaria, o que a machucava no momento era aquela necessidade dela de está perto dele, sua loba uivava interiormente, o queria mais que tudo e não tinha forças pra resistir, então imediatamente Naruto captou essa ânsia, Naruto uivou para ela para que ela escutasse a resposta dele para sua loba. O Alpha pegou nos cabelos soltos dela e puxou em direção a seus lábios, e eles se beijava com paixão, ânsia.

Assim que suas línguas se tocaram ambos gemeram, era um gemido longo e rouco da parte dele, e o dela era tímido e ofegante, Hinata fechou os olhos, ela tremia, se não fosse a outra mão do Alpha segurando a cintura da ômega, suas pernas cederiam, era a primeira vez que tinha aquela sensação em toda sua vida.

O instinto da loba de Hinata a fez rasgar a parte de cima da roupa do Uzumaki, o mesmo se surpreendeu, todos diziam que Ômegas são fracos e indefesos, não era isso que ele enxergava agora, e ele sentiu prazer com isso e fez o mesmo com a roupa de sua parceira, ao avistar os seios fartos Uzumaki Naruto babou, delirou e puxou mais o cabelo de Hinata a fazenda inclinar de forma que pudesse ter livre acesso aos seios da mesma, ele passou o rosto ali o rosnou com o cheiro doce e e chamativo para si, queria ter cada vez mais dela para ele.

─ Que loucura! ─ Murmurou a Hyūga.

Naruto murmurou em resposta com a boca concentrada em sugar os seios da Hyūga, a mesma impediu que o grito escape mas fora inevitável não sair um gemido abafado ao sentir o Uzumaki rondar o bico de seus seios com a boca.

─ Me devora por inteiro! ─ Disse a ômega em chamas.

Naruto apenas riu ao ouvir aquilo, e sentia uma das pernas da Hyūga acariciando suas bolas pelo joelho em um ato involuntário, ele delirava e também estava aflito, a Hyūga e o Uzumaki eram diferentes em várias coisas, mas eram parecidos quanto a discrição, ambos estavam tempos necessitados de um orgasmo após ao outro, e era isso que buscavam. Hinata apenas sentia e tomava atitudes conforme seus instintos naquele momento, e Naruto apenas queria prolongar aquilo e deixar ela louca, por que ele sabia, quando ele a penetrasse e a devorasse como a mesma pediu, ele iria gozar rapidamente.

─ Kami! ─ Gemeu Hinata quando Naruto mordeu o bico de seus seios.

Com custo Naruto largou os seios da Hyūga e arrancou a calça da mesma, ele soltou os cabelos da mesma e se afastou para ver ela de corpo inteiro, quando ela levantou a cabeça a visão que o Alpha teve era de enloquecer: Hinata estava com uma calcinha preta simples e não era pequena, mas de algum forma aquela pequena peça fez as entrenhas de Naruto pulsarem, ele apenas gemeu e foi a vez dele de clamar:

─ Kami!

O corpo da Hyūga era maravilhoso, as pérolas dela brilhavam, era a sua loba ali presente, o que mais o enlouquecia ali era o cheiro que emanava entre as pernas dela, excitação pura.

Hinata apenas tremia, ele estava distante a observando e ela fez o mesmo, ele era mavilhoso, olhava o corpo másculo dele e fora inevitável não observar o tamanho da eração dele escondida na calça preta, Kami! Como desejava que ele a invadisse, era insano!

As observações durou apenas poucos segundos, ele arrancou sua calça ficando nu e Hinata não sentia a necessidade de corar como sempre, ela apenas delirava com a visão e novamente a ânsia. A Hyūga o olhou em súplica e ele chegou perto dela e a pegou pelas pernas a jogando no batente espaçoso da grande janela fazendo-a sentar, em um ato desesperado Hinata arrancou a própria calcinha e puxou Naruto com as pernas, e seus sexos se chocaram, a cabeça do membro de Naruto já estava inchada, e ele sabia, era o nó querendo se formar.

Não... ─ Pensou o único lado com sanidade no corpo dele.

Sim... ─ murmurou ele quando a penetrou.

Hinata gritou em deleite, não se importando com a dor que sentiu por ter sua pureza tirada, ela apenas deitou no vidro da janela abrindo mais as penas e Naruto arremetia sem cessar.

Sim, sim, sim, sim... ─ Murmurou Hinata contradizendo sua negação interior quando ele se aproximou a meia noite dela, e dessa forma teve seu primeiro orgasmo. ─ Sim...

A sensação que é mesma teve era totalmente nova, uma tortura maravilhosa, seu interior de contorceu e todos os seu músculos se tencionaram, logo depois seu corpo relaxou e ela apenas gemia de deleite.

Naruto estava com os lábios entre os dentes e de olhos fechados enquanto sentiu seu mastro a invadindo o canal apertado e quente, que sensação maravilhosa!

─ Hinata... ─ Disse ele delirante, e foi quando ele sentiu suas presas saírem ferindo seu lábio inferior.

Seu lobo queria marcar-la.

Ela só gemia, e arranhava os braços dele se levantando e colocando as pernas nos ombros dele em cada lado, dando livre acesso para ele acabar com sua intimidade, Hinata ainda se mantinha apoiada na janela, e ele apenas continuava os movimentos rápidos e precisos.

Me fode... ─ Murmurava a ômega.

Ele sorriu em deleite e gemendo revirou os olhos, colocou a mão na raiz dos cabelos da nuca dela novamente, Naruto puxou o cabelo da mesma e Hinata tirou as pernas dos ombros dele, cruzando as pernas ao redor do quadril de Naruto, ela deixou o pescoço exposto para seu Alpha, e o Alpha viu a veia que tinha passagem de sangue para o o coração da ômega, sim ele iria fazer o que sempre acreditou que não era capaz de fazer, ele não conseguia se impedir. O Alpha mordeu o próprio lábio fazendo o sangue sair aos poucos, de forma insana ele se inclinou até Hinata e mordeu seu pescoço bem naquela veia, ali seu sangue se misturou nas veias dela.

E fazia isso ainda mantendo o ritmo arremetendo na intimidade da mesma, é nesse ritmo Hinata gritou de Prazer, tendo outro orgasmo, era a sensação de morrer e voltar a vida sentindo Naruto a devorar de tantas formas, e ele também gozou delirante e gemendo ainda com a presas grudadas no pescoço da mesma, ele permanecia dentro dela por que seu nó não o permitia sair por hora, então ainda de sangue quente ele tirou as presas do pescoço de Hinata e lambeu sua ferida que rapidamente estava tratando de se curar sozinha.

Hinata tremeu de prazer com o gesto e gemeu de insatisfação quando sentiu o Alpha saindo de dentro de si. A Hyūga se sentia leve agora, e sorriu, se sentia liberta, mas ela não disse nada e ao menos tinha cabeça para processar algo, Hinata apenas sentia, já Naruto estava de pé ainda entre as pernas que o acolhia, ele apenas a observava ela, e se perguntava do por que que ainda a desejava de forma descontrolada e do por que ainda queria marcar ela.

A cabeça da Hyūga estava na altura do peito forte do Alpha Dominante, ela levantou a cabeça e viu as presas do mesmo para fora.

─ Eu quero te marcar todinha Hyūga, até não sobrar nada em você que não me pertença.

A Hyūga tremeu dos pés a cabeça de excitação ao sentir a dominância do mesmo sobre si, era a primeira vez que se delirava com a dominância do mesmo sobre si. Naruto tinha essa vontade insana de marcar ela e suas lembranças vieram a tona.

"─ Sinto o cheiro da pureza dela de longe.─ Disse Naruto fazendo careta.

─ E isso tem que ser valorizado! ─ Disse Shikamaru.─ Além dela ser a princesa Hyūga, ela é muito bonita, e você ficou louco quando sentiu o cio dela.

─ Mas eu resisti.

─ Aposto que se a tomasse como sua não hesitaria em enfiar os caninos nela.

Naruto rosnou reprimindo o êxtase que era a imagem dele a marcando."


E fora como o sábio Shikamaru disse, a marcou e não resistiu a isso, simplesmente não tinha forças! E as lembranças continuavam:

"Naruto é Hinata se fitavam como em um transe, Hinata tinha pensamentos nada puros enquanto Naruto tinha pensamentos de um sexo selvagem com ela, é tudo isso por causa do cheiro que ambos emanava: por causa do Heat Hinata emanava calor e um cheiro doce com gostinho de prazer, e por causa do Heat Hinata sentia o cheiro de Naruto tão intensificado, era insuportável!

─ Ou ─ Continuou Sakura que estava sendo totalmente ignorada ─ ...Eu deixo vocês sozinhos, só não quebrem a mobília.

─ Não... ─ Sussurrou Hinata.

─ Sim. ─ Disse Naruto com a voz rouca fitando Hinata. Então ele passou a língua nos lábios."


Naquele dia ele não podê ter ela pra si, agora ela era dele!

─ Você é minha agora! ─ Disse o Alpha a tirando da posição que estava na janela e fazendo ficar de frente pra mesma e de costas para si.

Ele a fez apoiar os cotovelos no parapeito espaçoso da janela de forma que ela ficou com a bunda empinada na direção dele, Naruto visualizou a ômega daquela forma e gemeu, a visão era perfeita, ele mordeu o ombro direito dela a marcando novamente com suas presas, desceu na curva da coluna passando a língua e fora para o quadril da mesma deixando mais uma marcar.

Hinata sentia seu corpo se marcado por toda parte e ela apenas gemia em êxtase, quando ela sentiu os lábios de Naruto em sua intimidade, a azulada rosnou e começou a rebolar, de forma desespera, e ele sentia o gosto dela, era apetitosa cada gota dela. Com as mãos no quadril dela, Naruto pressionava a língua no clitóris da mesma que só sabia gemer e chamar o nome dele, ele bebia dela e não se cansada disso.

Se lavantou e começou a pincelar a intimidade da ômega com seu pênis inchado, com um rosnado ele a invadiu novamente, sentiu seu mastro chegar no limite do interior dela e assim ele se perguntou, quando se cansariam, quando se cansaria dela? O Alpha não sabia responder tal Pergunta, mas enquanto a penetrava ele só tinha um pensamento, aquilo tinha que durar a noite toda.


Notas Finais


Bom, só não pensem que acabou por aí! Tenho mais sobre a Festa da lua cheia! 😏😏😏😏 Kkkkk

Espero que tenham gostado, de verdade, espero que tenham palavras o suficiente!

E EU QUERO AGRADECER A todos comentários, e favoritos e POR TUDOOOOO!

Espero ansiosa os comentários! Aceito todas as opiniões! Beijos de LUZ!!

E claro, Feliz dia dos pais para os papais e para as mamães que faz o papel dos dois, vice e versa!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...