História Morte e Vida. - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Morte, Vida
Visualizações 21
Palavras 282
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Drogas, Linguagem Imprópria, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Boa Leitura ^-^

Capítulo 2 - La pluie


Fanfic / Fanfiction Morte e Vida. - Capítulo 2 - La pluie

 

( Japão - Segunda Feira - 09h15AM )

O Dia era chuvoso, Nenhuma Criança Sequer Havia ido para a Escola, Pois ficou em Casa Claramente, Deixando A Vida Um Pouco triste, Como Sempre, A Morte caminhava pelas florestas Mais escuras e sombrias, A Vida estava Caminhando nos campos que continham Animais, Flores, Tudo de Bom, Um Com raiva e outra Feliz.

A Morte, Logo encontrando O Campo que vida estava, Ela Perceberá sua Presença, encarando O Mesmo e estendendo os Braços para que ele Não tocasse Nos Indefesos Animais.

- Morte! Vá embora! Deixe Os Animais e a Natureza em Paz! - Gritou, Vida.

- Não tenho Motivos Para Ir Embora Baixinha, Agora dê licença e me deixe fazer meu trabalho. - A Morte ria, em quanto se aproximava.

Vida, Com Medo, Fechou Os Olhos, Não Sairia da Posição que estava de Jeito nenhum, mais se sentiu ser Empurrada, e quando Olhou, "o" Morte havia a Empurrado com um Tronco, e Havia matado um cervo.

Vida Caiu nas Lagrimas, se aproximou do Cervo aos Poucos e colocou a cabeça do pobre Animal em seu colo, Já Caindo Ao Choro.

- Morte! Eu te Odeio! TE ODEIO! - Ela Berrava em quanto via a criatura Morta em seus Braços.

- Vida, Você é Incapaz de Proteger Ao Que Ama, Aceite Isto! Morreu! Já Era! - Resmungou Morte, Indo embora.

- M-Morte.. Eu te Odeio! Odeio Do Fundo do Meu coração! Nunca irei te perdoar! NUNCA! GUARDE ESSAS PALAVRAS! - Vida gritou, em quanto abraçava O Cervo.

Essas Foram as Ultimas Palavras da Vida, Até cair desmaiada No Chão de tanto chorar, em quanto As Gotas da Chuva caiam e deslizavam sobre seu Rosto.


Notas Finais


Continua?
Qual será O Destino entre a Morte e a Vida?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...