História Mundo da Diane - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Seven Deadly Sins (Nanatsu no Taizai)
Personagens Arthur Pendragon, Ban, Diane, Elaine, Elizabeth Liones, Escanor, Gilthunder, Gowther, Guila, Hauser, Jericho, King, Margaret, Meliodas, Merlin, Veronica
Visualizações 60
Palavras 671
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Ecchi, Escolar, Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 20 - Não é isso que você está pensando


 Continuei beijando King, e o empurrei até o sofá, os olhos dele se encheram de luxúria, eu subi em cima dele e o beijei, quando ele pois as mãos em cima da minha cocha

 

Estou atrapalhando alguma coisa? - perguntou o pai do King

 

Eu congelei em cima do King, não sabia o que falar, nem o que responder

 

Meu Deus!

O que eu faço?

E agora?

Senhor, por favor me ajuda!

 

Pai, não é isso que você está pensando! - respondeu King

Sua namorada está em cima de você, tem razão filho, não é o que estou pensando – respondeu Gloxinia

Desculpa senhor! - respondi saindo de cima do King e olhando pro chão

 

O que eu acabei de fazer?

Eu quero morrer!

 

Diane, eu só quero dizer que, é melhor se prevenir- respondeu Gloxinia

 

Para aumentar ainda mais a minha vergonha, o pai de King queria conversar comigo sobre sexo

 

Eu posso me matar agora?

 

Pai! Não – falou King coçando a cabeça

Eu vou estar no meu quarto – respondeu Gloxinia

Pai! - falou King

Ta, eu vou comprar alguma coisa no mercado – falou Gloxinia saindo de casa

Eu tentei te avisar – respondeu King

Só pega uma faca pra mim por favor! - respondi

Diane, o que deu em você? Pensei que você não estivesse pronta, foi o que você disse, lembra? - perguntou King

Esquece, eu só tive uma ideia ruim, em um momento ruim – respondi

Não precisa se apressar a fazer nada Diane! - respondeu King

Eu sei, eu só seilá – respondi

Você quer que eu te leve em casa? - perguntou King

Acho que posso ir sozinha – respondi

Que isso Diane! Eu faço questão! - ele respondeu

 

Andamos alguns quarteirões quando encontramos com Elizabeth, Elaine e Meliodas

 

Rápido assim? - perguntou Meliodas

Meliodas! - falou Elizabeth beliscando o namorado

Olha eu meio que concordo com ele – falou Elaine

Não gente, não aconteceu nada – respondi

Eu sabia – respondeu Meliodas

Que papo de maluco é esse? - perguntou King

Nada nada! - respondi puxando King

Andei com King até minha casa, e paramos na minha calçada.

Eu ainda estava muito constrangida com tudo que tinha acontecido.

 

Olha Diane! - começou King

Por favor! Não continua, eu não quero que você fique com pena de mim! - respondi

Eu ia dizer que seu pai e sua irmã estão trabalhando, e que sua casa tá vazia! - respondeu King me dando um sorriso malicioso

 

Ele começou a me beijar na calçada mesmo, enquanto eu abria a porta rapidamente.

Nós dois a empurramos juntos.

King tirou sua blusa, e me levantou para que eu colocasse minhas pernas em volta de sua cintura.

 

Como ele está aguentando meu peso?

 

O que vocês dois estão tentando fazer? Esperem, não me contem – falou Matrona que estava deitada no sofá vendo toda a cena

 

Minha nossa, vocês estão brotando da terra ou o que? - perguntei já me sentindo irritada

É melhor eu ir – falou King colocando sua blusa novamente

Matrona, fala alguma coisa! - respondi

O que você quer que eu diga? Desculpa atrapalhar a trepa semanal de vocês dois? - ela respondeu zombando da nossa casa

Diane e eu, nós, não – tentou falar King

Nunca fizeram? Eu sei, seria uma péssima irmã se não soubesse disso – respondeu Matrona

Desculpa King, eu não sabia – respondi

Ta tudo bem, eu vou voltar! - respondeu King

Não precisa, a gente pode ficar e conversar! - respondi

Pode ser amanha! Eu to com umas coisas pra resolver – falou King

Tudo bem então, mas é muito sério? - perguntei

Eu só vou, sabe, passar na farmácia! - falou King sussurrando pra mim

Ah, tá bom, então vai! - respondi – Você quer, sabe, madrugada?

É talvez – ele respondeu

O que vocês dois estão sussurrando aí? - perguntou Matrona

Nada, ele já tá indo! - respondi

Então Diane, lembre-se que tá ficando meio quente de noite, e é bom deixar a janela aberta para ventilar o local! - respondeu King

Vou deixar! - respondi

 

Ai minha nossa, o que eu faço agora?

 


Notas Finais


Quem estava aguardando algo hoje, vai ter que esperar mais um pouco huehuehuehue


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...