História Mundo de Deuses e Demônios: Extra (Web Novel) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 2
Palavras 1.262
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Ecchi, Escolar, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Harem, Magia, Sci-Fi, Sobrenatural, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - A Semana que o Ken e a Naomi Passaram Juntos


Essa história se passa na semana em que o Ken e a Naomi dividiram um quarto.

Logo na primeira noite, o Ken acabou esquecendo que estava dividindo o quarto com uma garota e saiu do banho ainda pelado.

Não é como se ele tivesse o costume de fazer isso, mas ele tinha esquecido de levar roupas limpas pro banheiro, como ele não lembrava que a Naomi estava lá, ele saiu sem se preocupar em se cobrir.

— Então... essa é uma situação que eu não esperava. Pelo menos não no primeiro dia.

O Ken disse com uma expressão perplexa. Ainda assim, ele não tinha se coberto, ao contrário, ele parecia querer mostrar sua virilidade.

— V--v-v-vo-você n-não devia se vestir?

A Naomi respondeu nervosa, o rosto dela estava completamente vermelho. O Ken até pensou que talvez fosse sair fumaça da cabeça dela.

— Isso importa agora? Eu posso não ter o melhor corpo do mundo, mas também não é um físico ruim, né?

O Ken parecia estar mostrando ainda mais seu corpo, em especial uma certa parte.

A Naomi correu pra dentro do banheiro, aproveitando que já estava lá, ela foi tomar o banho dela.

Enquanto estava se lavando, ela se lembra da cena que viu antes de entrar e, com toda sua inocência, pergunta a si mesma.

— Aquilo realmente foi feito pra entrar em alguém?

A Naomi imagina uma certa cena e fica com o rosto corado. Ela rapidamente termina seu banho e percebe que esqueceu de trazer uma toalha e roupas limpas.

Bom, tanto faz. Eu pego quando sair. Foi o que a Naomi pensou, obviamente, ela tinha esquecido de algo.

— Hein?

Foi o que escapou da boca da Naomi quando ela saiu do banheiro. Ela estava pensando sobre ele ainda agora, como pode esquecer que o Ken estava bem ali?

O Ken, que parecia estar atentamente olhando cada canto do corpo da Naomi, respondeu com um simples...

— ... não era pra eu ter me vestido?

Com o rosto vermelho, a Naomi deu um tapa no rosto do Ken. Alguns minutos depois, o Ken estava se desculpando enquanto ajudava ela a enfaixar a mão.

— Eu devia pedir desculpa?

— ...

— Eu não tenho culpa se alguém com uma força comum tentou bater em alguém que tem resistência suficiente pra aguentar um ataque que destruiria uma cidade. Isso é tipo bater em um muro de ferro com toda sua força, a única que vai levar dano é você... se fosse eu, destruiria o muro.

O Ken soltou um suspiro assim que terminou de enfaixar a mão da Naomi. Ele se sentou do lado dela na cama e tentou puxar conversa, mas não estava tendo muito sucesso, até que...

— Ken, qual é mesmo seu poder?

— Oh? Finalmente. Meu poder? Capacidades físicas super-desenvolvidas? Não, isso não tá errado, mas também não tá certo.

— Como assim?

A Naomi parecia mais interessada. O Ken riu um pouco e continuou.

— Meu poder são minhas capacidades físicas super-desenvolvidas, mas não só isso. Eu também sempre tive facilidade pra conseguir aumentar elas ainda mais. O pessoal do governo sempre se impressionou com isso, por isso eu fiquei surpreso quando decidiram me mandar pra Escola de Magia ao invés da polícia ou exército.

— O governo? Não seus pais? Aconteceu alguma coisa com seus pais?

— Sei lá. Sinceramente eu nem lembro dos meus pais. Bom, é uma história complicada e chata então não tem por que contar.

Depois disso, a Naomi sentiu como se não pudesse perguntar mais nada por causa do clima pesado, mas na verdade aquilo era só impressão dela, o Ken nem tinha se importado muito com aquilo.

A Naomi falou que já ia dormir e apagou as luzes.

No outro dia de manhã, o Ken foi o primeiro a acordar, provavelmente o corpo dele ainda estava acostumado a acordar antes do sol nascer. Depois de se levantar da cama, o Ken dá uma rápida olhada pra Naomi. Bom, ele pretendia que fosse rápido, mas ficou encarando ela por um bom tempo.

A Naomi acordou com o Ken tendo encarado ela por tanto tempo. Ela ainda parecia sonolenta, mas despertou completamente quando ouviu o que o Ken disse.

— Sabe aquelas coisas que eu disse ontem? Eu tava brincando, mas se você realmente quiser, eu não me importo de fazer. Bom, talvez a gente se atrase pra escola, mas eu também não me importo com isso.

O Ken apontou pra Naomi, ela se olhou e viu que tinha desabotoado a própria camisa e abaixado um pouco as calças enquanto dormia. Ela sabia que tinha esse mau habito enquanto dormia, mas tinha esquecido disso, se ela tivesse lembrado, não teria usado aquela roupa pra dormir.

Mais tarde, os dois foram até a escola juntos, mas a Naomi não falou nada e nem olhou pro Ken durante a caminhada. O Ken não sabia que o objetivo dela era esconder o rosto vermelho.

O dia se passou assim. A Naomi não falou com o Ken nem na volta, nem antes ou depois do banho e muito menos antes de dormir.

Apesar de não se importar muito com as opiniões dos outros, o Ken não queria que a Naomi odiasse ele por uma coisa tão boba, até porque, pra ele, era só uma brincadeira.

Depois de mais um dia de silêncio, o Ken decidiu agir. No dia seguinte, ele tentou falar com ela, mas, pelo jeito de falar, acabou não sendo muito efetivo. No dia depois, ele tentou algo diferente.

Ele sabia que garotas, no geral, gostavam de comer, especialmente quando se trata de coisas como doces e chocolates, então ele achou lógico assumir que a Naomi também gostaria. O Ken passou numa loja de chocolates na volta pro dormitório e comprou uma caixa.

Quando a Naomi voltou pro quarto, o Ken deu a caixa de chocolates pra ela.

— Mas... por que isso?

— Bom, você ainda parecia estar zangada, já que não estava falando comigo, então eu comprei isso pra tentar me desculpar. Aquele tipo de coisa é só brincadeira pra mim, desculpa se eu te ofendi.

— N-não, eu não me senti ofendida. Eu só tava evitando você porque eu não sabia como agir depois daquilo. Apesar de que eu tenho que admitir que aquelas coisas que você disse ontem foram meio...

A Naomi não encontrou as palavras certas pra falar, então ficou calada.

No dia anterior, o Ken tentou uma aproximação bem... agressiva... digamos assim. Ele falou coisas como: “Ei, Naomi, você tem um bom corpo. Vamos aproveitar essa semana e 'aprofundar' nossa relação.”, “Seus peitos são maiores do que parecem. Posso pegar eles?”, “Sabe, quando eu te vi pelada eu pensei: ela parece bem apertadinha, eu quero transar com ela.” e “Naomi, quando a gente chegar no quarto hoje, a gente vai transar até não aguentar mais. Eu vou tomar cuidado pra não te machucar, sabe, por causa da minha super-força e tal.” Não é difícil imaginar porque essa estratégia não deu certo.

Depois de conversarem um pouco, a Naomi tomou coragem e perguntou.

— S-sabe, Ken, n-não que me importe, mas... que tipo de garota você gosta?

— Que tipo?

— Por exemplo, uma que gosta de coisas indecentes ou uma inocente? Uma com o corpo bem desenvolvido ou nem tanto?

— Hummmm... sei lá. Eu não me importo muito com isso. Contanto que seja alguém que eu posso manter uma amizade como essa nossa, tá perfeito, na minha opinião.

O Ken não falou isso com um objetivo especifico ou pensando em alguma coisa, mas a resposta deixou a Naomi feliz. Ambos foram dormir depois disso.

O que acontece depois é uma história que já foi contada.


Notas Finais


E começamos o Extra. Eu quase deixei passar o dia (parcialmente porque eu tinha esquecido, e parcialmente porque eu tô muito gripado).
Esse capítulo foi sobre a semana que o Ken e a Naomi passaram juntos (apesar de que nem todos os dias aparecem por questão de... censura). Eu só parei pra pensar em como tinha sido essa semana depois que eu postei o capítulo, por isso que ela virou um capítulo aqui no Extra.
Eu pretendo postar os três capítulos especiais que eu tenho pronto antes de começar os Arcos Extras (talvez eu faça um quarto capítulo especial). Se vocês quiserem ver alguma coisa, me digam e eu vou ver se eu faço um capítulo especial pra isso (ou até mais um arco).
Bom, vejo vocês na próxima quarta (ou sexta se vocês forem ler a outra Web Novel).


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...