História Muttsu no Meiji - A lenda - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Visualizações 1
Palavras 1.818
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Magia, Sobrenatural

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 17 - Faca de Dois Gumes


Fanfic / Fanfiction Muttsu no Meiji - A lenda - Capítulo 17 - Faca de Dois Gumes

(Mizaki Mikami)

Nós estávamos caminhando até as redondezas do antigo castelo do rei procurando um portal que nos levasse até o leste de Missya.

- Estou sentindo um pressentimento bom por aqui, vamos. (Layla)

- Aham. (Kiri)

- Disponha em nos guiar. (Eu)

Fomos até um lugar meio estranho, cheio de árvores e um pequeno lago, igual áquele que vimos no portal anterior.

- Bem, acho que vou demorar um pouco para ativá-lo. E devo me certificar que nada de ruim aconteça como o da última vez. (Layla)

Acenei com a cabeça positivamente enquanto sentava na grama próxima ao pequeno lago.

- Entendo. Boa sorte, Layla. (Kiri)

- Hehee. Isso é até fácil comparado com quanta mana foi gasta em meio as nossas batalhas. (Layla)

- É... (Kiri)

Ter ouvido aquela voz novamente, e aquele sapatinho estranho que vi. Com certeza havia alguém em cima de minha cama, mas por que esse "alguém" só se comunicava comigo á partir da mente? Nesse caso, esse "alguém" poderia até mesmo não estar lá, não é?

Invasão mental...é algo realmente confuso.

- O que foi, Mizaki? Parece pensativo hoje... (Kiri)

- Ah, Kiri. *suspiro* Bem, várias coisas vêm ocorrendo ao longo desse nosso pequeno tempo juntos, não é mesmo? (Eu)

- Sim. Eu também começei a suspeitar muito sobre isso. (Kiri)

- Começou? (Eu)

Ele acenou positivamente com seu rosto calmo e passivo de qualquer sentimento.

- Desde quando Eleonor e Shiza, sua mãe, as coisas começaram a andar com muito mais sentido. (Kiri)

- Acho que sim. Sabe, eu infelizmente passei muito tempo sem fazer nenhuma ação em contato com essa "nova geração" de pessoas de hoje em dia. (Eu)

- Te entendo. Isso que você faz me lembra o "eu" de antigamente. (Kiri)

- Oh... (Eu)

- E também me lembra do quão foram difíceis aqueles tempos. (Kiri)

- Eu sei. Também lembro bem sobre você...e você sabe, sua... (Eu)

- Sim. Eu também lembro daquilo todos os dias, e torço para que nada de mal aconteça com quaisquer que sejam as pessoas ao meu redor. (Kiri)

- Ai, ai. Kiri...você é realmente um construtor. (Eu)

- Haha. (Kiri)

Bem, o Kiri tem um passado em que só ele vive, assim como todos nós. Entretanto, perder sua irmã...sem que você possa fazer nada...isso é muito desesperador. Agora entendo como ele consegue construir cada vez mais a esperança que ele possuia antigamente. Se bem que...essa história é muito familiar...mas suponho que eu esteja do outro lado da moeda nesse caso.

- Acho melhor vocês acabarem com essa conversa tão sentimental de vocês e entrarem logo no portal. (Layla)

A Layla estava no meio de nós com seu rosto de puro "ódio amigável" e puxou o Kiri com muita força para perto do portal.

- Venha logo, Miz. (Layla)

- Haha. Okay, estou indo... (Eu)

Me aproximei do portal e ao lado de Layla e Kiri, finalmente entrei.

"Boa sorte..."

( https://youtu.be/xU1cPA522nM )

(Alguns segundos depois)

Todos estávamos ao redor de tantas estátuas naquele lugar. Eventualmente resolvi observar algumas delas enquanto passávamos á procura de Liliath.

Sir Keppler. Um grande cavaleiro da época dos dragões, hã...ele realmente era bem importante. Dizem que ele foi um dos cavaleiros responsáveis pelo o banimento dos Dragões Infernais da terra.

Andando mais um pouco...

(Estátua sem nome) Bem...se eu pudesse definir você, pelo seu rosto diria que você se esforçou muito. Senhorita.

Andando mais e mais, cheguei em um altar com algo interessante. Lá estavam ao meu redor, as 6 grandes marcas de nós.

Nossas estátuas. Hum...

Me aproximei da minha estátua e vi que já estava bem velha e meio destruída.

E bem...aqui diz..."A alma do fogo é maior do que qualquer outra alma. Sua força e inigualável a qualquer outra existente entre os maiores magos de ------ (quebrado), provavelmente Missya..."

E ali ao lado, meu emblema. A marca de uma grande besta em chamas, provavelmente deveria ser uma fênix. Pena que não existem mais dessas hoje em dia.

- Está se lembrando de antigamente? (Kiri)

Eh?!

Me virei rapidamente.

- Uh...provavelmente. (Eu)

- Eu estava olhando a minha também. (Kiri)

Eu me aproximei de sua estátua...

- Ah, sim. A grande resistência de nossa família, hein. Você é considerado como nosso escudo Kiri. (Eu)

- Haha. Nah. Pena que não consegui proteger todos a qual prometi... (Kiri)

- Bem...Kiri...você não deve se culpar por aquilo... (Eu)

- Eu sei, Miz...mas...ela se foi por minha causa, então eu sou o culpado número 1 disso, mais do que a própria fera que á matou... (Kiri)

Kiri...

- Ei. Vocês poderiam vir aqui e dar uma olhada? (Layla)

- Bem, vamos lá, Miz... (Kiri)

O Kiri foi andando na frente lentamente em direção á Layla, e eu estava indo atrás deles.

- O que foi Layla? (Eu)

- Tenho certeza de que vocês irão se impressionar com o que encontrei aqui. (Kiri)

Ela parou em uma sala totalmente circular com algumas frases escritas ao redor com algumas ilustrações.

- O que é isso? (Kiri)

- Nem eu consegui saber...essa língua é algo totalmente desconhecido. E pelo que eu me lembre, não havia nenhuma sala igual a essa antigamente. (Layla)

- Estranho... (Eu)

Cheguei perto de uma figura meio estranha ao nosso lado direito, era um tipo de pássaro...que eventualmente...acabou com um brilho verde em seu olho após eu ter observado...

"Jovem...por que está aqui...?"

Uh...o quê?

- Kiri! (Layla)

Era tarde demais para fazer algo. Alguém já estava drenando minha força vital de meu corpo, e não pude mexer quaisquer músculos para ajudar ao Kiri...que foi atacado rapidamente por um vulto negro muito estranho...

Mas por que isso está acontecendo?

Logo, minha consciência parecia ter sido projetada para outro lugar, e lá estava ele...

O que você está fazendo, Shino?!

"Olhe, não me leve a mau, mas eu realmente não queria estar fazendo isso. Pelo menos, não de forma tão trapaceira...até porque, não gosto de trapaças." (Shino)

Ele estava a minha frente, e de alguma forma, sua mente havia me induzido a ficar parado.

Eu quero me soltar...!

"Agora, tente ficar paradinho aí, Spectre fará um trabalho rápido com eles..."

Não...

- Miz! (Layla)

Argh...

- Water's Blow"! (Layla)

- Hahaha. Errou. (Spectre)

Ex...Plo...sion!

"Você não conseguirá utilizar quaisquer tipos magias enquanto estiver sobre meu domínio..." (Shino)

Mas...

Tento me movimentar com muita força, e acabo tentando muito que acabo fazendo algo...

Deixa...eu sair...!!!

"Mas o quê?!" (Shino)

Ouço uma pequena explosão e depois volto ao lugar em que estávamos.

Uh?

Olho para Layla que atualmemte estava sendo atacada.

- "Blaze"! (Eu)

- Uh? Shino...o que você...?! (Spectre)

O Spectre se virou, mas antes que pudesse evitar meu ataque, foi atingido com muita força e acabou atravessando todo o lugar e sendo arremessado para fora.

- Kiri. (Layla)

A Layla foi até Kiri, que atualmente estava um pouco machucado.

- O que foi isso? (Layla)

- Uh... (Eu)

- Um ataque em dobro, hein... (Kiri)

- Pensei que estávamos livres deles... (Layla)

- Também achei... (Eu)

- Bem, parece que eles querem brigar de verdade hoje... (Kiri)

O Kiri se levantou lentamente enquanto dizia isso.

- Você está bem...? (Layla)

- Não se preocupem. Como o escudo de vocês, não achem que vou cair tão facilmente na próxima vez... (Kiri)

- Haha...Kiri...Kiri... (Eu)

Eu levantei e coloquei minha mão sobre seu ombro de forma fortalecedora.

- Tem certeza disso...? (Eu)

- Bem...eles são dois...mas nós somos três. (Kiri)

- Huhuh...entendo o que você quer fazer. (Eu)

- Layla, quer se dispor a acompanhar o Kiri? (Eu)

- Acho melhor você ir com ele. (Layla)

- Ok. (Eu)

- "Absolute Summoners"! (Eu/Kiri)

(Algum tempo depois)

"Miz...eu consigo rastrear a última fonte de mana negra presente nas proximidades dessa floresta." (Kiri)

- Layla, está perto? (Eu/Kiri)

- A água presente ao redor notou que estão próximos. (Layla)

Ok, precisamos encontrá-los e atacá-los com força total.

"Miz, você confirma que consegue mesmo sair do transe do Shino?" (Kiri)

De certo modo, sim.

"Bem, espero que não estejamos em desvantagem por causa daquele cara." (Kiri)

- Miz, Kiri. Cuidado. (Layla)

Logo ao olharmos para o lado, um grande vulto negro passou ao nosso lado com uma grande velocidade...

- "Blaze". (Eu/Kiri)

Diversas bolas de fogo foram atrás do tal vulto negro, que se esquivou rapidamente e logo, logo, tentava um grandioso ataque...

- Aprendam comigo o que é um "genocídio"! (Spectre)

- "Souilum"! (Kiri/Eu)

O Kiri levantou uma grande proteção em torno de nós.

Diversas árvores ao nosso redor foram cortadas ao meio e acabaram caindo ao mesmo tempo. Após isso, o Spectre acabou ficando parado em nossa frente, enquanto isso, o Shino foi se aproximando ao seu lado.

- Uh?! Por que não o fez?! (Spectre)

- Eles se encontram em uma fase chamada "alma absoluta", não posso controlar duas mentes unidas por uma mesma alma... (Shino)

Ele me olhou com um olhar muito estranho, foi então que percebi, um lado de seu rosto estava marcado com algum tipo de queimadura recente...

- E você...também é algo chato de pesquisar... (Shino)

Ele invocou um frasco com um líquido roxo escuro e então o atirou para cima, até que, do nada, o céu ficou totalmente roxo, e lá no meio da floresta, lá em cima, um grande olho Roxo se formou e fixou em nós.

- Mas o que é...? (Eu/Kiri)

- Sim..isso! Isso! (Spectre)

O Spectre parecia excitado com aquilo...

- O "Olho de Varus" é  conhecido como uma antiga criatura, que quando invocada concede grandiosa magia aos seus aliados e inflige um grande dano na mana dos inimigos do invocador. Nesse caso, suponho que logo depois de um tempo, irão sentir que a mana de vocês está desaparecendo... (Shino)

- Isso é delicioso demais...oh... (Spectre)

O que ele tem?!

- O Spectre é viciado em minhas magias de auxílio...provavelmente deve se sentir mais determinado em eliminar vocês...haha... (Shino)

Isso parece que vai durar mais tempo do que esperávamos...

O Spectre tentou nos atacar á uma velocidade insana. Sorte que a Layla nos defendeu com seu escudo de água instântaneo.

Logo após esse ataque, ele começou a mandar diversas sequências com sua adaga e com sua mão direita, que atualmente estava com uma força mágica insana. Tanto que chegou a um momento em que isso quebrou o escudo de Layla.

"Ele não vai ajudá-lo?" (Kiri)

Acho que ele já está o ajudando apenas de ter invocado essa coisa estranha.

- "Banshee"... (Shino)

Próximo a ele, diversos pontos de cor verde começaram a planar e a vir com tudo para cima de nós.

- "Blaze"! (Eu/Kiri)

Acertamos todos esses pontinhos verdes que tentaram vir...mas em troca, tomamos um grande chute, que nos jogou contra um rochedo próximo, e veio do Spectre, que eventualmente resolveu utilizar uma magia enquanto estávamos tentando nos levantar...

- "Tarik"! (Spectre)

Seu rosto ficou com uma aura totalmente obscura e ele atirou uma grande bola negra em nós.

- "Soilveil"! (Kiri/Eu)

Conseguimos defender esse seu ataque.

Isso foi muito forte...

"Verdade" (Kiri)

- Layla...cuidado. (Eu/Kiri)

A Layla saiu da área de um ataque do Spectre com um pulo, e então deu seu golpe finalizador.

- "Koji-Ponpu"! (Layla)

Uma grande explosão de mana ocorreu ali, entretanto...

Como?!

"Ele ainda está de pé. Isso não seria novidade...mas...o modo de como ele voltou...heh..." (Kiri)

Ele acabou voltando ao normal a partir da mana negra ao redor do lugar e aquilo foi bizarro.

- Agora...jogaremos da forma certa, não?! (Spectre)

Foi aí que iniciou nossa batalha definitiva contra um chefe...mas claramente dava para perceber a dificuldade...

Enfrentar dois deles ao mesmo tempo é como se cortar com uma faca de dois gumes...

( https://youtu.be/E68HEB0-NSE )

Continua em: Reencontro Familiar

(Em outro lugar)

- Você acha mesmo que pode fazer isso? (???)

- Eu vou fazer. (???)

- Se ele virar...você já sabe... (???)

- Apesar de tudo, não permitirei que isso aconteça. Pelo bem de todos... (???)

- É bom mesmo...pelo bem...de todos... (???)


Notas Finais


Deixem suas opiniões e avaliem a história ;P


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...