História My Best Friend - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Blackpink, Bts, Imagine, Jennie, Jeon Jungkook, Jhope, Jimin, Jin, Jisoo, Jung Hoseok, Jungkook, Kim Namjoon, Kim Seokjin, Kim Taehyung, Lisa, Min Yoongi, Nayeon, Park Jimin, Rap Monster, Rose, Suga, Twice
Visualizações 90
Palavras 1.550
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 6 - One Kiss


Fanfic / Fanfiction My Best Friend - Capítulo 6 - One Kiss

- Vai me falar oque achou desse tal de Vernon ou não? - ele me perguntava isso de cinco em cinco minutos não importava o quanto eu ignorasse a sua pergunta - Estou falando com você - tomo mais um gole do meu milk shake - 

- Está bom não é mesmo? - suas mãos fofas puxaram meu copo de minha mão - 

- Ta tão bom que eu só vou te devolver se você me responder - suspiro derrotada - 

- Ele é bonitinho, agora devolve - ele me entrega o copo - Obrigada Jimin - 

- Ele não é mais bonito que eu né? - ele parecia sério como se fosse uma questão de vida ou morte - dou de ombros - Aish S/n, assim você me deixa louco - ele bagunça os meus cabelos - 

- Adivinha quem vai ganhar os bonecos de ação de Guardiões da Galáxia? - 

- Eu não acredito, como conseguiu convencer sua mãe de que não era coisa de garoto? - 

- Eu não precisei, papai vai trazer de Tóquio pra mim - 

- Ele vai viajar de novo? - concordo com a minha cabeça -  Você não acha estranho essas viagens do seu pai? - dou de ombros - 

                                                             (...) 

- Yah você está roubando - 

- Assuma Jiminnie, você é péssimo jogando - ele joga o controle no sofá -

- Você que rouba de mais - ele deita sua cabeça no meu colo - S/n? - abaixo minah cabeça para que pudesse o olhar - Promete que nunca vai mudar? - 

- Porque eu mudaria? - 

- Sei lá, só não quero que seja igual as outras garotas - ele sorria fazendo com que meu coração batesse a mil por hora, se você conhecesse Park Jimin ia entender oque eu estou falando - Vai prometer ou não? - ele ergue seu dedo mindinho -

- Eu prometo - cruzamos os dedos - 

Seu celular começa a tocar fazendo com que ele se levantasse rapidamente do meu colo e sai da sala, logo a Sra. Park aparece. 

- S/n, vai nos acompanhar no jantar? - Jimin aparece - 

- Ela precisa chegar cedo em casa, não é mesmo S/n? - ele ta me expulsando isso é sério? - 

- Sim, o Jimin tem razão - olho pro relógio em meu pulso - Falando nisso já estou atrasada - me levanto rapidamente do sofá - 

- Que pena, preparei sua comida preferida - 

Me despeço dela e vou em direção até a porta com Jimin caminhando logo atrás.

- Olha me desculpa, é que a Jennie me ligou e quer que eu vá na casa dela ajudar ela com um trabalho - ele tá me trocando por ela? Beleza Park Jimin - Tudo bem por você - dou de ombros - 

Eu estou com muita raiva dele, agora vai ser assim toda vez que ela chamar ele vai correndo? Hoje era a nossa tarde de video-game e ele tava estragando para ficar com ela, eu sou da mesma turma que ela e sei exatamente que não tem trabalho nenhum, ela só quer que ele vá lá pra fazer coisas impuras com ela, aquela pervertida. 

A rua estava escura e não tinha nínguem andando pelas redondezas chegava a dar um pouco de medo e um frio percorria minha barriga, Park Jimin se eu morrer agora e aqui espero que se sinta culpado por me deixar ir sozinha pra casa numa hora dessas, que péssimo amigo você é. 

- Cheguei - retiro meus tênis  e coloco minhas pantufas - Ai que quentinho - 

- Chegou tarde de novo - ela me olhava séria - 

- Estava com o Jimin - 

- Sinceramente S/n não sei porque te dei um celular se você não usa - dou de ombros e subo as escadas - 

Corro o mais rápido possível que podia e de novo do nada lá estava eu com o rosto grudado no chão.

- Ai - me levanto e pulo em minha cama, abro uma pequena fresta da cortina que tampava a janela que ficava ao lado da minha cama - Aí está você - 

Dali eu tinha uma vista perfeita do quarto de Jennie, já que ele ficava ao lado do meu e tinha uma janela enorme.

- Cadê vocês? - a porta do quarto se abre e eu vejo Jennie e Jimin entrarem - Ele ta tão bonito pra quem vai fazer só um trabalho - 

- A noona é tão estranha que até fala sozinha - Taco uma almofada em Lucas que agora saia do meu quarto dando guargualhadas - Louca - ele grita - 

Eles estavam sentados na cama e de repente estavam se beijando, meu mundo acabou sinto lágrimas rolarem por meus olhos. Porque que isso dói tanto? É como se estivessem enfiando várias agulhas em meu coração, era pra ser meu aquele beijo, era pra ser eu...

Jennie se levanta e fecha as cortinas - pronto, penso comigo - é agora que ela abusa do meu Jimin, aquela sedutora pervertida.

Afundo meu rosto no travesseiro e deixo que todas aquelas lágrimas caiam.

                                                                (...) 

- Bom dia - Suga diz animado - 

- Bom dia - digo seca - 

- Caiu da cama? - dou de ombros - Eu que sou o rabugento aqui e você que está de mal humor - 

- Só não dormi direito - 

Eu estava tão mal que não dei a miníma importante pra como Suga andava rápido - esse menino parecia a encarnação do Flash - eu só o seguia de longe, as vezes ele olhava para trás só pra ter a certeza que eu estava o seguindo. Haviámos chegado mas eu não estava pronta para encarar o Jimin não depois do beijo de ontem - me lembro da cena - dou vários petelecos em minha testa.

- Vamos logo - Suga me puxa pelo braço - Tudo bem que você é desligada mas hoje tá de parabéns - os garotos estavam todos lá parados em frente ao portão - Que recepção maravilhosa - 

- Oi - abaixo minha cabeça e falo o mais baixo possível, dou a volta em Suga e começo  a andar pra minha sala - 

- Yah, aonde vai? - Kook grita - 

- Pra sala - 

- Vem aqui rapidinho, preciso falar com você - volto e fico ao lado de Taehyung que me abraça - Vernon pediu pra que eu te entregasse isso - ele me dá um pequeno pedaço de papel, o pego e guardo em minha bolsa - 

- Ok - saio dos braços de Taehyung e volto a andar em direção a minha sala -

Alguém me puxa pelo braço. 

- Oque deu em você hoje? - era Jimin com aquele sorriso bobo na cara, como ele tem coragem de ainda falar comigo? - 

- Nada - dou de ombros - 

- Não vai ler o bilhete? - ele andava ao meu lado, quem divia me contar algo é você não é mesmo Park Jimin - 

Eu queria gritar com ele e dizer que ele era um idiota que não percebia que eu gostava dele e que ele não devia ficar com a Jennie e sim comigo mas a única coisa que eu faço é dar de ombros e entrar na minha sala deixando ele falando sozinho parado no meio do corredor. 

A aula estava sendo chata e a manhã havia passado rapidamente e novamente Jimin havia sumido na hora do intervalo junto com o Namjoon oque me leva a crer que ele devia estar com a Jennie - faço um pequeno bico - 

Já era hora da saído e dessa vez os garotos me esperavam na porta da sala.

- O meu primo gostou de você - ele deposita seu braço em meu ombro - 

- Ele é um idiota - Jimin fala - 

- Vocês fariam um ótimo par - Jimin encara Taehyung - 

- Sabiam que eu to aqui? Não precisam falar como se eu não estivesse presente - 

- Admita que também está interessada nele - dou um peteleco na testa de Kook -

- Yah, não fale beteira - 

- Falando no diabo, olha ele ali - Jimin apontava para um garoto parado ao lado de uma moto - 

- Sua chance S/n - Taehyung cochichava em meu ouvido - 

- Primo, oque faz aqui? - 

- Eu buscar a S/n para um passeio - Jimin me olha e vejo ele apertar suas mãos - Se ela quiser é claro - 

- Ela quer - Taehyung me empurra em sua direção fazendo que eu batesse meu rosto em seu peitoral - 

- Me desculpa - digo me afastando -

- Tudo bem - ele sorri e logo me puxa para o seu lado me dando um abraço de lado - Vamos? - ele me entrega  um capacete - 

Eu não estava muito afim de ir mas se eu ficasse em casa provavelmente ia passar o dia todo pensando no beijo de Jimin e Jennie  e me lamentando por não estar no lugar dela.

- Vamos - digo um pouco sem graça - 

- S/n você não tinha medo de moto? - Jimin esstava vindo em minha direção - 

- Não se preocupe Jimin, eu cuido dela - 


Notas Finais


Indicação de música: https://www.youtube.com/watch?v=ddCaTvlP1OE
Minha fic com o Jay Park:https://spiritfanfics.com/historia/who-are-you-10615359
Playlist para pessoas apaixonadas pelos covers do Kook: https://www.youtube.com/watch?v=YzuQ5VHu-dY


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...