História My Daddy Love---- Imagine HOT ---- BTS ---- Jeon Jungkook--- - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook, Suga
Visualizações 1.103
Palavras 992
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Hentai, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


BOA leitura❤

Capítulo 7 - A primeira Noite: HOT?!


Fanfic / Fanfiction My Daddy Love---- Imagine HOT ---- BTS ---- Jeon Jungkook--- - Capítulo 7 - A primeira Noite: HOT?!

Jeon:.... O que você falou mesmo? -----

Assim que ele fala, engoli em seco. Olhei para baixo e o maior estava agora só se box em minha frente. Eu tentei falar mais apenas travei, eu pude ver o volume que se formou em sua calça. Passe a lingua entre os lábios e voltei meu olhar para o maior que me olhará com um sorriso muito sexy, e malicioso.

(S/n): e-eu disse... Q-que... --- ele apenas riu por conta de eu ter gagueijado e puxou minha toalha me deixando nua em sua frente. Mordi o lábio inferior e eu acho que corei de vergonha, por estar sem roupa alguma.

Jeon: Você ira ver pequena (S/n)!!! Só por conta do que você falou, sua punição ira começar desde já. ---- Ele falou e saiu andando, eu meio confusa me abaixei para pegar a toalha no chão.

Observo os movimentos do rapaz, ele fechara a porta e em seguida abriu um sorrisinho de tipo "hoje tem". Caminhou lentamente até min, puxou minha toalha o que fez eu corar de novo. Eu nunca havia ficado nua por completo na frente de um homem, pra falar a verdade eu nunca transei.

O maior me empurra na cama, me fazendo cair sobre a mesma. Deu tipo um choque, ao sentir meu corpo bater com a cama. Eu dei um gemido de leve, por conta da dor em meu ombro. Eu ainda estava dolorida por conta da festa, aquela droga mecheu com meus músculos e com minha cabeça.

Jeon: Shiiiu.... ---- Ele fala quando escuta meu gemido de dor

Jeon: Você não pode falar, nem gemer... Só quando eu mandar! Se não... Vai ser bem pior: doloroso, prazeroso.. E talvez você ... Não goste tanto... ---- Assim que ele fala, senti uma coisa meio que quente subir pelo meu corpo. O rapaz havia se agachado, eu não sabia o porque mais logo quando o mesmo abri minhas pernas...

Sinto sua mão em minha intimidade, acariciando a mesma. Ele fazia movimentos circulares com o dedo, eu estava quase gemendo de prazer.. Mais ai ele para. Leva um de seus dedos até sua boca logo umidecendo-o mesmo. E em seguida colocou o mesmo em minha entrada, minha respiração começou a ficar ofegante e ele abriu um sorriso satisfeito.

(S/n): J-jeon...! ---- Disse gagueijando por conta dos gemidos que queria escapar, mais eu estava com um pouco de medo do que ele poderia fazer.

Jeon: Eu disse pra você ficar quieta..!! ---- Ele disse depositando um tapa em minha bunda, um pouco forte cujo com toda certeza ficou marcado.

O maior continuou fazendo os movimentos, cada vez aumentando mais a velocidade de teus dedos.

(S/n): J-jeeonn eu sou virgem... ---- Falei agora deixando os gemidos escaparem.

Ele tirou os seus dedos de dentro de min, e logo ficou por cima de minha pessoa.

Jeon: Melhor ainda... ---- Ele sussurou em meu ouvido enquanto apalpava um de meus seios.

Jeon: E não me chama assim... De Jeon!!! ---- Exclamou ---- Me chama de Daddy!!!

Assenti lentamente com a cabeça e vejo ele se levantar. Assim que ele fica de pé, abaixa sua box deixando seu membro para fora. O rapaz estava nu em minha frente, senti minhas bochechas queimarem certamente eu estava corada.

Jeon: Vai doer... Só um pouquinho!! ---- ele sorri, sera que seria como seus dedos em minha intimidade?! Bom... Eu ouvir uma de minhas amigas falar que não doía muito, e que acaba sendo prazeroso.

Enfim, ele coloca a cabeça de seu membro em minha entrada. Minha respiração começou a acelerar, eu estava me odiando literalmente por esta perdendo minha virgindade sem ao menos ter me casado ainda, sem ao menos ter conhecido o amor da minha "vida"... Se er que existe.

Sinto ele enfiar sem membro pro completo, e eu dei um grito um pouco alto misturado com gemidos... ( aquilo não era como seus dedos... Essa porra doía muito). Ele da uma risada baixa, e começa a se movimentar.

(S/n): V-vai ... Deva-g-gar...isso do-doi... ---- Ele assentiu e em seguida começou a se movimentar mais devagar do que estava.

Aquilo doia? Sim, doía... Mais a dor acabou se transformando em prazer, como minha amiga Lisa disse. Ele então viu que eu estava começando a gostar e começou a se movimentar mais rápido.

Jeon: Fica de quatro... ---- O mesmo saiu de dentro de min, e eu fiz o que ele mandou. Se eu poderia me arrepender depois? Talvez, mais por enquanto eu estava adorando aquilo tudo.. Como eu não perdir a virgindade antes??

Assim que fiquei de quatro, o rapaz da um tapa em minha bunda forte fazendo-me dar um gemido.

(S/n): Jeon is-isso DOI!!! ---- Disse e ele bateu novamente em minha bunda mais forte.

Jeon: Do que você me chamou?? ---- Ele bateu novamente.

(S/n): J-jeon serio... Para!!! ---- Ele bateu de novo.

(S/n): Daddy....! ---- Ele sorri, em seguida depositando um beijo em minha bunda.

Em seguida ele sai e vai até tua bermuda tirando uma espécie de camisinha. Após abrir a mesma e a colocar em seu membro, ele vem até min e coloca o mesmo em minha entrada.

(S/n): Aaaarrrrr, Jeon isso DOI...!!! ---- Ele bate em minha bunda novamente.

(S/n): D-desculpa... Daddy!!! ---- Ele sorri satisfeito e logo eu sinto que já estava chegando em meu ápice, mais o mesmo continuava a dar estocadas fortes, e prazerosas.

Ouço ele começar a gemer, e eu senti como queria ouvir aquele gemido sempre. O maior se senta na cama, me fazendo sentar por cima do mesmo e então manda eu cavalgar por cima dele.

Fiz o que o mesmo havia mandado, e começo a subir e descer devagar para me acostumar com os movimentos.

Jeon: Va-vai mais rápido baby... ---- Ele segura em minha cintura e então começo a subir e descer mais rápido do que antes, ele gemia em meu ouvido coisas "absurdas" e então gemia junto as suas palavras... Aquele gemido, aquele corpo, aquele homem... Eu senti que queria ele pra minha vida... Que queria sentir ele dentro de min...

Meu deus... O que esta acontecendo comigo? O que... Eu estou gostando dele?

*****

Continua....


Notas Finais


Obbg obbg obbbg pra quem leu até aqui, pelos favoritos...
Amo vssss❤❤❤

Ate a próxima

Bjjjs d uma armynatica!!!!😸❤❤❤😚


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...