História My Dear Boss - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Jin, My Dear Boss, Namjin, Namjoon
Visualizações 15
Palavras 1.760
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - The Day


POV'S Namjoon.

J: Não precisa senhor, eu moro aqui perto, vou para casa e depois volto para o trabalho.

Nj: Não, eu insisto.

J: Pelo visto você não aceitará um não como resposta, então tudo bem.

Depois de eu insistir, pegamos o elevador e fomos para o estacionamento e vejo que ele está indo em uma direção contrária que a minha.

Nj: Ei! Para onde você está indo, o meu carro fica para lá.

J: Eu vou no meu carro.

Nj: Não precisa, vamos no meu depois voltamos aqui para pegar o seu carro.

J: Está bem senhor.

Nj: Já saímos de dentro do ambiente de trabalho, pode me chamar Namjoon.

J: Tudo bem Senh...quer dizer Namjoon.

Entramos no meu carro, Ji-Yonny na cadeirinha no banco de trás, Seokjin no banco do passageiro e eu dirigindo, eu recebo uma mensagem em meu celular e que logo aparece no painel do carro, era o Yoongi, avisando que já estava no restaurante nos esperando, então acelero o carro é depois de mais de 20 minutos no trânsito caótico de Seul, eu chego no restaurante mais renomado de toda Seul e vou junto a minha filha e ao Seokjin a mesa que se encontra o Yoongi.

Comprimento o esverdeado com um aperto e mão e sento ao lado da minha filha.

Yg: Olá Senhor.....

J: Seokjin... Kim Seokjin

Yg: Yoongi...Min Yoongi

Sentamos e esperamos o garçom vir nos servi .

G: Boa tarde oque desejam?

Yg: Eu irei querer um tartar de carne,com purê de abóbora e para beber um vinho tinto.

Nj: Eu irei querer um Fettutini com molho de provolone,e para beber um suco de laranja, pois eu irei dirigir.

JY: Eu quero batata frita com bacon e com bastante molho verde.

Nj: Ji-Yonny isso não é um almoço! Ela irá querer um frango grelhado e um suco de maçã.

J: Eu irei querer uma costela suína desossada e recheada, com molho rosé e para beber um suco de frutas vermelhas, por favor.

G: Daqui a pouco estarei entregando os pratos. 一 falou saindo do local

JY: Appa! Depois vamos ao parque?

Nj: Vamos sim querida.一 Depois que eu falo isso eu vejo a garotinha de cabelos negros dar uma gargalhada mais gostosa que eu já ouvi na minha vida, isso acontece depois de um bom tempo que ela não sorri, após a morte da Yidam a mãe dela e minha esposa,  saio dos meus desvaneios, quando o garçom chega com os nossos pratos.

Comemos em silêncio, quando acabamos paguei o almoço, eu, Jin e Yonny fomos ao meu carro, indo em direção ao parque.

Nj: Chegamos!

JY: AEEEEEEE.

J: Ji você tem uma garganta de aço, me deixou surdo agora .

JY: Vou considerar isso como um elogio.一 Falou e nos começamos a rir.

[]方[] Horas depois....

Eu estava sentado, em um dos bancos espalhados pelos parques, observando Jin brigando com Ji-Yonny.

J: Kim Ji-Yonny você não tem idade para ir na montanha-russa, escolhe um brinquedo para sua idade como o... Carrossel.

JY: Não! Eu quero ir na Montanha-russa.一 falou a pequenina batendo o pé no chão, cruzando os braços e fazendo cara feia .

J: Namjoon! Você não vai falar nada? ㅡ falou olhando para mim, que apenas comia o meu algodão doce em paz.

Nj: Filha o Jin tem razão, escolha outro brinquedo.ㅡ ela se deu por vencida e foi para fila do carrinho bate-bate, mas antes deu língua para o Jin, o mesmo estava com cara de vitorioso.

Depois disso o mesmo senta ao meu lado, e eu ofereço o meu algodão ao mesmo, ele pega um pedaço e fico reparando o seu rosto delicado e seus cabelos loiros caiam em sua testa, eu ofereci um pouco mais do meu algodão doce.

J: Obrigado senhor ㅡ diz sorrindo pegando um pedaço do doce 一 Hum, está muito bom.一 diz soltando um sorriso mais doce que eu vi.

Nj: Ji-Yonny gosta de parques de diversão.一 digo olhando a garota que  estava brincando no carrinho de cor roxa com amarelo.

J: Ela é linda! 一 disse olhando a garota que estava sorrindo de orelha a orelha.

Nj: Puxou a mãe 一 falo olhando para ele.

J: E ao pai 一 falou sorrindo com os dentes.

Nj: Bom, nem tant... 一 sou interrompido por gritos de duas crianças sendo uma dessas duas Ji-Yonny, vou ver o que está acontecendo e vejo a minha filha batendo um garotinho que tem o dobro do tamanho dela, eu olho para o Jin, então vamos correndo até eles, e vejo a minha filha em cima do garoto batendo nele, o garotinho que fica em baixo dela pedindo para ela parar, mas a minha filha continua a esfregar o seu saquinho de pipoca na sua cara.

JY: A pipoca era minhaaa! 一 disse jogando pipoca no rosto do pobre menino 一 Minha, pronome possessivo, direcionado a conjugação de verbo e pessoa do discurso EU, era MEU MEU e MEU.一 a garota dizia irritada

Nj: "pronome possessivo, direcionado a conjugação de verbo e pessoa do discurso eu", pelo visto as aulas de coreano está tendo progresso.一 digo tirando a Yonny de cima do garoto, e agarrando ela fortemente, pois se debatia 一 Porque está batendo no pobre menino?

JY: Appa! Ele me bateu e queria tirar a minha pipoca de mim.一 fala chutando o garoto 一 me larga por pelo menos 10 minutos para asfixiar ele com esse saquinho de pipoca, até ele ficar inconsciente 一 falou fazendo carinha fofa.

Nj: Minha querida não se deve agredir os amigos.

JY: Mas Appa , ele não é meu amigo ele é apenas um garoto desprovido de inteligência, que queria tirar vantagem só porque eu sou mais nova que ele, pegando a MINHA pipoca 一 falou dando destaque a palavra "minha".

HD (Autora: Esse HD Não é da TV, é homem desconhecido): Mas oque está acontecendo aqui, o que fizeram com você Alfred 一 falou olhando para o menino que estava sujo por culpa da minha filha.

Nj: Senhor eu não sei, eu apenas vi a minha princesa batendo em seu filho.

HD: Olha só não me obrigue a te ensinar a como educar essa selvagem, seu palhaço 一 falou arregaçando a sua manga, aí mano o meu sangue ferveu.

Nj: Seokjin segura minha filha 一 quando o mesmo pegou a mesma eu dei um soco no olho dele, e pego sua orelha e fico à puxando 一 Seokjin tape os ouvidos da Ji-Yonny 一 o mesmo tapa os ouvidos de minha filha e a vira de costas para o que está acontecendo.

一 Olha só,seu filha da puta, me respeita e respeita a minha filha, nunca fale assim de novo com ela, e quando ela se virar você vai pedir desculpas a ela e ao Seokjin por ter presenciado isso, está me escutando. 一 ele acente com a cabeça e eu dou uma banda nele e solto a sua orelha.

J: Posso virar?

Nj: Pode!

HD: Me desculpa pirra... 一 nessa hora dou um chute nele 一 quer dizer Senhorita Kim, e me desculpa senhor Seokjin.

JY: Nunca se meta com o meu Appa e comigo一 disse saindo vitoriosa.

J: Você está bem?

Nj: Estou sim.

Depois voltamos a nossa rotina normal, fomos a vários brinquedos, eu também ria das birras que a pequena fazia quando o Jin não deixava ir nos brinquedos que ela queria, eu só observava de longe comendo os meus doces.

Eu estava com fome e percebi que era 8:00 horas da noite.

Nj: Filha, vamos para casa, já está tarde.一 falo pegando de suas pequenas mãozinhas um urso que é maior que a minha filha.

JY: Appa! Mais um pouquinho!

Nj: Não filha, já está tarde, vamos ao restaurante e vamos para casa está bem ?

JY: Sim Appa!

Fomos ao meu carro e eu vou dirigindo até o mesmo restaurante, que fomos mais cedo.

JY: Eu estou com fome 一 disse fazendo a carinha mais fofa que eu já vi.

J: Também estou com fome 一 bocejou 一 e também com sono.

Nj: Chegamos 一 falo freando o carro em frente ao restaurante.

M: Boa noite, senhores, mocinha.一 fala uma mulher de cabelos ruivos e dava para ver que ela não era asiática, ela estava nos levando a mesa e nos entregando o cardápio e se retirando do local.

J: Eu já sei o que eu vou querer.一 disse olhando ao seu cardápio

Nj: Também.

M: já sabem o que vão pedir ?一 fala olhando diretamente para o Seokjin.

Nj: Eu vou querer um macarrão ao azeite e alho com molho de camarão.

J: Vou querer o mesmo, por favor 一 falou fechando o cardápio e entregando a mesma.

JY: Eu irei querer um Ravióli com recheio de carne suína com molho pesto, sem salsa por favor.

M: E para beber?

Nj: Eu e a minha filha queremos suco de frutas vermelhas.

J: Eu também vou querer o mesmo.一 a mulher sai sem antes piscar para Seokjin, não sei porque mais isso estava me incomodando.

Nj: Seokjin, você gosta de jogos?

J: Sim, adoro jogos, principalmente os clássicos.

Nj: Qual jogo clássico você gosta?

J: Super Mário, Sonic entre outros.

Chegaram os pratos, jantamos conversando , e quase toda hora a garçonete, ficava nos incomodando o tempo todo, tentando passar uma cantada no Seokjin, mas teve uma hora que eu não aguentei.

Nj: A conta por favor!

M: Aqui está senhor 一 falou quase se esfregando no coitado, pago e fomos para a saída.一 Voltem sempre.

Nj: Nunca mais, esse restaurante foi excluído da minha lista.

J: Senhor, muito obrigado pelo dia, eu estarei indo para casa agora, muito obrigado.

Nj: Não precisa agradecer, mas deixe que eu irei te levarei para a sua casa.一 nos entramos no carro e Ji-Yonny havia acabado de dormir no mesmo, fomos para a casa dele em silêncio.

J: Obrigado, até amanhã senhor Namjoon.

Nj: Até 一 ele entra em seu prédio e eu vou em direção á minha casa\ mansão, chegando lá primeiro abro a porta principal e depois volto para o carro para pegar a minha princesinha que está dormindo como um anjinho, uma das empregadas fala:

JW: Boa noite senhor Kim.

Nj: Boa noite Jiwoo.一 Levo a minha filha para o andar de cima onde se localiza o seu quarto e vejo a mesma acordando.

JY: Appa já chegamos? 一 pergunta sonolenta

Nj:Sim minha linda 一 Falo a colocando em sua cama 一 gostou de hoje?

JY: Sim appa, foi o melhor dia de todos.

Nj: Você gostou do Jin?

JY: Muito, ele é muito legal, nos temos que sair mais com ele. 一 disse sorrindo de orelha a orelha.

Nj: Boa noite minha bebê 一 falo beijando a sua testa,vou para o meu quarto, e vou para o meu closet e pego uma calça moletom e uma boxer preta, e fui tomar um banho, depois de sair do mesmo me jogo na cama, e sorriu ao lembrar do meu dia de hoje, briguei, detestei uma pessoa, sorri , lembrei da minha falecida esposa e fiz novos amigos, e acabei adormecendo.....

   CONTINUA?


Notas Finais


Espero que gostem.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...