História My Dear Vampire- Imagine Min Yoongi Jeon Jungkook - Capítulo 31


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Jay Park
Personagens Jay Park, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Blood+, Bts, Bunnytales, Imagine, Jay Park, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Sex, Suga, Taehyung, Vampire
Visualizações 26
Palavras 1.984
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Hentai, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Sci-Fi, Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 31 - The Visions...


Fanfic / Fanfiction My Dear Vampire- Imagine Min Yoongi Jeon Jungkook - Capítulo 31 - The Visions...

Yoongi On

Estava rodeado de relatórios policiais sobre o caso de Alice, em nenhum deles lhe dizia onde é que ela poderia estar. Foi como se Alice tivesse sumido desse mundo. Sua única companhia era a garrafa de vodka da qual bebia não para se aliviar do stress mas sim para se perder por completo nesse recém adquirido vicio que por várias horas lhe permitia esquecer todas as burradas que cometeu ao se apaixonar pela sua irmã de criação.

"Nada disto teria acontecido se nunca nos tivéssemos envolvido. Que raiva!", pensava para consigo.

-Tou farto dessa merda!- atirou com tudo o que tinhas em mãos na parede.

Yoongi pegou no seu casaco de pele preto e nas chaves do seu carro e saiu porta fora. Cansado de ficar em casa esperando noticias e pelo regresso de alguém que nem ao menos se importou como ele se iria sentir com o seu desaparecimento. 

Hoje iria pegar a primeira mulher que lhe chamasse á sua atenção e iria transar até não poder mais. Estava decidido em seguir com a sua vida e deixar de se sentir como um coitado abandonado.

Jungkook On

Jungkook estava sentado no sofá de sua casa olhando para o nada quando de repente a campainha do seu apartamento toca lhe dando um leve susto.

Levantando do estofado contrariado, Jungkook se dirige até à porta e a abre logo dando um sorriso malicioso para a pessoa que estava à sua porta.

-Pensei que já não viesse mais, gatinha.- Jungkook a puxou pelo pulso colando ambos os corpos e roubando os lábios da garota para si num beijo desesperado e cheio de desejo.

Separou as suas fisicas quando a falta de ar se fez presente.

-Ainda não achou a sua princesinha?- a garota perguntava debochada soltando risinhos estridentes que tanto irritavam o maior.

-Não lhe chamei aqui para falar e sim para me satisfazer. Então cale a boca e vem comigo.- Jungkook a arrastou consigo para o quarto e a atirou rudemente para cima da cama. Tirando a camisa social que tinha sobre a pele amorenada e músculo definidos que faziam a boca da garota salivar e os seus olhos brilharem ao ver o striptease lento que o vampiro estava fazendo. O seu show privado.

O celular de Jungkook toca e o mesmo grunhe com raiva, quem o estaria a incomodar naquela hora da noite. Jungkook estava excitado  irritado, para um vampiro isso nunca é uma boa mistura.

-Alô?

-Jungkook?- a pele do vampiro se arrepiou ao ouvir a voz do outro lado da ligação e um medo se apoderou dele sem saber porquê.

-Mestre. Em que lhe posso ser útil?- Jungkook murmurou receoso.

-Onde é que ela está? Já sabe de seu paradeiro?- a voz rouca do seu mestre lhe causava tremores.

-Não mestre, ainda não sei onde ela está.- Jungkook ouviu o som de algo a ser quebrado contra a parede e um grito horripilante o que o fez se encolher por breves segundos. 

-Você é um inútil mesmo! - o mestre gritou.
Jungkook se ajoelhou no chão quando o seu mestre se transportou do seu esconderijo até ao seu quarto. O mestre o arremessou na parede fazendo com que um som de ossos quebrando  podesse ser ouvido no espaço.

-Não só falhou em passar o cio completo com ela como ainda por cima a deixou escapar por entre os dedos e pior  que tudo isso, ainda não conseguiu encontrá-la. Você quer morrer moleque?- O mestre lhe segurou pelo pescoço e a respiração de Jungkook estava cada vez mais fraca.

-N-Não M-M-Mestre!- O mais velho o largou e Jungkook caiu no soalho do seu quarto quase desmaiado.

-Tem um semana para a trazer até mim, caso contrário, eu te mato, e a sua familiazinha toda.- e num piscar de olhos o mestre desapareceu.

A visão de Jungkook estava turva e o seu corpo doía mais do que alguma vez havia doído.

Yoongi On

Yoongi dirigia para o apartamento de Jimin, se iria fazer loucuras essa noite, queria a presença do amigo para o impedir de fazer algo pior do que sair por aí transando com desconhecidas.

Tocou na campainha do amigo mas nada do mesmo lhe atender.

"Estranho, ele não me disse que ia sair.", quando Yoongi ia virar as costas à porta da casa do amigo algo o impediu, um mau pressentimento.

Tirando a chave sobresselente que o seu amigo escondia no vaso de flores que tinha perto de sua porta, Yoongi abre a porta e se depara com uma confusão de papeis rabiscados e roupas espalhas por todo o lado.

Ficou chocado por alguns momentos pois não estava habituado a ver a casa de Jimin tão desarrumada, a fada sempre fora muito organizada e odiava ver algo fora do sitio.

-Jiminie?- Yoongi chamou mas não obteve nenhuma resposta. Caminhando por entre a confusão, Yoongi consegue finalmente chegar à porta do quarto do amigo, abrindo devagar para não acordar a fada caso a mesma estivesse dormindo ou assim. 

Uma imensa escuridão adornava o espaço e sem conseguir perceber se o monte que estava em cima da cama era apenas lixo ou o seu amigo dormindo, o vampiro acende a luz se deparando com aquilo que ele acreditava ser a lixeira da cidade em cima da cama, era impossivel o Jimin estar a dormir no meio daquela imundisse.

Porém a atenção de Yoongi se virou para o banheiro cuja luz estava acesa e se dirigiu até lá e ao abrir a porta um cheiro nauseabundo lhe invadiu as narinas lhe dando ânsias de vômito.

Olhando em volta com mais atenção tudo parecia sujo e sem brilho, Yoongi abriu as cortinas de banho que circundavam a banheira e o que os seus olhos viram o chocou e lhe fez cair de joelhos no chão com uma mão em seu peito e as lágrimas gordas e quentes a deslizar por sua face chocada e pálida. 

O corpo de Jimin estava ainda na banheira onde o mesmo havia se suicidado, a pele arroxeada e inchada bem como a falta de movimento de respiração da fada davam a Yoongi a certeza absoluta que o seu amigo estava morto. Ao se aproximar do corpo inanimado de Jimin ele pode ver a lâmina em cima da saboneteira e os pulsos dilacerados por dois cortes profundos. A água que enchia a banheira estava azulada do sangue da fada mas ainda era possivel ver todos os detalhes da morte de Jimin.

Yoongi soltou o maior grito que alguma vez dera em sua vida. O seu peito estava vazio, completamente dilacerado. O amor da sua vida havia sumido para parte incerta e agora o seu melhor amigo e único confidente havia cometido suicidio. 

A vontade do jovem vampiro era de morrer ali também, só queria que a dor parasse. Era demais o que sentia e só queria um pouco de paz. Yoongi sentia que já não podia mais continuar a viver assim. 
Chorou por várias horas, perdido no seu sofrimento e desespero sentado no chão do banheiro perguntando ao seu amigo o porquê de ele ter desistido da vida assim. Yoongi queria ao menos uma resposta plausivel para o que estava testemunhando.

Yoongi se levantou do chão e vagueou pelos aposentos do amigo procurando por algo, não sabia bem o quê mas era como se uma necessidade de encontrar esse algo se tivesse apoderado dele e o obrigasse a tal tarefa. Procurou por entre o monte de roupas e lixo e encontrou um caderno. Ao abrir reconheceu imediatamente a letra do amigo.

O começo dos apontamentos do caderno começava com uma despedida e Yoongi se sentou na única cadeira disponivel e começou a ler:

"Meu querido amigo, se por ventura você está lendo isso então é porque minhas visões estão certas e por essa altura eu já terei morrido ás minhas próprias mãos.
Não vou ser meloso nessa minha despedida, quero apenas lhe pedir que me perdoe, eu fui um fraco e não consegui suportar mais o peso que o destino impôs sobre meus ombros. Sou fraco Yoongi! 
As minhas visões sobre o futuro se tornaram parte de meu dia a dia me fazendo perder o sono e a vontade de comer ou de fazer as coisas mais simples como arrumar ou simplesmente respirar.
Vou deixar nesse cadernos todas as visões que tive para que de alguma forma você possa, ainda que por milagre, impedir que aconteçam.
Rezei a todas as entidades milenares e sagradas que por alguma razão o que eu vi era mentira. Que nada daquilo é verdade. E para o bem de todos vocês eu espero bem que sim.
Não vou perder mais tempo me lamentando o quão fraco fui ou que simplesmente fui um cobarde.
Eu te amo meu querido amigo. E mais uma vez me perdoe.
Seja o herói que eu sempre soube que poderia ser e salve o dia.
Jimin"

Yoongi estava incrédulo ao ler a despedida do amigo.

"Visão nº1
Alice segura um bêbê nos braços enquando Yoongi e Jungkook estão ao seu lado se encarando.
O que poderia significar essa visão?
Possibilidade: Alice engravidou durante o cio e visto que ambos os vampiros a ajudaram existe a possibilidade de o bêbê ser de um deles ou até mesmo dos dois."

"Visão nº2
Yoongi está preso em uma cadeira numa espécie de galpão escuro e abandonado enquanto um homem mascarado o tortura e Alice está presente assistindo a tudo sem se mover. O seu lado obscuro estava presente.
Possibilidade: O homem mascarado poderia ser o pai biológico de Alice?????
E porquê Alice estaria assistindo Yoongi ser torturado? Teria a perversão conseguido dominar por completo o seu corpo e ela ter se aliado ao pai? E a tortura? Poderia ser uma maneira de quebrar todos os laços que o seu lado "são" tinha?
Para esta visão eu não tenho muitas respostas e sim muitas perguntas, nada faz sentido aqui. Espero que consiga entender o sigificado dessa visão. "

 

"Visão nº3
Alice está visivelmente grávida amarrada pelos pulsos numa jaula?, enquanto observa George ser levado por Klaus para outra sala. Os gritos de Alice são estridentes demais para conseguir entender o que Klaus diz na visão.
Possibilidade: Será que Klaus consegue raptar George para se vingar dele? E porque razão? O que George esconde?"

 

"Visão nº4
Jungkook está nos traindo ao revelar a Klaus todas as informações que temos reunido em relação a Alice.
Possibilidade: Poderia Jungkook ser o informante de Klaus? Mas que motivo teria para trair os seus amigos? O que tem Klaus em seu poder para levar Jungkook a cometer tal pecado?
Eu desejo com muita força que eu esteja errado, não consigo acreditar que um dos meus amigos seria capaz de fazer tal coisa."

As restantes visões anotadas naquele caderno eram apenas descrições pormenorizadas das mortes horripilantes de cada um de seus amigos e parentes próximos deles. Em quase todas elas Jungkook fazia o papel de servo de Klaus. 

Yoongi não queria acreditar que o fato de Jungkook ser servo de Klaus podesse e ser uma realidade. Tal como Jimin,  jovem vampiro pedia a todos os santos que isso fosse mentira, não podia aceitar o fato de um dos seus amigos ser capaz de tal ato.

Mas para ter a certeza disso, Yoongi estava bolando um plano para expor Jungkook caso ele fosse mesmo servo de Klaus.

Apenas Jin e Namjoon iriam saber do plano. Por serem os mais velhos e sábios do grupo, Yoongi estava confiante que eles podesse ajudar a botar a sua ideia em pratica.
Yoongi ligou aos dois amigos para que viessem ao apartamento de Jimin para o ajudarem a levar Jimin para a mansão e lhe darem um enterro digno que o mesmo merecia. Eles não podiam chamar as autoridades humanas.

A cor azulada do sangue da fada iria apenas chamar a atenção e tudo o que menos precisavam naquele momento era um circo em torno deles.


Notas Finais


Perfil:@Bunnyvieira


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...