História My Hot Daddys - Pecados Secretos - Capítulo 44


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts
Visualizações 78
Palavras 2.437
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Hentai, Josei, Lemon, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Então jogarei a bomba e sairei correndo até o próximo capítulo

Capítulo 44 - ADEUS


Fanfic / Fanfiction My Hot Daddys - Pecados Secretos - Capítulo 44 - ADEUS

-Eu ia matá-lo era um fato porém, quando estava prestes a fazer eu olhei nos olhinhos dele, ele não estava com medo de mim ele não parecia me temer, no início aquilo me irritou então o coloquei dentro da água gelada, mesmo assim ele ainda me olhava, quando soltei seu corpo, ele continuou a me olhar ele …-Yoongi leva a mão a cabeça como se aquilo fosse algo que realmente o machucava.


-Ele continuou a me olhar enquanto se afogava e seus olhos não tinham medo de mim ele se debatia devagar enquanto ele morria parecia que eu  estava morrendo junto…-Ele vira o rosto  com vergonha de Nami que o encarava sem piscar.


-Quando o vi fechar os olhos eu eu não consegui, algo nele me fez mudar ele não tinha medo ele confiava em mim até o último segundo ele confiou em mim,então eu o tirei da água vendo ele assustado chorando, eu...eu...me senti estranho assim que o peguei no colo ele tremia, mas estava vivo, assim que o peguei ele se acalmou, naquele momento eu entendi tudo que me disse antes. -Yoongi se levanta indo ao berço instalado do lado da cama acariciando o rosto de Lyan que dormia tranquilo, a dor em seu peito era enorme.


-Não importa se é meu ou não, porque não fui eu quem escolheu ele, é sim ele que me.escolheu.


Yoongi se.volta para Nami recebendo um tapa em seu rosto ele encara a mulher que tinha os olhos cheios de lágrimas , ele não reage ele sabia que merecia aquilo, logo em.seguida ele sente seu corpo sendo abraçado pela mesma que acabara de lhe bater.


-Eu te amo imbecil...mas.você mereceu esse tapa -Nami falou escondendo o rosto no peito do maior.


-Realmente você é uma bipolar louca, depois de tudo que falei eu não seu lugar não olharia nunca mais na minha cara.


-Não sou você ...e o que importa é você amou o pequeno assim como ele amou você -Às palavras dela fizeram ele sorrir, Min Yoongi se sentia completo, ele tinha tudo que nunca imaginou ter, alguém que o amasse a ponto de perdoar seus crimes é.seus erros, alguém que o aceitava do jeito que era é um fruto desse sentimento único que ele vivia, nada podia estar mais perfeito na vida de Min Yoongi



(...)


Então os boatos são verdadeiros eles realmente agora tem pontos fracos  


- Sim senhor


-Descubram tudo a respeito das mulheres é dos bebês, quanto será os órgãos daquele pivetes ...Suga é Monster irão pagar caro por destruir um império como a Sangari bom agora vejamos o que farei com eles, preciso atrai-los de alguma forma


-Senhor o melhor modo é através das mulheres é crianças aparentemente ele são bem cuidadosos com suas famílias.


-Kain...você pode atacar às mulheres e filhos é trazê-las aqui.


-Sim senhor mestre Yon não será difícil, só preciso das informações a respeito delas.


-Muito bem Suga é Monster estão prestes a desaparecer do mapa … para sempre.


(...)



Dias depois Nami recebeu alta saindo do hospital com Lyan sendo escoltada por seus brutamontes de estimação que estavam felizes de ter sua chefinha de volta.


-Riu Kio como foram às férias sem mim seus miseráveis me deixaram sozinha no meio do nada -Nami falou sorridente recebendo o olhar divertido de seus dois guardas.


-Me levem pra minha casa por favor saudade da minha cama.


Nami estava tranquila com o pequeno em seus braços assim que Kio vai para o banco do motorista é Riu abre a porta ambos levam dois tiros caindo no chão, Nami olha em volta desesperada quando um furgão para a sua frente puxando ela com força arrancando o bebê de seus braços ela tem um saco preto posto em sua cabeça enquanto o bebê gritava por ter sido tirado de perto de sua mãe.


-P-por fa-favor façam o que quiser comigo mas não machuque meu bebê…-Nami estava desesperada ela estava cercada ela sentia às respiraçoes é sabia que seu bebê estava próximo pois ouvia o choro dele.


-Me dêem o bebê ela vai se acalmar se estiver comigo -Ela falou sem ver nada sentindo falta de ar devido ao saco estar apertado, mas logo ela senti o cheirinho do seu pequeno ela o abraça forte é aos poucos ele se acalma ficando quietinho enquanto Nami chorava em silêncio torcendo para que Yoongi já estivesse atrás dela.



Não muito longe de lá Sun estava no parque com Miu que brincava com uma bolinha enquanto os seguranças vigiam às duas, Sun se levanta ao ver Miu chorando, ela sabia que a pequena estava suja é que teria que trocar a fralda, assim que ela entra no banheiro uma mulher se aproxima


-Ela é linda


-Obrigada -Sun disse orgulhosa de sua monstrinha


-Pena que vai morrer -Sun não teve tempo de reagir pois um pano foi posto em seu rosto fazendo a maior desmaiar, Miu estava chorando também teve o pano em sua face a deixando desacordada, a mulher colocou os dois corpos dentro de um lixo é saiu empurrando passando tranquilamente entre os soldados levando ambas até a parte mais distante onde transferiu os dois corpos para um furgão.


(...)


Era horário de almoço Yoongi estava a caminho da casa de Nami com um urso que ele considerou tosco mas que sabia que Nami gostaria, quando seu telefone toca



-O que foi Kio  


-É..eles a l-levaram…


-Eles a levaram quem levou o que -O peito de Yoongi já batia acelerado


-S.. Sangari…


-Que direção


-N..no-noroeste Senhor …


-Receba os cuidados médicos é se movimente vocês dois….


-Sim s-senhor


-Mas que porra!!!! -Yoongi desliga virando o carro com tudo indo contra mão em direção ao noroeste, Yoongi sabia que toda aquela calmaria que estava vivendo poderia ser sinal de problema, ele sabia que enquanto existisse sua família correria perigo..ele liga para o irmão


-Nam Sangari sequestrou a Nami veja se a Sun está bem estou indo a noroeste mande reforços



Namjoon não exitou em pegar seu telefone e ligar  para sua mulher , porém ao cair na caixa postal ele já se desesperou ele ligou novamente já usando outro telefone ligando para Mark


-Mark Nami foi sequestrada e a Sun…


Ele não terminou a frase pois o seu celular tocou ele viu que era sua mulher


-Alo bebê onde você está? -Ele falou rápido um pouco eufórico porém a voz do outro lado da linha o fez cerrar os punhos com raiva.


-Hora hora hora, parece que não é sua bebê, que bom falar com você Monster…


-YON DESGRAÇADO VOCÊ NÃO ESTAVA MORTO-Namjoon grita em cólera.


-Estava mas decidi vir do inferno pra levar vocês dois comigo. Então como vai o Suga


-O que você quer?


-Vingança você destruíram tudo que levei anos para construir


-Nós você que colocou um incompetente psicótico para ficar em seu lugar.


-Isso é verdade meu irmão era inútil, mas agora estou de volta e não vou permitir que vocês vençam então farei uma troca a suas vidas pelas vidas das suas mulheres e do seus pivetes, não se esqueça que a especialidade da Sangari é tráfico de órgãos e aparentemente esses quatro estão muito saudáveis, sua mulher é sua amiguinha estão sendo bem usadas… aparentemente elas fazem qualquer coisa para.evitar que machuquem esses dois ratinhos...bom vocês tem 4 horas para chegarem até o endereço que te mandarei e venham sozinhos ou elas morrer junto com suas crianças.


O telefone desliga e Namjoon cai prostrado no seu assento de couro negro ele liga para Yoongi eles tinham pouco tempo, Namjoon não tinha nenhum plano nem Yoongi tudo que eles fazem e ligar para todos avisando o que aconteceu porém antes de partir Namjoon faz uma última ligação, assim que finaliza ele desce recebendo uma mensagem de Yon com as coordenadas ele passa a mensagem a seu irmão indo em direção ao local indicado, quando seu celular toca e ele recebe um vídeo de sua mulher presa enquanto três caras que a atacavam, ele range os dentes de raiva, logo outra mensagem com fotos de sua bebê toda marcada a caneta pronta para corte, às lágrimas no rosto de Namjoon são abundantes ele não tinha dúvidas do que fazer.


-Yoongi recebeu um vídeo de Nami sendo agredida e torturada por uma mulher, logo em seguida um vídeo de Lyan sendo jogado de um lado para o outro como um boneco, seu coração doía de desespero e medo Yoongi também sabia o que tinha que fazer.



No meio do caminho eles se encontraram e decidiram ir em um único carro, Namjoon e Yoongi abandonaram às armas indo limpos para o matadouro eles sabiam que era um caminho sem volta mas eles tinham coisas mais importantes que suas vidas para proteger é agora eles entendiam o que era ter um amor incondicional por alguém.


-Nammie … vai ficar tudo bem com elas ...Yon pode ser tudo mas tem palavra -Yoongi falou baixo com a mão no rosto enquanto o maior dirigia.


-Eu sei será melhor assim…-Namjoon olhou seu irmão menor ele sabia que enquanto eles vivessem todos estariam em perigo.


-Foi bom dominar o mundo com você Yoongi


-Digo o mesmo -Yoongi respondeu chegando ao galpão indicado onde Yon os aguardava, com suas mulheres e filhos a troca foi rápida Yon não estava interessado em nenhum dos quatro o que ele queria era os líderes da Babel.


Enquanto Namjoon e Yoongi caminhavam para Yon, Nami Lyam Sun é Miuki iam em direção ao carro, eles puderam trocar últimos olhares com às mulheres que mudaram tudo neles tudo em suas vidas


-Eu te amo -Yoongi balbuciou vendo Nami em prantos toda ferida segurando seu filho em seus braços -Nami tentou ir até ele mas um gesto dele a fez parar, ela sabia que aquilo era uma armadilha ela sabia que usaram ela e o bebê para fazer Yoongi ceder, um ódio crescia dentro de Nami enquanto ela entrou dentro do carro com Sun ao seu lado ambas estavam em choque ambas estavam desesperadas quando viram eles entrarem no galpão olhando para elas uma última vez tendo certeza que elas estariam  bem, Sun e Nami haviam sido orientadas por Kain a sumir caso contrário  os próximos seriam seus ratinhos.


Porém Nami não conseguia sair do lugar Sun tremia da cabeça aos pés, porém tudo piora para ambas quando ouvem o Som de quatro tiros no mesmo segundo Nami pisa fundo no acelerador do carro chorando sem parar ela esperava que logo Yoongi e Namjoon aparece a seu lado mas isso não ocorreu Sun não falava apenas apertava Miu em seu corpo com toda sua força chorando copiosamente, Nami dirigia com dificuldade ela não enxergava nada pelas lágrimas então parou o carro e tudo que elas viram foram chamas subindo pelo céu, elas queriam acreditar que eles tinham escapado mas uma ligação acabou com tudo.


-Bom meninas apenas para dizer que eles estão mortos e nem adianta procurar os corpos pois mandei queimar tudo se declarem viúvas é fiquem longe do meu caminho daqui pra frente Sangari é quem tem o controle de tudo, apenas recuperando algo que já era meu...nada pessoal -A risada do Homem fez Nami morder o lábio o fazendo sangrar ela respira fundo ela não permitiria que ele ficasse com o que era de seu amado, a dor da perda é a raiva consumiram Nami.



-Você ...v-você vai pagar tão caro...eu vou matar cada um que você ama...cada um que você já amou...você não tem ideia do demônio que acabou de despertar, Yoongi  era tudo que eu mais amava, é você  o tirou de mim, agora irei tirar tudo de você menos sua vida...você irá sofrer - O tom de voz que Nami usou de alguma forma fez o poderoso Yon tremer, ele não quiz acreditar que uma mulher poderia ter esse poder, mas algo na voz dela o assustou a ponto dele engolir em seco se arrependendo de ter dado dois tiros certeiros em seus inimigos ele tinha certeza que eles estavam mortos afinal eles não tinham como sair do galpão e ele viu o fogo se espalhar é os gritos deles com seus corpos sendo queimados, ele vencerá , mas agora se sentia estranho aquela voz era assustadora, uma mulher com poder...ele nega a si mesmo que uma mulher pudesse ser uma ameaça e sai para comemorar.


Nami dirigia totalmente sem rumo com Sun que não tinha reação além de chorar em silêncio para não acordar os pequenos que não entendiam o que aconteceu e já estavam dormindo em paz,  Nami  gira o carro no meio da estrada ao ver o carro de seu irmão é a polícia indo em sua direção , ela volta ao local encontrando o galpão destruído ela se ajoelha no chão segurando as cinzas em suas mãos jurando vingança.

-N-nami -A voz calma de seu irmão a fez se virar é encara-lo sem ação


-E-eles estão mortos… -Nami balbucia vendo o rosto de seu irmão ficar pálido.


-Não eles eles não morreriam assim, eles eles aqueles imbecis trogloditas -Às palavras de Nami foram pesadas para Jin afinal Namjoon se tornará seu melhor amigo.


Jimin caiu prostrado no chão agarrado às pernas enquannto Kook o abraçava totalmente preocupado, Hoseok se apoia no namorado sentindo seu corpo fraco, ele havia se tornado muito próximo aos dois pelo fato de trabalhar com ele, Hoseok os tinha como  irmãos , Jackson  parecia aéreo a situação segurando corpo de seu namorado, com um pouco de força , aparentemente ninguém ali queria acreditar que Yoongi é Namjoon poderiam estar mortos, Jimin  chorava sem parapois em todo esse tempo Yoongi se tornou  um irmão mais velho para ele e aquilo não podia ser verdade.


Por mais de cinco horas ninguém saiu dali no fundo eles tinham esperanças, porém no meio da madrugada um legista se aproximam falando que  dois corpos foram encontrados carbonizados é a única coisa que restou foram alianças que não derreteram aparentemente eles às seguraram com força, séria a única forma de identificar os corpos, Nami e Sun são chamadas para identificar às peças, Nami estava com medo do pior, mas não tinha como fugir , seu corpo perde às forças sendo apoiando por Tae e Hye, ela  pode ler seu nome gravado em uma das alianças, era a aliança de compromisso  que Yoongi mandou fazer pra ela assim que eles tinham voltado de suas férias, ela perde às forças seu corpo desabou enquanto os amigos tentavam se acalmar mas ninguém ali estava bem, Jimin precisou ser elevado por Kookie Hoseok desmaiou nos braços de Jackson que chorava como criança, Jin precisou de Mia para se manter em pe, Nami estava no chão entre às pernas de Tae que deixava lágrimas silenciada descerem, ela gritava enquanto Sun empurrava soldados e policiais tentando chegar até  os corpos  gritando desesperada,o nome de seu amado, Nami vai perdendo a visão o  ar se torna ácido para seu peito até ela desmaiar...ela o tinha perdido pra sempre...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...