História My Model - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jin, Jungkook, Rap Monster
Visualizações 4
Palavras 1.168
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fantasia, Romance e Novela, Saga

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Por que esta aqui?


Fanfic / Fanfiction My Model - Capítulo 2 - Por que esta aqui?

Mais um dia de dificuldade com o Jungkook os tipos de roupa que ele escolheu  são péssima,  eu não sei mais o que fazer com esse garoto.  Dois dias dois  e até agora não muda nada,  Aish quando e que ele vai melhorar? O bom disso tudo e que a competição ainda esta em andamento e  meu garotinho esta entre os vinte melhores me da tanto orgulho.  De repente escutei um barulho na porta bem na hora de tirar outra foto do Jungkook,  fui abrir e tive uma das piores surpresas...

Minha mãe estava la com a cara de quem tinha aprontado , fui fechar a porta na cara dela mas não tive sorte nenhuma . Ela empurrou a porta na hora e foi entrando como se fosse sua casa.

- FILHA! Como você está senti saudades    , antes de perguntar o que estou fazendo aqui da um abraço em su madre (mãe )

- pode esquecer vc trata de ficar longe de mim, ainda mais como me achou pensei que ia ficar no México com o papai 

- Ha! Olha para mim sou um espírito livre não vou ficar naquela casa nem que me pague pra isso.

- deveria ele seu marido e. .. olha se veio pedir dinheiro ja dei a você mais do que o suficiente . Ouvi Jungkook tossir como se quisesse chamar minha atenção so não entendi o porque,  depois de alguns segundos me toquei , tinha que tirar logo as fotos dele se não iríamos voltar para a estaca zero

- olha mãe eu to muito ocupada agora se n percebeu tenho trabalho aqui 

- ou sim sim filha mais queria...

Minha mãe olha para o Jungkook , o encarando e dando um sorriso maliciosos que eu concerteza ja sabia o que queria dizer

-UAU papy vejam só estou de ante de um modelo, mais que honra , ui deu até calor aqui alguém liga o ventilador .

Bati o pé com força que deu a entender que era pra ela calar a boca , mais quem disse que faria isso ," por que está aqui " pensei depois que cruzei os braços nervosa e indignada . Minha mãe sempre  tem que estragar tudo pra onde vou ela aparece nunca me deixa em paz so queria um pouco de sossego dela.

- mãe acho que você ja pode ir embora 

- querida mamãe vai ficar aqui que tal tirar algumas fotos minhas também hum? 

 Não!! Agora vai embora.  Gritei tão alto que chamei a atenção do meu chefe que passava pelo corredor,  dessa vez não estava com sua esposa.

- Posso saber o que está havendo aqui por que tanta gritaria.

- Bom pai parece que está tendo casos de família aqui dentro.  Jungkook deu uma risada irônica se virando para mim,  isso mexeu com meus nervos,  peguei minha bolsa e disse ao mesmo que era pra ele tira o resto das fotos em minha casa . Minha assistente me viu saindo do estúdio e me seguiu , nem me importei de deixar minha mãe lá ela sabe se vira sozinha. Fui direto pra minha casa depois de dar autógrafos para os fãs que estavam na empresa .

(Mãe ) -  ai ai não sei mais o que fazer com essa menina . Disse ela do lado do Jungkook após seu pai voltar pro escritório .

- Não quero ser intrometido mais porque ela te odeia tanto ?

- Hyung-hee teve dificuldades na sua infância e pós a culpa em mim.

- o que ouve exatamente?  . Ele poe a mão no bolso da calça e encosta na parede concentrando-se nas palavras dela.

- Okay okay vou falar,  Hyung-hee quando nasceu estava tão feliz , era uma princesa perfeita nem parecia ser da minha família, os anos se passaram e eu cansei de criar ela eu queria sair me divertir sem filhos pra incomodar,  fiz isso e tive muitas brigas com o pai dela , queríamos nos separar mais Hyung-hee era muito pequena ainda precisava da família . Não demorou muito pra eu piorar passei dias fora so na farra e elae o pai em casa , logo ela começou a cuidar dele , era pra nós cuidarmos dela só que foi ao contrário . Quando eu voltava pra casa o pai dela saia e quando ele voltará eu saia, e minha pequena cuidava de ambos . Ela cresceu assim e depois de uns anos se tornou famosa e jurou pra sua vida que nunca mais me veria.

 - nesse quesitoa senhora foi mesmo a culpada , entendi porque ela e tã... Tão... brava. 

- so ter paciência e desafia-la se quer conquistar ela não façao que ela quer

- Não quero conquistarela meninas do seu tipo nem me interessam quanto mais rápido eu ganhar a competição mais rápido me livro dela.

- Ah papy vai me dizer que não sente nada por ela, isso e difícil de engolir 

Ele se vira para ir embora depois de trazer minha mãe pra minha casa. Provavelmente ele olhou meu currículoe viu meu endereço,  o puxei para dentro do meu quarto antes de ir embora.

- vc não fique muito perto da minha mãe ela não bate bem da cabeça 

-ah.. Ela me contou o que aconteceu entre vocês duas não se preocupenão vou fica perto dela 

- ela. .. O QUE!  AISH ISSO E SO PRA ACABAR COM A MINHA VIDA CANSEI DISSO .

- vish filha se acalma não explode não . Ele chega perto de mim encarando meus olhos buscando algo para me ajudar dentro deles, senti um arrepio subir no meu corpo,  respirei fundo e o empurrei  .

- tá ta já pode ir embora quero descansar um pouco.   Vai Jungkook não quero ver sua cara.

- hahahah vai ver minha cara de qualquer jeito afinal sou seu modelo . Ele da um sorriso maliciosoee abre a porta após eu jogar um travesseiro nele. Escutei- o ir embora e os gritos exigentes da minha mãe pedindo coisas  , me joguei na cama e coloquei um travesseiro na minha cabeça rezando pra dormir logo e não escutarsom nenhum até de manhã. 

Finalmente dormir só  que acordei  3:00  da madrugada por que ouvi um barulho de vidro caindo no chão,  com certeza deveria ser minha mãe quebrandoas coisa da minha casa . Levantei da cama furiosa e fui até a cozinha pronta pra dar uma bronca em minha mãe,  me enganei ao ver que era um gatinho filhote passeando pelos copos que estavam em cima da pia , da onde esse gatinho tinha saído eu não sabia , até que vi a janela da cozinha aberta , fechei a janela e peguei o gatinho. Fui para a sala e acendi a lareira , sentei no sofá e acariciei o gato.

- coitadinho está tremendo . Sussurrei para depois levantar e ir no meu quarto pegar umas cobertas, fiz uma cama improvisadapara ele e o coloquei la , me cobri com a outra coberta e fiquei fazendo carinho no mesmo até dormir. Mal percebi que avia capotado em 5 minutos dormi profundamente sem me preocupar com nada


 




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...