História My perverted Stalker (Imagine Hot Jeon Jungkook) - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Visualizações 682
Palavras 1.343
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente vou tentar responder todos os comentários está muito difícil estou de castidade então já sabem me perdoem por demorar tanto pra responder
Prometo ser uma autora melhor para vocês
Desculpem mais uma vez
BORA PRA ESSE CAP DO HOJE CLA

Capítulo 13 - VIII-"Soo my"


Fanfic / Fanfiction My perverted Stalker (Imagine Hot Jeon Jungkook) - Capítulo 13 - VIII-"Soo my"


                -O ganhador escolhe aonde será a próxima foda – Ele diz enquanto mordica os lábios


Cretino me seduzindo ainda mais


            - Proposta interessante eu aceito – Digo o puxando pra mais perto, ele precisou dizer mais nenhuma palavra ele me levantou correndo para o banheiro, me colocou no chão virando rapidamente trancando a porta, quando ele virou ficou me olhando na verdade ele sorria enquanto olhava pra mim e eu fazia o mesmo sorrindo pra ele de volta, mas nosso contanto visual não durou muito ele me jogou contra a pia de mármore me fazendo ficar de costas pra ele apenas admirando suas expressões pelo espelho do banheiro


            - Você e uma perdição sabia ? Você e essa bundinha grande, empina pra mim hum ? – Sussurra mais rouco com que o normal me fazendo segurar os mármore e empinar pra ele o maximo que posso o fazendo arfar, morder os lábios e tombar a cabeça pra trás


            - Merda assim, tão grande – Diz adentrando suas mãos para dentro do vestido que eu usava pegando uma de minha nadegas entre seus dedos apertando com força me fazendo choramingar


            -Shiu bebe não podem nos ouvir – Sussurra com a boca colada em meu ouvido me fazendo engolir seco, ele me deito mais na pia assim encostando sua cintura contra minha bunda me fazendo sentir seu pau grande e grosso pulsando no meio das minhas nadegas 


            Droga tão necessitado


Ele começa a esfregar sua pelves contra a minha bunda roçando seu membro contra minhas nadegas me fazendo ofegar baixo, ele juntou um pouco do meu cabelo o enroscando em seu pulso o puxando fazendo minhas costas arquearem na direção de seu peitoral choraminguei baixo assim ele aumentou os movimentos simulando estocadas me levando ao deriliro total 


            -Kookie por favor – Sussurro com um fio de voz enquanto segurava a bancada da pia com mais força tentando descontar minha pressão sexual


            -Por favor o que ? o que você quer ? – Diz aumentando a preção de suas investidas e puxando meu cabelo com mais força


            -Eu preciso de você por favor, eu quero você de mais – Sussurro ofegante enquanto avaliava sua imagem no espelho a touca que usava já não se encontrava em seus cabelos desgrenhados agora, ofegante com a boca entre aberta mostrando um pouco de seus dentinhos salientes que o faziam parecer um coelhinho os olhos agora fechados ele era a perdição em pessoa


            - Não vou me contentar com isso, quero mais detalhes – Sussurra enquanto faz contato visual comigo pelo espelho enquanto esta com as sobrancelhas arqueadas  e um sorriso cafajeste maldito sorriso eu estava totalmente vulnerável a ele  droga respiro fundo me preparando para as palavras que iria proferir agora


            -Eu quero que seu pau grande e grosso deslize pela minha bocetinha molhada e pulsante por você, não me faça esperar muito hum ? – Sussurro baixo enquanto minhas bochechas ferviam não era acostumada a dizer coisas assim, ele morde os lábios enquanto ofega


            - Quando penso que não tem como melhorar, merda – Sussurra mais pra ele do que pra mim, me vira fazendo seu peitoral se chocar contra os meus peitos suas mãos ágeis logo se desfazem do meu vestido rosa liso me deixando exposta pra ele eu usava um conjunto de calsinha e sutiã de pirulitos cômico não ? ele sorriu e depois balançou a cabeça tentando se desfazer de algum pensamento me deixando confusa enquanto ele tirava suas roupas a jogando em qualquer canto ficando apenas com sua Box preta ele se afasta um pouco de mim se sentando na beirada da banheiras cruzando os braços


            - Eu quero que você tire pra mim – Ele sussurra rouco apontando com a cabeça para minhas roupas intimas eu me encolhi um pouco com seu pedido piscando algumas vezes tentando entender o porque


            -Agora – Manda ríspido enquanta tombava a cabeça pro lado fazendo um arrepio correr em minha espinha ele estava sendo tão dominador droga estou totalmente a mercê dele respirei fundo e olhando pro chão guiei minhas mãos para o fecho do sutiã em minhas costas  soltando fazendo meus seios saltarem assim por serem libertados do aperto, uma de minhas mãos foi ate uma das alças finas do sutiã a deslizando pra baixo, assim que acabou fiz a mesma coisa com a outra alça fazendo a peça cair no chão coloquei minhas duas mãos na barra da minha calsinha a deslizando pra baixo bem devagar, passei meus pés por ela e assim olhei pra frente esperando alguma reação do Jungkook que estava se masturbando rapidamente enquanto mordi os labios fui ate ele afim de ajudar ajoelhando em sua frente trocando sua mão pela minha


            -Merda garota, eu sabia que não ia aguentar ficar só olhando, mais rápido – Ele ura de prazer bem baixinho enquanto se deliciava no prazer que eu dava a ele ou tentava, assim movendo minha mão pra cima e pra baixo esfreguei meu dedo na glande espalhando seu liquido em meu dedão


            -Assim continua assim – Diz enrugando a testa continuei do jeito que ele disse e logo senti jatos de um liquido quente irem direto ao meu rosto me fazendo parar e passar o dedo sobre levando ate a boca sentindo o gostinho era doce ? Salgado ? Não sabia muito bem distinguir mas era bom limpei todos os vestígio perto da minha boca com a língua e limpei a bochecha com meu dedo levando a boca novamente, Oppa passou seu dedo por minha bochecha suja tirando meu dedo e colocando o seu com brutalidade dentro de minha boca, segurei segurei sua mão enquanto sugava seu liquido chupando o dedo do Oppa olhando em seus olhos que estavam esbanjando luxuria


            - Chega de tortura – Diz baixo me puxando para o Box do banheiro e ligando o chuveiro no frio me fazendo arrepiar


            -Quero quente, quero quente – Choramingo baixinho enquanto dava pulinhos tentando esquentar um pouco


            -O que vamos fazer já vai te esquentar bastante – Diz enquanto me jogava contra o Box  me fazendo colocar as mãos no vidro


            -Eu estou tão louco pra te foder – Sussurra enquanto pincela seu pau perto da minha entradinha batendo seu pau em meu clitóris fazendo barulhinhos eróticos ofeguei eu estava em êxtase ele logo socou dentro de mim  me fazendo dar um gritinho baixo de surpresa, ele juntou meus cabelos e os enroscou em seu punho enquanto e outra ele depositou em minha cintura apertando a carne com força dando mais força aos seus movimentos, ele começou a se movimentar bem devagar enquanto puxava meus cabelos pra tras


            - Ai, você e tão bruto Jeon – Choramingo fincando minhas unhas em sua mão que estava depositada em minha cintura


            -Estou sendo bonsinho com você ainda, ainda vou te foder ate deixar sua bocetinha vermelha de tanta surra de pau que você vai tomar, vou te fazer gemer como uma gatinha no cio – Sussurra colando sua boca em minha orelha e logo após  indo para o  meu pescoço distribuindo mordidas e chupões


            - Então me fode gostoso – Sussurro o fazendo ir mais rápido socando em meu interior


            -Tão quente, tão molhada, tão apertada Ohh porra – Sussurra socando seu pau com mais força me fazendo soltar o ar entre os dentes


            -Você esta me arregaçando com esse seu pau grosso Gukk – Sussurro sentindo ele me alargar mais e mais


            - Tão fodidamente gostosa merda, tão minha – Diz segurando minha cintura com possesividade enquanto fodia minha bocetinha com gosto


            - Todaa minha, so minha – Sussurra enquanto ura baixinho em meu ouvido


            -Merda assim, ahh porra Kookie – Sussurro quando ele acertou meu pontinho fazendo todo meu corpo estremecer


            - Minha garotinha, so minha e de mais ninguém – Sussurra socando meu pontinho varias vezes


            -Sua Papai so sua – Sussurro enquanto meu corpo ia a delírio com os toques do Guuk


            -Amor eu vou gozar – Oppa apertando minha cintura com força


            -Ahhh merda Ohhh Vem pra mim goza pra mim – Digo enquanto gozava e contraia


            -Ohhh você esta me apertando ainda mais caralho – Diz enquanto estoca com força me fazendo tremer estava sensível ele retira de dentro de mim e goza em minha coxa


            -Tão fodidamente deliciosa  



Notas Finais


Desculpem a demora
Perdão qualquer erro
Até a próxima
-Kissus de açúcar


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...