História My reason - Capítulo 54


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook
Tags Jikook
Visualizações 103
Palavras 1.067
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 54 - Cap 53 - ancient secret


Jimin estava a caminho da casa de seu pai pra conversar, sozinho dessa vez. 

Ele precisava disso. Jimin se sentia um idiota, pois era bobo demais. 

Seu pai batia nele, o maltratava, mas Jimin se preocupada como um idiota. Porque afinal, ele só tinha seu pai de família aqui nessa cidade. 

Seus pais se mudaram da Córeia pra cá, e Jimin nasceu aqui. Então nunca ficou tão próximo de seus tios e tias. 

As coisas ficaram mais difíceis quando sua mãe morreu quando o mesmo era criança, em um estranho acidente de carro que seu pai nunca deu uma explicação certa até hoje.

(Batida na porta) 

- Ah...Você... diz - seu pai - O que quer Jimin? Estou ocupado. 

- Podemos conversar? 

- Suas conversas são sempre bobas e idiotas 

- Por favor... 

O pai de Hoseok respira fundo, e aceita finalmente pedindo pro filho entrar. 

Eles se sentam na sala, seu pai o encara com um olhar totalmente difícil de definir. Jimin poderia jurar que era ódio, mas não queria imaginar essas coisas vindo de seu pai.

Ele queria acreditar que mesmo depois de tudo isso, seu pai ainda o amava nem se for um pouco, um pouquinho. 

- Fale logo, estou resolvendo alguns problemas... 

- Eu sei o que você está resolvendo 

- Han? 

- Você está devendo pessoas da pesada, não é? 

- Mas o quê? Por quê está falando isso?! Quem te falou essa merda? 

- Pai, eu descobri.

O pai suspira. 

- De qualquer forma, não é da sua conta. Eu continuo pagando sua escola, não é? Então o resto não te interessa! 

- Eu não vim aqui lhe julgar, você é meu pai. 

- Quer saber Jimin, você pode voltar pra casa, tá bom? Se é isso que quer, volta, volta mas só você! 

- Não posso 

- Por quê não pode? É claro que pode! Só quem diz o que você pode ou não pode sou eu! 

- Pai, eu estou com o Jungkook

Seu pai levanta do sofá à frente de forma rápida, com uma cara não muito boa. 

- Levanta... - diz 

- Mas... 

- Só...levanta 

Jimin o obedece, ficando cara a cara. 

- Você vai terminar essa merda de relacionamento, está entendendo?! Eu procuro uma garota pra você, uma garota que aguente suas loucuras. Quer namorar? Quer sexo? Então está bem, você vai ter! Mas com uma garota! 

- Eu não estou com ele por conta do sexo... Eu gosto dele! Caramba, por favor aceite que eu gosto de homens 

- Desde que ele chegou você só se fodeu! Se não está aqui em casa, é por conta dele!

- Por que me odeia tanto? 

- O quê?! 

- Você não me trata assim apenas por eu ser gay, tenho certeza. É muita tempestade pro um motivo tão bobo. Tenho certeza que tem algo além disso 

- Você não sabe de nada, então cale a boca 

- Não estou certo? Tem outro motivo, não é? 

- Quer levar outro tapa dos mil que eu já te dei? 

- Não me importo... 

O pai de Jimin vira pra trás batendo na parede, se contendo pra não bater no garoto.

- Vai pai, me fala 

- Você gosta de apanhar? Está parecendo! Cale sua boca e saia daqui logo... 

- Eu não vou sair daqui até você me falar o que eu fiz pra você me tratar assim... 

- Porque você é gay 

- NÃO É POR ISSO, ISSO É UMA DESCULPA! VOCÊ IMPLICA COM TUDO O QUE EU FAÇO, COMO PODE SER APENAS PELA SEXUALIDADE?! 

- ESTÁ GRITANDO COMIGO?! SE COLOQUE NO SEU LUGAR FALA! 

- ANDA LOGO, FALA!

- PORQUE O AMOR DA MINHA VIDA MORREU POR SUA CAUSA, SEU IDIOTA RETARDADO! 

Hoseok fica imóvel. 

- C-como assim? 

- Você não se lembra, Jimin? - risada irônica 

- Claro que não se lembra, era muito pequeno. Quantos anos tinha? Seis? Sete? Menos? Por ai. 

- Do que o senhor está falando? 

Pai de Jimin começa a rir da forma mais falsa possível. 

- Você fugiu naquela noite pra ir pra casa do seu amiguinho, lembra? Era tarde da noite, perigoso pra uma criança mas você foi! Ele era seu único amigo da época, hoje você nem sequer fala mais com ele...

Suspira e continua: 

- Sua mãe foi te pegar lá de carro só que né Jimin ....ELA NÃO VOLTOU NUNCA MAIS! SE VOCÊ TIVESSE FICADO EM CASA NAQUELE MALDITO DIA, NENHUMA MERDA DE ACIDENTE DE CARRO TERIA MATADO ELA! 

Jimin já estava chorando. Era triste ouvir aquilo. 

Não interessa se Jimin era apenas uma criança e não tinha culpa de nada...pra ele, ele tinha culpa sim. 

Jimin já se menospreza demais mesmo. 

Seu pai segurava pelo seu capuz do casaco o tirando de sua casa.

Enquanto o moreno chorava e pedia desculpas várias vezes seguidas

Quando ele se tocou, já estava no chão da calçada. 

E seu pai entra em casa batendo à porta com tudo. 

Entre várias lágrimas e um rosto vermelho, Jimim sai da frente daquela casa e começa a andar pela cidade. 

Ele estava mal. 

Nesse momento nem ligava se as pessoas estavam vendo ele chorar. Até que chegou em um lugar reservado, um túnel pra ser mais específico.

Ele gritou e deixou sair todos os seus sentimentos ruins. 

Até que seu celular apita: 

Matt: vem aqui em casa agora

Matt: é sério 

Matt: me responde vc esta visualizando 

Eu: não quero não 

Eu: estou muito ocupado morrendo aqui 

Matt: affs é importante 

Matt: dude, é importante serio 

Eu: aaaaa 

Eu: ta, mas q seja rápido 

Matt: acredite vai ser rápido

Então, Jimin foi pra casa de Matt.

Limpando as lágrimas e engolindo choros. 

Eu: neném 

Neném: oi Jimin 

Neném: ainda está com o seu pai? como foi? 

Eu: ah, sobre isso depois te conto 

Eu: é pq o Matt disse que precisa me contar algo importante 

Eu: eu realmente não quero ir sem te avisar

Eu: e eu sei que você não suporta ele, mas da última vez ele me deu uma "boa" informação 

Neném: ai Jimin 

Neném: tá bom tá bom 

Neném: só pega a informação e vaza, tá legal? 

Neném: não fica muito tempo lá 

Eu: claro 

Neném: eu vou confiar em vc, ok? 

Eu: tudo bem kook

Eu: ta onde?

Neném: saí com o Taehyung e Hoseok pra dar uma volta 

Neném: a propósito o ciúmes que eu tive do Hoseok foi à toa mesmo, ele é legal 

Eu: cuidado por favor 

Neném: digo o mesmo






Notas Finais


Pra quem não sabe: "dude" (a gíria que Matt usou nas mensagem) significa "cara" "man" essas coisas...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...