História Na toca dos lobos - Capítulo 49


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Chapeuzinho Vermelho, Lobos, Romance
Visualizações 80
Palavras 1.730
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Famí­lia, Fantasia, Hentai, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


GENTE TEM UMA SINOPSE DA NOVA FIC NAS NOTAS FINAIS NÃO DEIXEM DE DAR UMA OLHADA !

Capítulo 49 - Depois de nos


Acordei com uma loira vindo correndo na minha direção no meio da noite, bem durante uma tempestade ela se jogou na cama do meu lado e se encolheu, ajeitei ela nos meus braços ate sentir que ela se acalmou.

_ainda com medo dos raios?- disse.

_sim, deixa eu ficar aqui com você?

_uhum – disse puxando a loirinha pra mais perto.

   Quando eu me virei dei de cara com a Lissa admirando tudo aquilo com um sorriso enorme no rosto.

_eu to orgulhosa de você – ela disse.

   A porta do quarto foi aberta e o Jack entrou com a maior cara de sono.

_vocês viram a Aurora?- ele resmungou.

_to aqui Jack – disse a minha lobinha.

_vem cá meu amor – disse Lissa.

   Esse moleque é mesmo louco por ela, ele é mais parecido com o meu pai do que comigo mas ele tem o meu temperamento e a mesma paciência mínima, mas mesmo tendo 99% da minha aparência ele ainda é mais ligado com a mãe, e tem a Aurora a minha lobinha, ele é de longe a menina mais adorável do mundo ela é idêntica a Lissa mas tem os meus olhos e ela ainda me vê como o homem mais incrível do mundo, ela é tão doce e adorável, todos por aqui são encantados com ela, mas também não era pra menos considerando a mãe que ela tem.

  Ainda me lembro do dia que eles nasceram, eu estava muito mais desesperado que a Lissa,o medo de ela não suportar o parto, medo de perder os meus filhos e ódio de não ter estado com ela na hora, eu estava caçando no dia junto com o Abner e eu já estava bem longe da matilha quando Kyle apareceu correndo dizendo que a Lissa tinha entrado em trabalho de parto, eu nunca corri tanto na minha vida quanto naquele dia, e quando eu cheguei Jack já tinha nascido mas a Aurora não, eu fiquei com o Jack no colo enquanto a Lissa estava bem ... ocupada e fiquei surpreso de ver o quanto ele parecia forte mesmo pra idade dele. Olhei para a Lissa e vi que ela estava acariciando o cabelo dele enquanto ele dormia, Aurora também pegou no sono fácil.

***

_como assim eu não posso ir caçar com você?

_já falei que não Jack

_mas pai ...

_você só tem sete anos, ainda é muito novo pra caçar

_o vovô disse que você já saia para caçar bem mais novo que eu

_seu avô é maluco, além do mais eu preciso de alguém pra proteger sua mãe e sua irmã enquanto eu estiver fora

_ta bom – ele respondeu bufando.

   Ele voltou para dentro de casa batendo o pé eu teria cobrido esse menino na porrada por estar resmungando desse jeito, no fundo eu acho é graça meu pai tem razão quando diz que ele é praticamente uma versão misturada minha com o Kaleb mas com os olhos da Lissa, vi quando ele entrou em casa e a Aurora passou correndo pelo irmão vindo até mim.

_papai, quando você volta?

_eu volto pro jantar

_você sabe que a tia Halley e a tia Cris vão jantar com a gente

   Ai droga eu esqueci.

_claro que sabia

_trás mais cenouras pro  Snowball

   Snowball ou bola de neve é um coelho que a Aurora encontrou no meio da floresta, Jack queria ter feito um belo par de meias com aquele bichinho eu também não teria achado ruim comer carne de coelho no jantar, mas Aurora encheu tanto a paciência de todo mundo porque queria ficar com o coelho de qualquer jeito, eu fui contra na época já que ter um coelho vivendo no meio de tantos lobos podia não ser uma boa idéia mas ela jogou na minha cara que a Lissa é humana e que vive muito bem com todos nos eu não pude contra argumentar.

 _ok, eu vejo se encontro mais cenouras pra ele

_obrigada pai – ela disse.

  Quando me abaixei ela beijou o meu rosto e voltou correndo para dentro de casa, suspirei e me transformei logo em seguida, adentrei a floresta negra como faço todos os dias, parei de frente para uma cachoeira, me lembrei de uma tarde que passei aqui com o Kaleb, ele queria aprender a nadar e eu joguei ele dentro da água com tudo, ele devia ter a idade do Jack na época.

_Dean

  Me virei e vi o meu pai se aproximar de mim na forma humana, também voltei a minha forma humana quando ele estava a um braço de distancia de mim.

_o que foi pai?

_tenho uma coisa pra você – ele disse me entregando um envelope com um selo que foi impresso no ano de 2017 ... não pode ser.

   Abri o envelope com cuidado e reconheci a letra do Kaleb na mesma hora.

Los Angeles 12 de março de 2017

Caro irmão

   Eu não sei bem como me expressar sendo que são tantas coisas que tenho pra te dizer que mal sei por onde começar, eu sei que nos não tivemos a melhor convivência possível no nosso tempo junto mas eu quero agradecer pelo dia em que salvou a minha vida naquele incêndio, você era uma criança naquela época não tinha a menor necessidade de fazer aquilo mas fez, e mais ainda por de certa forma ter me feito ser quem sou hoje.

  Não vou negar que sinto sua falta como também da Lissa, imagino que com o tempo vocês tenham se casado e que a essa altura ela já tenha uns cinco filhos seus kkk, e eu realmente espero que esteja cuidando bem dela, porque nos dois sabemos que ela merece isso mais do que todo mundo, ela é uma garota especial e hoje fico feliz por você ter tido uma ancora como ela porque sei o quanto ela é apaixonada por você e sei o quanto ela é disposta a tudo para te tratar como um rei (por mais que as vezes você não mereça).

  Sei o que deve estar imaginando sim eu me casei com a Lexi e nunca estive mais feliz em toda a minha vida, no momento estamos passando as férias em Los Angeles na casa do meu pai com a nossa filha Josie, e eu tenho que admitir que ela tem um temperamento forte sem contar que é linda, sim eu estou ferrado, mas ela tem um coração bondoso igualzinho a mãe.

   Os dias por aqui estão estranhos sem ter você torrando minha paciência ou o papai separando nossas brigas ou aquelas comidas maravilhosas que a Lissa fazia, mas acima de tudo sinto falta de brigar com você, sim eu sei que é estranho mas acho que é coisa de irmão, é bom ter com quem brigar e poder fazer as pazes sem que perceba, enfim sinto falta de tudo isso, mas não enxergue essa carta como um adeus e sim como um até breve.

Atenciosamente

Kaleb 

   Junto uma foto deles junto com uma menina que aparenta ter uns 4 anos de idade ruiva com os olhos azulados idênticos aos da mãe dele, ele parece muito feliz e a Lexi está com o cabelo bem mais curto, na altura dos ombros mas continua linda tenho que admitir, ele deixou a barba crescer e parece mais “homem” agora, não é mais aquele menino que vivia tropeçando em tudo, olhei para o meu pai e só aí que eu percebi o quanto eu estava feliz por receber isso.

_ele se deu bem

_você também, se casou com a garota que queria teve filhos lindos e ainda se tornou um ótimo alfa pra matilha, tenho muito orgulho dos dois

_obrigada velho

***

_verdade ou conseqüência?

_verdade

_verdade que já ficou com a Bette?

_conseqüência

_fala logo Dean eu não vou brigar

_ta, eu tinha uns 16 anos na época e nos ficamos

_ela é mais velha que você

_e daí? -olhei pra carinha de brava da Lissa e tive que rir, ela realmente é bem ciumenta especialmente quando o assunto são ex namoradas minhas _ei Lissa não faz essa cara, você sabe que pra mim só existe você, agora é sua vez verdade ou conseqüência?

   Essa é a primeira vez essa semana que eu e a Lissa conseguimos fazer alguma coisa sozinhos, depois do jantar nos colocamos as crianças para dormir e nesse momento estamos dentro de uma banheira com água quente a luz de velas e com essa teimosa no maior ciúmes.

_conseqüência

_te desafio a sentar no meu colo

   E ela sentou, passei a mão pela cintura dela ate sentir sua pele se chocar contra a minha, ela me beijou por um momento muito breve antes de descer do meu colo me deixando irritado.

_verdade ou conseqüência lobo mau?

_argh ... conseqüência

  Ela abriu um sorriso safado que me deixou bem animado.

_amor ... – ela disse com a voz mansinha, se aproximando bem devagar _eu quero que você- ela disse sebindo no meu colo enrolando as pernas na minha cintura

_o que?- disse excitado.

_lava a louça amanhã

   Eu fiz uma cara de decepção que ela teve que segurar para não rir alto .

_sério?

_por favor lobo

  Ela sabe que não sei dizer não quando ela faz essa carinha ainda mais mordendo os lábios,essa mulher realmente sabe como me envolver.

_muito bem ... te dou três opções 1 a gente vai transar aqui nessa banheira, ou na cama ou ...

_ou?

_você e eu vamos ter que fazer isso varias e varias vezes amanhã

_e as crianças?

_a gente deixa eles com o meu pai ou com a Halley 

_só você mesmo meu lobo e se eu fizer uma outra proposta

_qual?

_a gente faz aqui e agora e amanhã quando as crianças estiverem na casa da Halley...

  Eu nem esperei ela parar de falar para me jogar sobre ela, voou água para todos os lados e foi por um milagre as crianças não terem acordado,ela riu enquanto eu beijava o rosto dela todo, mesmo depois de tudo ela continua sendo a mulher mais linda que já vi, é incrível o quanto o amor que sinto por ela só cresce a cada dia. 

_captei seu cheiro senhora Harris e você nunca mais vai sair dos minhas garras

_quem disse que quero? E só uma coisa ...

_o que?

_me ensina a ter ver sem querer te beijar

_porque diabos eu te ensinaria isso?  


Notas Finais


Belle filha do poderoso e corrupto rei William, a filha mais jovem de três irmãs, todas donas de belezas extraordinárias, cada qual da sua maneira, porém a mais jovem das princesas foi abençoada com a maior das belezas entre as irmãs despertando a inveja de muitas e o encanto de muitos, dezenas de homens poderosos cruzaram mares profundos apenas para ver de perto, apos recusar dezenas de pedidos de casamento uma profecia assustadora toma conta de seu destino "ela não pertencera a um homem e sim a um monstro terrível, dono do castelo cercado por altos muros espinhos".
Ravi um anjo do sol, expulso do Olímpio após terem descoberto sobre sua atração por uma humana, filho de Apolo com com a Ninfa da terra Dafne que agora está condenando até o fim dos tempos a viver como um mortal no mundo dos humanos, porém a condenação não tirou dele seus poderes nem mesmo suas asas ou sua paixão pela mais jovem filha do rei William.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...