História Não dá pra ser forte o tempo todo - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Romance, Sarcasmo, Yaoi
Visualizações 9
Palavras 500
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Romance e Novela, Suspense, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - O começo de uma nova vida


Fanfic / Fanfiction Não dá pra ser forte o tempo todo - Capítulo 1 - O começo de uma nova vida

E eu ainda me lembro daquele dia, o jeito ingénuo e esperançoso que Elizabeth me olhava se assemelhava muito a um cachorro na chuva implorando por abrigo. Não entendia o porque da ansiedade dela, afinal! Estavamos deixando o lugar em que haviamos crescido durante 15 ANOS!! Definitivamente essa garota é estranha.

Bom... Entramos no carro que nós levaria a nossa nova história. 

Depois de algumas horas de viagem finalmente chegamos na cidade descrita por meu pai como o "paraíso" porém vista por mim como um mine-inferno, as pessoas quando não pareciam maconheiras lembravam presidiárias, a maioria das casas apresentavam vidros quebrados, gritaria reinava naquele lugar e o cheiro?MEU DEUS!!! Lá tinha um cheiro de esgoto sem fim.

Eu não posso reclamar muito da cidade já que o nosso apartamento também não era grande coisa, mas ainda assim conseguia ser melhor que lá fora.

Meu pai estava querendo nós levar pra conhecer o resto do lugar,mas eu e minha irmã recusamos sem hesitar. Então ele acabou indo sozinho(pobre louco)... Assim que saiu eu me joguei na cama e apenas fiquei olhando pro teto enquanto Elizabeth explorava o apartamento afim de se livrar do tédio.

Não demorou muito até descobrimos que nossos vizinhos adoravam Rock, tanto que fizeram questão de compartilhar um pouco com a gente também:

-Eu amo a minha vida!

Falo com um tom sarcastico, enquanto colocava uma travesseiro na minha cara e logo em seguida Elizabeth diz:

-Temos duas opções: Ir até lá e reclamar ou colocar música alta também pra brigar. Eu vou na opção...

Antes de terminar sua frase, ela já começa a procurar seu amplificador nas caixas que estavam na sala, para evitar que pudesse ocorrer algum tipo de cconfusão respondo:

-Vamos lá falar com eles

E assim saimos de nosso apartamento e fomos em busca do apartamento barulhento(que não foi tão difícil de encontrar)

Batemos numa porta em específico bastante surrada, antes mesmo de alguém atenter pergunto:

-Eh... Tem certeza que não quer voltar?

A porta abre rangendo mostrando quem de fato AMAVA Rock! Era um cara que parecia ter uns 19 anos,mais alto que eu e minha irmã, tinha pele pouco pálida, cabelos pretos e bagunçados, alguns brincos, olhos verdes, em sua pequena boca tinha um cigarro rapidamente tirado por suas mãos cheias de aneis e a roupa que usava era claramente um pijama. Ele nós encara com uma expressão séria:

-Bom eu e meu irmão viemos te informar que seu som alto nós encomoda! Então por gentileza use os fones, senão EU compartilharei um pouco de K-pop com...

-Calma aí ô princesa! Não é assim que as coisas funcionam, sou mais velho isso me faz superior aos dois e foi EU quem coloquei primeiro! Então a prioridade é minha.

Ele vai entrando preguiçosamente em seu apartamento, aproveito a oportunidade e entro rapidamente:

-Ô guri! Isso é invasão de domicílio! E meus direitos ficam a onde? 

-No mesmo lugar que o meu direito de uma tarde de sono!

Finalmente encontro a caixa de som e assim a retiro da tomada, saio do apartamento,pego na mão de Elizabeth e a puxo até nosso.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...