História Não Sou Como Vocês - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Colegial, Comedia, Hopega, Hopesuga, Jhope, Sobi, Suga, Sugahope, Yaoi, Yoonseok
Visualizações 120
Palavras 1.722
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Fluffy, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hoy, pessoas! Como vão?
Entón, agora eu tô escrevendo uma nova fic, de Jikook. Vou deixar o Link lá nas notas finais.

Tem interação Yoonseok neste capítulo 🌝

Capítulo 6 - No banheiro do Hoseok


Fanfic / Fanfiction Não Sou Como Vocês - Capítulo 6 - No banheiro do Hoseok

 

          1 semana depois

 

 

 

Já haviam se passado uma semana desde que a diretora Gyeong havia nos dado um mês de prazo para encontrar um terceiro membro pro clube. E até o momento, não encontramos ninguém que demonstrasse interesse no nosso clube. Agora só nos restavam apenas três semanas para encontrarmos um novo membro e conseguir evitar o fechamento do Clube de Fotografia.

Oh, batalha! 

 

 

 

 

Na sala do Clube:

 

– Yoongi, e se nós tentarmos fazer com que esse novo aluno entre para o clube? –  A escola toda estava comentando sobre um tal novo aluno que iria ser transferido para a New State High School em dois dias.

 

– Talvez, pode ser que dê certo, quem sabe? – Respondi, num tom desanimado.

 

– Ah, Yoongi, animação! Nós precisamos tentar mais. Não podemos desistir. Só se passaram uma semana, ainda temos três semanas para tentarmos.

Não sei como esse menino tem tanta animação na alma. – É, mas... nessa uma semana nós fizemos de tudo para encontrar mais um membro, e não encontramos. – Nós realmente fizemos muita coisa para achar um novo membro. Imprimimos cartazes do clube e colamos por toda a escola, ficamos falando na cabeça da pobre senhora Gyeong. Nós até corremos atrás de outros alunos. Literalmente corremos atrás dos outros alunos falando sobre o clube na esperança de alguém entrar para o clube. Tudo em vão. A única coisa que conseguimos, foi assustar as pessoas, talvez agora mesmo que não temos chances de conseguir alguém para o clube de fotografia.

 

– Sim, mas não podemos fraquejar agora, esse é o único clube que gosto, eu amo fotografar. Por favor Yoongi, não desista, me ajuda! – Falou me olhando com uma cara de cachorro pidão. Ah, aquele maldito olhar. Como eu sou fraco de coração.

 

– 'tá bem Bryan, eu ainda não vou desistir. – Disse, num tom de desistência, dando ênfase no "ainda", enquanto afundava o rosto na mesa de madeira, que, por sinal, estava bem gelada por conta do ar-condicionado.

 

– Nós vamos conseguir Yoongi.

 

Depois daquilo, o sinal da saída tocou, e eu pude agradecer a todos os Deuses por isso. Já não aguentava mais Bryan falando no meu ouvido. E sem falar que a escola estava mais chata e tediosa que o normal.

 

 

 

Quando estava saindo da sala do clube de Fotografia, pude ver Hoseok gritando com um garoto do clube de dança. – No qual ele fazia parte. – Eu não entendi o motivo, mas estava claro que era algo sério, pois Hoseok saiu muito chateado de lá. E juro, eu ouvi ele falando algo como: "Eu não faço mais parte deste clube!"

 

Pro Hoseok sair do clube de dança, o motivo deve ser forte. Porque é sério, o menino ama dançar. Não que eu fique reparando nele, – É óbvio que eu odeio ele. Se for pra reparar nele, é porque estou imaginando um jeito de mata-lo. – mas como moramos na mesma casa, essas coisas são notáveis.

 

 

(...)

 

 

Estava em meu quarto no puro tédio, então decidi sair daquele quarto e ir procurar algo para fazer.

Quando eu estava descendo as escadas e indo para o primeiro andar da casa, pude ouvir Hoseok conversando com Jin na sala. Eles estavam falando sobre o Hoseok ter saído do clube de dança.

Como um bom irmão e nada fofoqueiro que sou, – Sendo irônico. – parei no meio da escadaria e fiquei ouvindo a conversa dos dois:

 

– O que vai fazer agora que está sem um clube? – Jin perguntou.

 

– Sinceramente? Não faço a mínima ideia. – Hoseok disse se jogando de braços abertos no sofá.

 

– Por que não entra para o clube de culinária comigo? – Jin estava em pé, de frente para Hoseok.

 

Um clube de culinária? Tem isso na escola? É sério, eu preciso parar de vagabundear pelos corredores e conhecer melhor nossa escola.

Eu meio que gosto de cozinhar, assim como gosto de fotografar. Mas o clube de culinária não está decaindo como o de fotografia. Eu não precisaria sofrer como estou sofrendo agora com o clube para reergue-lo.

 

– Não, eu passo! – Hoseok fez um sinal negando com as mãos.

 

– Mas você precisa encontrar um logo, então!

 

– Jin, eu não 'tô tão desesperado assim. Eu tenho notas boas, não preciso de atividades extras em clube para almentar mimhas notas. – Hoseok deu um sorriso despreocupado.

 

–Ah, aquele... – Falei baixo o suficiente para que eles não me notassem.

Só porque tira notas boas, ele se acha.

 

Mas foi com essa conversa que eu acidentalmente – Propositalmente – acabei ouvindo, que eu tive uma ideia. Eu estava pensando em ir pedir para o Hoseok entrar para o clube de fotografia. Quer dizer, o menino estava sem um clube agora, né?!

 

"Mas Yoongi, você disse que odeia ele."

Eu sei, eu sei. Mas veja bem, se ele entrar para o clube de fotografia, toda esse inferno que estou passando, – E com inferno, quero dizer que Bryan fica falando na minha cabeça e me enchendo a porra do saco o tempo todo. – iria acabar.

 

'Tá, chamar Jung Hoseok para o clube é uma péssima ideia. Mas eu tenho que fazer isso pelo meu bem. E ele agora tá sem clube, então não tem nada a perder.

 

Depois disso, fui para o meu quarto de volta – Sou bipolar. – e fiquei pensando em como falar com Hoseok.

 

(...)

 

Depois de horas pensando em como poderia falar com Hoseok, – O que não seria uma tarefa nada fácil, vendo que nós nos odiamos – decidi simplesmente ir até o quarto do menino.

 

Saí do meu quarto e passei pelo corredor até o quarto de Hoseok. Ao parar em frente a porta dele, fiquei pensando no que estava prestes a fazer.

Eu estou mesmo indo até Hoseok me rebaixar só por causa de um clube de escola?   É estou.                                                           Sabe aquele meme "Carai, eu sou um merda mermão"? Se plica perfeitamente a mim agora, pois é assim que me sinto ao ter que pedir isso para o meu pior inimigo.

 

Dei duas batidas na porta, e logo Hoseok respondeu:

 

– 'Tá aberta. – Hoseok praticamente gritou.

 

Respirei fundo. Nunca havia entrado no quarto de Hoseok antes. Na verdade de nenhum dos meus irmãos. Só de Jimin.

 

Ao entrar no quarto, reparei que estava tudo impecável e arrumado, – Nós temos empregados para arrumar, mas mesmo assim o meu quarto ficava bagunçado em questão de segundos. Mas Hoseok deve ser organizado. Pelo que percebi, deve conseguir manter o quarto arrumado por bastante tempo. – e a decoração era bem legal. O quarto era branco, com uma parede azul, nela tinha umas prateleiras com uns livros e uma mesa com o Notebook em baixo das prateleiras. Também tinha o guarda roupa e a cama, obviamente. Mas o que me chamou atenção, era que em uma das paredes brancas, havia um desenho em vetor de uma pessoa dançando Hip Hop, pelo que me parecia.

Tenho que admitir, Hoseok tem bom gosto para decoração.

Agora que admiti isso, já posso esmagar a minha língua na porta de um carro.

 

– Hoseok? – Olhei em volta sem encontrar o menino.

 

– Yoongi? – Perguntou, sua voz soou surpresa. – Aqui no banheiro.

 

Fui em direção ao banheiro, e, ao abrir a porta me deparei com um Hoseok praticamente sem roupas. Ele estava apenas usando uma Boxer, e seu corpo estava molhado do banho.                 

Senti minhas bochechas ruborizar, enquanto sentia uma sensação de queimação nelas. – Nunca tinha visto Hoseok assim, mesmo nós sendo irmãos adotivos e morando na mesma casa.

 

Coloquei as mãos no rosto na tentativa de cobrir os olhos por estar envergonhado, mas senti Hoseok segurar meus pulsos retirando as minhas mãos do meu rosto. Hoseok me empurrou, fazendo com que eu encostasse na parede do banheiro, e logo colocou as mãos no meu rosto, fazendo um carinho em minha bochecha. Fiquei em choque, não consegui me mexer dali, quando vi Hoseok se aproximar de mim, fazendo com nossos rostos ficassem próximos, – Isso vai mesmo acontecer? Hoseok está prestes a me beijar? – fechei meus olhos sentido sua respiração perto, quando sinto ele tirar as mãos de meu rosto e se afastando de perto de mim, logo em seguida começando a rir.

 

– Você devia ver sua cara agora! – Estava rindo feito uma Hiena engasgando. – 'Tá muito engraçada!

 

– Vai se foder, Hoseok! – Respirei fundo, jogando os olhos em outra direção, ainda com vergonha e nervoso.

 

– Yoongi, você achou mesmo. que eu ia. te beijar? – As palavras saíram pausadamente, pois ele estava quase sem ar de tanto rir da minha desgraça.

 

– É claro que não. Eu prefiro cortar minha língua fora com uma tesoura do que te beijar, seu acéfalo! – Virei o rosto em sua direção e olhei em seus olhos, tentado não demonstrar nervoso. Falhei um pouco.

 

– Aham, quando você fechou os olhos esperando algo, não foi o que pareceu. – Deu um sorriso sínico.

 

Não pude evitar de mostrar o dedo do meio para ele.

 

Saí daquele banheiro respirando fundo e tentado esquecer o que havia acontecido no banheiro de Hoseok. Sentei-me na cama dele, logo lembrando do motivo de eu ter vindo aqui falar com esse acéfalo.

 

– Então, Hoseok eu queria... – Parei de falar quando vi que ele ainda estava apenas de boxer. – Vai vestir uma roupa, faz favor!

 

– Eu sei Yoongi, meu corpo é irresistível demais para você aguentar olhar pra ele sem ter pensamentos impuros. – Estava rindo sinicamente.

 

– Seu sujo! – Joguei uma almofada nele enquanto franzia as sobrancelhas. – Enfim, eu vim aqui falar de um assunto muito importante! Quer dizer... Não tão importante, mas é urgente para mim...

 

– Hm, fala. – Ele estava vestindo um shorts. Ainda bem! – O que é tão urgente? – Sentou-se em ao meu lado.

 

– Então, eu faço parte do clube de fotografia e estamos precisando de mais um membro para completar três. E... eu soube que você... saiu do clube de dança, então pensei em te pedir para participar do clube de fotografia. – Tentei sorrir mas saiu falso. – Você topa?

 

– Fotografia? Hmm... Eu passo! – Disse se levantando da cama.

 

– Hoseok, por favor! Você nem precisa fazer as coisas lá. Só coloca seu nome na ficha do clube!

 

– Yoongi, desculpa, mas eu não quero. – Bufou. – Agora pode sair do meu quarto, por favor? – Disse me empurrando para fora do quarto.

 

Quando eu finalmente estava fora do quarto, Hoseok bateu a porta na minha cara antes que eu pudesse dizer qualquer coisa.

 

– AISH, QUE RAIVA! – Disse cruzando os braços e pisando forte no chão.

 

É, mais uma coisa para a lista de fracassos de Min Yoongi


Notas Finais


Hoseok provocando Yoongi. Sei não em! Isso me cheira a sentimentos(amorosos?).

Link da fic de Jikook: https://spiritfanfics.com/historia/me-and-the-doctor--jikook-10845406


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...