História Naruto - O Espião - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Madara Uchiha, Minato "Yondaime" Namikaze, Naruto Uzumaki, Obito Uchiha (Tobi)
Tags Naruhina, Naruino, Narusaku, Naruten, Naruto, Naruto Overpower, Naruto Uzumaki, narutsu, Uzumaki
Visualizações 130
Palavras 556
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Ficção, Ficção Científica, Harem, Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shounen, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - Prólogo


Pov's Narrador 

Obito estava observando o Namikaze pelas árvores, eles estavam levando Kushina para longe da Vila para ela fazer o parto e dar à luz ao menino que iria ser o futuro portador da raposa de acordo com as conversas que ele tinha escutado, o moreno pulou e começou a correr entre as árvores, seus passos mal faziam barulho, ele era um espião nato.

O mascarado continuou seu caminho pelas sombras andando até uma espécie de covil, ele ficou na espreita, esperando, e quando todos se distraíram, ele conseguiu entrar dentro do covil, ele ficou em um canto onde não tinha muito visibilidade para os outros, seu objetivo era esperar o nascimento do bebê.

Alguns minutos se passaram e finalmente o choro da criança foi ouvido por Obito.

O homem das correntes se esgueirou até o bebê e com um movimento rápido, ele deu um pulo agarrando o bebê dos braços da mãe e logo após aplicando um pequeno selamento em sua testa, não causava nenhum efeito, era apenas para ameaçar seus pais.

— Afaste-se ou eu mato o garoto – avisou Obito com tom sério e ameaçador.

— O que é que você quer? – indagou Minato sacando sua Kunai modificada.

— Eu quero… Vingança!! – ele arremessou uma kunai de explosão, porém apenas criou uma cortina de fumaça, então ele utilizou seu Doujutsu e se teletransportou para fora do covil.

Obito andou mais alguns metros, se afastando do covil.

— Agora levante-se... Kyuubi!! – ordenou Obito, levantando sua mão em direção ao covil e logo após fechando os seus dedos formando seu punho.

O demônio de 9 caudas se levantou de dentro do covil, destruindo o teto e derrubando os destroços sobre os Ninjas que estava lá dentro.

— Destrua Konohagakure.

A raposa se virou em direção a vila e foi correndo para lá, pronta para destruir tudo que tivesse seu caminho.

O homem sentiu o Chakra de Minato vindo em sua direção, então Obito começou a correr na direção oposta de Minato.

Após alguns minutos de perseguição, o mascarado finalmente conseguiu escapar de seu perseguidor. Ele ainda estava com o bebê no colo e então olhou para criança e disse:

— No fim de tudo, você ainda ficou comigo né garoto?… Eles iriam te chamar de Naruto né? Bom, eu não sou um monstro, vou levar você comigo, já que eu não tenho o que fazer e também você tem um poder interior gigantesco mesmo você ainda sendo um bebê, seu Chakra é muito grande, então vou levar você comigo, vamos para casa Naruto.

S&I

O mascarado andou até seu esconderijo onde seu parceiro Uchiha Madara estava esperando, ele abriu a porta do esconderijo e adentrou no local, o Uchiha com cabelo longo estava sentado em uma cadeira esperando por ele.

— O que esse garoto está fazendo com você? – inquiriu Madara com um pouco de frustração ao ver o garoto.

— Eu vou cuidar dele Madara. Ele tem um alto potencial e também não tenho onde deixá-lo.

— Tá, você pode ficar com ele, mas é VOCÊ quem vai cuidar dele, eu não vou ajudar em nada. Entendeu? – Madara permitiu a hospedagem do garoto com uma condição imposta.

— Tudo bem. Eu tomarei conta do garoto sozinho. Obrigado Madara.

— Não me agradeça, nós somos parceiros, e eu não tenho nada a ver com isso.

— Entendido. Acho melhor fazermos as malas, é só uma questão de tempo até o Minato vir atrás de nós.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...