História Need to feel needed - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Personagens Originais, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Visualizações 49
Palavras 1.075
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Droubble, Escolar, Festa, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Visual Novel, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


AnnyeongHaseyo Unnies, dongsaengs e oppas.

Voltei com a segunda temporada, capitulo de reencontro. E quem sabe agora Chanbaek fique junto.

Novos personagens, uma nova historia, na história, vai ter muito drama, romance e nessa vai ter uma surpresa. Eu espero que vocês gostem.

Capítulo 15 - SEGUNDA TEMPORADA


Quatro meses se passaram após a excursão e todos aqueles acontecimentos. Chanyeol havia conseguido abrir seu merecido estúdio, claro que ele não havia medido nenhum esforço, já que a sua familia havia lhe dado aquele lugar.

Em quase todas as composições do Park falava um pouco sobre seu sentimentos por Byun Baekhyun. Claro que ele não iria esquecer tão cedo o pequeno, pois foi com ele que teve seus melhores momentos.

— Chanyeol esta atasado, sabia disso? - O novo colega do Park dizia arrastando os instrumentos do colega para fora.

— LuHan, eu não estou... Puta que pariu eu estou atrasado. - Chanyeol disse e correu escada acima, logo indo ao chao no penúltimo degrau.

— Eu avisei, agora vê se acelera, aquele shopping tem um contrato com a gente e não vai tolerar a mais um de nossos atrasos Chan. - O chines disse e saiu para fora arrasatando uma grande mala.

Chanyeol procurava na sua comoda a correntinha que havia ganhado de SuHo, aquele simples objeto significava muito para o Park, e toda vês que o usava sentia Baekhyun por perto.

Quando chegaram no grande shopping, Chanyeol sorriu ao ver que seus dois melhores amigos estavam ali apenas para assistir a sua primeira apresentação independente.

— Kai, Yifan... Nossa vocês vieram mesmo. - O Park disse abraçando os colegas antigos.

— Você sabe que não iriamos perder isso por nada.- O Kim disse com um pequeno sorriso no rosto.

— É Chanyeol, você sempre esteve presente nos nossos eventos que acho digno estamos aqui no seu. - Yifan dizia quando se assustou ao que um garoto havia pulado em cima do Park.

— Chany, Chany vamos logo estão te chamando para se arrumar. - Luhan dizia empolgado, pendurado nas costas do maior.

— Calma Lu, eu vou já já... Vai terminar de se arrumar eu já chego.- Disse Chanyeol e selou o rosto do Chinês que voltou aos bastidores.

— Chanyeol, esta namorando de novo? - Yifan perguntou franzindo seu cenho.

— Não, Luhan é meu colega de trabalho... Embora sejamos bem próximos, ele gosta de um modelo também.- Chanyeol disse e deu ombros.

— Ai meu deus, acho que vocês dois são grandes patifes. Agora vai lá que eu to ansioso pra te ver cantar. - Jongin disse e empurrou o Park.

O mesmo riu e foi terminar de se arrumar, luhan estava deslumbrante como sempre e tratou de arrumar Chanyeol, pois queria que ele passasse boas impressões ao público.

Já no palco, luhan se posicionou no teclado e Chanyeol disse algumas palavras antes de cantar, não se dando conta na primeira fila seu grande amor.

— Bom, essa musica que eu vou cantar agora...eu dedico ela a uma pessoa que me ensinou a amar, e me fez virar esse homem que eu sou hoje. Acho que se eu nunca o tivesse conhecido, eu seria o Park Chanyeol facassado de antes. Eu dedico essa música ao Modelo e ator Byun BaekHyun... My answer..

O chinês que estava no piano sorriu pequeno e logo começou a tocar. A voz grave e aveludada de Chanyeol soava no lugar.

Na platéia Yifan percebeu a presença de seu primo e o puxou ate a escada próxima do palco.

— Hora de vocês se acertarem, você vai subir no palco quando a música estiver no final.- Yifan disse e Byun arregalou seus olhos.

— Mas Yiffanie, eu não posso. - Byun disse e o Wu riu.

— Você pode, preparado Byun? - Perguntou o Chinês e Byun confirmou com a cabeça.

A música continuava. ( trechinho da traduçãrisadas

— ♪ A reposta é você

Minha resposta é você

Eu já abri o meu coração para você há muito tempo

Você é tudo para mim, esse é o meu jeito de confirmar

Eu deveria ser cuidadoso e me amar mais, desse jeito eu nunca irei me machucar

É como se eu não conseguisse respirar, desde meu nascimento até agora...

É a minha primeira vez sentindo algo assim

Meu cérebro e pensamentos estão preenchidos por você

Preenchidos pelas suas expressões e suas risadas♪

Quando Chanyeol se virou para o Lado, sentiu seus olhos marejarem, e ao ver BaekHyun se aproximando aos poucos de si, o fizeram parar de cantar, deixando com que luhan acabasse de tocar.

— My Answer is you...! - Byun disse já bem próximo ao Park e sorriu. - Eu senti a sua falta.

A plateia começou a bater palmas e pode-se ouvir os gritos de, Kris, Kai, KyungSoo e Huang. O Park estava inado de lágrimas, e tudo que fez foi abraçar o Byun, como se aquele fosse o ultimo de seus abraços. Era maravilhosa a sensação de tocar novamente no amado.

Não imaginava que ele estaria ali, o ouvindo. Não imaginava que o Byun ainda o amava como ele o amava.

[...]

Depois do pequeno show, Baek-Hyun tomou a iniciativa de falar com o Park, não fazia tanto tempo desde que se afastaram e tentaram esquecer um do outro. Era fato de que aquele amor que ambos sentiam, jamais outra pessoa iria substituir.

Pode-se dizer que aquele amor que sentiam era o mais puro e verdadeiro de todos.

—Chanyeol, eu sei que foi eu quem pois tudo a perder a quatro meses atrás, sei também que tirei uma pequena parte do seu coração, mas Chan... Eu estou disposto a reconstruir esse mal que eu te fiz. - O Byun disse quando sentiu o corpo de Chanyeol próximo ao seu, o sorriso do outro respondia a tantas coisas.

Chanyeol segurou no queixo do pequeno e aproximou o rosto do dele, roçando a pontinha de seu nariz na do Byun.

— Baekkie, eu senti tanto a sua falta, nesses quatro meses Luhan cuidou de mim, como uma mae cuida de um filho, ele sempre me contava coisas sobre o mundo da moda, e até me falou do grande sucesso que você estava fazendo em Paris. E eu sempre usei a correntinha, pois eu me sentia perfeitamente bem, e te sentia perto de mim.- Chanyeol disse olhando nos olhos castanhos de Byun, e estes mesmos tinham o brilho novamente.

— Channye, as vezes você fala umas coisas que me deixam molinho e eu nem sei como responder.- O menor disse e Chanyeol o puxou para mais perto de seu corpo.

— Nesse caso, vamos deixar que o sentimento fale por nós.- O maior ditou e logo colou seus lábios no de Byun, aquele estava sendo o melhor dos reencontros os quais Park e Byun haviam tido.

O beijo ocorria calmo, e apaixonado, sem segundas intenções. Era um beijo de saudade, e como em todo conto, um beijo de amor verdadeiro.


Notas Finais


Bom, capitulo curto porem agora os capítulos iram sair mais curtos, mas com muito amor e carinho.

Espero que tenham gostado, e ate a próxima ❤

Tia DaeHyunnie ama vocês❤🌸


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...