História New Girl In Riverdale - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Cole Sprouse, Riverdale, Selena Gomez
Personagens Alice Cooper: Mãe de Betty, Ally Brooke, Archibald "Archie" Andrews, Cheryl Blossom, Dua Lipa, Elizabeth "Betty" Cooper, Forsythe "Jughead" Jones III, Forsythe Jones II, Frederick "Fred" Andrews, Hal Cooper, Kevin Keller, Lauren Jauregui, Mary Andrews, Melody Valentine, Polly Cooper, Reginald "Reggie" Mantle, Veronica Lodge
Tags Riverdale, Selena Gomez
Visualizações 37
Palavras 748
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Luta, Mistério, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Hello Riverdale


Fanfic / Fanfiction New Girl In Riverdale - Capítulo 1 - Hello Riverdale

Jensen Robert Walker (Tom Cruise) e Charlotte Campbell (Demi Moore) se mudam de Cleveland para Riverdale. Junto com eles a filha rebelde Hannah Walker. Ela é uma garota que esconde muitos segredos, aliás , toda a família por si escondem muitas coisas. Hannah é muito cabeça dura. Não simpatiza com qualquer um, e escolhe a dedo as pessoas que quer por perto. Não mostra seu sorriso para qualquer pessoa. Se identifica com pessoas que gostam de aventura e pessoas de personalidade forte, como ela.  Hannah não gosta de confusão, mas adora provocar. E quando entra em uma fica até o final.  Dificilmente ela se envolve com alguém. Namorou apenas duas vezes. E uma vez foi com uma garota. 

Com apenas 19 anos, já foi presa duas vezes. Uma por agressão e outra por desacato. Sua mãe é advogada e está sempre livrando ela. Seu pai é "contador" . Ou pelo menos diz que é. 

Bem, Hannah não está nada contente que está indo morar em uma cidade não muito grande com pouco mais de 8 mil moradores. Ela gostava de Cleveland, ou pelo menos estava se adaptando. Mas ela gostou do leve clima de frio nessa cidade. 

Ah, ia me esquecendo, Hannah adora ser do contra. Se você disser " Faça isso. Será melhor assim. " Ela fará exatamente o contrário. Não abaixa a cabeça ou a voz nem para seu próprio pai. 

Não gosta de limites. Acha que pode fazer qualquer coisa, e não liga para as consequências. 

Hannah costuma seguir três regras que ela leva a sério: 

Um: Não deixe qualquer pessoa entrar em sua vida. 

Dois: Seja uma boa pessoa apenas se você quiser. Independente de criação ou respeito. 

Três: Fuja de compromissos ou relacionamentos. 

Mas tirando tudo isso, ela até que é legal. Pelo menos com as pessoas que simpatiza. Também trata com um pouco de respeito quem ela acha que merece. 


Era um dia lindo de sol em Riverdale. Hannah estava ouvindo música entediada no banco de trás. 

Charlotte olhava no celular as escolas da cidade, enquanto Jensen seguia o GPS para chegarem na nova casa deles. 

— Eu vou perguntar pela milésima vez. Você prefere estudar na escola do lado Sul ou Norte dessa cidade, Hannah ? – Charlotte pergunta já alterada. 

Hannah continua a ignorar sua mãe. 

— Ela está fazendo de novo. Jensen ! – Charlotte pede ajuda a seu marido. 

Jensen não fala nada, apenas vira se para trás , tira os fones da Hannah e depois volta a dirigir.

— Isso é realmente necessário? – Resmungou Hannah. 

— Hannah. Já falamos sobre isso. – Charlotte fala impaciente. — Escolha logo. 

— Qualquer escola tá bom. – Hannah revira os olhos. — É só uma droga de escola. 

— Ótimo. – Jensen estaciona o carro. — Chegamos família. 

— Uhu. – Hannah fala irônica. 

Hannah desce do carro e se escora na porta. Olha ao redor e encara a rua vazia. 

Jensen abre o porta malas e começa a pegar as primeira caixas, enquanto Charlotte abria a porta de casa.  

Hannah desbloqueia a tela de seu telefone e manda uma mensagem a Lauren, sua melhor amiga. 

Estou odiando tudo até agora. Essa cidade é mais parada do que suas paqueras. 😒

No mesmo instante Lauren responde. 

Vai se ferrar. Eu paquero muito bem. As meninas que não sabem dar valor. 👎

Hannah sorri de canto. Ela adorava provocar a amiga encalhada.

Um carro preto estaciona e desce uma garota de capa preta, de cabelo curto, e um garoto de cabelo ruivo com o meio colegial azul. Eles ficam conversando até que o garoto olha diretamente para Hannah.

 A garota de cabelo curto percebe que seu amigo ou namorado, olhava Hannah. A garota e o garoto conversam olhando Hannah e depois o garoto ruiva nega com a cabeça algo que a outra garota fala e eles entram na casa da frente. 

Que péssimo estilo para roupas. Mas gostei da capa. 

— Você não vai nos ajudar ? – Jensen fala fechando a porta da frente do carro. 

— Não. Vocês estão dando conta. Talvez depois que o caminhão de mudanças chegar. – Hannah se direciona para entrar na casa. 

— Deixamos o quarto maior para você. – Jensen fala ao passar pela Hannah. 

Uma mensagem chega ao celular de Hannah. Era Lauren. 

Dentro de um mês eu estarei com você. Não aguento mais meus pais no meu pé. 

Hannah apenas visualiza a mensagem. Ela gostava de Lauren, mas sabia que não poderia misturar sua melhor amiga na confusão de sua família. 


Continuo ? 




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...