História Nico di Angelo - Toda Sombra tem sua Luz - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias As Provações de Apolo (The Trials of Apollo), Mitologia Grega, Os Heróis do Olimpo, Percy Jackson & os Olimpianos
Personagens Afrodite, Annabeth Chase, Apollo, Ares, Artemis, Atena, Hades, Hazel Levesque, Hefesto, Hera (Juno), Íris, Jason Grace, Leo Valdez, Nico di Angelo, Perséfone, Piper Mclean, Poseidon, Quíron, Rachel Elizabeth Dare, Reyna Avila Ramírez-Arellano, Thalia Grace, Travis Stoll, Tyson, Will Solace, Zeus, Zoë Nightshade
Tags Artêmis, Caçadora, Gay, Hdo, Mitologia Grega, Nico, Nico Di Angelo, Olimpo, Percy, Pjo, Solace, Solangelo, Thalia Grace, Wico, will, Will Solace, Yaoi
Visualizações 84
Palavras 359
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Lemon, Survival, Violência, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Canibalismo, Heterossexualidade, Homossexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Aproveiteieieieiieiemmmm

Capítulo 17 - Reconciliação 2-2


POV. Will


Thalia e Jason haviam ido na casa de Nico, e Will estava apenas esperando o resultado. 

Ninguém estava em casa. Apenas ele. Estava nervoso, sim, e não sabia porque. Seria paixão? Obceção? Ou seria amor? Will nunca havia se apaixonado na vida. Havia ficado com algumas meninas, sim, mas nunca quis avançar para algo mais sério.

A campainha tocou. Deviam ser os Grace, então Will correu para atender.

Não eram os Grace. Era Nico, por incrível que pareça. Antes que Will tivesse qualquer reação, Nico o calou com um profundo beijo.

Como era maravilhoso... aquele beijo fazia Will parar de pensar. Faz ele esquecer de tudo. Do mundo, de todos. Era como se só existissem ele e Nico. 

Os dois entraram para dentro, fechando a porta. Eles iam para o sofá, mas não aguentaram e cairam alí, no chão mesmo.

De repente, os dois ouviram palmas. Will sentiu um tombo no peito. Alguém estava de atrás dele, vendo os dois se beijando. Até que o alguém que estava vendo eles gritou:

- Socorro, não acredito no que estou vendo! 

Logo Will reconheceu a voz. Apolo, seu pai. Os dois se levantaram o mais rápido possível. Antes de mais nada, Will disse:

- Pai, posso explicar.

- Explicar? Você vai me explicar porque não me disse que estava namorando. 

A voz do pai de Will não parecia de raiva. Parecia mais de curiosidade.

- Ora, meninos. Não precisam ficar assim. Vamos, sentem-se. Contem-me tudo!

Will contou toda a história para seu pai. Sobre o cinema, a briga e a reconciliação. Will também disse que não havia dito para seu pai antes com medo de como ele ia reagir.

- Cara, eu já fiquei com muitos homens também - disse Apolo - é muito bom. Pena que sou bissexual e me apaixonei por sua mãe... não que eu me arrependa...

- Então... tudo bem pra você?

- Ótimo. - Apolo pegou as cabeças de Will e Nico, e juntou as duas, obrigando os dois a se beijarem. - vocês formam um casal tão fofo... eu vou pra cosinha. Continuem a pegação... não irei atrapalhar.

Depois de muitos beijos, os meninos se sentaram.

- Então... - começou Will - nós estamos...

- Namorando. - finalizou Nico.



Notas Finais


No próximo capítulo teremos LEMON. Sim, LEEEEMOOOOOONNNNN, um lemon quente para deixar as minas molhadas e os minos eretos. Adorooo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...