História O amor pode esperar! (Shawn Mendes) - Capítulo 40


Escrita por: ~

Postado
Categorias Cameron Dallas, Camila Cabello, Hailee Steinfeld, Justin Bieber, Katherine McNamara, Shawn Mendes
Personagens Cameron Dallas, Camila Cabello, Hailee Steinfeld, Justin Bieber, Katherine McNamara, Personagens Originais, Shawn Mendes
Visualizações 210
Palavras 1.717
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Meninas vou responder os comentários do capítulo passado agora, não fiquem bravas.❤
Obs: Cometi um grave erro na escrita do capítulo passado, os exames de Hailee comprovavam um tumor no cérebro, não leucemia. Leucemia foi a doença da Annie. Tive que consertar porque do contrário mudaria o enredo todo que eu já escrevi. Me desculpem.

Capítulo 40 - Capítulo 38


Pov's Jared Lahey

Maldita seja!

Eu não consigo pensar em nada que não seja Hailee e Shawn. 

Shawn disse que resolveria essa situação e depois Hailee me liga dizendo que voltaria para mim. Depois de tanto tempo essa desgraçada ainda consegue me virar do avesso.

Estava fazendo a única coisa que me restava, me afogando no álcool para tentar ao menos amezinar a dor.

Eram 07:10AM, não ter nenhuma notícia me deixava pior. Será que se casaram?

- Você não deveria beber tanto já que hoje você tem vários pacientes para atender.- Kat disse atrás de mim tocando em meu ombro.

- Estou na segunda dose. Quer me fazer companhia?- Ofereci um copo como a pessoa mais amargurada da face da terra.

- Na verdade estou procurando Justin, depois do enterro ele sumiu.- Kat estava abatida, parecia que não tinha dormido nada durante a noite.

- Justin Bieber?- O barman perguntou.- Ele passou a noite toda aqui, foi embora às cinco da manhã. Inclusive paguei um táxi para deixá-lo em casa.

- Obrigada!- Kat.- Tenta ficar sóbrio, Jared.- Observei a ruiva sair do bar e uma morena entrar.

- Uma dose da bebida mais forte que você tiver.- Ela pediu sentando-se ao meu lado. Ela parecia familiar mas não conseguia me lembrar de onde.- Já faz muito tempo desde o ensino médio.- Ela sorriu. Esse sorriso só podia ser de uma pessoa.

- Lenna Danvers!- Disse sorrindo.- O tempo te fez muito bem.- Ela estava mais linda que nunca.

- Não posso dizer o mesmo de você já que antigamente você só bebia durante a noite nas festas com o Shawn.- Tomei a dose de uma vez.- Aposto que uma mulher te fez chegar até aqui.

- Provavelmente.- Sorri.

- Que tal afogar as mágoas em um jantar comigo hoje?- A encarei com cara de "não obrigado, quero ficar sozinho".- Não é segredo para ninguém que eu sempre fui afim de você quem sabe eu te faça esquecer essa mulher.

- Eu não sou uma boa companhia agora, Lenna.- Fui sincero.

- Eu gosto de desafios.- Ela insistiu.

- Ok. 

- Te espero às nove nesse endereço.- Ela me entregou um cartão, tomou sua bebida em um só gole e foi embora.

Pov's Justin Bieber

Acordei com a campainha tocando, minha cabeça parecia que ia explodir, precisava abrir a porta porque provavelmente era minha mãe já que tinha 34 ligações perdidas dela.

Levantei da cama e fui para a sala, me olhei no espelho que tinha na parede minha aparência estava horrível. Vestia apenas uma calça moletom, meu cabelo estava todo bagunçado, e minha cara de ressaca estava bem visível.

Abri a porta sem me importar de ver quem era, simplesmente me virei e fui sentar no sofá.

- Não é o momento de ignorar sua mãe.- A voz de Katherine ecoou na minha cabeça.- Maureen está preocupada, Robert está a ponto de ir na delegacia informar seu desaparecimento, e eu não consigo lidar com tanta coisa sozinha.- Ela se sentou ao lado.- Justin você precisa reagir!

- Você se recuperou muito rápido.- A encarei.- Shawn te ajudou muito nesse momento difícil...

- Não vim aqui falar do Shawn.- Katherine ficou desconfortável com o assunto.

- Eu cheguei a conclusão que meu maior erro foi te amar, porque você não passa de uma vadia que dorme com o primeiro que aparecer na sua frente.- Joguei toda minha raiva em cima dela.

- Chega Justin! Não admito que você fale assim de mim.- Kat se levantou para ir embora.

- Não, agora você vai me ouvir.- Falei indo atrás dela.- Você é tão ingênua assim?- A alcancei quando ela estava prestes a pegar o elevador, segurei firme seu braço.- Ele só precisou dizer algumas palavras bonitas e você se jogou nos braços dele, o que ele te disse quando foi embora? Aquele idiota vai te abandonar outra vez, por que é isso que ele faz.

- Me solta!- Katherine me deu um empurrão e foi correndo até as escadas.

- Ele só te usa, você é só um brinquedinho que  ele usa e joga fora quando quer.

Katherine desceu as escadas correndo e chorando, talvez eu tivesse sido duro demais mas ela precisava saber o tipo de homem que o Shawn é.

Ela continuava correndo até que provavelmente tropeçou e desceu as escadas rolando.

- KATHERINE!- Gritei indo socorrê-la. Me desesperei sentindo toda a culpa desse acidente.- Droga, Katherine.- Disse quando vi que ela estava desmaiada. Peguei ela no colo e a levei imediatamente para meu carro. Dirigia feito um louco tentando chegar o mais rápido possível no hospital.

Diminui um pouco a velocidade quando meu celular tocou.

- Mãe por favor, preciso que vá para o hospital que tem perto da sua casa e leve um casaco para mim.- Só agora me lembrei que estava praticamente pelado.

- O que aconteceu?

- Mãe por favor não demora.- Encerrei a ligação.

Mais três minutos cheguei no hospital, entrei com Kat no colo ainda inconsciente.

- Por favor preciso de um médico.- Disse para a primeira enfermeira que vi.

- A traga para emergência.- Um médico mandado dos céus apareceu.- O que aconteceu.?- Ele perguntou examinando Katherine.

Eu estava tão nervoso que mal conseguia falar. Estava com medo de algo grave ter acontecido.

- Ela caiu da escada.- Respondi trêmulo.

- Por favor me deixe examiná-la.- O médico pediu me tirando da sala. Dei uma última olhada em Katherine deitada na cama antes da porta ser fechada.

Dez minutos que pareciam uma eternidade já tinha se passado e nada de receber notícias.

- Filho!- Abracei minha mãe quando a vi.- Olha o seu estado, o que aconteceu.?

- Katherine caiu da escada.- Respondi vestindo o casaco que mamãe trouxe.

- Como assim?

- A paciente já está consciente, vocês já podem vê-la.- O médico disse antes que eu pudesse responder minha mãe.

- Nunca vou me perdoar pelo que fiz.- Entrei feito um louco no quarto ficando próximo a Katherine.- Se alguma te acontecesse eu morreria...

Pov's Katherine McNamara

Eu precisava relevar tudo isso afinal de contas Justin estava passando pelo pior momento da sua vida e eu só tive o azar de ser a pessoa que ele descontou toda sua raiva.

- Foi só um acidente.- O tranquilizei segurando sua mão.

- Ela está bem doutor?- Maureen perguntou.

- Sim, inclusive fiz um ultrassom para ter certeza que não aconteceu nada ao bebê.

Senti meu coração parar por alguns segundos.

- O bebê?- Perguntei assustada. Justin me olhava sorrindo. Não posso estar grávida!

Justin? Me senti totalmente perdida sem saber o que pensar ou pior sem saber quem é o pai do meu filho. Shawn? A que ponto eu cheguei? Justin tinha razão ao me chamar de vadia.

- Quando tempo de gravidez?- Finalmente tive forças para dizer algo.

- Pelo tamanho do feto ele ainda não tem sequer duas semanas.- O médico respondeu.- Meus parabéns!- E saiu do quarto.

Imediatamente o sorriso de Justin se desfez.

- É um presente que a Annie nos deu.- Maureen disse emocionada.- Vou amá-lo tanto quanto a amei...

Pov's Hailee Steinfeld.

Meu pai tinha acabado de estacionar em frente a enorme fazenda que Seline fez questão de escolher para celebrar a festa de casamento do filho.

- Muda essa cara de velório, Hailee.- Meu pai disse me olhando pelo retrovisor.

- Não me conformo que minha mãe me abandonou.- Disse com os olhos marejados.

- Você vai borrar a maquiagem.- Meu pai virou para o banco de trás onde eu estava.- Você é minha única razão de viver, daqui para frente as coisas serão diferentes entre nós eu prometo. Agora somos só nós dois e mais do que nunca precisamos estar juntos.

Engoli pela milésima vez meu choro. Precisava ser forte.

- Eu te amo, minha filha.

Foi a primeira vez que eu ouvi essas palavras do meu pai, sorri de orelha a orelha pensando que apesar de tudo valeu a pena estar aqui.

- Agora você vai subir no altar e me fazer o pai mais feliz do mundo.

Descemos do carro de braços dados. Sorri para os convidados no início da passarela, vi Shawn vestido num terno azul escuro com uma rosa branca no bolso. Cada passo que eu dava a batalha dentro de mim crescia mais, tentava sorrir para todos os flashes mas eu estava tão quebrada por dentro que aqueles sorrisos doíam na alma.

- Quero que a faça feliz.- Papai disse me entregando para Shawn. Olhei para Seline ela parecia procurar alguém, provavelmente minha mãe.

O juíz começou a cerimônia. As mãos de Shawn estavam suadas e ele parecia tenso. Minha vontade era sair correndo dali e sumir do mundo.

Jared, eu te amo.

Pov's Shawn Mendes

Não posso negar que Hailee estava linda e que eu queria mudar a realidade fazendo com que essa beleza fosse para outro homem.

- Hailee Caribe Steinfeld, aceita Shawn Peter Raul Mendes como seu legítimo esposo, para amá-lo, respeitá-lo e ser fiel até que a morte os separe?

Hailee me olhou como se quisesse chorar, confesso que não entendi muito bem o que ela sentia nesse momento, mas ela demorou alguns segundos para responder.

- Sim...

- Shawn Peter Raul Mendes, aceita Hailee Caribe Steinfeld como sua legítima esposa, para amá-la, respeitá-la e ser fiel até que a morte os separe?

"- Minha filha vai morrer, Shawn. E a felicidade dela está nas suas mãos. A faça feliz no pouco tempo que ela tem de vida."

Eu realmente conseguiria fazê-la feliz?

"- A Hailee vai entender. Eu não posso me casar com ela e estragar nossas vidas, Jared."

Mas também não posso deixá-la sozinha quando mais precisa de mim.

"- Espero que essa semana passe logo, meu amor. Eu te amo, Shawn."

Eu te amo, Katherine.

Olhei em volta todos esperavam minha resposta. Hailee sorriu e apertou minha mão como se quisesse me passar tranquilidade.

- Sim, eu aceito.- Foram as palavras mais difíceis e que mais doeram pronunciar.

- Eu vos declaro marido e mulher. Hailee passará a se chamar Hailee Caribe Steinfeld Mendes. Pode beijar a noiva.

E com um beijo eu matei meu futuro com a Katherine, com um beijo eu selei a felicidade de Hailee.

Até que a morte nos separe.

Pov's Justin Bieber

- Um bebê do Shawn?- Bati na bati com força na parede.- Você não pode ter esse filho.- Eu estava totalmente desiludido e me sentindo um lixo.

Agora era o momento perfeito para dizer que Shawn estava comprometido com outra mulher e que jamais voltaria.

- O que você tá dizendo Justin?- Katherine abraçou a barriga.- É meu filho!

Ou então agora seria o momento de ficar quieto e esperar  Katherine descobrir sozinha que ela nunca será feliz com Shawn, e depois eu entraria novamente em jogo para tê-la outra vez e dessa vez para sempre...






Notas Finais


Eu tô surtando com esse capítulo!!!!!!!!!!!
Quero muitos comentários hein 😱
Um grande beijo para as leitoras mais lindas do mundo ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...