História O boxeador e a princesa ( Marichat ) - Capítulo 60


Escrita por: ~

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Alix Kubdel, Alya, André Bourgeois, Chloé Bourgeois, Gabriel Agreste, Hawk Moth, Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Nathanaël, Nino, Personagens Originais, Plagg, Sabine Cheng, Sabrina, Tikki, Tom Dupain, Wayzz
Tags Marichat, Plakki, Romance
Visualizações 49
Palavras 806
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Visual Novel
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá,meus amores, espero que gostem do capítulo de hoje
Obrigada pelos mais de 100 favoritos.
Então, uma boa leitura.

Capítulo 60 - A saída das irmãs da mansão.



__    Pai, eu e a Tikki demos o melhor de nós para cuidar da nossa mãe, você nem tempo para visitar ela, fica jogando  a culpa dos maus cuidados que nunca existiram ,porque somente se preocupava com os negócios, com os seus amigos  ruins, que se esqueceu da sua família !   -   Marinette fazendo carinho em Tikki que ainda chorava  em seu peito,  falando que o seu pai tinha fechado o seu coração para a família.

__     Você não é mais ,minha filha, nem tão pouco  a sua irmã, vocês são a vergonha para mim, não merecem mais a minha atenção, se quiser ir embora com o inútil do seu namorado, pode ir, não ligo mais para isso , vocês são a vergonha para mim , não prestam mais para  mim !   -    Tom ignorando o discurso de sua filha mais velha, continuando a dizer que elas não eram mais as suas filhas, expulsando elas de casa, gesticulando da varanda do antigo quarto de Marinette.

___    Parece que o seu coração virou um coração negro, eu acho que foram os seus amigos que mudaram o senhor , agora eu esperando que a sua solidão te faça bem ,porque o senhor mereço um pouco de desprezo, assim o senhor vai aprender a ser mais gentil com as pessoas como o senhor era no passado !   -  Concha se ajuntando aos amigos,  comentando sobre o coração do senhor Dupain que olhou feito uma ave de rapina nele,  falando que a solidão  que ia determinar algumas lições de moral para ele.

  ___   Somente fala besteiras, Concha , eu não acredito em cada palavra que você coloca para fora !   -    Tom ignorando o sábio discurso do moreno, olhando para ele ainda feito uma ave de rapina.

___    Bem, para o senhor  poder aparecer  um monte de besteiras,  porque fechou a sua mente para as mentiras do amigos,  orgulhoso de si mesmo, então considere mesmo que o meu discurso anterior não serve para você, então eu lamento por te fazer perder o seu tempo precioso !   -  Concha aceitando a ingnorância do senhor  , acreditando que ele tinha fechado a mente ,  pedindo desculpas para ele.

    __   Meu amigo, você não deve desculpas para este senhor ,  ele é quem deve pedir desculpas para você,porque ele é um ser muito arrogante, orgulhoso ,  metido !   -   Chat Noir olhando sério para o senhor ,  criticando o senhor Dupain em tudo, falando que o moreno não precisava pedir desculpas para o senhor Dupain.

  __  Não quero mais saber de discussões, se o meu pai disse que eu e a minha irmã Tikki não somos mais bem vindas , o jeito é aceitar, a minha irmã Tikki já sofreu demais !   -     Marinette pedindo para que  a discussão pare  , aceitando a realidade delas, querendo poupar a irmã da dor que sentia.

__   Está bem, minha princesa, então, vamos, porque eu quero ficar bem longe dele !   -   Chat Noir aceitando o pedido da namorada, lançando o seu último olhar de raiva para o senhor Dupain na varanda, dando as costas para o senhor , começando a deixar a mansão dele.

___   Vem, Tikki, quando chegamos algum restaurante, eu compro um refrigerante em lata para você !   -    Marinette beijando a testa da irmã, começando a caminhar abraçada á ela ,  prometendo comprar algo para ela.

___   Está bem,irmã !   -   Tikki aceitando o convite  da sua irmã , começando a deixar com a sua irmã á sua casa antiga , começando uma nova fase em sua vida, ainda chorando muito forte
  
  -  x x -
   Concha apenas olhou para o senhor Dupain que começava a deixar a varanda  do quarto antigo da filha, sem falar com ele,  então o moreno se apressou para acompanhar os outros.
    -  x  x  -

     Assim com a mudança delas , as duas irmãs entraram no carro de Concha no banco travesseiro do carro ,  Tikki ainda chorava nos braços de Marinette   , enquanto Chat se sentou ao lado do amigo , o moreno ligou a chave do carro   e começou a dirigir na direção  da mansão do amigo.

   ~   Quebra de tempo  :   Durante  a viagem  
     
   O caminho para a mansão dos Noir foi calmo , depois  eles passaram em um restaurante, Marinette saiu do carro rapidamente do carro para comprar refrigerante para irmã que já tinha parado de chorar á algum tempo, Chat Noir foi junto para garantir  a sua segurança  , deixando o  Concha  no volante , fazendo companhia para a  Tikki que pegou uma revista , começou a  ler ela.

    Depois de alguns minutos de espera , Marinette e Chat Noir voltaram para o carro com algumas latas de refrigerante  para todos , então eles entraram no carro  ,  assim o Concha recomeçou a sua viagem para chegar na  mansão dos Noir.
 


Notas Finais


Me desculpe por algum erro cometido.
Até mais


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...