História O destino - Capítulo 27


Escrita por: ~

Postado
Categorias Orphan Black
Personagens Alison Hendrix, Cosima Niehaus, Dra. Delphine Cormier, Elizabeth "Beth" Childs, Felix "Fee" Dawkins, Sarah Manning, Siobhan Sadler "Sra. S"
Tags Cophine Romance
Visualizações 27
Palavras 3.118
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 27 - Unhas grandes


Fanfic / Fanfiction O destino - Capítulo 27 - Unhas grandes

Pov Delphine :

Acordei , olhei para o lado e Cosima ainda estava dormindo , então me mechi com cuidado para não acorda-la , fui para o banheiro ver se minha menstruação já tinha acabado , entrei no banheiro sentei no vazo e quando eu fui ver a minha calcinha estava limpa , eu sorri de tanta felicidade , Hoje eu vou dar muito era o que eu pensava, enquanto escovava os dentes , fui para o quarto e peguei a minha melhor largerie e fui para o banheiro vesti-la , me olhei no espelho e eu estava muito gostosa, eu me comeria fácil ,lembrei que Cos queria fazer as paradas das comidas , e agradeci mentalmente de ter ido fazer compra aquela semana , então peguei uma caixa de leite condensado e Um chantilly e uma garrafa de vinho e levei para o quarto, quando eu cheguei no quarto ela não estáva, então deitei na cama com uma pose sexy , e deixei as comidas em cima do armário. E esperei ela voltar para o quarto.

C - Meu Deus - Falou quando entrou no quarto e me viu deitada,ela estava com uma cara engraçada 

D - Bom dia Cos - Falei com uma voz sexy 

C - Bom dia loirinha - ela estava parada intacta na porta - Eu acho que estou sonhando - falou me fazendo rir , eu levantei e fui até ela 

D - Se isso for um sonho eu não quero acordar - falei colocando os braços nos ombros dela e encarando-a

C - Você está tão gostosa com essa langerie - falou colocando a mão na minha bunda 

D - Vem - puxei ela pela mão e coloquei ela sentada na cama , e eu sentei em cima dela - Está com fome ? - perguntei nos dois sentidos 

C - Muita - falou passando a mão nas minhas custelas 

D - Então o que acha de um pouco de chantilly ? 

C - Eu acho que seria maravilhoso - ela me jogou para o lado e eu cai deitada na cama .

Ela pegou o chantilly e colocou ele da minha virilha até o bico do meu peito fazendo um caminho . Ela abriu as minhas pernas e lambeu o chantilly devagar subindo até o meu peito e aquilo era muito bom , ela começou a morder e lamber o meu peito e eu comecei a gemer baixinho . Ela pegou o chantilly e fez a mesma coisa só que agora no outro peito , quando ela acabou colocou um caminho do meu peito até a minha boca , e ela foi subindo lambendo devagarinho com os joelhos entre minhas pernas,eu poderia gozar ali mesmo,no caminho ela parou no meu pescoço e beijou , morreu , e lambeu muito , depos suibuiu para o meu queixo onde ela mordeu , e por fim chegando na minha boca , ela começou a me beijar ferozmente prescionando o joelho entre as minhas pernas , e eu estava tão excitada com ela que gozei no joelho dela 

C - Você tá bem excitada - falou separando o beijo

D - Você não faz idéia do quanto - Falei puxando ela para mim e a beijando .

A mão dela passeava pelo meu corpo até que ela desce denovo e tira a minha calcinha e passa os dedos na minha intimidade 

D - Não me torture tanto Cos - Falei ofegante - Me coma até eu não andar mais 

C - Sim senhora - falou deixando uma mordida na minha virilha 

Então ela começou a me chupar , e como Ela me chupava bem , eu acho que em toda a minha vida eu nunca transei com alguém tão bom de cama igual a ela , ela sabia misturar o sexy com o prazer com a tortura.Ela me fazia emplorar para ela me comer de tanto que ela me torturava , mais eu amava quendo ela me torturava dava mais tesão . Ela me chupou até eu gozar na boca dela , depois ela chupou todo o liguido e me penetrou com dois dedos e começou devagar e depois foi acelerando o ritmo e eu gozei de novo . Ela pegou o leite condensado e colocou na minha virilha , ela lambeu bem devagar e depois desceu de novo me chupando gostoso , ela me chupou  com mais vontade agora e eu gozei de novo. Era incrível como ela me fazia gozar rápido . Ela pegou o leite condensado e colocou no meu peito e começou a lamber e Chupar . Então ela ficou nesse vai e vem até eu gozar mas umas 5 vezes . Então virei os nossos corpos ficando em cima dela 

D - Agora é a minha vez - Falei perto da boca dela - Prepare-se 

C - me fode do jeito que você sabe que eu amo - falou em baixo de mim e eu comecei a beijar seus lábios .

No beijo minha mão corria por todo o seu corpo . E ela é muito gostosa , as curvas , o corpo magro ,fofinho e pequeno ao mesmo tempo.Ela é maravilhosa , ela tem um jeitinho tão singular  , tão ela , sem contar do sorriso maravilhoso que ela tem .

Eu peguei o vinho e despejei na barriga dela e enquanto eu lambia ela estava rindo 

C - Isso faz cosquinha , mais é muito bom - falou tentando segurar a risada 

Eu sobi em cima dela e meu rosto ficou quase colado no dela 

D - Voce quer que eu continue ? - Perguntei com uma voz sexy olhando para ela 

C - Por favor - falou entre gemidos , eu estava torturando muito ela 

D - Me pessa para te comer - falei colocando o meu joelho entre suas pernas e ela gemeu 

C -  Del por favor - falou gemendo

D - Não ouvi - dei uma mordida na bochecha dela 

C - Me come - falou baixinho

D - Ainda não ouvi - falei prescionando mais o joelho 

C - Me come - Falou gritando olhando para mim 

D - Agora sim

Desci minha mão dentro da calcinha dela e ela estava muito molhada , entao eu penetrei dois dedos nela e aumentei o ritmo 

C - Aí ai ai - ela falou gemendo de dor 

D - o que foi tô te machucando ? - falei parando e olhando para ela

C - Sim , suas unhas estão grandes - eu tirei a mão de dentro da calça dela , e ela colocou a mão entre as penas e fechando a perna - hum... 

D - Caramba tá mesmo - falei olhando para minhas unhas que estavam enormes - Desculpas , que merda estraguei a nossa transa 

C - Tudo bem , você pode pegar aquela pomada ? 

D - Tá bom eu pego - fui no banheiro pegar a pomada - Deixa que eu passo , abre as pernas e tira a bermuda 

C - Tá bom - falou tirando a bermuda e abrindo as pernas 

Quando eu vi estava um arranhado e estava sangrando 

D - Você já ficou menstruada esse mês?- Perguntei olhando para ela 

C - Já por que ? - Falou preucupada olhando para a intimidade dela - Caraca tá sangrando 

D - Desculpas eu juro que vou cortar as unhas - ela começou a rir - por que você está rindo ? 

C - Por que está sangrando - falou rindo 

D - É sério Desculpas - falei passando a pomada 

C - tudo bem amor 

D - Eu sou uma idiota estraguei mais uma vez - falei passando a pomada irritada 

C - Não fala isso , a gente pode continuar outra hora - ela gemeu - Nossa eu tô muito ecitada com você passando a mão aí 

D - A é ? - falei passando mais a mão - Vou lá cortar a minha unha e já volto 

C - Volta logo hein - falou sorrindo maliciosa 

D - Deixa comigo - falei piscando para ela e saindo .

Pov Cosima : 

Delphine quería me enloquecer ,só pode, Ela sabe o poder que ter sobre mim é não tem pena , ela é uma mulher muito sexy e sabe como deixar qualquer um louco . Mais ela é minha ! Minha Loirinha ! Minha futura esposa !

Hoje eu acordei e ela não estava na cama , então fui no banheiro fazer xixi e Escovar meus dentes e quando eu volto Delphine estáva na cama de langerie Vermelha , só sei que eu comi muito aquela gostosa , fiz ela gozar mais de 5 vezes . E quando ela foi me tocar a unha dela me cortou e até sangrou e quando ela estava passando a pomada em mim eu quis tacar ela na cama e fazer ela gozar de novo. A verdade era que ela tirava todo o meu juízo.

D - Voltei - falou mostrando a mão com as unhas cortadas - Preparada para o segundo raud ? 

C - É claro 

Transamos mais umas 3 vezes 

C - Sabe por que eu sei que nós iremos durar ? - falei olhando para ela deitada do meu lado ainda ofegante 

D - Por que ? - falou olhando para mim 

C - Por que todo dia que eu acordo a primeira coisa que eu quero fazer é ver seu rosto - Falei passando a mão no rosto dela e ela sorriu

D - Eu acho que as mais belas palavras,as mais bonitas frases, não conseguem descrever o que sinto por você - falou olhando para mim - Cosima você pra mim é tudo , é a minha necesidade , a minha escolha , e quero que saiba que quando eu me imagino feliz eu imagino você , você é a minha felicidade - falou sorrindo 

C - Eu durmo todos os dias pensando em você e acordo todo dia com você na minha cabeça 

D - Eu Também - passou a mão no meu rosto - Eu morro de ciúmes de você, olha o que eu fiz com a sua ex , fiquei com medo de você ser dela denovo - abaixou o olhar 

C -Olha para mim - ela olhou - eu nunca vou voltar para ela , eu nunca vou amar ela por que eu amo você , é com você que eu planejo no meu futuro, é com você que está o meu coração - ela sorriu e uma lágrima caiu no rosto dela - vem cá - falei indo abraça-la - não fica assim - beijei sua cabeça - Eu te amo e nada e nem ninguém vai nos separar - ela me abraçou e disparou a chorar 

D - Eu te amo tanto , e não imagino uma vida sem você - falou enchugando as lágrimas do rosto e sorrindo 

C - Eu também não loirinha - Falei passando a mão no cabelo dela - Agora vamos comer alguma coisa por que eu estou morrendo de fome 

D - Eu também estou, eu vou fazer o almoço hoje - falou levantado- me acompanha ? - falou estendendo a mão 

C - Acompanho - falei pegando em sua mão 

Fomos até a cozinha e ela ia fazendo as coisas e eu ia pegando os ingredientes . Ela estava montando a lasanha e eu peguei uma fatia de  queijo

D - Se faltar a culpa é sua - falou colocando uma fatia na tigela 

C - Só peguei uma fatia larga de ser ruim- falei fazendo um biquinho - estou morrendo de fome 

D - Eu Também estou - ela olhou para frente e parece que estava pensando em alguma coisa - O arroz - falou indo para o fogão e desligando o fogo e eu peguei mais uma fatia e ela viu - É sério vai faltar , por que não vai lavando as vasilhas para ver se aqueta essa sua mão nervosa 

C - Tá bom eu vou mais antes - falei chegando mais perto - Quero um beijo - ela me deu um selinho - Só um selinho ? 

D - Sim, você pegou as fatias e agora vai falar 

C - nossa , tá bom então - falei saindo de perto e ela me puxou e me beijou e colocou a mão na minha bunda - Ué ? Não entendi 

D - Não era pra entender , agora vai lavar as vasilhas e acalma um pouco a sua mão 

C - Sim senhora - falei saindo e indo lavar as vasilhas 

Pov Delphine :

C - Está Tao Bom - falou dando a primeira garfada na lasanha 

D - estaria melhor se alguém não tivesse comido o queijo - falei brincando

C - verdade - falou grossa 

D - Sabe eu estava pensando...- Nessa hora o meu telefone tocou e era felix atendi e coloquei no viva voz - Oi Fe voce está no viva voz 

F - Está tudo bem aí ? - falou com uma voz de choro eu olhei para a Cosima e fiz uma cara de desintendida

D - Aconteceu alguma coisa ? 

F - Sim - falou chorando - A Kira - ele não conseguia falar de tanto que chorava 

D - O que tem a Kira ? - falei olhando para a Cosima - Fe ??

F - A Kira sofreu um assistente é está entre a vida e a morte - nessa hora eu congelei- Delphine ? Cosima? está ai? 

C - Qual hospital ela está Felix? - Cosima falou depois de um tempo ,Ele falou o hospital

C - Estamos indo pra aí - falou levantando - Delphine voce está bem ? - eu não conseguia responder de choque que eu estava 

F - Cosima ela está bem ? - perguntou no telefone 

C - Delphine - Ela me mecheu 

D - Temos que ir para o hospital - felei levantando e indo para o quarto , Cosima deu tchau no Felix e veio atrás de mim 

C - Você está bem ? 

D - Estou ótima - falei sarcástica abrindo o guarda roupa e escolhendo alguma roupa - Kira está entre a vida é a morte - peguei uma calça jeans - Claro que não estou bem, não seja idiota - falei meio impaciente ela não respondeu só pegou uma calça e uma blusa e vestiu 

C - Deixa que eu dirijo - Falou pegando a chave do carro - Estou te esperando no carro 

D - Cos pera...- ela bateu a porta com raiva .

Confesso que me arrependi de ter chamado ela de idiota , ela só estava querendo ajudar e eu estava com iguinorancia. Me vesti rápido e desci para o carro , entrei no carro e ela nem olhou para mim e deu partida queta 

D - Desculpas - falei no meio do caminho

C - Pelo que ? - falou com uma voz fria olhando para o trânsito

D - Por te chamar de idiota 

C - Não tem que se desculpa , você tem razão , Kira sofreu um acidente e eu perguntei se você estáva bem  ,  claro que você não está bem 

Eu fiquei queta, seguimos até o hospital quetas

F - Meninas que bom que chegaram - Falou levantando e indo abraçar a gente 

D - o que aconteceu ? 

S - A culpa é minha - falou chorando - eu sou uma pessima mãe

F - Não fala isso a culpa não foi sua

S - Eu estou me odiando tanto agora 

C - Cadê ela ? 

F - Está em cirurgia 

D - mais o que aconteceu ? - falei meio impaciente sentando no sofá e Cosima do meu lado 

S - Foi assim , estávamos em um restaurante e no outro lado da rua tinha uma loja de doces , ela me pediu dinheiro para comprar um chocolate e eu dei e quando ela foi atravessar a rua o carro pegou ela - ela deu um soco na perna dela - Eu sou uma idiota eu devia ter ido com ela 

D - Claro que não você não sabia

Ficamos conversando mais umas 2 horas até que Sara e Fe Foram ao refeitório , eu deitei minha cabeça no ombro da Cosima e coloquei minha mão na sua coxa , ela colocou o braço dela em volta dos meus ombros e deu um beijo na minha cabeça

C - Vai ficar tudo bem - falou massageando o meu braço - eu estou aqui com você 

D - Obrigada - dei um beijo na bochecha dela

Felix e sara chegaram e um médico entrou na sala 

Dr - Vocês sao a Família de Kira ? 

S - Sim - falou se  levantando do sofá

Dr - Bom ela está bem agora , ela quebrou o braço , e teve hemorragia interna e vai ter que ficar internada até quando tivermos certeza que a hemorragia não vai voltar , e ela está no quarto chamando a mãe dela 

S - Posso vê-la ? 

Dr - Claro me acompanhe - ela foi atrás dele 

F - Graças a Deus - falou respirando aliviado e sentando no sofá 

Ficamos ali até uma infermeira se aproxima

I - Olá , se quiserem pode ir visitar Kira - me acompanhe 

Acompanhamos ela até o quarto e Sara estava chorando segurando a mão dela 

K - Mamae não chora eu estou bem - falou enchugando as lágrimas 

F - Kira - falou correndo para abraça-la 

K - Tio felix - retribuiu o abraço - Tia Delphine , tía Cosima - falou feliz 

D - Kira - fui abraça-la e Cosima também abraçou 

K - Agora que estou com gesso vocês podem assinar o nome de vocês - falou brincando fazendo a gente rir 

Ficamos conversando com ela até a hora que os visitantes tinham que vir em bora, e era incrível como Kira mantinha o bom humor naquela situação . Viemos em bora e eu pedi para sara me ligar se acontecer alguma coisa .

D - Kira é muito forte né - falei me deitando 

C - Bastante - falou deitando do meu lado 

D - por que você está assim ? Se for por aquilo eu já pedi desculpas eu só estava estressada . - falei olhando para ela 

C - Eu tô bem , só estou com sono - falou olhando para mim 

D - Então sorri para mim - ela sorriu - eu amo o seu sorriso ele é lindo igual a dona - falei passando a mão no seu rosto 

C - Eu também amo o seu - falou sorrindo e eu abracei ela para dormir 

D - Te amo - falei dando um selinho 

C - Eu  também te amo - falou fazendo cafuné na minha cabeça e dormimos



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...