História O destino nos aguarda - Jikook - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook
Tags Jikook, Romance, Sonho
Visualizações 54
Palavras 1.312
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Poesias, Romance e Novela
Avisos: Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiee, voltei rsrs

Capítulo 2 - Seu número


Fanfic / Fanfiction O destino nos aguarda - Jikook - Capítulo 2 - Seu número

Já se passaram dois dias depois daquele, e você deve estar pensando "Ah, mas é só dois dias Jungkook, não muda nada.. que isso..." é, pois é desocupado, mas acho que você esqueceu do meu "problema" ou melhor, doença infernal, é assim que eu a chamo, já que nenhum médico conhece essa doença (a não ser aqueles que eu já falei sobre minha doença) e muito menos deram um nome para ela. Mas adivinha?! eu não aproveitei a vida... pois é desocupado, eu apenas fiquei na minha cama o dia inteiro durante dois dias, claro que eu lavantei para atacar a geladeiras de vez em quando nas madrugadas... Faça-me o favor desocupado, não olhe assim para mim, ou melhor, não pense que eu sou um adolescente esfomiado... eu sou um adulto esfomiado... enfim, eu não paro de pensar naquele garoto do hospital, acredita que eu já até dei um nome para o meu "crush"? pois é, na verdade é apelido... mas enfim, eu chamo ele de "Flor do meu jardim" já que o cabelo dele é rosa e ele é lindo, sinceramente, ele parece perfeito, parecere não, É! 
Mas agora estou decidido á ir no hospital á procura dele... mas o medo fala mais alto.
"Será que ele vai querer falar comigo depois daquilo?"
"Será que eu devo?"
"Será que ele está lá?"
"Será que ele não é gay?"
"Será que ele tem namorado ou namorada?"
"Será..."
Chega de será, eu vou lá e pronto e acabou... Querido desocupado, eu acho que no caminho vou ir em psiquiatra, olha... eu estou descutindo com minha própria mente, desocupado! Você já fez isso? Eu hein... coisa de maluco, preciso parar com isso... na verdade eu preciso correr para o hospital, já são 20:10...

-Corro para o banheiro e tomo um banho em cerca de 3 minutos (o banho mais rápido que eu já tive), corro para o meu quarto (pelado mesmo, não gostou? me processa) e coloco uma camisa branca e larga, uma touca cinza, um sapato qualquer, uma calça larga (igual aqueles que alguns dançarinos usam, sabe?)- Pronto, está ótimo...

Corro para a garagem.

Eu - Olha que ótimo Jungkook! você correu tanto para esquecer a sua chave e o seu celular... QUE ÓTIMA DROGA HEIN!!!

Corro para dentro de casa, pego meu celular e a chave do carro/garagem e vou em direção ao carro, assim que entro eu vejo as horas e são 20:30

Eu - Put* que pariu!!! Acelera logo ô carro!! -piso fundo para eu chegar mais rápido- (AU; DASHI RUN RUN RUN!!!! Parei KKKKKKKK)


                                                                   QUEBRA DE TEMPO

Chego correndo no hospital e procurando o garoto de cabelo rosas, até que não foi tão difícil, afinal, o cabelo dele é rosa né... dãaa!

Me aproximo do mesmo que estava sentado que por coincidência (ou não, sei lá...) ele estava sentado no mesmo lugar onde eu estava, e o mesmo estava chorando... me sento ao lado do "flor do meu jarjin" (AU; Jardim, jarjin, jin... entendeu? KKKKKKKKK... Parei '-') 

Eu - "Olá? Por que esta chorando?" -Digo imitando a voz dele

Desconhecido - "Ora, é um hospital e você ainda pergunta?" -disse imitando minha voz e limpando sua lágrimas

Eu - Muito engraçado você, mas, por que sempre vem aqui? Alguém da sua familía esta aqui?

Desconhecido - Ah, não... 

Eu - Namorado?

Desconhecido - Não, rs rs.

Eu - Namorada?

Desconhecido - Bem que eu queria... mas não, também não -disse chorando ainda mais, mas desse vez me apertando forte-

Eu - Ei ei, esta tudo bem, Hum? Esta tudo bem... vem, vamos sair daqui, esse ar de morte que só hospitais e cemitérios tem me da arrepios...

Desconhecido - Certo.. -disse limpando suas lágrimas e se levantando-

Eu - Ah, qual seu nome?

Desconhecido - Park, Park Jimin. E o seu?

Eu - Jeon Jungkook.

Park Jimin - Belo nome.

Eu - Obrigado, o seu também é muito lindo.

Depois disso eu o levo para um park (AU; Park, entendeu? KKKKKK, AI MEU JINSUS! ALGUÉM CHAMA UM MÉDICO PARA MIM, POR FAVOR?) sei que não é muito legal o levar para um parque... mas... ele chorando não é legal, sabe? não que ver os outros chorando seja, não, claro que não, mas quando ele estava chorando e me abraçando forte, foi como... foi como se eu estivesse flutuando de tanta felicidade mas ao mesmo tempo meu mundo caiu por ver ele chorando... aishi, é difícil explicar...

Eu - Ei, Jimin, vamos na roda gigante? -digo apontando para o brinquedo-

Park Jimin - Vamos, vamos!!!! eu quero MUITOOOOOOOOOOOOOOOOOO 

Eu - Ok, kkk, vamos vamos! -digo puxando sua mão.

Park Jimin - Jungkookie?

Eu - Hm?

Park Jimin - eu quero um sorvete primeiro... já volto, vou ali comprar 

Eu - na-na-ni-na-não. eu compro, eu pago, eu pego para você. -digo e o mesmo sorri bobo- vai querer de que?

Park Jimin - de chocolate

vou onde o moço que vendia sorvete estava e compro dois sorvetes de chocolates e depois volto para o lugar onde eu estava e encontro um Park Jimin olhando para baixo e parecia estar pensando bastante..

Eu - ei... Quer me contar oque tanto você pensa?

Park Jimin - è difícil Jungkook...

Eu - é eu sei... mas pode confiar em mim, mas não vou te obrigar a contar nada -sorrio simpático e estendo um sorvete para ele- Hum?

Park Jimin - Certo... Desculpe, mas podemos ir embora? perdi a vontade de me divertir... desculpe...

Eu - Ok, tudo bem. -Sorrio simpático- não vou te obrigar a fazer nada que você não queira

Park jimin - Obrigado -sorri simpático- bem, já vou indo então...-diz já se retirando-

Eu - Espere, por favor -seguro em seu pulso- desculpe. -retiro minha mão de seu pulso.-

Park jimin - Tudo bem. -sorri simpático.- 

Eu - Me da o seu número? -pego o meu celular e dou para o mesmo-

Park Jimin - ah, claro -pega meu celular e começa a colocar o número do mesmo- Pronto. ãh...  agora eu realmente preciso ir... tchau kookie!

Eu - Tchau, Flor do jar -me intorrompi - Jiminie. -aceno e ele faz o mesmo e logo em seguida sai.-

 

 


                                                        Jin - Awake;

 

Acordado

Não é que eu não acredite
Mas sim que eu quero tentar resistir
Porque isso é tudo
Que eu posso fazer

Quero permanecer
Quero sonhar mais
Mesmo assim
Sei que está na hora de partir

É, essa a minha verdade
Essa é minha verdade
Serão apenas cortes e contusões
Mas é o meu destino
É o meu destino
Mesmo assim, quero me esforçar e lutar

Talvez eu nunca possa voar
Eu não posso voar como as pétalas de flores no ar
Ou como se eu tivesse asas
Talvez eu nunca possa tocar o céu
Mesmo assim quero estender minha mão
Quero correr só mais um pouco

Estou apenas andando e andando na escuridão
Os momentos felizes perguntaram-me:
"Você, você realmente está bem?"
Oh não
Eu respondo que não, estou com tanto medo
Mesmo assim seguro firme as seis flores em minhas mãos
Eu, eu apenas estou seguindo meu caminho
Oh não

Mas é meu destino
É o meu destino
Mesmo assim quero me esforçar e lutar

Talvez eu nunca possa voar
Eu não posso voar como as pétalas de flores no ar
Ou como se eu tivesse asas
Talvez eu nunca possa tocar o céu
Mesmo assim quero estender minha mão
Quero correr só mais um pouco

Bem acordado, bem acordado, bem acordado
Não chore
Bem acordado, bem acordado, bem acordado
Não minta
Bem acordado, bem acordado, bem acordado
Não chore
Bem acordado, bem acordado, bem acordado
Não minta

Talvez eu nunca possa voar
Eu não posso voar como as pétalas de flores no ar
Ou como se eu tivesse asas
Talvez eu nunca possa tocar o céu
Mesmo assim quero estender minha mão
Quero correr
Só mais um pouco


Notas Finais


Já quero logo avisar que eu só releio a fanfic para ver se tem um erro depois que posto, então se eu ainda não corrigi eu ainda vou corrigir, Ok?

Comentem e favorite <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...