História O Diário de um Herói - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Visualizações 5
Palavras 703
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Luta
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Olá novamente! É, eu decidi continuar -.-) por que vai que tem futuro ¯\_(ツ)_/¯ não sei se vai gostar, mas de qualquer maneira. "Letis goul!"

Capítulo 2 - Que os Treinos Comecem...


Fanfic / Fanfiction O Diário de um Herói - Capítulo 2 - Que os Treinos Comecem...

Sexta feira, Outubro, 6:13, 2008

Finalmente! Chegou o dia, naquela hora eu já estava arrumado, preparado para ir ao quartel

Me olhei no espelho e disse à mim mesmo 

- Você consegue, você está preparado, você consegue! - Logo após saí de casa e fui com meuso país até o quartel, depois entrei e me despedi deles

- Até mais, país! - Falo com certas lágrimas 

Eles respondem - Até, filho - Falam orgulhosos com lágrimas escorrendo em seus pes rostos 

Entrei e me deparei com a "secretaria" do local, me aproximei dela e falei 

- Olá, é aqui que se faz o alistamento? 

- Sim! É aqui sim senhor. - Ela responde

- Eu queria fazer! - Falei intusiasmado 

- Claro! Me acompanhe até a uma outra sala - Ela fala se levantando e indo a um corredor que estava a sua direita 

- Venha, siga-me

Segui ela até uma outra sala, onde se encontrava um homem com vários papéis em sua mesa 

- Bom dia senhor, esse rapaz gostaria de fazer o alistamento - Ela fala 

Ele olha pra mim e fica com uma certa felicidade, pois não são tantos jovens como eu que se alistam 

- Olá, senhor! - Falei com um tom alegre 

- Bom dia rapaz, se sente, por favor 

Me sento na cadeira que estava na frente da sua mesa e olhei aqueles papéis 

- Por favor, preencha esses papéis com sua ajuda informaçõe, por favor.

- Certo - Falo e pego uma caneta e os papéis e começo a escrever

Algum tempo depois...


- Certo, preenchido. - Olhei para ele 

- Okay - Ele analisa e se levanta 

- Siga-me - Ele vai pelo corredor até uma sala médica, onde eu iria fazer meus exames.

Entro e me sinto numa maca, assim os médicos começam a analisar meu corpo e fazem check up's. 

- Você é um jovem saudável, mas percebemos que você tem certo problema em seus pés, eles são mais para fora, então quando for fazero seus testes práticos, vamos colocar certas "peças" que irão idireitar seus óssos, okay? 

- Certo! - Me levanto

- Para onde? Agora? 

- Você vai lá para o campo de treinamentos começar a treinar, óbvio. Haha. Vamos te guiar.

Eles me levam até lá, onde me espera um soldado, suspeito que seja um major, mas não tenho certeza 

- Bom dia, recruta.

- Bom dia, senhor.

- Qual seu nome? - Ele fica olhando para mim

- Jhosef.

- Certo.. Jhosef, você acha que consegue passar por esse desafio? Quero ouvir bem alto.

- SIM SENHOR!

- ENTÃO, CORRA EM VOLTA DO CAMPO TRINTA VEZES SEM PARAR

Começo a correr sem mais nem menos

Depois de trinta voltas, tento esconder meu cansaço.

Ele olha para mim sem indiferença.

- Agora, pegue um fuzil e passe por aquele rio de lama carragando seu fuzil, e passe CORRENDO!

Corro, pego o fuzil e passo por aquele rio lamacento carregando o fuzil

Depois de passar, volto até ele 

- Ótimo, muito disso vai acontecer em campo de batalha, agora quero que você recarregue seu fuzil, e vá até os alvos logo ali.

Pego o cartucho e coloco no fuzil, assim não direto para os alvos 

Depois miro nos alvos e vou atirando, de começo vou indo mais ou menos, mas após fui indo muito bem. 

Ele olha pra mim e fica impressionado, assim mandando eu parar.

- Muito bem, vamos agora treinar mais seu físico

Avizinho: Vamos pular essa parte, pois ia ser muito tedioso ficar lendo algo repetitivo, certo? Então vamos logo para a parte onde ele está na parte do dormitório.

Chego no dormitório e vejo meus colegas, e eles me recabem bem

- E aí cara, seja bem-vindo 

- Obrigado! - Falo com o cara que estava ao lado da minha cama

- Você também é novo aqui? 

-Sim, sou sim. Cheguei ontem.

- Qual seu nome? 

- O meu é Jhon, e o seu 

- Jhosef, prazer em conhecer - estendo a mão 

Logo ele aperta minha mão e olha para mim 

- O prazer é todo meu, Jhosef.

Logo após chega o major e fala

- HORA DE DORMIR, VAMOS BOTAR ESSES SEUS CORPOS MOLES PARA MALHAR AMANHà

Todos - SIM SENHOR!

Logo as luzes se apagam e todos se deitam 

Pensei - (Isso vai ser incrivel...)

Fecho meus olhos e só ouço o som do vento bater nas árvores..







Notas Finais


Esse foi o capítulo, tá curto? Tá! Não gostou. Eu entendo, gostou? S2. Enfim! Espero que gostem de qualquer maneira e até o próximo capítulo, por que vai ter muita coisa ainda é.ê


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...