História O Diretor - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias 50 Tons de Cinza
Visualizações 48
Palavras 1.729
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Todos temos 
momentos difíceis em nossos dias.
Mas devemos ver nesses dias 
não somente as coisas ruins,
pois coisas boas acontecem a toda hora 
e muitas vezes passam despercebidas.
E somente nesses momentos 
é que damos valor a elas..

Capítulo 19 - Dia de surpresas não desejadas..


Fanfic / Fanfiction O Diretor - Capítulo 19 - Dia de surpresas não desejadas..

Miley: Vamos Miguel! -- Me levanto sinto a raiva me consumindo.. 

Pedro: Miley! 

Miley: QUE É PORRA! -- Grito com ele, que até o Miguel fica assustado

Pedro: Fala alguma coisa! Você não pode sair desse jeito.. 

Miguel: Calma Mily.. -- eu nunca vi ela agir assim

Miley: Eu saio do jeito que eu quiser.. -- aponto o dedo na cara dele..-- Vem cá tudo você quer chamar os papais.. -- falo empurrando ele.. -- você tá achando que eu ainda sou criança? Vai se fuder Pedro..

Miguel: Mily se acalma.. 

Miley: Não me pessoa pra mim ter calma Miguel..-- volto minha atenção pro Pedro..-- você.. -- falo apontando o dedo na cara dele..-- você sabe o que você fez? Você completamente quer que volte a morar na Inglaterra com eles.. 

Pedro Mily eu só quero te proteger.. 

Miley: Me proteger de quem Pedro? Do Miguel? Porque é isso mesmo que você quer, não é? Pelo mesmo seja sincero com você.. 

Pedro: Mily eu não quero que isso aconteça..

Miley: Pedro você sabe muito bem das influências que nosso pai tem aqui, ele vai me tirar daqui na força.. PORRA PEDRO!  você não poderia ter ficado calado? Eu já sou mais velha e sei muito bem me cuidar.. 

Pedro: Me desculpa Mily, não foi minha intenção.. 

Miley: Sinto muito Pedro, agora neste momento eu não posso te perdoar.. 

Miguel: Mily! Para chega..-- puxo ela pelo braço, ela faz um golpe que consegue sair, Ual! Isso é novidade..

Miley: Não Miguel! -- aponto o dedo pra ele..-- agora ele vai me ouvir.. 

Pedro: Mily a gente não vai lutar, a gente só estamos conversando, calma.. 

Miley: PORRA PARA DE ME PEDIREM PRA TER CALMA, AGORA É TARDE DE MAIS! Já tive muita calma quando deixei aquelas pessoas me baterem! Você sabe se defender então se defenda, se não eu vou quebrar sua cara toda.. Miguel e Anna fiquem longe eu tô avisando.. Se prepara Pedro..

 Dou um soco Direto (Mat trong), ele se desvia, e me dá golpe cruzado(Mat trong) mais eu me defendo e dou joelhada frontal (Khao trong) que acaba acertando a barriga dele, ele se afasta um pouco, não espero ele se recuperar e dou um soco em salto (Kradot chok), que deixei ele no chão..

Miley: Levanta eu não acabei Pedro..-- minha raiva estava me consumindo.. 

Miguel: Mily acabou! -- vou até ela cheio de medo, pois também não quero dar nenhum golpe nela que possa machuca-la prefiro segurar ela por trás..-- você quer matar seu irmão? 

Miley: Não!  eu quero que ele saiba que eu sei muito bem me defender, se eu não bate naqueles idiotas por que eu não quis, porque é contra os princípios da luta.. agora me solta! 

Miguel: Mily olha pra mim..-- viro ela pra mim e coloco minha mão no rosto dela..-- Ele já entendeu seu recado olha ele caído no chão.. -- o olhar dela transmitia raiva..

Miley: você nunca mais se intrometa na minha vida.. -- subo pro meu quarto correndo e começo a dar soco na parede.. -- haaaa..-- Grito pra ver se a raiva diminui.. 

Miguel: Mily! Para com isso! Olha a sua mão? -- seguro ela por trás.. -- Calma meu amor eu tô aqui.. -- abraço ela e deposito um beijo na sua testa.. depois de alguns minutos a respiração dela fica mais leve, e ela começa a chorar... 

Miley: Porque ele fez isso? Eles vão me afastar de você, você não sabe a influência que meus pais tem..

Miguel: Eles não vão conseguir me afastar de você! E também você não sabe qual vai ser a reação deles, se acalma meu amor..

Miley: Miguel eles são capazes de tudo, você ainda não entendeu?

Miguel: Eles são capazes de que Mily? 

Miley: eles vão te prejudicar, só pra me ver longe de você, eles vão jogar baixo com você, e eu não vou conseguir ficar com você, sabendo o mal que eles estiverem fazendo com você... 

Miguel: Não vamos pensar mais nisso, por favor! Vamos esquecer por enquanto e pensar só na gente.. -- dou um beijo na ponta do seu nariz..

Miley: Me desculpa..-- envolvo meus braços no pescoço dele..-- pela cena que você viu..

Miguel: você sabe lutar?

Miley: Sei sim, aprende na época que descobri a traição do meu ex! Tinha que me distrair um pouco.. 

Miguel: Porque você não me disse que sabia lutar?

Miley: Porque não é uma coisa que eu me orgulho...

Miguel: Mais porque? 

Miley: Porque uma pessoa já foi parar no hospital, por minha causa...

Miguel: Tá! Vou me lembrar de não provocar você... -- dou uma risada

Miley: Vamos pra sua casa? Não quero ficar mais aqui..

Miguel: Tá bom, mais você vai ter que voltar pra casa depois.. 

Miley: Não! Eu vou dormir com você..-- falo colocando umas roupas dentro da mochila.. 

Miguel: Meu amor seus pais vão estar aí amanhã, você precisa estar em casa pra não prejudicar mais você, e vai acabar complicando nosso relacionamento com o seus pais.. 

Miley: Você está certo, eu vou dormir na minha casa.. -- reviro os olhos e solto um ar de frustração.. 

Miguel: Vamos minha mimada.. -- a gente desce as escadas e Pedro e a Anna estavam lá em baixo.. -- Anna ele está bem?

Anna: Está sim

Miguel: Que bom, eu vou pra casa com a Mily e nos encontramos na boate..

Anna: Tá bom, Mily! 

Miley: Fala! -- falo seca

Anna: Eu não sabia que o Pedro tinha falado com o seus pais..

Miley: Tá! Belo namorado que você foi arrumar, grande filhinho mimado do papai.. -- fuzilo ele com os meus olhos.. 

Pedro: Mily me perdoa! Eu não pensei nas consequências.. 

Miley: Miguel vamos, até mais tarde Anna.. -- saio sem responder ele

Saímos da minha casa, entramos no carro dele e fomos em direção a casa dele, depois de pois de 30 minutos chegamos na casa dele.. 

Miguel: Mily fica atrás de mim! -- a porta estava aberta.. 

Miley: Porque? 

Miguel: A porta está aberta..-- ela segura meu braço..

Miley: É mais fácil eu te proteger Miguel..

Miguel: Eu também sei lutar bobinha..-- risos.. 

Pov's Alice...

Ele precisa voltar comigo, eu o amo e não vou deixar ninguém me separar dele...

Se ela acha que vai ficar com o meu Miguel ela tá equivocada, se ele não for meu ele não vai ser de ninguém.. 

Eu ainda tenho a chave da casa dele, eu posso fazer uma surpresa pra ele, e é isso que eu vou fazer, tomara que a fechadura seja a mesma.. 

Vou pro banheiro tomo um banho coloco uma lingerie sexy e um vestido azul, calço um salto.. 

Pego minha mochila e coloco umas velas grossas e redonda dentro, saio de casa e passo numa floricultura e compro algumas pétalas de rosa vermelha e vou em direção a casa do Miguel.. 

Chego lá em menos de uma hora, fico torcendo que seja a mesma chave, e para minha surpresa é a mesma chave..

Entro e pra melhorar o meu dia ele não está em casa, e vou logo preparar a surpresa..

Passei a tarde toda arrumado tudo e fazendo um jantar, depois de tudo pronto eu vou tomar um banho de novo e coloco a lingerie.. 

Ouço a maçaneta da porta abrindo e meu coração acelera.. 

Pov's Miguel..

A gente entra em casa e pra nossa surpresa tinha pétalas chogada no chão e a casa estava iluminada por velas.. 

Miley: Miguel! Quando você conseguiu tempo pra me fazer essa surpresa? 

Miguel: Mais não fui eu! 

Miley: Não foi você, então quem foi? 

Miguel: Merda! Foi ela... -- fecho meus olhos quando eu ouço a voz dela..

Alice: Miguel meu amor você chegou..-- eu olho e vejo que ele não estava sozinho.

Miley: Miguel o que ela está fazendo aqui? 

Alice: Miguel você falou pra mim que tinha terminado com ela.. 

Miguel: Mily deixa eu explicar! -- ela se afasta de mim..-- Por favor Mily

Alice: Se eu fosse você eu iria embora..

Miguel: CALA A PORRA DA SUA BOCA ALICE! -- Me viro pra Mily..-- Mily eu nunca ia te trair, eu te amo acredita em mim.. 

Miley: Miguel não se intrometa eu vou resolver..-- ele se afasta de mim..-- e vou até ela é pego ela pelo braço...-- você se lembra que disse pra você quanto eu te visse de novo aqui? Que eu ia quebrar a tua cara! Mais não se preocupe eu não vou fazer isso, você vai embora do mesmo jeito que você está agora, viu como sou boazinha? -- Puxo ela pelo braço..

Miguel: Alice minha chave! Cadê? 

Alice: está em cima do balcão, e minhas coisas? 

Miley: vai estar no lixo amanhã, você vai embora assim pra sua casa, pra você aprender que eu não sou uma pessoa de ficar de joguinhos e muito menos não sou uma criança pra acreditar nas suas mentiras.. -- abro a porta e empurro ela e fecho a porta..

Miguel: Mily! Eu não te trai..-- chego perto dela, mais ela se afasta.. 

Miley: O que ela estava fazendo aqui Miguel? -- hoje literalmente é o pior dia 

Miguel: Mily eu não sei! Você precisa acreditar em mim..

Miley: Como é que ela tem uma cópia da sua chave Miguel? 

Miguel: Quando a gente namorava eu dei uma cópia pra ela.. 

Miley: Que legal Miguel, tinha que ter dado uma cópia da minha casa também pro meu ex, pra ele entrar e sair da minha casa a hora que bem entender.. 

Miguel: Mily me desculpa, eu esquece de trocar a fechadura, eu Jamais te trairia! Eu não quero te perder..

Miley: Miguel eu vou pra casa... -- Eu não me aguento e acabo chorando.. 

Miguel: Mily não vai por favor! Você precisa acreditar em mim.. -- chego perto dela e coloco minha mão na rosto dela..-- Eu te amo Mily, jamais te trairia ou se quer te trocaria por outra pessoa, confia em mim meu amor eu não quero te perder..

Miley: Tá eu confio em você! Hoje não é meu melhor dia.. -- abraço ele e ele retribui..-- Eu também te amo, vamos nos arrumar pra gente ir pra boate.. 

Miguel: você não prefere ficar aqui comigo? 

Miley: Eu prefiro sair, preciso esfriar a cabeça, são muitos acontecimentos de uma vez só, e ainda vai vim muitos.. 

Miguel: Tá bom, então vamos se arrumar.. 

Eles se arrumam e vão pra boate, na boate ocorreu tudo bem, fora alguns ciúmes do Miguel pelo fato dos homens estarem dando em cima da Mily..

Miguel leva a Mily pra casa e depois vai pra sua casa... 

No dia seguinte...





 


Notas Finais


O que vocês acharam desse capítulo?

😘😘😘😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...