História O Estranho "Jikook" - Capítulo 19


Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bts, Gay, Jikook, Jimin!bottom, Jimin!top, Jungkook!top, Jungkookbottom!, Kookmin
Visualizações 639
Palavras 2.707
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


FIREEEEEE💣💥🌚

Capítulo 19 - "Vamos brincar Bunny??"


Fanfic / Fanfiction O Estranho "Jikook" - Capítulo 19 - "Vamos brincar Bunny??"

Continuação...

Jimin envolveu sua língua no meio do ósculo fazendo a mesma encostar na minha, Oque ocorreu um arrepio intenso em meu corpo, sua língua encosta na minha e por um momento eu não soube Oque fazer, Jimin estava me beijando de Língua, ou seja, eu estava finalmente perdendo meu Bvl (Beijo de Língua), Ele quando acabamos com toda a infelicidade do mundo o nosso beijo, devido a falta de oxigênio, ele começa a beijar meu pescoço, me fazendo arfar, ele pegou em minha nuca trazendo mais de meu pescoço a si, deu uma mordidinha leve do lado esquerdo, me fazendo escapar um gemidinho baixo, Corei pois tinha medo dele não gostar de meus gemidos, ele para Oque estava fazendo e me olha, olho em seus olhos e percebo que ele não era Jimin, seu olhar estava repleto de luxúria, um olhar hipnotizante e tenso, poderia chegar ao meu orgasmo ali mesmo, ele olha pra minha boca que estava mordida pela tentativa anterior de conter os gemidos, e foi se aproximando, cada vez mais pude sentir sua respiração contra meu rosto, ele pega em minha nuca mas dessa vez a acariciando

Puxa rápido e começa um beijo violento e feroz, com direito a mordidas e chupões, Jimin já tinha perdido toda sua sanidade e eu sabia disso, talvez sua sanidade e a minha fugiram até o Brasil a pé, felizes e unidas, agarrei sua cintura fina e apertei contra meu corpo, botando nossos quadris juntos, quase em uma fusão, até que ele para o beijo com uma leve mordida em meu lábio inferior, Oque me fez dá um gemido de dor, mas uma dor gostosinha, uma dor que eu queria mais, ele me bota contra a parede e me aperta nela, fazendo eu praticamente "colar" nela,  enterlaço minha perna ao redor de sua cintura tombando a cabeça pra trás enquanto ele beijava e mordia meu pescoço, senti algo molhado em minha orelha, abri meus olhos e Olhei pelo canto do olho seu rosto bem perto de mim mordendo o lóbulo dá minha orelha

Ele para e sinto a palma de suas mãos pequenas em minhas nádegas as apertando com força, como se sua vida dependesse daquilo, "Jimin...." Gemo manhoso e sinto sem olhar o seu sorriso malicioso que deve tá' me dando agora, sinto minhas bochechas arderem, eu concerteza devo estar corado, ele deposita um tapa em uma Das minhas nádegas me fazendo agarrar seus cabelos --Que agora-- loiros para conter o meu imenso prazer que estava sentindo, ele sobe até meu quarto com passos normais, que parecem igual a uma tartaruga pra mim, ele me prensa de novo no meio dá escada e me solta de seu colo, eu e ele já estávamos suados como nunca, nossos corpos quentes e calorentos colados um no outro trazia uma sensação maravilhosa entre ambos

Co-autora ON

Jimin sobe correndo deixando o outro com um sinal de interrogação estampado em seu rosto, JungKook subiu lentamente os degraus dá escada até seu quarto, chegou no corredor claro e continuou andando, chega na porta de seu quarto abre lentamente, como se estivesse com medo de alguma coisa lá, e o pior é que estava mesmo, na verdade, ele estava mais pra ansioso do que com medo, quando abriu a porta por completo, achava que ia encontrar Jimin nu em sua frente, ou um quarto cheio de decorações bonitas e velas, mas não era nada disso como esperado dele, ele entra e vê Jimin em pé, perto dá sua cama, com um roupão branco, que aparecia bem suas lindas e perfeitas coxas, vê ele com as duas mãos pra trás, já não sabia que era boa coisa, chega mais perto de Jimin, e vai andando, cada vez mais próximo dele, quando chega aonde os pequenos braços de Jimin que tem certeza de que alcançaria, ele o prende com uma...Algema??!! JungKook sente o ferro frio e rosa encostar em sua pele dando um arrepio, Jimin toca em seu queixo e faz JungKook olhar pra ele

JungKook ON

"Vamos brincar Bunny?? Vou lhe contar a brincadeira, vou colocar isso aqui em você tá?" Ele disse me mostrando um ANEL PENIANO?? Dá onde Jimin está tirando essas coisas?? Mas é uma situação que eu nem me importo, eu só queria fazer amor com ele, isso mesmo, Amor, eu não quero apenas fazer sexo e depois mais nada, eu quero fazer amor com Jimin, é Oque eu mais quero, assinto necessitado e envergonhado, ele sorri e se agacha em minha frente, tira a minha calça de moletom até os meus pés e eu os levanto fazendo a calça sair de perto de nós, estava apenas com uma box vermelha em meu corpo, a última peça que falta pra ele me ver exposto a ele, Ele bota sua boca encima do meu membro, que estava debaixo dá box, Gemo alto e manhoso tentando segurar seus cabelos, Oque foi uma tentativa completamente falha, fecho meus olhos jogando a cabeça pra trás


Ele começa a chupar o meu pré-gozo que está melando toda a minha cueca, Jimin bota sua mão dentro dá minha box e aperta meu membro me fazendo gritar, eu quero tanto gozar, eu preciso, mas agora que eu estava com o anel peniano, e eu não ia conseguir gozar, Porra!!, Porque Jimin??, Eu preciso me aliviar, eu preciso gozar, mas se você quer brincar comigo...Eu aceito; Ele começa a chupar e lamber mais forte e com mais precisão, deixando eu cada vez mais necessitado, sinto um pano escorrendo entre minhas pernas e faço o impossível pra abrir os olhos e ver, Jimin tinha tirado minha última peça de roupa, e eu?? Estava mais corado do que nunca, Ele começa chupar minha glande já inchada querendo alívio, começo a gemer mais ainda e o pior é que eu não consigo tocá-lo com essas malditas algemas 

Ele segura em minha base e começa a fazer movimentos de vai e vem com sua boca carnuda e cheinha, eu sempre tentava lhe tocar, mas nunca dava certo, até que ele para com seu boquete dos deuses, infelizmente, ele se levanta e me olha, um olhar profundo e desejo, um olhar faminto, como se ele estivesse morrendo de fome, e eu era a sua comida, ele me beija, mas dessa vez um beijo lento e carinhoso, sem língua e nenhum movimento brusco, ele vai andando pra frente e eu ainda o beijando vou andando pra trás, até que caio em uma cadeira/Poltrona e ele se separa de meus lábios, seus lábios estavam vermelhos e inchados, de tanto eu morder e chupa-los

Ele bota uma coisa em minhas pernas, as prendendo na poltrona, meus olhos arregalam e eu olho pra ele, "Bom... Você não pode se mexer não é mesmo JungKook-ah, você não pode se tocar, e nem me tocar, só olhar, essa é a brincaderinha Kookie, agora...brinque" Ele disse e tirou seu roupão, finalmente podendo ver seu MARAVILHOSO, PERFEITO, LINDO E GOSTOSO corpo, Jimin era a perdição em pessoa, ele é simplesmente... perfeito, ele vai até uma gaveta em meu próprio quarto e tira uma tiara de gatinho, eu não tenho nenhuma orelha de gatinho, não que eu me lembre, Ai ai ai Jimin..., Ele se senta na cama de frente pra mim, mas logo se vira e eu vejo que ele está com um Plug de gatinho, Meu Deus!! Eu não consigo, é muita tortura pra uma pessoa só, meu membro ganha MUITO mais sinal de vida, ele era o ativo sim, mas na questão de provocar ele pode ser tudo, ele pega o plug que estava em sua entrada e tira, logo soltando um gemido rouco

O Jimin tá' me matando em segundos, ele saí dá cama e desce sentado no chão, ainda com o plug em sua mão, Ele começa a lamber o plug como se fosse membro, "J-J-imin..." Gemo seu nome, eu estava tão excitado, ele senta em minha frente, encostando suas costas em minha cama, ele se levanta de novo, mas dessa vez um pouquinho, e bota o plug em baixo de si, e vai sentando lentamente, vou seguindo cada movimento seu, memorizando cada expressão e cada gemido alto que ele dava, Jimin estava me levando a loucura, eu quero que chegue a hora dele me ah... Meu Deus...

Ele começou a se estocar com o plug, Jimin....eu não consigo..."Ju-jungKoo-k!!!" Ele grita se estocando mais rápido com o plug de rabo de gatinho, eu já estou quase chorando de ver essa cena e não fazer nada

Jimin ON

Eu já estava ficando cego de tanto tesão que eu estava sentindo ali, eu quero logo sentir como é estar dentro de JungKook, tiro o Plug do meu interior e continuo com as orelhinhas de gatos em meus Cabelos, subo um seu colo e ele já está todo suado, com seu membro pulsando e bem "Acordado" se é que me entendem, "Você quer que eu te foda do jeito que eu sei é?? Bunny.." Pergunto e ele assenti desesperado, "Quer eu entrando na sua entradinha bem apertadinha e te estocando bem rápido forte e fundo??" Pergunto o provocando, Oque deu certo

"S-s-sim D-da-ddy" Ele responde com dificuldade, JungKook estava cego de tesão, deu pra ver suas lágrimas de tão excitado que ele está, o deixo tão excitado a esse ponto??, Tiro seu anel peniano e ele suspira de olhos fechados, pego uma chave que ficava do lado dá poltrona, me enclinou e pego a pequena chave, abro todas as algemas e ele me pega em seu colo me jogando na cama ficando por cima de mim, ele começa a beijar todo meu corpo, me fazendo arfar e gemer a cada toque

Troco de posição bruscamente, fazendo a cama ranger pela rapidez, Fiquei por cima de JungKook e ele trocou de novo de posição ficando em meu colo, "JungKook calma..." Digo a ele que estava apressado querendo eu lhe preenchendo, sem nenhuma preparação, eu não quero que ele sinta dor em sua primeira vez, eu senti muita dor a minha primeira vez, e eu não quero que isso se repita com a pessoa que eu amo, pego os pulsos de JungKook que estavam no meu ombro e lhe jogo mais uma vez em sua cama

Começo a distribuir beijos pelo seu pescoço, e alguns chupões, que concerteza ficaria a marca amanhã, começo a descer meus beijos e chego em seus mamilos, começo lamber e chupar o seu direito e ele arqueia suas costas arranhando as minhas e gemendo cada vez mais manhoso, várias músicas em meus ouvidos, sem dúvida melhor música que eu já ouvi, pressionei meus polegar dá mão esquerda em seu outro mamilo, apertei e ele só faltou urrar, tirei minha boca de seu mamilo e começo a apertar seus mamilos com meus dois polegares cada um, cheguei perto de seu ouvido e sussurrei rouco : "Você é sensível aqui Kookie??" Perguntei me referindo aos seus mamilos, ele responde um "M-muito" e eu sorri me abaixando indo ao seu umbigo a onde rodeei minha língua  em seu um umbigo e ele berrou e se contorceu todo, Seus dedos, costas, mãos e pés, ele era tão sensível, brinquei mais naquele local e ele gemendo, fui até sua virilha e comecei a dar mordidinhas "AHHHHH JIMMI-" Não conseguiu falar tudo e começa a se contorcer mais


Subo pra cima e olho para seu rosto mais uma vez, e logo enfio dois dedos na sua boca, ele começa a chupar lubrificando meus dedos com sua saliva, depois que eu acho que está o suficiente eu começo

JungKook ON

Depois de chupar seus dedos para lubrifica-los eu começo a ficar com medo e começar a tremer, Acho que ele percebe pois olha com um olhar preocupado, "Eu não vou machucar, eu te amo..." Ele disse, e depois de ouvir suas palavras eu nunca fiquei tão feliz, me senti seguro de imediato e eu sei que ele nunca me machucaria, por que o seu "Eu te amo" Foi o único eu te amo que eu consegui acreditar, sinto um leve desconforto e olho pra baixo Jimin botou um de seus pequenos dentro de mim, não senti TANTA dor pois já tinha me tocado antes, quando ele botou seu segundo dedo eu senti mais desconforto ainda, agarrei os lençóis bagunçados dá cama, "Relaxa amor...vai melhorar, eu juro" Ele fala e eu relaxo, Vejo uma de suas mãos na minha barriga e eu a pego , dou uma gargalhada e ele me olha confuso, "Por que está rindo?" Ele pergunta ainda com seus dedos parados em mim, "Sua mão, ela é tão pequena" Respondi sorrindo, ele sorri e fala: "Ele faz coisas incríveis sabia??" Ele sorri mais largo e começa a move-los dentro de mim, agarro seus fios de cabelos loiros e começo a gemer e rebolar contra seus dedos, ele os tira e eu suspiro desaprovado, até  que  sinto uma coisa molhada em minha  entrada, sua língua, Reviro os olho e ele agarra minha bunda com suas mãos, agarro seus cabelos e trago mais seu rosto pra minha entrada, ele penetra  sua língua em mim e eu gemo alto, ele tira minhas mãos de seus cabelos e ele bota de novo suas mãos  em minhas nádegas, gemo de reprovação e ele fala:"calma Bunny, o melhor vem agora" Ele sorri e me pega no seu colo se sentando encostado na cabeceira dá cama, ele beija o meu nariz e fala: "Quer dá a mão e essas coisas??" Rio e ele também "Tanto faz" Respondo e dou uma Das minhas mãos a ele, Com a sua mão livre, ele pegou meu quadril e levantou, com a minha mão livre pego em seu ombro e vou abaixando, a dor era insuportável, as lágrimas começaram a rolar sobre meu rosto e ele me olha de novo preocupado "Eu te amo tanto JungKook... Eu não quero ver você chorando, assim você deixa seu ChimChim tristinho..." Ele diz e faz bico, sorrio pela sua fofura e lhe dou um selinho, que logo vai se tornando um beijo, um beijo tranquilizador, quando seu membro me preenche por completo ele me espera pra mim mexer, e começar a rebolar, minha cabeça estava escorada na curvatura do meu pescoço e ele fazendo carinho em meu cabelo, Jimin era um amor em pessoa, ele consegue ser carinhoso até em horas assim, Jimin foi o Anjo que Deus mandou pra mim fazer feliz, e pensar que eu batia nele, agora, nunca mais vou nem pensar em fazer isso, eu o amo, e eu nunca vou deixar de lhe amar

Comecei a rebolar e eu levanto minha cabeça de seu pescoço e ele tira sua mão do meu cabelo, começo rebolando devagar e depois vou aumentando, "J-J-Jimin..." Gemo seu nome e ele começa a mexer seu quadril me estocando mais forte, "AHHHHH" Gemo muito alto, "Porraa....tão apertadinho Ju-jungKoo-k" ele gemeu alto, e eu??  estava quicando nele de tão forte que ele me estocava

"Fica assim amor" Ele diz ofegante me botando de lado na cama e de costas pra ele, ele me penetra de novo me fazendo revirar os olhos, "M-Mais r-rapido por f-favor D-Daddy ..." Peço e assim ele faz, começa a ir muito rápido, começo a sentir esparmos no meu corpo, minha entrada se contrai envolta de seu membro e ele começa a gemer mais alto que antes em meu ouvido, "Go-goza pro...Daddy v-vai" Ele pede indo mais rápido e fundo acertando minha próstata, e esse foi a gota d'água, gozei intenso como nunca tinha gozado antes, sem ao menos ele ou eu ter me tocado, Jimin não tinha gozado ainda então eu retiro seu membro dá minha entrada e me deito entre suas pernas pegando seu membro e botando minha boca nele, ele agarra meus cabelos e começa a estocar minha boca, eu não reclamava pois era tão bom, até que eu chupo sua glande, ele gemeu alto e eu tomo todo seu líquido branco delicioso, beijo ele para ele sentir do seu próprio gosto, um gosto perfeito, depois do beijo fomos tomar banho juntos, sem nenhuma malícia e segundas intenções, só carícias e demonstrações de amor, ele pega um lençol em meu guarda-roupa e nos cobre, "Eu te amo Jimin..." Disse me encolhendo em seu peito, com ele fazendo carinho em mim, "Eu te amo JungKook..." Foi a última frase que eu ouvir antes de apagar e dormir.

Continua ou para??

Capítulo feito por ARMY_sladrinha

❤🌚



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...