História O filho da diretora (jikook) - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jungkook, Personagens Originais, V
Tags Amor, Colegial, Drama, Escolar, Investigação, Jeon Jungkook, Jikook, Kim Taehyung, Park Jimin, Policial, Romance, Sexo, Vkook
Visualizações 93
Palavras 614
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Lemon, Policial, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


oi, voltei!
Com mais um capitulo
espero que gostem!

boa leituras

Capítulo 8 - Taehyung...


Fanfic / Fanfiction O filho da diretora (jikook) - Capítulo 8 - Taehyung...

 

            Quando terminamos tudo eu estava com dor de cabeça e cansado demais, tanto que me joguei encima da cama atrás de mim, fechei os olhos tentados relaxa e amenizar á dor de cabeça, o quarto estava silencioso achava que o jimin tinha saído, quando sinto um peso encima de mim me prendendo, abro os olhos e me deparo com um garoto super tarado sobre meu corpo, naquele momento não estava com cabeça pra discutir com ele, o jeito era fala calmamente com esta criatura de Jesus.

            -Jimin... Sai de cima de mim, por favor, estou com muita dor de cabeça pra ter agüenta.

            -Jeon Jungkook, você sabia que é comprovado cientificamente que uma boa relação sexual pode tirar á dor de cabeça, e de bônus muito prazer!

            -Prefiro um comprimido, vai compra!- estou relax.

            Depois de meia hora tentando fazer que jimin sair de cima de meu corpo, finalmente depois de alguns assédios comum do jimin, ele sai e me trouxe um analgésico e um pedaço de bolo delicioso de chocolate, engoli o comprimido e comi o bolo de uma só vez e me joguei novamente na cama e descasei um pouquinho.

            Estava anoitecendo rápido, por isso o moço “educado” denominado jimin Yuki me levou para minha adorável residência, estando nela fui em direção ao meu quarto, deitei na minha cama e apaguei completamente.

            Acordo com primeiro raio de sol que invade o quarto pela varanda, procuro meu célula pela casa, quando o acho esta todo descarregado, volto pro quarto e quando me arrumo para escola deixo o telefone carregando.

            Já estou pronto pra o colégio, pego meu célula e saio de casa correndo em direção á escola, cheguei ao portão e não encontro Tãehyung, ele sempre me espera no portão, adentro na sala e vejo o Tãehyung no fundo da sala de cabeça baixa, vou a sua direção, chego nele e pergunto por que ele estar naquele local.

            -Tãetãe, porque você estar sentado aqui no fundão da sala?- me assusto com sua resposta.

            -Por sua causa Jeon Jungkook, onde você estava ontem à noite?- sua pergunta me fez lembra o seu aniversario ontem à noite.

            -Ai meu deus! Desculpa-me Tãe eu me esqueci, estava com dor de cabeça por causa do Jimi... – ele me interrompeu ao ouvir o nome do jimin.

            -JIMIN? Tinha que se, dês que esse garoto entrou na sua vida você nem conversa mais comigo, e eu pensava que uma bendita promessa ia te fazer volta a ser o que era antes, eu sou um idiota mesmo, você alguma vez pensou em mim, eu mudei de cidade e escola só pra fica com a pessoa que eu amo kookie... Você já sentiu algo por mim, eu acho que não. – meus olhos estavam lacrimejando com as palavras que ouvir como eu não percebi isso antes.

-Tãe... Hyung... Desculpa, por favor, eu não vazia Idea! –falei choramingando como as lagrimas no meu rosto.

-Se... Você me dá licença, Jungkook eu... Tenho umas coisas a fazer- me corpo paralisou, eu nunca tive uma briga dessas com ele, o mesmo ate parou de fala o meu apelido, isso tudo me vez chora ainda mais.

 Naquele momento eu não conseguia me move só conseguir ver a cena do meu Tãetãe saindo da sala aos prantos, como fui tão besta ao ponto de não percebe os sentimentos do Tãehyung por mim.                        Passei quase a semana toda tentando fala com ele por todos os meios, mais não adiantava ate na escola ele não estava indo, isso me fazia sentir mais culpado, porem não podia pensa nisso hoje, é sexta feira o dia que eu e o jimin vamos rouba os documentos da escola, isso me preocupa.

-x-

   


Notas Finais


gostaram amanha tem mais
Ps: tadinho do tae :-(


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...