História O Hacker dos desenhos - Capítulo 89


Escrita por: ~ e ~Robsonssj

Visualizações 6
Palavras 2.422
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Ficção, Ficção Científica, Luta, Magia, Romance e Novela, Survival, Suspense, Universo Alternativo
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Spoilers, Tortura
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Dessa vez, vou consumir as notas finas

Capítulo 89 - Separação


- Muito bem, Matt, agora é a sua hora de agir, nós precisamos que você faça o possível para encontrar Troi – Pedro falou

- Troi? – Robson perguntou

- O hacker, esse é o verdadeiro nome dele, ele é mais ou menos assim – Ele falou enquanto fazia uma escultura com água de um lago que estava perto deles. Ele fez a escultura em tamanho real, com precisão exata do cabelo, olhos, corpo, etc.

- Certo, vocês o que vão fazer? – Matt perguntou

- Vamos atrás dele – Pedro respondeu pegando a poção de Hugo – Você saberá onde nós estaremos

- Sim, saberei – Ele falou e sumiu

- Pedro

- Oi?

- Agora me diz uma coisa, como nós vamos até lá mesmo?

- Fácil – Pedro respondeu, movimentando seu braço para cima e levantando uma pequena rocha no formato de um cone – Vamos montando nisso

- No jeito de Paul e Gustav, gostei – Robson comentou, então fez o mesmo que ele

- Temos que subir bastante, não podemos deixar que nos vejam

- E porque nós não vamos usando a tesoura?

- Hekapoo não sabe da existência dessas tesouras, não queremos chamar a atenção dela, pelo menos não ainda – Pedro respondeu, então os dois subiram alto e voaram em direção a entrada do CJC

            ... O alerta toca e todos entram em desespero

            - O que está acontecendo aqui – Pergunta Hugo para um dos cientistas que estavam trabalhando no projeto que, no momento, estava tentando descobrir o problema. O cientista apenas ergue a mão pedindo para que ele esperasse um pouco. Depois de alguns segundos o alarme para de tocar e o cientista vira sua cadeira de modo a ficar de frente para Hugo

            - Alguém hackeou, mas ele já “foi embora” – Disse fazendo aspas com os dedos

- Medo de ser localizado? – Hugo perguntou, mas o cientista apenas fez um sinal de que não sabia, Hugo olha para o lado e vê Jeremy esperando permissão para falar

- Diga, Jeremy

- Senhor, Nilson e Paloma já estão...

- Não se preocupe com eles, em breve o hacker estará aqui com vocês – Pedro gritou entrando no local interrompendo-o, e Robson estava ao seu lado

- Quem são vocês dois? E como conseguiram entrar aqui? – Hugo perguntou, fazendo um sinal para toda e qualquer tipo de arma dentro da instalação ser apontada para os dois

- Quer mesmo saber? – Robson perguntou, então colocou a mão no bolso e, calmamente, retirou a poção de Hugo de dentro dele – Aqui tem tudo o que precisa saber

- O gosto não é muito bom, mas vale a pena – Pedro comentou

- O que é essa coisa?

- É uma poção da memória, você vai conseguir se lembrar de tudo sobre nós, basicamente, nós viemos do futuro, utilizamos sua máquina do tempo para... – Todos os fitaram, afinal, não sabiam da existência da máquina

- Impossível, ela pre... – Hugo comentou, mas logo se lembrou que havia poucas pessoas que sabiam da existência dela

- Precisa da pessoa no mundo que têm um dom relacionado ao tempo, depois extrair esse dom em um liquido para carrega-la, e ela explode logo após ter feito sua viajem – Pedro terminou a frase por ele, que começou a fitar a poção ao seu lado

- Senhor, acredita neles?

- Quem foi que me ajudou a fazer a máquina, afinal, eu não a fiz sozinha – Hugo perguntou, sabendo que agora teria de explicar a todos o surgimento da máquina e como conseguiu esconde-la de todos

- Gaby, Paloma e Nilson, não tenho certeza se Francinaldo ajudou, mas ele também sabia

- Está certo – Hugo falou, e todos guardaram as armas – Agora, eu acho que devo uma explicação a vocês todos

- Deve sim, mas agora não, precisamos de você, e para isso, precisamos que você beba, e adiantamos as desculpas, não conseguimos a memória dela – Robson pediu

- Dela? – Hugo perguntou

- Beba, e você vai entender – Pedro comentou, então Hugo abriu a tampa e virou o pote, bebendo tudo

- Não aconteceu... – Ele parou de falar e cambaleou, depois levou a mão a cabeça, e alguns foram ajudar

- Não o ajudem, ele precisa enfrentar a dor sozinho para obter 100% da memória! – Pedro avisou, e todos que foram ajuda-lo hesitaram, logo, Hugo caiu no chão

- O que vocês fizeram com ele!? – Jeremy perguntou

- Só o gosto é ruim, Pedro? – Hugo falou, se levantando devagar – Nossa, isso doeu

- O que doeu? – Jeremy perguntou

- Desculpe Jeremy, mas você não vai entender agora – Ele falou, então começou a andar – Sigam-me, preciso falar com vocês dois a sós – Pediu – E onde está Matt?

- Não, você é quem vai nos seguir – Pedro falou

- Afinal, nós é quem precisamos de você, e rápido – Matt pediu, surgindo e assustando todos que estavam ali, com exceção de Hugo

- Certo – Hugo falou, então passou a segui-los

- Quem são vocês!?, me ajudem! – Troi perguntou ao ver Pedro, Robson e Hugo entrar em sua casa. Ele estava agachado no canto da sala, com medo de uma Rocha do tamanho de uma pessoa em formato quase humano, que estava na frente dele. Perto da rocha, estava a arma que começou toda aquela confusão

- Calma aí, estamos chegando – Pedro falou, então se virou para Hugo e Robson – Temos que ter cuidado, ele não é do mal, apenas fez o desejo errado

- O que quer dizer com isso? – Hugo perguntou

- A primeira dimensão que ele se dirigiu, foi a de dragon ball, lá, ele levou Bulma e mai para onde estávamos...

- Espera, Bulma e Mai?

- Longa história, continua, Pedro

- Foi ali que ele desejou ser igual a Lait Yagami, e foi aí que ocorreu o erro – Ele continuou, e agora chamou a atenção dos dois que arregalaram os olhos e aproximaram os rostos, para ouvir melhor – Alguém, que ele não viu, disparou um dardo nele, que ativou o lado negativo dele, Então a parte negativa dele tomou controle e ele se transformou no hacker

- Certo, então o que devemos fazer? – Robson perguntou

- Devemos tirar esse lado negativo dele, e impedir que se liberte

- E como faremos isso? – Hugo perguntou

- Eu, Robson e ele vamos atrás de uma pessoa em outra dimensão – Pedro respondeu, então Hugo fez uma cara de que não entendeu

- Então porque me deu essa poção?

- Por causa dela, ela pediu para que nós te ajudássemos – Robson respondeu

- E como vou fazer isso? Ela é a popular, eu sou um nerd

- Do mesmo jeito que você fez quando a conheceu, basta não ter medo – Robson respondeu – Pedro, como vamos leva-lo para lá? Sem avisar Hekapoo

- Simples, com ela – Pedro respondeu olhando para a arma – Matt, guie Hugo até a casa dela, nós voltaremos em breve

- Certo – Matt respondeu, então Pedro pegou a arma, então girou a ponta que disparava então disparou, abrindo um potal na parede, ele entrou, depois Troi foi forçado a entrar e Robson entrou logo em seguida

- Eu conheço esse lugar... O que estamos fazendo no mundo de doces ou travessuras? – Troi perguntou, depois de olhar ao redor

- Viemos falar com ela, vamos, temos que ir – Pedro falou, se virando e andando em direção a uma floresta escura e sombria, Troi e Robson logo o seguem

- Então, como foi que você conseguiu hackear o CJC? – Robson perguntou para Troi

- Na verdade, eu estava no computador, quando recebi um aviso de um vírus o computador avisou uma nova espécie de vírus, então eu tive de me virar para me livrar nele, então acabei encontrando aqueles arquivos sem querer, então acabei fazendo

- Arquivos?

- Sim, eles meio que apareceram quando eu retirei o vírus esses esquemas apareceram, então eu apenas os coloquei em prática – Ele falou, como se isso fosse o óbvio a se fazer. Pedro e Robson se entreolharam, com o mesmo pensamento em mente, “outra pessoa estava por trás disso”

- Chegamos – Pedro falou assim que chegaram em frente a um enorme cubo branco, que não parecia ter entrada

- Como abrimos isso? – Robson perguntou imediatamente depois dele terminar de falar

- Ela está aqui, bem atrás dessa parede – Troi falou tocando no cubo

- Quer fazer isso, Troi? – Pedro perguntou, Troi o fitou mas afirmou hesitando – Vá em frente – Disse, então Troi se afastou e sentou no chão, ficando com as pernas cruzadas e os cotovelos apoiados em seus joelhos, em um momento ele se levanta calmamente e toca no cubo, então uma parte brilha e desaparece, permitindo-os entrar, dentro era completamente escuro, como um túnel sem fim

- O que vocês têm para ela? – Troi Perguntou, então Robson fitou Pedro, que simplesmente entrou – Se você sabia como entrar, deveria saber também que ela está aí sozinha há muito tempo, se sente sozinha, sempre que alguém a ver, é apenas para pedir algo, por isso ela pede algo em troca na maioria das vezes

- E quando ela não pede? – Robson perguntou começando a seguir Pedro

- Então foi porque você fez um argumento muito convincente – Respondeu, então seguiu Roson, então a porta se fechou e dentro dele brilhou, mostrando tudo que estava ali, ou melhor, o nada que havia ali

- O que vocês querem? – Uma voz feminina perguntou. Eles começaram a procurar a pessoa quem falou, mas não encontraram

- Viemos pedir a você dois favores – Pedro respondeu, então ouviu o som da mulher mostrando frustação através de um gemido

- O que vocês darão em troca? – Ela perguntou

- Apareça, Kimberly, nós não vamos te machucar – Pedro falou, então Pedro e Robson o fitaram

- Kimberly!? – Falaram ao mesmo tempo

- Sabe meu verdadeiro nome? – Ela perguntou, surgindo atrás de Pedro e com uma faca no pescoço dele

- Então parece que temos algo a trocar, faça o que pediremos e eu te direi tudo – Pedro falou, sorrindo, então recebeu um chute no joelho e caiu no chão

- Acha que sou tonta, como poderia confiar em vocês – Gritou, estava com o pé acima da cabeça de Pedro, e esse pé estava vestido com um salto-alto, que havia uma lâmina bastante afiada

- Sabemos que você sabe quando dizem a verdade Hope, portanto sabe que eles farão isso – Troi respondeu, então ela desceu o pé com força para tentar assusta-los, mas não resultou em nada

- Pois bem – Falou se virando para Robson e Troi enquanto fazia uma magia que fez Pedro levantar – O que querem

- Primeiro, queremos que você separe ele

- Como assim? – Ela, Robson e Troi perguntaram ao mesmo tempo

- Existe uma parte ruim nele, preciso que você separe essas duas partes, armazenando a parte ruim em algum lugar e a parte boa deixar nele, para garantir que essa parte ruim não tome controle novamente

- Muito bem, eu posso fazer isso, mas tanto ele quanto a parte ruim serão levados para um lugar que eu não posso determinar – Ela avisou, então fitou os dois, que acenaram positivamente com a cabeça, então ela se aproximou e colocou as mãos na cabeça de Troi, começou a gritar, então o corpo dele começou a ser desintegrado, até ele desaparecer completamente, e Hope caiu para trás, sendo segurada por Pedro – Obrigada – Ela disse se levantando – Qual é a segunda coisa?

- Agora teremos que ir em outra dimensão, enquanto isso Robson te explicará o que é

- Certo, os dois falaram ao mesmo tempo

- Matt, chegamos

- Olá Pedro, Robson, garota que nunca vi, como foi?

- Tudo certo, agora viemos aqui para realizar o segundo desejo que pedimos – Robson respondeu

- E qual seria? – Matt perguntou, então Pedro e Robson fitaram Hope, que tocou na terra do chão, e Matt começou a mudar a forma, até virar novamente um humano, exatamente igual a como ele era antes de morrer – Isso é... Impressionante

- Isso é um agradecimento, por nos ter ajudado com tudo – Pedro falou

- Quase tudo, ainda tenho um favor a cumprir – Matt disse interrompendo-o, sorrindo, então Pedro acena para ele, e ele faz o mesmo

- Você ainda tem os poderes completos sobre o planeta, mas agora você pode se transformar em humano quando quiser e por quanto tempo quiser – Hope explicou

- Muito obrigado

- Disponha, agora, acho que você me deve uma explicação – Ela falou cruzando os braços e virando-se para Pedro, que abriu a boca, mas ela o impediu de falar – Não, eu quero ouvir do meu jeito – Disse, então o puxou para um beijo, mas agora, ao invés de doar poderes para ele, ela estava absorvendo a memória dele, agora, ela sabia de tudo, e, por isso, olhou arregalado para os dois

- Porque vocês não desapareceram? – Ela perguntou, se referindo ao famoso efeito borboleta

- Tenho magia em mim, devido as poções, portanto sou imune a esses efeitos, e como Robson se fundiu comigo...

- Ele ficou imune, igual a você

- Exato, e me desculpe – Pedro falou pegando a arma do hacker

- É, eu sei, eu acabei de te beijar, esqueceu? – Ela falou sorrindo

- Eu irei te ver de novo – Ele falou, ela acenou positivamente com a cabeça e ele atirou, levando-a de volta para o local dela, então Pedro jogou a arma no chão e a quebrou, despedaçando-a em vários pedaços

- Certo, e agora? – Matt perguntou depois de chegar na casa de Troi novamente, então Pedro e Robson se entreolharam e acenaram positivamente com a cabeça

- Agora, é a hora de irmos embora – Robson respondeu, amos agora transformaram suas espadas novamente, entregando para Matt

- Guarde-as bem, você nos entregará depois – Pedro falou – Agora me entregue as poções – Pediu, e Matt não hesitou. Depois de pegar as poções, Pedro segurou a sua e Robson a dele, com elas apoiadas em uma mesa, eles abaixaram a cabeça e fecharam os olhos, então começaram a ficar transparentes e a brilhar um pouco, então eles soltaram as poções e começaram a diminuir de tamanho – Sabe o que fazer, Matt – Pedro falou, então os dois colocaram dois dedos nas testas e fizeram um sinal para ele como se eles fossem marinheiros e Matt o capitão, então eles viraram duas pequenas esferas brilhantes que entraram nos potes da memória, que se fecharam logo em seguida

- Até mais, companheiros – Matt falou, então ouviu um bip do computador do hacker e foi até ele, depois o abriu e viu o word aberto, se sentou, fitou as poções de Pedro e Robson, então começou a escrever

O HACKER DOS DESENHOS


Notas Finais


Pois é, como prometido, vou consumir aqui nesse capítulo, afinal
ACABOU
Nem eu acredito nisso kk
Eu agradeço muito aos que comentaram e que me inspiraram a escrever mais, que ainda me lembro o nome dos dois principais: Kinecochan e Thedarkknight, se eu tiver errado o nome peço mil desculpas, a net aqui acabou de ficar ruim kkk
Provavelmente, colocarei mais um capítulo só para explicar o primeiro, afinal, o primeiro foi depois de tudo o que aconteceu


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...