História O Medo Nunca Morre - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Stranger Things
Personagens Chefe Jim Hopper, Dustin Henderson, Eleven (Onze), Jonathan Byers, Joyce Byers, Lucas Sinclair, Mike Wheeler, Nancy Wheeler, Personagens Originais, Steve Harrington, Will Byers
Tags Dustin, Eleven, Hawkins, Mike Wheeler, Mileven, Onze, Stranger Things, Will Byers
Visualizações 34
Palavras 676
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 3 - Halloween


Para a alegria de vocês, eu voltei com mais um capítulo. Vamos continuar logo a narração

- Mãe, cheguei! - A garota anunciou assim que abriu a porta de casa.

- Para de gritar, Alex. - A mãe reclamou no sofá, com um cigarro na mão.

- Desculpe, mãe. Eu posso ir no fliperama mais tarde?

- Tanto faz. Se eu falasse não, você não me obedeceria mesmo. - A mulher fala totalmente indiferente.

- Mãe, eu já pedi para a senhora parar com isso... - Alex fala se aproximando e a mesma tenta pegar o cigarro da mão de sua mão.

- Quem te falou que você tem o direito de fazer isso? - A mãe fala olhando profundamente nos olhos da garota assustada, apertando seu pulso com a mão esquerda.

- Des... Desculpa...

- NUNCA mais faça isso, entendeu bem?

Ela apenas balança a cabeça, insinuando um "sim".

- Eu perguntei se entendeu. - A mulher fala fria.

- Eu entendi, mãe. - A garota responde com os olhos já cheios d'água.

- Ótimo.

- Me solta... Está machucando.

- O quê?

- Você está me machucando! - Alex não se aguenta e grita chorando.

- Faz algo de útil e saia da minha frente! - A mãe fala e solta o pulso da garota, que sobe as escadas chorando.

- Calma, Alex... 

 Ela tenta reconfortar a si mesma, pobre Alexandra.

- Você vai aguentar, vai aguentar. - Ela repete algumas vezes antes de limpar o rosto e mexer no guarda-roupa.

Já em outro lugar, os garotos e as duas meninas do grupo, estavam reunidos na sala de audiovisual. 

- E ai galera, já arrumaram as fantasias para amanhã? Todos os ajustes finais? - Mike inicia o diálogo.

- Sim, cara! As fantasias vão ficar demais. - Dustin fala animado.

- Sim! Vão ser iradas! - Lucas completa. - E as suas, meninas?

- Cara, as nossas estão incríveis! Vamos arrasar no Halloween desse ano. - Max fala entrando no entusiasmo. 

- E esse ano temos certeza que as pessoas irão vir fantasiadas para a escola, né? - Will pergunta.

- Sim, eu já perguntei algumas pessoas, e várias vão vir fantasiadas. - Jane fala sorrindo.

- Irado! Pessoal, esse ano o Halloween vai ser sinistro! - Mike fala. - Agora mudando de assunto, todos concordam em fazer uma votação para decidir sobre a Alex?

- Sim! - Todos falam juntos.

-Certo... Quem apoia a Alex entrar para o grupo, levante a mão. - Mike espera um pouco e todos levantam a mão, generosos eles, né? - Okay, então a votação foi unânime. A menina entra no grupo!

Várias batidas na porta surpreendem Joyce, que estava sozinha em casa.

- Hopper? - Ela fala abrindo a porta.

- Temos que conversar. - Ele fala entrando na casa.

- Tá... Mas sobre o quê?

- Sobre o Mundo Invertido.

Um vasto silêncio invade a casa.

- O Mundo Invertido? - Joyce repete.

- Isso. E acho que você poderia falar com o Will.

- Will? Falar o quê? Hopper, eu não tô entendendo nada! - Joyce fala confusa.

- Escuta Joyce, eu acho que as criaturas voltaram, e como o garoto tinha aqueles flashbacks, talvez ele possa saber o que está acontecendo. - Ele fala sério.

- Ele... Ele tá na escola, ele disse que tinha clube de audiovisual.

- Ok, mas quando ele chegar, me liga. - Ele fala por último e sai da casa, voltando a delegacia.

Os garotos já haviam terminado a sua "reunião", mas hoje eles estavam retornando para casa separadamente, mas como já fosse rotina, Mike acompanhava a Jane.

- O que você achou da Alex? - Mike puxa assunto.

- Ah, sei lá... Eu gostei dela, achei simpática e ela é meio... durona, não durona, durona. Mas... durona. - Jane responde atrapalhada.

- Okay, eu completamente não entendi nada. - Mike fala rindo. 

Como os dois erão fofos... Mas além deles, estou pressentindo casais, ou casal, no singular.

- Enfim... chegamos. - Ele parou a bicicleta e a encarou.

- É... chegamos. - Ela se aproxima e deixa um beijo na bochecha de Mike. - Até amanhã.

- Até... - Ele coloca a mão sobre onde a garota deixou o beijo, totalmente encantado. - Oh yes, baby! - Ele dá um soquinho no ar.


Notas Finais


Heeey! ^-^

Ooi gente, tudo bem com vocês? Gostaram do capítulo? Fiz como todo carinho meus babys 💙

Comentem oq acharam do capítulo, e se tbm comentem de tiverem alguma dica, sugestão para mim. Enfim, qualquer coisa! :D

Favoritem para não perderem nenhum capítulo e compartilhem para todos os seus amigos!

Então é isso galera, bjão e tchau! ❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...