História O melhor amigo do meu irmão - Capítulo 28


Escrita por: ~

Postado
Categorias Cameron Dallas, Christian Collins, Crawford Collins, Matthew Espinosa, Nash Grier
Personagens Cameron Dallas, Christian Collins, Crawford Collins, Matthew Espinosa, Nash Grier, Personagens Originais
Tags Celebridade, Christiancollins, Crawford Camerondallas, Magcon, Matthewespinosa, Nashgrier, Romance
Visualizações 163
Palavras 874
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Ficção Científica, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Cross-dresser, Incesto, Insinuação de sexo, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Leiam as notas finais

Capítulo 28 - Visitas


Jaick narrando

Eu não estava dormindo, apenas deitei a toua mesmo.
Ouço a porta do meu quarto abrir e logo sinto alguém deitar ao meu lado e escuto um choro. Minha irmã.
Sem nem mesmo abrir os olhos eu a aninhei a mim.

E consegui ouvir ela sussurrar.

- O Chris é amigo do Henry.

Eu fiquei em choque. Ele com certeza não  sabia quem realmente era o Henry. Ele com certeza não sabia o que ele tinha feito. Ele com certeza não sabia o quão canalha o Henry era.

.....
Assim que acordei olhei pra minha irmã que ainda dormia calmamente. Beijei sua testa. E deixei ela dormindo lá e sai do quarto.

Chegando a cozinha encontrei o Connor sentado a mesa com cara de paisagem enquanto tomava café.

- Bom dia - ele me olhou de relance.

- Bom dia - me sentei ao lado dele.

- Que horas a Amber chegou?

- Eram umas 7 horas.

- Ela não comeu? Eu não vi ela quando ela chegou - ele disse enquanto comia um pedaço de bolo.

- Não, ela chegou e já foi direto dormir. Ela não estava bem. E não era pra menos - sussurrei.

- Por que?

- Ela chegou chorando. E eu ouvi quando ela disse que o Christian é amigo do Henry.

Ele me olhou espantado.

- Como assim? O Christian conhece aquele idiota? - ele alterou a voz.

- Pelo que parece sim, mas ele não deve saber que foi o Henry.

- É   - escutamos um barulho e logo a Amber entra na cozinha.

- Bom dia - ela me dá um beijo na bochecha e outro no Connor.

- Bom dia - respondemos em uníssono.

- É verdade essa história do Christian conhecer o Henry?

- Sim, o Chris conhece ele. Acho que ele não sabe de nada, porque ele falou do Henry de um jeito com....intusiamo, parecia que ele realmente gostava do Henry.

Não deixei de notar a mágoa na voz dela.

- Você vai continuar falando com o Chris? - perguntei a ela.

- Vou.

- Só....so toma cuidado pra não se machucar, você sabe que os dois são amigos, e você pode acabar se magoando

- Eu sei - ela sussurra.

Christian narrando

O Tyler tinha saído e eu estava sozinho em casa, resolvi chamar o Henry pra gente jogar.
Peguei o telefone e liguei pra ele.

- É aí?

- Opa.

- Topa vir aqui em casa? A gente podia jogar alguma coisa e tals.

- Claro, daqui a pouco eu colo aí

- Beleza - desliguei o celular.

Não demorou muito tempo e ele chegou.

- Cadê o Tyler? - disse ele quando sentou no sofá.

- Acho que ele saiu, acho que foi com o Craw, eles foram ver um filme.

                            ***

Estávamos jogando até que eu escuto a porta abrir, logo eu vejo o Tyler e o Crawford com a expressão indecifrável.

- O que ele está fazendo aqui ? - Tyler disse e pela voz ele não estava nem um pouco contente.
 
- Ué, eu chamei o Henry pra jogar comigo.

- Sai daqui agora - Tyler disse indo pra cima do Henry mas eu intervi.

- Ele não vai, só estamos jogando, está com ciúmes ou o que?  Eu não tenho culpa de vocês não gostarem dele, na verdade nem ele tem culpa. E ele vai ficar, a casa também é minha.

Tyler e o Crawford me olham incrédulos.

- Quer saber? Faz o que você quiser Christian, deixa ele aqui, se tornem melhores amigos, se ele realmente fosse seu amigo ele contaria o porque passou tanto tempo fora, ele não merece nem pisar nessa casa. Só um aviso, se a minha irmã se magoar por conta desse seu amiguinho do coração, eu quebro  a sua cara - ele disse praticamente gritando e subiu pro quarto junto com o Crawford.

Olhei em minha volta e o Henry estava na porta.

- Eii - fui até o mesmo - Onde você vai?

- Vou embora, não quero incomodar.

- Você não incomoda, não ligue pro que eles falam, eles não costumam ser assim.

- Acho melhor eu ir mesmo, depois a gente se fala - ele sai de cabeça baixa.

O Craw e o Tyler não sabem o que falam mesmo.

Subi pro meu quarto e liguei pra Amber. Ela não atendeu. Mandei mensagem e ela não respondeu nenhuma.

Henry narrando

Quanto tempo que eu não via o Tyler e o Crawford. Bateu até saudades, só que não kkkkk.
Quero que eles se fodam, o Tyler, o Connor, o Jaick, o Crawford, o Christian, e a Amber.

O Christian realmente não sabe de nada, ele é um corderinho, foi só eu fazer teatrinho de amigo ofendido e abaixar as orelhas, certeza que ele deve estar que o Tyler está errado.

Idiota.

Será que Amber está preparada para me ver? Com certeza não.
Vai ter festa no fim de semana na casa de um amigo meu e ela e os irmãos vão,  acho que vou aparecer por lá pra ver a minha ex e meus ex cunhados favoritos. Até porque, o Christian me adora, e ele me defenderia das ofensas dos amigos dele.
Isso será muito divertido.


Notas Finais


Gente, me digam o que estão achando, o que acham que vai acontecer etc❤❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...