História O meu novo mundo! - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Uta no Prince-sama: Maji Love 1000%, Uta no Prince-sama: Maji Love 2000%
Personagens Ai Mikaze, Camus, Cecil Aijima, Hijirikawa Masato, Ichinose Tokiya, Ittoki Otoya, Jinguji Ren, Kurusu Syo, Personagens Originais, Ranmaru Kurosaki, Reiji Kotobuki, Shinomiya Natsuki
Tags Fuku, Heavens, Historia Original, Quartet Night, Romance, Starish, Uta No Prince-sama, Zoe Shimizu
Visualizações 7
Palavras 3.720
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Fantasia, Festa, Magia, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


[Nothing Here]

Capítulo 18 - Parabéns Zoe!


Fanfic / Fanfiction O meu novo mundo! - Capítulo 18 - Parabéns Zoe!

        No último capítulo:

    Agora que todo o mundo sabia para que esconder? Eu iria aproveitar o máximo que podia. Afinal... Dali a dois dias íamos ter que voltar para o Master Course não é? Assim o trabalho iria recomeçar e o tempo iria ficar escasso... Para além de o perigo do Shining nos ver aumentaria.

[x:x:x:x:x]


    Após pagarmos as fantasias fomos para o hotel e mais uma vez nos separamos.


    - Syo-chan? - chamei-o enquanto andávamos de mãos dadas pelos corredores do hotel.


    - Sim? - falou ele olhando para mim parando de andar.


    - Tenho que procurar a Tomo-chan sabes? É que o Fuku está com ela e preciso de o levar ao Natsuki antes do jantar. - falei dando de ombros.


    - Queres ajuda? - perguntou ele abraçando-me.


    - Não precisa mor. Tu não tinhas que ir ligar para alguém? Vai lá, depois vou ter contigo. - falei dando-lhe um selinho.


    - Àh verdade! Tinha esquecido. - falou ele batendo com a mao na testa.


    Beijamo-nos num beijo calmo e sem pressa. Após isso cada um foi para o seu lado. Fui em direção a uma sala do hotel e achei o Otoya, a Nanami, o Fuku, a Tomochika e a Ringo sentandos num sofá.


    - Oie! Oie. - falei sentando-me também.


    - Zoe-chan! - falou o Fuku pulando para cima de mim lambendo-me a cara de seguida.


    - Oie amorzin. - ri. Olhei ao redor e vi que ninguém falava. - Passasse algo?


    - Sua safada! Porque não me contaste que namoravas com o Syo? - falou a Tomochika empurrando-me ligeiramente rindo.


    - Eita, descobriram? - ri.


    - Como não? Os meninos enviaram uma foto para o grupo. - disse a Tomochika mostrando-me uma foto de eu e o Syo a beijarmo-nos. 


    Olhei para Ringo. - Não vais contar ao Shining pois não? - falei nervosa.


    - Não estou a pensar nisso. - falou ela lançado-me um sorriso fofo. - Relaxa que se depender de mim e do Hyuga-san ninguem mais vai saber.


    - Obrigado. - falei saltando para cima dela abraçando-a. - Já agora Fuku! Tenho que te levar ao Nat-chan.


    - Verdade! Que tipo de fantasia eu vou usar?


    - Não sei bem... Ainda estou a pensar. - disse.


    Após isso despedi-me de todos e fui em direção ao quarto do Natsuki. O meu celular começou a tocar.


    - Quem é? - perguntou Fuku ao meu colo. 


    - Também nao sei. - falei atendendo.


         *Ligacão ON*


    Zoe: Moshi Moshi?


    (?): É a Zoe.


    Zoe: A própria.


    (?): Eu sou o Kira dos Heavens. A Tomochika falou antes para ligarmos para este número quando fossemos confirmar a nossa ida à festa.


    Zoe: Ah, certo! Então vocês vão vir?


    Kira: É, nos vamos!


    Zoe: ESTOU ANSIOSA POR CONHECER VOCÊS! KYAA


    Kira: Fala mais baixo por favor.


    Zoe: Ah certo... Desculpa. (*riso sem graça*)


    Kira: A que horas temos que estar ai?


    Zoe: Por volta das 20h30. E não se esqueçam das fantasias.


    Kira: Certo! Te amanhã.


    Zoe: Até amanhã! Tenham uma boa viagem.


        *Ligação OFF*


    - Quem era?


    - O Kira dos Heavens! - falei pousando o Fuku no chão.


    - E então? Eles veem? - perguntou ele.


    - SIMMM! - gritei começando a fazer uma dancinha sendo acompanhada pelo Fuku.


    - Que fantasias escolheste para o Starish e o QN? - perguntou ele quando voltamos a andar.


    - Segredo. Mas tu vais adorar! - falei rindo lembrando-me da tarde.


    Andamos pelo corredor mais 10 minutos até chegarmos ao quarto do Natsuki. Bati à porta.


    - Sim?


    - Sou eu a Zoe! Trouxe o Fuku.


    - Oh! Esperai!


    Assim que ele abriu a porta vi a Lizz sentada em cima da cama.


    - Oie Zoe! Fuku! - falou ela acenando.


    - Não me digas! - olhei surpresa.


    - Exato! Ela aceitou cooperar! Até porque precisa de uma fantasia. - disse Natsuki pegando no Fuku ao colo.


    - Deixa ver como está a ficar Nat-chan. - falei tentando entrar.


    - Não, não! É surpresa! - falou ele colocando-se à nossa frente. - O que eu faço para o Fuku?


     

- Não sei bem... Podes deixar ele escolher. - falei pensativa.

    - Tenho uma ideia! Aposto que vais gostar Fu-chan! - falou a Lizz.

    - Surpreende-me. - falou ele entrando no quarto.

    - Bem! Vou comecar a minha obra de arte! Licença Zoe! - falou Natsuki dando-me um abraço fechando a porta de seguida.

    - Me matando de curiosidade a esta hora hen. - falei olhando para o meu relógio. - Vou arrumar a minha fantasia e vou dormir um pouco. Estou cansada.

    Estava a andar pelo corredor em direção ao meu quarto jogando um jogo no meu celular quando choquei com alguém.

    - Desculpa. - falei olhando para a pessoa. - Ah, Rei-chan. - sorri.

    - Oie Zozo-chan! Que estas a fazer? - falou ele olhando para o meu celular.

    - Jogando apenas. Acho que vou dormir um pouco. - falei dando de ombros. - E tu?

    - Eu ia agora para a sala de cinema ter com o resto do pessoal.

    - Quem ao certo?

    - O Ai-ai, o Otoya, Cecil, Otoya, Ringo, Haruka, Ran-ran, Syo e Tomo-chan. - falou ele contando com os dedos.

    - Acho que vou também, melhor do que dormir. - falei continuando meu caminho para o quarto.

    - Mas é para ali a sala de cinema. - falou ele apontando para o caminho contrário.

    - Mas tenho que pousar a fantasia. - falei apontando para minha moschila.

    - Queres companhia? - perguntou ele vindo atrás de mim.

    - Aceito! - falei sorrindo.

    Enquanto andavamos pelos corredores em direção ao meu quarto falamos de diversas coisas. Assim que chegamos ao quarto guardei tudo e fomos para a sala de cinema.

    - Então vocês neste tempinho finalmente intenderam-se? - perguntou Reiji.

    - Meio que sim. Mas tipo, como assim? Já sabias de alguma coisa. - perguntei confusa.

    - Sabes as paredes têm ouvidos! - falou ele tentando mudar de assunto.

    - Hm, espias-te alguma conversa antiga? - ri.

    - Sim daquela vez em que estavam a discutir quando quase se beijaram. - falou ele dando de ombros. - Agora me agradece! Na altura dei uma ajudinha! Me venera! Me adora! Me idolatra.

    - Obrigado seu lerdinho! - ri dando-lhe um peteleco na testa.

    - Mas afinal, o que viste nele? - perguntou Reiji massageando a testa.

    - Não sei, bem. Não precisamos de razões para começar a gostar de alguém... Simplesmente acontece. - falei pensativa. - Acho que nos aproximamos demais e meio que os sentimentos nasceram.

    - Entendi... Ele é realmente sortudo. - falou Reiji.

    - Oie? - perguntei sem intender.

    - Nada nao! Chegamos. - falou ele abrindo a porta. - Trouxe companhia.

    - Oizin! - falei entrando.

    - Zoe-chan! Vem para aqui! - falou a Nanami chamando-me para me sentar entre ela e a Tomo-chan.

    - Certo. - falei sorrindo para elas. Vi o Syo à frente do lugar em que eu me ia sentar. Sorri para ele. - Que tipo de filme vamos ver? - perguntei sentando-me empolgada.

    - Comédia romântica eu acho. - falou o Ai virando-se para trás.

    - Nossa, quem escolheu? A Ringo-chan não é? - perguntei rindo.

    - Que linda! Já sabe até os meus gostos. - falou a Ringo virando-se para trás apertando as minhas bochechas.

    - Pssst... - chamou a Tomochika.

    - Oie? - perguntei sem entender quem ela estava a chamar.

    - Chama ai o Syo.

    - Syo-chan? - chamei-o.

    - Sim? - perguntou ele virando-se para trás.

    - Olha a Tomo-chan. - falei apontando para ela.

    - Queres trocar de lugar? - perguntou ela assim que ele olhou para ela.

    - É... Bem... Não precisas. - disse ele sorrindo.

    - Insisto! Vem, Vem! Ainda está nos anúncios do filme. - falou ela passando por cima do banco da frente.

    - Certo. - falou ele vindo para trás.

    Assim que ele se sentou o Syo entrelaçou as nossas mãos e o filme começou. Nunca tinha visto aquele filme muito menos sabia o nome dele. E digamos que estava bastante chatinho... Comédia romântica não é o meu género.


    O filme já ia a meio quando comecei a sentir sono, então encostei a cabeça ao ombro do Syo e adormeci.

        *Syo POV ON*

    O filme estava bem chato, gosto mais do tipo de filmes do Hyuga-sensei. Senti a Zoe encostar a cabeça ao meu ombro. Deixei estar. Passado um pouco comecei a escutar um respirar mais profundo. Olhei para a Zoe e vi que ela estava a dormir.

    - Acho que alguém aqui não está a gostar do filme. - falou o Reiji fazendo todos olharem para a Zoe.

    - Eu estou a achar bem bonito. - disse a Ringo em lágrimas.

    - Calma. - falou o Otoya rindo passando mais um lenço para esta, que depois de limpar as lágrimas e se assoar a este, o jogou para um monte de lenços usados do lado dela. Ri.

    Cecil pegou num casaco e passou à Nanami para o colocar por cima da Zoe.

    - Eu falei, essa mocinha é muito dorminhoca. - disse Tomochika fazendo todos rir.

    - Mas nós amamos-a assim! - falou Nanami colocando o casaco por cima dela.

    - Né! Quem diria. Quando a vi pela primeira vez pensei que fosse uma stalker. - falou o Ai calmamente.

    - Verdade... Tendo em conta a quantidade de segredos que ela sabia. - disse Cecil rindo.

    - Eu juro que fiquei assustado... E não era só segredos que ela sabia. Ela sabia absolutamente tudo. - falei rindo.

    - Ah, eu achei ela legal. - falou o Otoya dando de ombros.

    - E quem é que tu não achas legal? - perguntou o Reiji rindo.

    - Verdade. Mesmo depois daquilo tudo a tua relação com o Eiichi não mudou. - disse Tomochika deitando a língua de fora.

    - Ele não tem culpa... Não sabia que o meu passado era tão... É! Vocês sabem. Ele só queria a musica perfeita. - disse Otoya rindo.

    - Perfeita para colocar alguém em depressão. - comentou Ringo ainda chorando por causa do filme.

    - É uma comédia romântica, não um drama. - disse Otoya passando-lhe mais um lenço.

    - Eu sei... Mas sou fraca para este tipo de filmes... E qualquer outro. Emociono-me facilmente. - disse ela fungando.

    - Sei. - disse eu rindo.

    De repente o celular da Zoe começou a tocar. Olhei para o colo dela onde o celular dela se encontrava e vi que era o Natsuki.

    - É o Natsuki. - disse a Tomochika pegando no celular atendendo. - Oie Nat-chan, é a Tomochika, a Zoe-chan está a dormir. Queres deixar-lhe um recado? Hum. Hum hum! Certo! Quando ela acordar digo-lhe para te ligar por causa da fantasia do Fuku. Tá. Beijos amore. - desligou.

    - CHEGUEI! - falou alguém abrindo a porta de repente. Olhei e vi o Ken.

    - Shhhhh. - falamos em uníssono.

    - Ah, desculpem... O filme, certo. - sussurrou ele. Olhou para o ecrã e viu que o filme estava pausado. - Ue... Mas nem estão a ver. - falou ele vindo para perto de nós.

    - A Zoe está a dormir. - falou a Nanami apontando para ela encostada ao meu ombro.

    - Eita, ainda bem que não a acordei... Ela iria ficar possessa. - disse ele rindo saltando para o banco ao meu lado. Olhou mais uma vez para o ecrã.

    - Então? O filme chama-se a Bela Shimizu Zoe a dormir? Ou tem outro? Por exemplo aquele? - falou apontando para o ecrã.

    - No momento estamos a falar de um filme de à 8 meses. A chegada de Shimizu Zoe. - falou a Tomochika abrindo os braços no ar.

    - Oh, e como isso foi? - perguntou ele pegando um pacote de pipocas.

    - Verdade tu não estavas cá não era? - perguntou Cecil.

    - Conhecia-a à 2 ou 3 semanas. Então meio que não. - falou ele pensativo.

    - Então eu passarei a contar!! - falou a Ringo. - Preciso mudar meus pensamentos do filme. - atirou mais um lenço para o monte. - Por onde começar, bem, o Shining tinha-me chamado a mim e ao Hyuga-san para falarmos sobre o Master Course e vermos a evolução dos meninos. A meio o Henry entrou na sala a dizer que tinha uma garota que estava à procura de trabalho... E vocês sabem como é o Shining, nunca deixa escapar uma. Então ele falou para ela entrar. Quando a vi ela parecia bem timida e estava acompanhada por um bichinho muito fofo, o Fuku. - fez orelhas de gato nela propria. - E bem, começou a entrevista, quando o Shining lhe perguntou porque ela queria trabalhar no Master Course ela falou que se tinha mudado recentemente. Então eu perguntei à quanto tempo e ela atrapalhou-se toda. - riu.

    - A Zoe? Nossa. - comentou Ken rindo.

    - Ela quando entrou era um pouco diferente, mas depois começou-se a abrir mais connosco. - comentou a Nanami.

    - Entendi. - disse Ken colocando mais uma mão cheia de pipocas na boca.

    - Então, continuando! Ela saiu da sala e ouvimos ela a falar com alguém, mas não entendemos quem era! Então ela entrou e o show começou. - disse ela abrindo os braços. - Assim que entrou desculpou-se e disse que estava nervosa porque aquilo era como um sonho realizado, eu entendi que ela era muito fã nossa. Só não imaginava o quanto. - falou fazendo uma cara de suspense. - Ai eu repeti a minha pergunta. E bem, a resposta foi... Desde à 20 minutos atrás.

    - Como assim? - perguntou Ken.

    - Não sabes? A Zoe não é daqui. Daqui, deste mundo! Ela é de outro. Terra eu acho. E veio para este mundo com o sonho de nos conhecer. - respondi pensativo.

    - Nossa?! Não sabia! Que estrelinha essa hen. Vocês acreditam mesmo nisso? - perguntou ele confuso.

    - Sim! Apenas por causa do que veio a seguir. - comentou Cecil.

    - Uiui! - falou Ken empolgado.

    - Então depois daquilo quem ficou confuso fomos nós. - continuou Ringo. - Ai ela começou a contar uma história, a história dela, mostrou posters, figuras de ação e o primeiro episodio de uma série... Para ela tinha outro nome...

    - Anime. - ajudou Ai.

    - Sim, isso anime! - confirmou Ringo. - E bem, aquilo realmente foi estranho porque nunca fizemos uma série daquelas. E deixa que vos diga! Eu estava gata! E para além disso o Shining confirmou que aquilo tudo aconteceu naquele dia! Como ela iria saber destas estrelinhas antes mesmo de elas aparecerem? Depois o Shining comentou sobre o puma místico, e ai, as nossas suspeitas ficaram confirmadas. PORQUE ELE FALOU. - disse ela muito empolgada. - Eu fiquei em choque no momento mas depois empolguei-me. O interesse do Shining nela também aumentou, e mesmo que ela tivesse falhado na prova de dança ele teria arranjado outro cargo qualquer para ela. Ele nunca a deixaria escapar.

    - Decididamente que não. - disse a Tomochika rindo.

    - Uau! Essa garota é diva. - falou Ken com a boca cheia de pipocas. - E depois?

    - Depois fomos fazer a audiência para coreógrafa, no caminho eu e o Hyuga-san falamos um pouco com ela e ela era encantadora. - disse ela pensativa. - Depois a audiência... Ela foi deslumbrante! Dançava muito bem! Lógico que foi contratada no momento. No dia a seguir apresentamos-a aos meninos e suponho que eles ficaram tão assustados quanto eu no início. Mas depois de muitas explicações e uma entradinha no quarto dela eles aceitaram.

    - Após isso ela habituou-se a nós, e nos a ela. Realmente ela tornou o clima no Master Course bem mais divertido. - falou o Reiji.

    - Eu conhecia-a no dia a seguir quando a Nanami me disse que tinha uma pessoa interessante a trabalhar lá. Adorei-a de primeira! Cheia de energia e amorosa. Porém era um pouco fechada em relação a algumas coisas. Mas agora abriu-se mais.

    - A entrada do Fuku também foi demais! Até o Ranmaru adorou-o. E reza a lenda que ele corou com uma coisa que o Fuku disse. - comentou Otoya.

    - Sim! Eu estava presente! Foi muito engraçado!  Depois peçam à Zoe para vos mostrar a foto, vão adorar! - disse Reiji rindo.

    - Presumo que ela aproximou-se principalmente deste mocinho aqui. - falou Ken dando-me uma cotovelada.

    - Logo no início houve uma confusão no shopping comigo e com ela... - comentei.

    - Ah! Verdade! Eu vi num programa da tarde foi sucesso até o Shining negar. - disse Ken pensativo.

    - Sim, sim! Ela antes disso até me salvou do Natsuki! Achei-a bem legal. Mal sabia eu que seria ela que me iria torturar junto com ele no futuro. - falei colocando a mão sobre a testa. - Sendo sincero eu nem sei como eu e ela nos aproximamos tanto. Só sei... Que estou feliz que isso tenha acontecido. - falei fazendo cafuné nela.

    - Sei. - disse Ken rindo. - E foi por tua causa que eu conheci ela. Ela estava chorando e eu fui falar com ela senhor quebra corações. - disse Ken dando-me uma palmadinha.

    - Verdade! Eu lembro desse dia, eu assisti de primeira fila à treta! - disse Reiji fazendo joinha.

    - Vocês dois... - comentou Ai abanando a cabeça.

    De repente a Zoe começou-se a mexer.

    - Hum... - murmurou ela abrindo os olhos. - Eita, porque estão todos olhando assim para mim?

    - Estamos relembrando o passado, e a contar ao Ken claro. - falou Tomochika sorrindo.

    - Entendi. - falou ela sentando-se direita no sofá esfregando os olhos. - Que horas são?

    Olhei para o relógio. - 19h30.

    - Meu deus... O Camus. - comentou o Reiji.

    - MEU DEUS?! ENTENDI!? Gente corram pelas sua vidas para o restaurante. - gritou ela comencando a correr sendo seguida por todos nós fazendo com que aquela conversa acabasse ali. Essa garota...

        *Zoe POV ON*

        *Passado 4 horas e 25 minutos*

    Estava a olhar para o teto do meu quarto. O Fuku teve que ficar com o Natsuki esta noite para terminar o fato, então estava sozinha. Olhei para o relógio.

    - Faltam apenas 5 minutos para o meu aniversário não é? 17 anos... - murmurei olhando pela janela. - Mãe, pai! Quem diria que quando eu fizesse 17 anos estaria cercada por pessoas tão maravilhosas quanto estas. Realmente sou uma pessoa sortuda, porém... Seria melhor se vocês estivessem aqui... Mas como não estão, continuem a vigiar-me aí de cima. - Sentei-me na cama e olhei para o relógio de novo. - 1, 2, 3, meia noite. Parabéns para mim. - falei jogando-me de costas na cama.

        *Toc Toc*

    Olhei para a porta. Quem seria a esta hora? Aproximei-me e olhei pela ranhura. O Syo? Abri a porta.

    - Oie mor, o que se passa? - falei assim que abri a porta por completo.

    - Estavas a dormir? - falou ele olhando para dentro do quarto.

    - Não, ainda não.- falei dando espaço para ele passar. - O que te trás ao meu quarto?

    - Para começo! Parabéns amor. - falou ele dando-me uma caixinha. Abria-a. - Meu deus... Que bonito. - falei olhando para um colar com uma nota musical brilhante.

    - Achei que fosses gostar. - falou ele pegando no colar. - Posso?

    - Claro. - falei virando-me de costas levantando o cabelo.

    Assim que ele colocou o colocar ao meus pescoço virei-me para ele.

    - Realmente muito obrigado... É lindo mor... - falei colocando os braços ao redor do pescoço dele.

    - De nada, ainda bem que gostas-te... Fiquei meio nervoso, tinha medo que não gostasses. - falou ele coçando a cabeça.

    - Lógico que ia gostar. Afinal, foste tu que me deste.

    Após isso ele colocou as mãos na minha cara e beijou-me calmamente. Tinhamos todo o tempo do mundo.

    - Queres ver um filme? - falei apontando para a televisão após o beijo.

    - Pode ser. - falou ele sendo puxado por mim para o sofá.

    Acabamos por escolher um filme do Hyuga.

        *1 hora e 20 minutos depois*

    - Uau, já entendi porque amas tanto os filmes dele. - comentei empolgada colocando um cartoon atoa na televisão.

    - Não é? Finalmente alguém que me entende. - falou ele rindo. - Já é 1h27 acho que vou pro meu quarto. - falou ele começando a se levantar.

    - Se quizeres podes dormir aqui. - falei calmamente olhando para a televisão. - A cama é de casal.

    - ÉÉÉÉÉ? - perguntou ele assustado.

    - O que se passa? - perguntei olhando para ele.

    - É que... Bem... - falou ele atrapalhado.

    - Anjo, tou falando para dormirmos juntos, não para transamos. Relaxa. - falei rindo da cara dele.

    - Eu sei. - disse ele fazendo cara de amuado.

    - Va, vamos logo mister inocente. - falei puxando-o.

    - Sério? - reclamou ele.

    - Tu que pensou coisa errada, não eu. - falei dando de ombros.

    Após isso deitamos-nos na cama. Peguei no celular e vi que estava cheio de mensagens.

        *Chat Exército da Zoe On*

    Reiji: PARABENS ZOZO-CHAN!?

    Otoya: Parabens Zoe-chan.

    Natsuki: Eu, o Fuku e a Lizz mandamos parabéns.

        (~mais um milhão de mensagem a dizer parabéns de geral~)

    Zoe: Obrigado meus amores! Vos amo.

        *Chat Exército da Zoe OFF*

    - Geral me ama. - falei rindo.

    - É, meio que reparei. - falou ele pousando o celular também. - Mas não mais do que eu a ti. - falou ele fazendo um carinho de leve na minha cara.

    - Tu... Amas-me? - perguntei. Nesse momento um tomate teria inveja de mim.

    - Lógico que sim. - falou ele sorrindo. - Porque? Tu não me amas a mim?

    Nesse momento um monte de pensamentos começaram a rodar na minha cabeça. Memórias de tudo o que eu passei com o Syo ao longo desses 8 meses, as coisas fofas que ele me diz e faz.

    - Sim... Eu amo-te. - falei beijando-o.

    Se o que eu sentia pelo Syo não era o suficiente para lhe dizer que o amava... Então eu não sei o que mais seria.

    Assim que as nossas bocas se separaram deitei a minha cabeça no peito do Syo enquanto ele me fazia cafuné, e assim adormeci.


Notas Finais


Parabéns Zoe 💞
O que será que vai acontecer na festa de aniversário da Zoe? Quem é essa tal pessoa que o Syo convidou? Shuashua
Espero que tenham gostado, brevemente postarei outro capítulo!
Beijos meus amores


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...