História O noivo da minha irmã - ( Park Jimin ) - Capítulo 106


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, TWICE
Personagens Jimin, Rosé, Sana, V
Tags Jimin, Sana, Taehyung
Visualizações 280
Palavras 1.371
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 106 - Capítulo 105


Fanfic / Fanfiction O noivo da minha irmã - ( Park Jimin ) - Capítulo 106 - Capítulo 105

12/03/2017 - 09:46 da noite ( Segunda-feira )

Jimin P.O.V

- JIMIN. - minha pequena grita do quarto, subo a escada correndo.

- ( S/n ). - entro no quarto.

- Jimin. - ela fala do banheiro, corro até o banheiro e a encontro sentada no chão.

- Pequena. - me abaixo ao seu lado.

- Oppa, a bolsa estourou. - ela me mostra a mão direita suja com um pouco de sangue.

- Nós precisamos ir para o hospital. - pego ela no colo, saiu do quarto, desço a escada e pego a chave do carro em cima da mesinha de centro da sala. Saímos do apartamento.

- Está doendo muito. - ela afunda a cabeça no meu peito.

- Calma, pequena, calma. - paro em frente ao elevador e aperto o botão da garagem, entro no elevador. - Vai ficar tudo bem. - beijo a sua testa.

O elevador abre, ando até o meu carro. Abro a porta do mesmo, coloco ela sentada e depois coloco o cinto, dou a volta rápido, entro no carro, coloco o cinto e logo começo a dirigir.

Pego na mão dela e acaricio.

*Hospital*

Paro em frente ao hospital. Saio de dentro do carro, dou a volta no mesmo e tiro ela de dentro, ando rápido até a entrada, logo uma enfermeira aparece com uma cadeira de rodas. Vou para a sala de espera.

- Senhor Park. - alguém me chama, levanto rápido da cadeira. - Nós já iremos começar o parto. O Senhor gostaria de acompanhar?. - o médico fala.

- Sim. - assinto.

- A enfermeira vai te ajudar com as roupas. - assinto ao que ele fala e saímos dali.

*Sala do parto*

Pego na mão da minha pequena e dou um beijo em sua testa.

- Eu te amo. - sussurro, uma lágrima desce pelo rosto dela.

- Vamos lá, a Senhorita só precisa fazer força, vamos. - o médico fala. Ela aperta a minha mão com força, enquanto faz o que o médico pediu.

Alguns minutos passam.

Logo um choro é ouvido.

Sorrio.

Encaro a pequena bebezinha nos braços da enfermeira.

- Parabéns. - ela se aproxima e me entrega a bebê, pego ela com todo cuidado. Lágrimas começam a descer pelo meu rosto, me aproximo de ( S/n ) e me abaixo um pouco para que ela possa ver o rostinho da nossa filha.

- Ela é linda, igual a você. - sorriu, beijo a testa da minha Jagiya.

*Quarto do hospital*

- Eu já avisei ao seu pai, a Rosé e os outros. Daqui a pouco eles devem chegar. - falo e ela assente olhando para a nossa filha, enquanto faz um pequeno carinho no nariz dela.

Minutos passam.

A porta do quarto é aberta por Rosé.

- Onde está a minha sobrinha?. - ela se aproxima da cama. - Ai, meu deus. Que coisinha fofa.

- Fala baixo ou vai acordar ela. - minha pequena a repreende.

- Miane. Eu posso pegar?. - Rosé pergunta, ( S/n ) assente e com todo cuidado entrega ela para Rosé.

- Você e Jungkook já deveriam começar a pensar em ter um. - falo olhando para Jungkook, Tae, Senhor Hyun e os outros estão aqui.

- Eu já pensei nisso, mais ela sempre inventa uma desculpa. - Jungkook ri e Rosé revira os olhos.

- Já pensaram no nome?. - Jin fala se aproximando de Rosé.

- Já. - ( S/n ) fala.

- E como vai ser?. - Tae senta ao lado dela na cama.

- ( Escolha um nome de sua preferência para a filha de vocês dois ). - falo.

- Nome bonito. - Tae sorrir.

- Obrigada. - ( S/n ) sorrir e deita a cabeça no ombro dele.

( Nome da sua filha ), começa a chorar. Rosé entrega ela para ( S/n ).

- Vocês vão ficar aqui?. - ( S/n ) encara todos nos. - Por favor saiam, eu não vou amamentar na frente de vocês.

- Vocês ouviram.

- Você também, Jimin. - ela fala.

- O que?. Porque?. Eu já vi os seus seios. - falo e a garota arregala os olhos. - Desculpa. - percebo que falei demais.

- Saiam todos vocês. - Rosé fala.

- Você vai ficar?. - pergunto.

- Vou. Agora saiam. - saímos do quarto e vamos para a cantina.

Jimin P.O.V

( S/n ) P.O.V

- Obrigada. - sorriu. Começo a amamentar a minha filha.

- Quando você vai ter alta?. - Rosé pergunta.

- Amanhã. - falo e encaro ela. - Aquilo que o Jungkook falou é sério?. Sobre vocês terem um filho?.

- É. - ela sorrir.

- Porque você fica inventado desculpas?. - arqueio a sobrancelha.

- Não são desculpas. Eu só não quero um filho agora. Quando tiver que acontecer, vai acontecer. - ela faz bico.

- De uma coisa eu tenho certeza.

- O que?. - ela arqueia a sobrancelha.

- Que o bebê de vocês vai ser lindo, já que você é linda e o Jungkook também.

- Eu sei que sou linda. - ela fala convencida e rir. - Se quando tivermos um e for menino, ele e a ( Nome da sua filha ) vão formar um casal lindo quando forem mais velhos. - riu do que ela falou.

- Claro. - sorrio.

( S/n ) P.O.V

Jimin P.O.V

Voltamos para o quarto.

- Onde ela está?. - Jin pergunta.

- A enfermeira levou para o berçário. - minha pequena responde.

- Bom, eu vou indo. Amanhã eu vou visitar vocês. - Senhor Hyun beija a testa dela, se despede de todos nós e sai do quarto.

Depois de um tempinho conversando, os outros também vão embora.

- Oppa, deita aqui. - ela da espaço para que eu deite ao seu lado e assim faço, puxo ela para deitar no meu peito e faço cafuné em seu cabelo. - Ela é muito fofa, tem os olhinhos pequenos iguais aos seus.

- Ela é muito fofa mesmo, tão pequena. - sorrio. - Eu terei que tomar bastante cuidado com os garotos. - ela da um leve tapa no meu peito e rir, riu também.

- Ah, a Rosé falou que quando ela e Jungkook tiverem um bebê e ele for menino, ele e a baixinha vão formar um casal quando forem mais velhos.

- O que?. Não, não, não.

- Porque não?. - ela me encara. - Se eles se amarem, eu não vejo problema nenhum.

- É, você tem razão. Mais eu não vou deixar de fazer vista grossa, só porque ele é filho de um dos meus melhores amigos.

- Ok. - ela rir e me beija, paramos o beijo e ela volta a deitar no meu peito.

Jimin P.O.V





5 anos depois





( S/n ) P.O.V

A nossa baixinha já completou cinco anos, ela é tão fofa, igual ao pai. ( Foto do capítulo, a filha de vocês ).

Eu estou esperando o nosso segundo bebê, um menino.

Jimin não se aguenta de tanta felicidade. Ele fala que vai ensinar o nosso filho a jogar futebol e principalmente a cuidar da irmãzinha dele quando garotos estiverem perto dela.

Ah, Rosé e Jungkook tem um bebê. Adivinhem o sexo. Se você pensou menino, acertou. Rosé engravidou dois anos depois que a ( Nome da sua filha ) nasceu. O filho dela tem três anos, é a coisa mais fofa, teve a quem puxar.

A Sana está presa, pegou uma pena de dez anos. O advogado conseguiu reduzir para dez anos, porque ela teria pegado uma pena maior. Ela nunca viu a sobrinha pessoalmente, só por foto. Appa prefere assim, que ela veja a sobrinha por foto.

- Omma. - a minha baixinha aparece na cozinha correndo e agarra na minha perna direita, logo atrás dela, Jimin aparece. Ele pega a garotinha nos braços enquanto os dois riem.

- Cuidado para não se machucarem. - falo olhando para os dois e logo volto a minha atenção para a panela. Já é noite e eu estou preparando o jantar. Nós temos empregadas, mais a noite eu prefiro cozinhar.

- Pode deixar. - Jimin se aproxima com a garotinha em seus braços. - Isso está com um cheiro ótimo, não é?. - ele olha para nossa filha e ela assente. - Podemos provar?. - ele me olha.

- Não.

- Por favor. - olho para os dois e eles estão fazendo biquinho.

- Aish. - riu. - Isso é covardia, vocês sabem que eu não resisto a essas carinhas. - deixo eles experimentarem a comida. - Pronto. - Jimin coloca a mão nos olhos dela e me da um rápido selinho. Eles saem da cozinha e eu volto a preparar o nosso jantar.

( S/n ) P.O.V

Continua ...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...