História O pecado de um anjo (imagine Seokjin) - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Amor, Anjos, Demonios, Jikook, Jin, Min Yoongi
Visualizações 14
Palavras 984
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Canibalismo, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura xuxus!

Capítulo 8 - Cap. 8- Acreditas agora?


Fanfic / Fanfiction O pecado de um anjo (imagine Seokjin) - Capítulo 8 - Cap. 8- Acreditas agora?

 Bati com muita força na porta do quarto do Sr. Jeon e da Sra. Jeon. Depois de um tempo a moça abre a porta com os olhos cansados.

- O que foi? – Ela me pergunta sonolenta e assim que vê minha roupa arregala os olhos. – O que foi isso?

- Isso não importa, temos problemas. Venha comigo por favor. – Digo me retirando para meu quarto onde Jungkook ainda permanecia imóvel. Assim que ele viu a mãe dele começou a falar novamente.

- Mãe!  A família dela é louca! – Ele fica igual a uma criança fazendo birra. – O pai dela acha que é Deus, olha aqui! – Ele diz mostrando a carta.

- Filho... ahm... como eu posso te explicar.... é verdade. – Ela diz sem jeito e me olha com um olhar de desgosto, reviro os olhos. – Ela é um anjo.

- Ah! Até você mãe. – Ele diz jogando as mãos para o alto. – Ela até parece lucífer, aposto que ela inventou essa história para poder ficar aqui, não acredito que caiu nessa mãe... – Ele lamentava.

- Quer saber cansei! Vem! – Digo exaltada, pego sua mão e o levo para fora da casa, sua mãe vem atrás com medo.

- O-o que você pensa que está fazendo? – Ela pergunta temerosa por seu filho.

- Vou mostrar minhas asas... – Digo parando no meio da neve. – Preste atenção mundano, a mãe de Jungkook sai sem ele perceber.

- ATA! NADA VAI ME CONVENCER! – Ele grita, ele ia continuar, mas volto ao meu estado natural, minhas asas saem, elas eram enormes e brancas (foto de capa), meu cabelo ficou com cachos leves, ele ficou me encarando e começou a rir nervoso. Dei um sobressalto para cima e comecei a move-las me fazendo ficar a centímetros do chão.

- Acreditas agora? – Pergunto debochada, ele não fala nada apenas balança a cabeça em concordância. Desci e escondi minhas asas novamente, a mãe de Jeon Jungkook já havia saído, ela entende o que significa um anjo mostrar suas asas. – Kookie.... Me desculpa... – Eu não devia ter feito isso, o que vem depois é horrível. – Jungkook, precisamos conversar, é muito sério....

- Pode ser amanhã?  - Ele pergunta com uma expressão indecifrável.

- Claro... – Assim que termino de falar ele sai. Droga!

(....)

Voltei para o meu quarto assim que Jungkook saiu do pátio, eu tenho 4 dias para fazer o ritual de consagração, tenho que falar com Ariel e falar sobre o que eu descobri. Desço para a cozinha pego uma vela e volto para meu quarto, acendo a mesma e começo o ritual de invocação.

- Ariel ordo supremus angelus occiderit dæmoniorum ferri forte divino. Placant, Venerem, venit ad me. Effundet sanguinem meum, in me hic dicitur fidei in te et in te.. – Digo em latim, faço um corte na mão e derramo meu sangue em cima da vela, começo a recitar novamente a frase só que dessa vez em coreano. -  Ariel, anjo do mais alto escalão, matador de demônios, guerreiro de ferro, ser divino. Eu Afrodite o invoco, venha até mim. Aqui derramo meu sangue em demonstração de minha fé em ti e no senhor.

Logo a chama da vela se tornou azul e voltou a cor original, a invocação foi um sucesso agora era só esperar por ele. Fui para o banheiro e tomei um banho, fiz as minhas higienes, coloquei meu pijama e fui dormir.

~~ MANHÃ SEGUINTE ~~

 Me arrumei normalmente, colocando o uniforme, fazendo uma maquiagem básica e deixando meu cabelo solto. Desço e vejo o Sr. Jeon sentado à mesa junto com o Jungkook, pego uma maça e meu material. Saio de casa em silencio, eles provavelmente estariam conversando em particular sobre ontem. Cheguei na escola e já haviam algumas pessoas ali, inclusive taehyung, jimin, jin e aquela sua namorada nojenta. Quando Jimin me vê vem em minha direção fazendo um cat smile, não consigo conter um sorriso.

- Oi Meg! – Ele diz me abraçando. – Cadê o Kook?

- Oi, o pai dele queria falar com ele. – Digo dado um sorriso.

- Vem... – Ele diz me puxando até os outros.

- Oi! – Jin e Taehyung falam em uníssono.

- O que ela ta fazendo aqui amor? – A namorada de Jin pergunta, mas ele não parava de me encarar, a menina também percebe isso e sai bufando. Taehyung dá um tapa no braço de Jin que parece acordar de um transe.

- Cadê a Sana? – Ele pergunta olhando para os lados.

- Cara! Ela está furiosa com você. – Taehyung fala rindo.

- Por que? – Ele olha pro Tae com uma cara inocente, Jimin e eu começamos a rir. – Que foi?

- Você ficou encarando a Megan e não respondeu a insuportável. – Jin revirou os olhos e saiu em busca de sua namorada.

- Kooki chegou! – Jimin fala entusiasmado, olho para o portão e vejo o menino de cabelos castanhos, quando me vê dá um sorriso tímido. Assim que ele chega perto de nós o sinal toca. Todos fomos para a aula, eu, Jimin e Jungkook fomos juntos enquanto Taehyung ia para a sala dele. Ao chegarmos lá nós nos sentamos em nossos lugares. O professor ao invés de entrar na sala ficou conversando com alguém no lado de fora da mesma, quando ele entra na sala traz consigo dois alunos, fico espantada ao ver os dois meninos, eles eram os anjos caídos e o menino mais alto foi quem me achou. Assim que ele me viu lançou um sorriso e cochichou algo no ouvido do mais baixo que olhou em minha direção.

- SILENCIO! – O professor de história grita, assim que a turma ficou em completo silencio ele continua. – Podem se apresentar.

- Meu nome é Kim Namjoon, cuidem de mim. – Ele diz com um sorriso que fez todas as meninas enfeitiçadas.

- Meu nome é Min Yoongi. – O menor diz sério, mas mesmo assim as garotas da sala começaram a suspirar.

~~ CONTINUA ~~


Notas Finais


Eu sei que esse capitulo ficou bosta, mas o próximo será melhor, prometo! Amo vocês <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...